Browsing Tag

nars

6 em afiliado/ Beleza/ Make-up no dia 20.01.2014

E aí? O que vocês acham de batom violeta?

Quem diria, hein…Pra quem comprou seu primeiro batom escuro há um pouco mais de 3 anos e só foi começar a gostar de batom rosa praticamente ontem, to me achando super ousada em aparecer aqui de batom violeta!

Recentemente eu ganhei dois batons com essa cor, por isso, achei que não dava mais para ficar ensaiando um post, tinha que fazer logo! O primeiro foi o do Trendy Twins, que participa junto com o nosso #batomfuti do projeto Tracta Blogs III, o segundo foi o Full Frontal da NARS, da coleção do Guy Bourdin (a mesma coleção que tem o blush que eu fiquei louca, lembram?).

batom-violeta-trendy-twins-tracta-nars-full-frontalSuper diferentes na bala…

Minha primeira reação foi de espanto porque é muitooooo fora da minha zona de conforto. Daí a Jô – que também recebeu o batom da Ana – Trendy Twinsdisse que ele era bem interessante e valia dar uma testada. Fui testar, mas com toda a cautela do mundo, acho que se alguém me visse poderia pensar que eu tava com medo do batom explodir na minha mão! hahaha E aí, depois que me vi pronta, entendi a frase que a vida só começa a acontecer quando você sai da sua zona de conforto. Estranhei um pouco, claro (calma, baby steps rs), mas quando me acostumei fiquei feliz de ter experimentado!

É uma cor ótima para aqueles dias que você tá se sentindo ousada, ou tá afim de se fazer notar.

Essa semana recebi a do Guy Bourdin e qual não foi a minha surpresa ao descobrir que, apesar das cores serem super diferentes na bala, elas são muitos parecidas nos lábios? Sem querer acabei descobrindo um “separados no nascimento”! rs

batom-violeta-trendy-twins-full-frontal…mas bem parecidos na boca!

Por incrível que pareça, o da NARS é ainda mais cremoso que o da Tracta (que já é muito cremoso!), mas pelo o que eu pude testar, a durabilidade é mais ou menos a mesma e sempre que comer ou beber algo vai ter que dar uma reforçada. A diferença mesmo está no preço. Enquanto o da Tracta custa R$17,50, os da Nars estão na faixa dos R$100 aqui no Brasil e essa cor ainda não chegou na Sephora online (não sei se as lojas físicas já têm a coleção com o Guy Bourdin!).

E aí? Vocês curtem essa cor de batom??

Beijos!

Carla

4 em Beleza/ Make-up/ pele no dia 10.10.2013

Finalmente substituí meu trio de sombras para sobrancelhas!

Há milênios atrás eu fiz um post sobre sombras para sobrancelha e comentei que já estava procurando substitutos para o meu produto preferido para esse fim: o trio de sombras da Trucco.  Me apeguei de tal forma à ele que mesmo com um post publicado falando dos possíveis futuros substitutos, nunca me dei ao trabalho de realmente experimentá-los (sei lá, to achando que a Trucco tem pacto com o capeta, só pode). Ou melhor, experimentei um deles muito en passant: o da Benefit! Mas na hora de pensar em comprar, desisti.

novidades-sobrancelhas

Um ano se passou e, por incrível que pareça, a paleta da Trucco ainda estava longe de acabar (to falando, pacto com o capeta) mesmo usando quase todo dia. A validade? Não tenho ideia, qualquer informação que tinha no estojo foi embora há um tempão, mas desconfio que já venceu.

Na época do post, eu estava torcendo para ela não acabar nunca. Hoje eu preciso confessar que ela me venceu pelo cansaço. “Ok, não quer acabar? Então não te uso mais porque você já deve ter a idade dos Flintstones!” Aquela frase “cuidado com o que você deseja, você pode conseguir” nunca foi tão real e amedrontadora!

Mas pra quem pensa que a separação foi fácil, não foi (olha que doido eu falando dessa forma sobre um produto! Para sobrancelhas! To ficando louca – ou, pacto com o capeta de novo. hahaha)Aos poucos fui tentando substituir o trio por sombras convencionais até o dia que eu tive coragem e joguei fora.

brow-gel-nars-arch-sculpting-hourglass

Fiquei um tempo sem experimentar produtos novos para essa área até o dia que a NARS me enviou dois lançamentos especialmente feitos para sobrancelhas: o lápis de olho e a máscara, que é incolor e diferente da que a Jô postou aqui outro dia.

Passei a usar esse duo, mas o lápis não me convenceu. Pior que a culpa nem é do lápis, tadinho, ele é macio, fácil de passar e com uma cor não muito escura, ótimo! O problema é todo meu, que não sei usar o traço fino do lápis e acabo preenchendo tudo errado e o resultado que eu consigo é evidenciar ainda mais as falhas que eu tenho na sobrancelha. Em compensação, a máscara Brow Gel é incrível! Os pelos ficam “penteados” e no lugar até a hora de eu passar demaquilante. Agora que eu to precisando fazer as sobrancelhas, essa máscara está sendo de uma ajuda enorme! Não tenho como fazer comparativos porque foi a primeira vez que eu usei esse tipo de produto na vida, mas a Jô tem uma incolor que já foi pauta por aqui.

Estava crente que já tinha arrumado substitutos bons para o trio de sombras que eu tinha, até o dia que fui no evento que apresentava as novidades da Sephora e fui apresentada ao lápis Arch Sculpting Brow da Hourglass. Na mesma hora, já sabia que podíamos ter um futuro juntos.

A ponta dele é O diferencial pois é angulada de uma forma que você consegue preencher a sobrancelha na vertical e na horizontal e te permite fazer traços grossos e mais finos. Resultado da brincadeira? Trucco, quem é Trucco? (tá, mentira, eu ainda fico com pena de ter jogado fora, mas ou era aquilo ou eu nunca me livraria daquela paleta!) 

lapis-hourglass-arch-sculpting

Então, hoje em dia, resolvo minha vida com o Brow Gel da NARS e o Arch Sculpting Brow (na cor Blonde) da Hourglass e tenho gostado bastante do resultado! 

Porém, se antes eu não queria que minha paleta acabasse porque eu não tinha substitutas, hoje eu não quero que o lápis acabe porque, por aqui, o preço dele ainda está beeem salgado.