Browsing Tag

novela

4 em Autoestima/ Destaque/ Deu o Que Falar no dia 19.03.2018

A roupa de gorda na novela reforça o estereótipo equivocado de que a felicidade só vem quando emagrecemos

O ano era 2001, eu tinha 15 anos e esse mundo de blog, youtube, textão no Facebook e perfis no instagram não existia. Fui assistir a um filme chamado “O amor é cego”, onde Jack Black se apaixonava pela Gwyneth Paltrow, mas ele era o único que via ela como Gwyneth Paltrow. O resto do mundo a via como uma mulher gorda. E a trama do filme era basicamente essa, todo mundo sacaneando ele por estar com uma mulher gorda, ela extremamente insegura e achando que tinha ganhado na loteria por ter conseguido um cara e ele sem entender como uma mulher linda (porque era magra, claro) estava dando bola para ele.

Lembro que na época, por mais nova que eu fosse e por mais que esse tipo de assunto sobre corpo e autoestima não fosse muito falado, aquilo não desceu. As pessoas ao redor riam e eu só conseguia pensar o que tinha de engraçado naquele argumento. Esse filme foi emblemático para mim, tanto que eu lembro dele até hoje. Acho que foi uma das primeiras vezes que eu percebi como o mundo era especialmente cruel com mulheres gordas.

e esse vídeo da Alexandra Gurgel merece ser visto.

Agora a gente pula para 2018, mais especificamente semana passada, quando começou a rolar a notícia que uma atriz global magra iria interpretar uma personagem gorda com problemas de autoestima. Para viver esse papel, ela não precisou engordar, ela só precisou vestir uma roupa de gorda. E apesar dos argumentos serem completamente diferentes, eu só consegui pensar no filme da Gwyneth Paltrow. E não pude deixar de pensar que eu devo estar vivendo em um mundo paralelo, só pode. Como se mulheres magras não tivessem problema de autoestima, fossem todas felizes e bem resolvidas. Como se emagrecer solucionasse todos os problemas de autoestima de uma mulher gorda. Doces ilusões que são assim enfiadas na cabeça das mulheres, que ficam tentando emagrecer cada vez mais para ver se tal felicidade chega. Não é assim, não é tão simples. 

monique-alfradique-deus-salve-o-rei

Desde que comecei o processo de deixar de seguir perfis que não estavam me acrescentando para dar o meu follow para mulheres que pregam o amor próprio independente do peso na balança – isso é, que não estimulam cuspir o pão do café da manhã ou dizem que um pedaço de chocolate é obra do demônio – eu comecei a viver em um mundo onde é normal mulher gorda se amar e ser muito amada de volta. Onde ter curvas, dobras ou uma barriga que não é trincada não é motivo para ter autoestima baixa. Mulheres que se amam, se cuidam (porque ter autoestima não é sinônimo de se largar ou deixar de prestar atenção na saúde) mas não estão dispostas a loucuras ou viver a beira de um transtorno alimentar para vestir 36 ou 38. Mulheres que entenderam que condicionar felicidade ao emagrecimento é uma roubada que nunca tem fim. Um ciclo vicioso muito perigoso. 

É por isso que dá um nó na garganta ver que na mesma época que a hashtag do #paposobreautoestima tem 5.200 publicações no instagram, a massa ainda resume autoestima à imagem e peso. Ainda associa que a autoestima chega quando nos mudamos para pertencer ao padrão. De novo, não é por aí, não é tão simples.

Quando a gente vê que ainda existe o estereótipo da mulher gorda sem autoestima e que aparentemente vai resolver toda a vida depois que emagrecer, a gente lembra que o caminho a seguir ainda é grande. Não quero falar pelas gordas e sei que existem milhares de outras questões nessa problemática de vestir uma pessoa magra com o “fat suit” (aliás, amei que essa entrevista também lembrou o filme que eu citei acima) ou de não chamar uma atriz realmente gorda para o papel, tampouco quero reforçar o óbvio de como o padrão corporal da época retratada está equivocado, então vou falar pela minha experiência como receptora dessa mensagem que afeta TODAS as mulheres, independente do número na balança.

Desde que começamos o #paposobreautoestima, passamos a colecionar histórias de mulheres que dizem que o momento que elas atingiram o peso mais baixo da vida delas, foi justamente o momento que elas estavam mais infelizes, inseguras e que nunca se sentiam satisfeitas com o peso. Algumas inclusive adquiriram transtornos alimentares.  A Jô passou por isso.

Isso não quer dizer que se você resolver emagrecer hoje você vai ser infeliz quando atingir seu objetivo, mas é bem provável que a sua vida feliz e realizada não aconteça se você iniciar um processo de emagrecimento tendo isso como objetivo principal e a única ferramenta para solucionar todos os seus problemas. Ter esse estereótipo reforçado em uma novela com audiência respeitável só ajuda a perpetuar essa mensagem que já adoeceu – e continua adoecendo – tanta gente.

Outro ponto complicado é a ideia de que a única beleza realmente aceitável é a magra. Esse ponto adoece, desestabiliza e alimenta a sensação de inadequação da maioria das mulheres, que já se acha feia. Porque até mesmo a mulher que muita gente considera padrão inatingível tem outro padrão ainda mais inatingível pra ela. 

Isso é um desserviço pra todas.

Não tenho ideia o que vai acontecer depois de tanta repercussão negativa, mas seria bem interessante se os roteiristas da novela resolvessem ouvir o movimento de body positivity e, quem sabe, criar uma personagem que não precise ficar magra para viver uma grande trama, ter grandes resultados no amor, no trabalho e na vida. A escolha da atriz já aconteceu, já foi divulgada, não sei se existe muito que possamos fazer para mudar isso.

Mas dá para mudar a ideia de que uma mulher não precisa emagrecer pra conquistar algo que já está dentro dela. Ela pode querer perder peso, mas isso será a única consequência do emagrecimento. Emagrecer não resolve a inteligência emocional, não traz o amor em 3 dias, não previne a depressão e tampouco soluciona nossas questões internas. O autoconhecimento e autoestima fazem muito disso pela gente e pra isso… Bom, pra isso só precisamos nos conhecer e desconstruir essas crenças cheias de estereótipos que nos foram – e continuam sendo – ensinadas, seja no filme, na novela ou em casa. 

2 em Comportamento/ entretenimento no dia 18.03.2015

Seja bem vinda, Babilônia!

Oi gente, hoje convidei um grande amigo meu, que entende tudo de novela para falar um pouco sobre esse furacão chamado Babilônia!
Com vocês, Pedro Herique Batista da Costa!

Fazia um bom tempo que não acompanhava uma novela. Pra ser mais preciso, desde ”Avenida Brasil”. Eu sequer tinha curiosidade em assistir. Talvez pelo fato de já ter assistido tantas novelas boas – e ainda ter feito minha monografia com o tema: A Influência da Telenovela na sociedade – tenha me tornado um telespectador crítico e muito exigente.  Mas uma novela com a assinatura de Gilberto Braga tira qualquer fã de teledramartugia do estado vegetativo. 

Babilônia é uma trama inteligente, ágil e com um texto riquíssimo,  o que já era de se esperar. Com apenas dois capítulos exibidos a novela já disse a que veio. Veio para se tornar memorável. 

O primeiro capítulo parecia um filme com tantas reviravoltas. Arrisco dizer que os primeiros capítulos fizeram mais barulho que muita novela das oito não fez em 200 capítulos. Alô Glória Perez ! Alô Maneco !   

beijo

Alerta importante: preconceito é crime. Esse blog acredita em diferentes formatos de família, diga não a homofobia. 

E o que falar que logo nas primeiras cenas da novela já temos um beijo entre Fernanda Montenegro e Natália Timberg? Simplesmente as duas maiores damas do teatro do país num beijo gay e ainda mais na terceira idade? O que é isso ? 

Isso é ” Babilônia” . 

Glória Pires está simplesmente SENSACIONAL, num papel que promete muito. Rica, bonita, sofisticada, chique e devoradora de homens. Não me lembro de um papel sequer parecido com esse em qualquer outra novela. Sem falar que há tempos esperava uma vilã dessas feita especialmente para ela. Um papel incrível para uma atriz maravilhosa. Arrisco dizer que será a dona da novela.  

novela

foto: instagram @redeglobo

Considero Adriana Esteves uma das mais gratas surpresas dos últimos tempos. Gosto muitíssimo de seu trabalho, e a personagem é ótima e promete. Não tenho duvidas que o Gilberto irá  aproveitar muito bem essa belíssima atriz. Sem falar que o Brasil está em lua de mel com Adriana desde sua última novela. Todos morriam de saudades dela, que também já disse a que veio e já é dona de algumas pérolas da novela, tais como : é impossível começar o ano bem bebendo sidra no réveillon ou quando diz para o marido – que deseja voltar para o Brasil – que isso de voltar pra sua terra?, isso é coisa de índio! “Saudades do que ? Está igual a Essa gente que tem saudade de goiabada, guaraná, sambinha e feijoada“.

A expectativa de embate entre as duas vilãs já é motivo de comoção. E isso já nos foi dado, diga-se de passagem brilhantemente, logo no primeiro capítulo. O gancho da última cena do primeiro capítulo foi simplesmente sensacional. E não posso deixar de citar outra grande pérola, agora dita por Glória Pires para Adriana Esteves (essa inclusive já virou ” meme ” nas redes sociais) :

-Após Adriana muito insistir em marcar um encontro com sua ”amiga de infância”,Glória vira e diz:” Escuta em que planeta você vive ? Você deve ser  única carioca que não sabe que ”Passa lá em casa” é sinônimo de nunca! Então vou ser européia: Não estou disposta ! ” 

babilonia-2

foto: instagram @redeglobo

Camila Pitanga é simpática e por enquanto não faz uma mocinha chata. Arrisco dizer que não será a típica mocinha submissa e passiva, pois já nos próximos capítulos dará um tabefe na cara de Adriana Esteves após ser chamada de favelada. Mas ainda é cedo para avaliarmos se ela conseguirá se destacar diante de papéis tão fortes como das protagonistas.

Há de se destacar  Cassio Gabus Mendes. Grande ator , dispensa comentários . 

O personagem do Marcos Palmeira ainda não estreou, mas tenho certeza que veremos em seu personagem muita coisa inspirada no que acompanhamos todos os dias nos jornais, à lá ” operação lava jato” . 

Há de destacar a direção precisa e primorosa de Dennis Carvalho. É notório seu dedo na atuação de Glória, Adriana e Cássio.  Ou vocês acham que o Wolf Maia faria o mesmo? Tenho certeza que não. 

Li que a audiência está aquém do esperado, mas tenho certeza que isso já será revertido, pois a trama não deixa nem um pouco a desejar. Lembrando que ” Império” – que não assisti – começou com uma audiência baixa e foi muito bem nos seus últimos capítulos. E ”Salve Jorge” e ” Em Família” que foram dois fiascos de audiência tiveram números muito altos em sua estréia. Audiência está longe de ser uma ciência exata. Aliás, audiência baixa nos primeiros capítulos é normal, pois o público se sente ”orfão” da novela que terminou. 

Babilonia-3

Post mais polêmico de ontem no instagram | Tem gente até agora falando nisso no nosso insta @futilidades

Enquanto assistia ao primeiro capítulo monitorei o facebook e o twitter para sentir a repercussão da estréia, e só se falava na novela ! E é claro no beijo da Fernanda Montenegro e Timberg logo nas primeiras cenas. Golpe de mestre. No segundo capítulo a repercussão não foi muito menor, e ” Babilônia” esteve em pelo o menos 5 tópicos diferentes nos trending topics do twitter durante a exibição do segundo capítulo. Há quem diga que nos dias de hoje o melhor termômetro para avaliar o desempenho de uma novela é o twitter. Aliás, o Walcyr Carrasco e Aguinaldo Silva usam e abusam da interatividade com seus seguidores nas redes sociais.

A novela mal começou mas tem um problema muito grave: a ansiedade que cria na gente pelo capítulo do dia seguinte. Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo. :-)

E para quem quiser acompanhar no twitter, cada capítulo vai tar uma hashtag numerada, essa é uma novidade das mídias sociais da Rede Globo para essa novela. Amanhã é dia de #BabiloniaCap03

Pedro Henrique Batista da Costa

16 em Nós ❤ no dia 24.06.2010

Nós ❤ o Tititi da visita ao Projac

Ontem dia 23 de junho de 2010 eu Jô fui a um eventinho no Projac que a Cah deve de ter morrido de inveja sorry amiga! Esse primeiro post vai contar um pouco do que aconteceu por la de uma maneira mais geral!

Ta mais e ai?!

Primeiramente acho que vale comentar que tudo isso começou por conta da novela das 7 que vai entrar no ar em julho, ela é que um “remake” de um antigo sucesso da dramaturgia: Tititi! Por ter como parte da trama uma batalha de estilistas a empresa quis colocar algumas de nós cara a cara com o caracterizador Sérgio Azevedo e a figurinista lendária da Globo Marília Carneiro! Que babado essa mulher hein? Por mim conversava mais duas horas com ela.

Acho que em geral todas ficamos impressionadas como a caracterização e o figurino fazem parte da construção de todo o personagem na trama. Sério sabíamos que era importante, mas sinceramente não tínhamos noção de que era tanto!

O bate papo com eles sobre o que vai rolar na telinha teve como assuntos principais a make-up+ figurino + tendências! Foi super útil e acho que vai render um post super especial. Quem sabe mais para perto da Estréia hein? Não sabemos ainda!

Quem foi?

Então algumas blogueiras do Brasil foram chamadas pela Rede Globo para passarem um dia no Projac para conhecerem como certas coisas funcionam por la. (Aquele local é um case de Logística)

Blogueiras na São Paulo cenográfica!

Logo no primeiro momento nos reunimos e finalmente pude conhecer algumas queridas que leio, rever algumas amigas e conhecer pessoas novas e super interessantes.

Lala Noleto, Mariah Bernardes e eu/Jô (com cara de cansada)

E nem preciso comentar que rolaram guloseimas O TEMPO TODO não é?!

Após uma apresentação institucional do que é o Projac nós fomos para a cidade cenográfica de Passione (ficamos nos sentindo realmente na Toscana).

A Toscana Italiana do Projac:

A Linda cidade cenográfica de Passione!

Após essa viagem psicológica nós corremos para o estúdio de Tititi para conferir os cenários da novela e por la esbarramos com o Alexandre Borges! Ele estava lindo… Preciso comentar!

Por dentro do estúdio de Tititi:

Cenários de alguns dos comodos do “remake” da  novela Tititi!

Depois disso fomos almoçar e finalmente ter a tão querida conversa com o Sérgio e a Marília que foram INCRIVEIS de verdade com a gente! Super bapho e pretendo escrever só sobre isso depois! Preciso falar: Amei mesmo!

Ah quase que esqueci de comentar que não podia faltar falar dos famosos passeios nos carrinhos do Projac! Super Clichê mas o lugar é GIGANTE!

As super fofas Helo Gomes & Lala Noleto no clássico passeio pelo Projac.

Just Lia também no carrinho!

Por último antes do nosso dia acabar nos levaram para conhecer a fábrica de roupas e o acervo de figurino. Prefiro não comentar a loucura que é!

A super fábrica de alfaiataria e Costura do Projac

Uma mini-parte do super louco muito grande acervo de figurinos da empresa!

O pedido de um vestido da Princesa Bela com todas as medidas para o programa da Xuxa!

No fim das contas eu e a Cah queremos agradecer a Rede Globo que convidou o blog para essa SUPER oportunidade.

Nem preciso comentar também que cliquei MUITO as blogueiras no projac e as fotos estão no nosso flickr! E para quem ja quer saber mais saiu ontem mesmo essa notinha la no site da Globo!

Um beijo

E se vocês se animarem de falarmos do figurino e make da novela avisem que achamos que esses itens podem dar bons assuntos para o blog!

Jo

Momento créditos: As fotos em que não estou são minhas para o (f)utilidades e as em que estou são da fotógrafa Nathalia Fernandes da TV Globo.