Browsing Tag

óculos

8 em Acessórios no dia 08.07.2012

Eu (também) uso óculos!

Há algumas semanas eu li um post do Modices e me dei conta de que realmente amo óculos de grau super grandes, do tipo óculos escuros com lente de grau. Amo a ponto de pensar em colocar grau em algum dos óculos de sol da minha coleção. Depois eu também li o post do Starving sobre o assunto e passei a achar mesmo que os óculos de grau cheios de presença vieram para ficar, mesmo que algumas pessoas estranhem.

Chegou a minha vez de falar no assunto, senti vontade de compartilhar com vocês a compra do meu óculos de grau. Escolher o modelo foi quase uma novela mexicana. A busca começou em janeiro, quando estive nos EUA procurei muito um óculos que ficasse bem no meu rosto. Vi todo tipo de marca e quase todo tipo de preço. Em Vegas eu gostei de alguns mais caros, mas de marcas que eu não conhecia. Vários desses foram na ótica do Venetian (o meu hotel). Eu não AMEI nenhum a ponto de achar que poderia compor minha identidade, achei que não valia pagar caro para não amar.

No último dia de viagem, em Orlando, eu encontrei O MODELO que eu estava procurando, mas honestamente no último dia (muitos dólares depois) comprar um óculos Chanel por 4oo obamas pareceu um pouco exagerado. No primeiro dia teria sido ok, no último eu achei que era um pouco demais, afinal já tinha feito várias compras.

Depois deste Chanel eu fiquei muito tempo sem ver nada que eu gostasse em mim, que realçasse minha personalidade. Lá para março resolvi que iria fazer a lente nova para meus velhos óculos (de 2008). Eles não diziam nada a respeito a minha pessoa atualmente, mas fazer o que? Pelo menos eles eram meus.

Quando eu menos esperava estava pagando um casaco na Zara do Shopping Leblon  e avistei um par de óculos de grau interessante no balcão. Na hora não me animei de ver como ficava e deixei pra lá.  Na semana seguinte voltei na Zara com a minha mãe e resolvi experimentar. Eu não achei perfeito, mas gostei muito, dizia bem mais sobre quem eu sou atualmente e com um preço mais amigo não senti que eles tinham que ser os meus óculos para a eternidade, achei que valeria o risco.

O modelo era grande como eu estava procurando e parecia um par de óculos escuros, mas era de grau (como no caso do post do Modices).  Minha mãe apoiou e eu acabei comprando meus óculos por lá. Eu acho que paguei R$90, o que não é barato dado que o óculos não tem cara de ter uma super qualidade, mas também não é caro. Achei que valeria o risco e estaria mais alinhado com a minha personalidade hoje.

Agora, me animei para comprar armações nesse estilo e fazer minhas lentes.  Coleciono óculos de sol e não tenho nenhum que não tenha uma lente de alta qualidade, mas óculos de grau é diferente, eu uso direto, deixo cair e largo em todo lugar.  Depois que me dei conta que não tenho tanto cuidado com meus amigos de grau resolvi que modelitos de fast fashion me parecem o melhor caminho. Se eu achar mais um modelo legal aqui em Paris vou comprar, mas ainda não vi nada demais. Os da Zara aqui custam em torno de 27 Euros.

De qualquer maneira o que mais importa não é a marca dos óculos e sim eles estarem relacionados ao estilo da dona. Eu usava os mesmos óculos desde a faculdade e hoje sou uma pessoa 100% diferente, eles não tinham mais nada que os conectassem a minha pessoa. Acho que os óculos de grau são mais uma maneira que temos de expressar nossa personalidade , assim como as roupas  eles podem se tornar códigos. Tudo pode se tornar uma ferramenta para comunicar um pouco mais sobre o nosso estilo, do que gostamos e de quem somos (ou queremos ser). A escolha de um formato de óculos pode ajudar a compor a imagem que melhor vai “falar sobre você.

Já tem um tempo que o futi vem defendendo a a busca pelo estilo pessoal, acho que seus óculos de grau tem que dialogar com quem você é.

E você (que usa óculos), se preocupa que seus óculos estejam alinhados com a identidade?

Beijos

0 em Acessórios/ Celebs/ Looks/ Moda no dia 10.04.2012

Miranda Kerr e seus óculos desejo!

Após muitos diferentes posts gringos e nacionais sobre o estilo de Miranda Kerr, resolvemos falar dela aqui também. A modelo australiana está na lista das modelos mais bem pagas do mundo,  já participou de campanhas da Victoria’s Secret, é casada com Orlando Bloom e tem um lindo filho com ele.

Além de linda, Miranda, parece ter muito carisma e simpatia, o que faz toda diferença no estilo dela.

Olhando as fotos de seus últimos looks é fácil perceber que Miranda usa e abusa das tendências associadas ao um super bom gosto, sem falar na capacidade que a top tem de misturar texturas e montar sobreposições.

Passeando por seus looks, demos de cara com um óculos que apareceu por aqui repetidas vezes. A similaridade com um RayBan wayfarer é enorme, por isso, levamos um susto quando vimos que é de outra marca.

O nome da marca é Flint Eyewear e o modelo se chama Hasta Luego. Pelo visto Miranda também é bairrista, afinal ela usa e abusa desse produto australiano.

Falando em Austrália, vocês têm notado um estranho desejo coletivo por itens de marcas que vêm de lá?

Desde os shorts da Sass & Bide de Jessica Stein ao post do Fashionismo. Parece que por conta da Australia ficar muito longe e não ter tantas marcas assim espalhadas no eixo Miami- NYC- Paris- Londres, as peças vindas de lá parecem ser mais exclusivas.

E aí ? Quem vai encarar muitas horas de viagem??

0 em Acessórios/ Moda no dia 05.04.2012

Óculos Redondos, os queridinhos divisores de opinião da vez.

Uma das vantagens incríveis de se ter um blog é poder escrever sobre o que quiser, desde o que você mais ama até o que você não curte mesmo. Desta vez, viemos aqui por conta da segunda opção.

Nós sabemos apreciar um visual vintage, com peças inspiradas em um passado cheio de ideologias e emoções, ainda mais quando mescladas com itens atuais criando um visual bem moderno. Desta vez resolvemos falar de uma peça que foi “sucesso de bilheteria” em 1970 e voltou com tudo.

Quem curte Os Beatles certamente lembra de John Lennon e seus óculos super redondos, praticamente a marca registrada de John.

Eles voltaram com força total em diferentes tamanhos, do mini ao maxi. Nós nos reservamos ao direito de não gostar de nenhum deles, ainda que achemos o mini muito pior que o maxi.

Não há dúvida de que eles são uma tendência forte, já passaram das passarelas para as ruas e agora já podemos ver esses modelinhos em quase todas as lojas do ramo.

Se nós arrematássemos um desses para as nossas coleções de óculos, certeza que nos sentiríamos as maiores “fashion victims” de todos os tempos. Não combina, sabe?? Tendência, ou não, estamos fora dessa. Obviamente mantendo todo o respeito por quem ama esse momento da moda.

Por mais que não os amemos, acreditamos do fundo do coração que tem quem segure um look perfeitamente com esse modelo, sem parecer que veio direto dos anos 70.

E vocês? Curtem essa moda dos óculos redondos?

Esse post nos fez lembrar quem não é porque uma tendência passou na nossa frente que devemos embarcar nela. Só vale quando a gente gosta de verdade.