Browsing Tag

arezzo

7 em Deu o Que Falar no dia 24.04.2011

Deu o que falar…

Como deu pra ver, a gente decidiu aproveitar bem o feriado e agora é hora de correr atrás do tempo perdido aproveitado. E como toda semana tem uma polêmica nova, dessa vez não foi diferente e a gente não poderia ficar de fora de fazer pelo menos um comentáriozinho…

1 – Tirando o couro da Arezzo

Quem esteve no Brasil desde o final da semana passada, com certeza viu ou ouviu falar da polêmica envolvendo a coleção Pelemania da Arezzo. Nenhuma rede social que se preze conseguiu se salvar dos usuários revoltados e a Arezzo teve que retirar a coleção feita com peles de, segundo eles, “animais exóticos”.

Não vamos nos aprofundar muito, até porque esse post da Nuta, do GWS, basicamente resumiu tudo que nós duas pensamos sobre o caso.

Mas achamos frustrante o posicionamento da Arezzo em não achar que é responsabilidade dela debater o assunto. A partir do momento que ela bota esse tipo de produto, tem que saber o quê fazer com eles. Quem não viu, a Arezzo botou um comunicado no Facebook e saiu uma entrevista no Ig Moda com o Anderson Birman.

2 – Discussão eterna (e sem muitos fundamentos)

Como a gente deixaria de comentar sobre o tão falado post da Lilian Pacce? Pra começar, achamos que uma jornalista do porte dela não tem necessidade de redigir um texto com uma visão limitada do que é o mundo de blogs, mas ao mesmo tempo foi importante pra abrir diversas questões. Não iremos falar da polêmica do look do dia e sim da credibilidade dos meios de comunicação.

Os publieditoriais e os presentinhos para jornalistas sempre existiram e muitas vezes os leitores nunca ficaram sabendo. Hoje em dia, os editoriais pagos por uma marca têm que ficar explícitos ao leitor. Ainda assim existem editoriais temáticos com produtos que pagaram para estar na matéria e a gente não fica sabendo. E como ficam os leitores? E como fica quem sempre trabalhou dessa forma reclamando de quem está fazendo isso atualmente? Pra nós, parece um pouco o sujo falando do mal lavado…

Como o princípio dos blogs é ser um veículo pessoal, com a popularização deles, começou a ficar a critério da blogueira decidir se avisa ou não quando o post é um publi, um produto que ganhou ou um elogio puro e simples.

Bem, aproveitando o momento, por aqui a transparência é obrigatória. Falamos de muitas marcas, de muitos lugares e nem sempre ganhamos pra isso. Mas quando ganhamos, a gente avisa. Respeito às leitoras é essencial e prioridade pra gente.

3 – Malhando a modelo

Nossa, temos um pouco de pena da Candice Swanepoel. Como se não bastasse ter dado o que falar por estar magra demais (a gente falou aqui!), agora ela foi vítima do Photoshop Maldito da Victoria’s Secret (quem não sabe, nem Adriana Lima se salvou, o Photoshop Disasters tá sempre de olho….).

Uma mulher com um corpo ótimo (levando em conta essa foto, tá? Não aquela outra…) precisaria de tanto tratamento? E caso precise, um curso de anatomia urgente pro manipulador é um bom investimento.

6 em Acessórios/ Sapatos no dia 07.04.2011

Eu to ❤: Boyfriend shoe

Eu sei que esse post é controverso e que provavelmente vai ter mais gente dizendo que não gosta do que gosta. Mas fazer o quê? Apaixonei, contei aqui!

Outro dia vi na Zara um sapato que eu realmente não sei o nome (se alguém souber, help!), por isso apelidei de boyfriend shoe, já que a minha primeira impressão foi essa – parece que eu assaltei o armário de sapatos do marido.

E achei vários modelos com esse jeitinho, entre eles oxfords mais masculinizados e slippers (que mais parece o mocassim masculino e que tem cara de ser mais confortável que sapatilha!)

Eu sei que tem muita menina que até hoje não consegue se acostumar com oxfords – na verdade até um ano atrás eu também não gostava – mas hoje em dia eu adoro botar o meu com uma saia ou com elementos mais femininos. E esse boyfriend shoe se encaixa perfeitamente nessa categoria.

Engraçado que ele não é meu tipo de modelo preferido, mas sei lá, me cativou de alguma forma estranha que eu não sei explicar nem daonde surgiu! Vi na Zara, apaixonei, e só não levei porque achei caro (aliás, a Zara tá ficando mais cara ou é impressão minha??). E agora to dando pulinhos de alegria, porque paixão passa, mas pelo jeito virou caso de amor com o sapato tricolor da Arezzo. To sonhando acordada com ele, pode??

Beijos!

Carla

14 em Moda no dia 22.09.2010

Eu nunca!! Será? Clogs

A moda pode ser muito traiçoeira! Volta e meia sempre surgem releituras de coisas que considerávamos abomináveis e quando vemos, não conseguimos mais viver sem.

Só do ano passado pra cá, podemos lembrar rapidamente das ombreiras, do jeans com jeans e, é claro, dos clogs. E pelo visto, a próxima na linha é a pochete! E aí? MEDO! Quem encara? rss

Essa breve introdução é apenas pra contar dessa nova tag que resolvemos criar. E aqui é o espaço para pagarmos a língua de tudo aquilo que juramos de pés juntos que nunca usaríamos e, no final, tchanam! Pois é! E pra não ficarmos sozinhas nessa, vocês estão convidadíssimas a participar, contar suas experiências e, de quebra, aparecerem por aqui (acham que só a gente vai ficar dando cara a tapa, é? rsrs)

Quem segue a gente no Twitter  (@f_utilidades, podem seguir!) ou já leu alguns posts antigos aqui no blog, com certeza se deparou em algum momento com alguma frase minha falando do ódio que eu tenho dos clogs e como eles são horríveis, e etc.

Pois bem, eu continuo achando a mesma coisa dos clogs normais – aqueles fechados na frente e abertos atrás – mas de tanto que eu já vi por aí, passei a achar ok. NOS OUTROS.

E aí, um belo dia, passando pela Arezzo, me deparei com um sapato lindo, que claramente fazia parte da família Clogus Altissimus (há! muito engraçada eu!). Com um pouco de resistência do lado racional do meu cérebro, acabei entrando pra experimentar. E desde então ele não sai mais do meu pé!

Ignorem a cara de cansada, o look padrão para dias sem inspiração e a foto muito mal tirada com o timer da câmera (não tenho tripé, não tinha ninguém pra me ajudar além do meu cachorro e minha casa não tem ângulos favoráveis pra encostar a câmera para auto fotos!) e foquem no objeto de interesse!

Pra aliviar a minha consciência (e resgatar o pouco de credibilidade que me resta depois disso!) eu fico dizendo pra mim que isso não é um clog. Tá mais pra um semi clog-peep toe-fechado no calcanhar ou então uma ankle boot peep toe com recortes estratégicos! Mas a vendedora falou que são vendidos como clogs, então tá, quem sou eu pra discordar dela?

E aí, meninas? Paguei a língua ou só metade dela?

E vocês, hein? Tenho certeza que eu não sou a única a passar por isso!! Podem já contar suas relações de ódio/amor!

Beijos

Carla

PS: Tenho uma certa impressão que a Jo não irá aparecer muitas vezes por aqui. Eu sou mestre em dizer “Eu nunca” enfaticamente e depois bater o olho e me apaixonar pelo meu antigo objeto de repúdia! hehehe

Ps da Jô: Amei a nova categoria, amei em dobro o look da Cah por aqui e adorei mesmo o clog dela! Apesar de eu achar que nunca não vou usar um, eu adorei esse e o da Carol Lanceslloti! Só não usaria um por questões de conforto!