Browsing Tag

cronograma capilar

1 em Beleza/ Cabelo/ Destaque no dia 18.02.2019

Cronograma capilar para recuperar cabelos cacheados descoloridos

Você já fez uma besteira no cabelo e se desesperou quando viu o resultado? Eu sou a RAINHA neste tópico. O que você pensar, eu já fiz! Geralmente eu termino o processo já ligando louca para minha mãe perguntando o que eu faço pra resolver. 

Sabe quando você acorda e fala: O que eu posso fazer para mudar hoje?

Eu acordei assim em Dezembro e decidi que ia ficar loira. Mas eu não queria um processo demorado, não. Eu queria dormir um dia morena e acordar no outro loiríssima e plena. Pra isso embarquei em 4 descolorações para chegar ao meu tom ideal…e cheguei! 

Ah, que sonho realizado…até meu cabelo secar! 

Se você é cacheada, sei que vai entender o meu drama. Eu estava linda, loira, plena…olhando meu cabelo de frente eu tava a própria Queen B. Já de costas…bem, eu deixo a imagem falar por mim. 

Nessa hora bateu um desespero real e oficial. De todas as loucuras que eu já fiz no cabelo, essa foi a que mais me doeu. Meu cabelo cacheado é minha marca registrada, é minha identidade. E agora eu estava parecendo aquele humorista Adamastor Pitaco (um lado puxou o pai, outro lado puxou a mãe). Era euzinha. 

No primeiro dia eu tentei uma produto importado que uma amiga trouxe pra mim. Duas horas com uma sacola na cabeça e o cabelo besuntado de creme e…nada. Tava igual. Nessa hora eu chorei. Nossa, eu senti na hora o impacto que o meu cabelo tem na minha identidade. 

No auge do sofrimento eu lembrei de um kit da Bio Extratus que ganhei no piquenique do Papo. Peguei meu estojo rosa e separei os sachês. Meu primeiro passo foi ler o rótulo (sou a louca dos rótulos) e pesquisar os benefícios de cada um. Já pensando: Bom, se Bio Extratus não funcionar vou ter que apelar pra tesoura.

Fiz um verdadeiro planejamento de uso, combinando as propriedades de cada sachê num cronograma capilar. 

Eu usei todos esses produtos no meu cronograma capilar. E o resumo: Primeira semana, só sachês. Segunda semana, pós química. Terceira semana, mistura de sachê com produtos finalizando com força com pimenta!

1º dia do Cronograma Capilar: Lavar + Manteiga de Abacate + Condicionar. A descoloração promove uma remoção completa não só da cor dos fios mas também dos seus nutrientes e oleosidade. Por isso, precisava de algo que hidratrasse e normalizasse a oleosidade natural do couro cabeludo.

2º dia do Cronograma Capilar: Eu defini como o dia de Nutrição, para isso, resolvi apostar no Tritano. Então fiz o mesmo processo do primeiro dia, trocando apenas a Manteiga de Abacate pelo sachê de Tritano

3º dia do Cronograma Capilar : Era a hora de manter todo o processo dos dias anteriores nos fios então fiz um combo: Lavar + dose de Pós-Coloração + dose Queravit + Condicionar. 

Dei um dia entre as lavagens, para que o cabelo pudesse absorver os benefícios de cada linha. E foi assim que eu terminei a primeira semana. Já pude ver alguns resultados, como o brilho e a maciez dos fios. 

Nas semana seguinte eu apostei no poder do abacate e da jojoba.

Então, eu lavei os cabelos com Shampoo e Condicionador da linha Pós quimica. E o banho de creme também da linha pós química no ultimo dia. Dei um intervalo de 2 dias entre cada lavagem para que meu cabelo pudesse criar a própria proteção e oleosidade. E olha, eu podia ver claramente como a cada dia meu cabelo estava mais encorpado e os meus cachos já anunciavam seu retorno. 

A terceira semana foi a última do cronograma.

Com os meus cachos voltando, quis garantir que eles estavam saudáveis, fortes, hidratados e nutridos. Então eu voltei ao intensivão da beleza. Mas alterei um pouco a ordem. 

Comecei nutrindo o cabelo pelo Tritano, pois meus cachos precisavam de estrutura. Já no segundo dia investi na hidratação com o Abacate (você já percebeu que eu amo, né?) e o pós coloração. 

No último dia, já tendo garantido saúde, hidratação, estrutura e nutrição, eu tomei coragem e fui para o Força com Pimenta: Desmaia Cabelo. Mas você deve estar se perguntando, porque coragem?

Nesse momento as cacheadas estão em sintonia comigo quando eu digo: Eu AMO meu volumão. E o desmaia cabelo não é à toa, desmaia mesmo! Então aproveitei um dia que não teria compromissos na rua para usar o Força com Pimenta.

Meu cabelo já estava visualmente maravilhoso e internamente saudável. Mas era uma depressão à cada passada de pente. Saía cabelo para formar uma peruca. Então, o força com pimenta veio para dar ao meu cabelo o que faltava: o estimulo para seguir em frente. E estimular meu couro cabeludo para um cabelo 100% saudável.

Depois dessa maratona de cronograma capilar, minhas considerações não podiam ser melhores.

Hoje, pouco mais de 1 mês após as 4 descolorações que me roubaram meus cachos, meu cabelo está extremamente saudável, zero elástico, zero quebradiço, brilhoso, forte e para fechar com chave de ouro, extremamente cacheado de novo. (Acho que até mais bonito que antes.).

Algo maravilhoso que não posso deixar de comentar é que ( de lisas à crespas) as loiras podem fazer o cronograma sem medo algum. Todas as manteigas, sachês e os produtos da linha pós-quimica de Abacate e Jojoba são bem branquinhos, e não amarelaram meu cabelo nem um pouquinho. ( E olha que eu me joguei nesses pacotinhos de puro amor).

Agora volta lá em cima, vê a imagem antes dos tratamentos. Agora olha essas duas últimas fotos e me diz se Bio Extratus não salvou meu cabelo?! 

4 em Beleza/ Cabelo/ Destaque/ Patrocinador no dia 01.08.2017

Kit Cronograma Capilar, uma aula de autoconhecimento sobre seus fios

Já tem um tempo que ouço falar de cronograma capilar. Já li em blogs, vídeos no youtube, ouvi opiniões de conhecidas e amigas e todas, sem exceções, afirmavam que esse tipo de tratamento mudou a vida delas.

Para quem não sabe, cronograma capilar é um método para você repor nutrientes e massa para recuperar seus fios em um mês através de uma agenda de hidratação, nutrição e reconstrução.

Nunca tinha feito isso antes por pura preguiça. Eu sou prática até demais e com paciência de menos, inclusive na hora de cuidar dos meus cabelos (oi, manteigas e ampolas de 60 segundos). Por isso toda vez que me interessava sobre o assunto e ia pesquisar, acabava voltando atrás porque achava muito complicado. Além disso, o cronograma me obrigava a criar um compromisso pelo menos 3 vezes na semana e isso também me deixava com preguiça. Já tenho tanta coisa pra fazer que ficar 10 minutos esperando a máscara fazer efeito para voltar para o banho não me parecia uma opção tão sedutora assim.

Até que a Jô voltou de uma viagem com a Bio Extratus e me contou que o BB Kit, que eu adorei, ia sair de linha para dar lugar ao Kit Cronograma Capilar. Na hora fiquei triste, mas depois eu achei que seria uma ótima ideia de finalmente testar esse tipo de tratamento de forma pratica e sem precisar procurar 500 tipos de produtos diferentes. No começo de julho eu comecei meu tratamento, ou seja, já estou terminando a 4a. semana e sim, posso definitivamente entrar para o time das entusiastas do cronograma capilar.

O Kit Cronograma Capilar da Bio Extratus entra no time dos tratamentos práticos por uma característica: as ampolas de Vitaminas A+E (hidratação), Argan e Cártamo (nutrição) e queratina (reconstrução) podem ser usadas com qualquer máscara que você tiver. Ou seja, você não precisa comprar 3 produtos diferentes, é só usar sua máscara preferida, colocar 12 gotas da ampola que será usada no dia, deixar por 10 minutos, tirar o produto e pronto.

Quem estiver com os cabelos extremamente danificados, pode fazer uma combinação de 12 gotas de cada uma das 3 ampolas e seguir com a mesma proposta que o BB Kit tinha, isso é, dar um tratamento de choque nos cabelos.

A Bio Extratus também oferece duas opções de tabela, uma para danos intensos e outra para danos leves a moderados.

Parece fácil, e é, mas eu tive algumas questões no meio do caminho que achei que valia a pena dividir com vocês, para quem resolver começar agora saber que é normal.

Primeira semana

Na metade da primeira semana, ainda sem cortar.

Comecei usando as ampolas com a máscara da linha pós química e decidi seguir a tabela de danos intensos. Estava há muito tempo sem cortar e as pontas estavam pedindo arrego, como eu pretendia cortar ainda esse mês, achei que valia a pena testar a danos intensos para ver se dava um jeito na situação.

Primeiro dia, hidratação. Meu cabelo ficou macio, sedoso, amor à primeira ampola. Segunda vez da semana, nutrição. Uau, que brilho, que maciez, por que eu não fiz esse tratamento antes? Terceira vez, queratina. SO-COR-RO.

Eu não sabia que a queratina era a parte do tratamento que não traz os melhores resultados visíveis logo após o tratamento mas é essencial para deixar o cabelo bem tratado. Quando isso acontece é sinal que o cabelo está sendo realmente reconstruído, só que como eu não sabia dessa informação, levei um susto quando vi meu cabelo endurecido, estranho e totalmente diferente do que ele estava nos processos de hidratação e nutrição.

Segunda semana

Logo após a queratina, que é um passo super importante na recuperação dos fios, o cabelo ficou meio estranho e indefinido. Essa foto foi logo após eu ter feito a etapa de hidratação na segunda semana, que deixou ele um pouco melhor do que estava. Depois disso ele só foi melhorando.

Resolvi mudar o cronograma e passei a seguir a tabela de danos leves (que na verdade é igual ao de danos intensos nesse estágio).

Mesmo tendo bad hair days por dias seguidos – o que foi um exercicio para a minha paciência – eu resolvi encarar isso como um belo aprendizado. Inclusive, tenho que agradecer a todas as meninas que me deixaram mais tranquila quando falei sobre isso no stories. Elas me convenceram que só assim eu aprenderia as reais necessidades do meu cabelo e eu tive que concordar. Encarei como exercício de autoconhecimento capilar. :)

Também espacei mais os dias de tratamento. Se antes eu estava dando uma janela de 48 horas entre eles, resolvi espaçar mais. No final da segunda semana eu já estava virando melhor amiga do meu cabelo porque tinha certeza que sabia o que ele queria. haha

Terceira semana

Como sempre tem o arco íris depois da tempestade, a terceira semana foi um relax só. Como só tinha hidratação e nutrição, eu fui ser feliz sem preocupações. A única mudança que aconteceu foi na troca da máscara. A de pós química acabou e eu passei a usar da linha Cachos Perfeitos, e talvez por ser mais leve, notei que o brilho deu uma aumentada considerável, fiquei bem satisfeita.

Quarta semana

Assim que entrei na quarta semana eu cortei meu cabelo e pude comprovar que ele realmente não estava tão danificado quanto eu pensava que estava. Agora que as pontas secas de 6 meses sem corte foram embora, dá para sentir nitidamente como meu cabelo está gostoso e macio.

Enquanto escrevo esse post ainda não fiz a última etapa mensal do tratamento, a já tão temida por mim queratina. Na verdade, acho que vou ser ousada e não seguir a tabela. Ou melhor, vou mudar a tabela, pois como já reconstruí esse mês não acredito que precise de outra reconstrução por enquanto.

O que eu achei afinal?

Muito, muito incrível. Mais do que os benefícios que eu pude comprovar nos meus fios, o que eu mais gostei dessa experiência foi poder realmente conhecer meus cabelos. Entender por quê determinado produto deu certo enquanto outro não. Mesmo com a semana pavorosa pós queratina, o conjunto das 4 semanas foi essencial para eu entender como prosseguir daqui para a frente, e usar os produtos certos para o que eu estou buscando no momento.

Saí desse mês continuando o tratamento e tendo certeza que todo mundo que gosta de cuidar bem dos cabelos precisa fazer esse exercício de entender o que seus fios estão pedindo. Vale muito a pena mesmo! :)

Quem quiser conhecer o Kit Cronograma Capilar, é só entrar nesse link e descobrir onde tem mais perto de você! :)