Browsing Tag

apoio

1 em Autoestima/ Destaque/ Relacionamento no dia 21.03.2019

4 dicas para apoiar uma amiga que está precisando

Nós todas ficamos estressadas. Trabalho, contas, relacionamentos, prazos, saúde. Tem horas em que tudo isso fica pesado, e a gente sabe como é. Nem sempre todos os cuidados que temos com nós mesmas nesses dias, ou nessas fases, parecem ser suficientes. Por isso mesmo temos amigas e nossa rede de apoio. Mas e quando é a nossa vez de apoiar uma amiga?

Pode ser difícil saber exatamente o que irá ajudar. As vezes bate uma insegurança achando que não somos fortes o suficiente para alguém se apoiar. Especialmente quando nós não estamos nos sentindo fortalecidas (todas somos humanas). Então, para ajudar, queria dividir algumas dicas que costumo fazer e que têm funcionado toda vez que preciso apoiar uma amiga. Longe ou perto.

1. Motive sua amiga

Você não precisa estar perto para isso, afinal, é só mandar mensagens. Não precisa ser nada muito elaborado. Um simples “Hoje vai ser um bom dia” ou “boa sorte naquela reunião!”. Quem sabe apenas um elogio. Tudo isso pode ajudar, mais até do que você imagina. Se quiser dar uma caprichada escreva um bilhete, um cartãozinho. Algo simples, mas com significado já é uma ótima forma de apoiar uma amiga.

2. Façam alguma atividade juntas

Tem gente que não gosta de falar. Ou que precisa de um tempo até conseguir falar sobre o que está doendo ou preocupando. E tudo bem. Mas isso não quer dizer que a gente precisa se afastar e deixar a pessoa sozinha. Nesses casos, uma maratona de Netflix, uma ida ao cinema ou qualquer atividade que distraia a cabeça pode ser exatamente o que ela precisa para se sentir acolhida naquela hora. Dá para apoiar uma amiga de formas divertidas também.

3. Ajude em casa

Se você tem o privilégio de morar perto, e tem a intimidade para tal, que tal aparecer na casa dela para ajudar? Tarefas como compras de supermercado, cozinhar ou até lavar uma louça podem parecer complicadas quando você passa por um período estressante. Chegar com uma comidinha gostosa ou apenas dar uma mão enquanto passam algum tempo juntas pode ser de grande ajuda. Não apenas nas tarefas, mas no coração.

4. Apoiar uma amiga também é ouvir

Não há melhor maneira de apoiar uma amiga do que ouvir. Se interessar verdadeiramente pelo o que ela tem a dizer. Nem sempre dizer o que pensamos pode ser de fato o que o outro precisa. Muitas vezes, falar o que pensamos pode ser julgador, condescendente ou simplesmente inútil, mesmo que você não queira ser. Em vez disso, pergunte como ela está se sentindo e realmente ouça. Faça perguntas de acompanhamento em vez de dar opiniões. Se não tiver certeza do que dizer, pergunte o que pode fazer para ajudar. É uma ótima maneira de deixar sua amiga saber que você quer estar lá, e vai deixar você saber exatamente o que ela precisa.

Tenho certeza que só com essas 4 dicas você vai estar preparar para apoiar uma amiga querida. Não importa se estão distantes ou perto. Agora me conta: o que você faz para apoiar suas amigas?

0 em Autoconhecimento/ Comportamento/ Destaque no dia 24.10.2018

Uma dica para a autoconfiança: não importa se já falaram ou já fizeram!

Todo mundo tem desejos e vontades de fazer ou dizer coisas que realmente tem vontade mas na hora H arranja um motivo para bloquear. Geralmente esse motivo vem de uma certa falta de autoconfiança, que aflige a todas nós. Quantas vezes você achou que seria uma boa oportunidade de fazer o que você realmente ama e deixou isso pra lá? Ou quantas vezes você quis dar uma opinião e se calou? Quantas vezes se pegou pensando coisas do tipo: “Ah, já tem gente fazendo/dizendo isso”, “o que eu tenho pra dizer não é tão importante assim”. Ou até mesmo “não sei se sou boa o bastante para fazer/dizer algo sobre isso”? Quero explicar por que você precisa parar de pensar assim agora.

autoconfianca-acredita-e-vai

Já falamos algumas vezes aqui sobre a tal síndrome da impostora. Aquele sentimento onde nossa autoconfiança se abala e nos sentimos menos capazes do que realmente somos. Mas acho importante te apoiar e te incentivar a fazer e dizer o que te move. Precisamos parar de achar que nossa opinião não é importante só porque já tem alguém dizendo isso por aí. Ou que nossa ideia de negócio não é legal porque alguém já fez isso antes.

>>>>>> Veja também: Papo sobre mulheres – a eterna sensação de fraude e a síndrome do impostor no universo feminino  <<<<<<

Todos nós estamos por aí com medo de falar e fazer as coisas que queremos. No entanto, a diferença entre você e a outra pessoa que “deu certo” é que essa outra pessoa foi lá e fez, apesar do medo. Ela confiou nos seus instintos, acreditou em si ou simplesmente foi fazendo. E quer saber de mais uma coisa? Talvez ela tenha tido os mesmos medos que você.

Não importa que você considere a sua opinião igual à dos outros por aí. Ou que você ache que sua história é menos importante. As pessoas precisam ouvir o que você tem a dizer. O seu ponto de vista é apenas seu, a sua forma de ver as coisas é apenas sua. E isso realmente faz com que seja diferente, ainda que na sua cabeça pareça a mesma coisa. Para alguém vai fazer sentido, vai ser importante te ouvir. Pode até mesmo vir em um momento em que o outro precisava ouvir aquilo.

A mesma coisa sobre a sua ideia. Podem até existir outras iguais, porém ninguém vai fazer da mesma forma que você. E sabe por quê? Porque você é única e a sua contribuição pode ser importante. Sua forma de trabalhar pode ser diferente e até mesmo inovadora – você é que ainda não percebeu isso.

>>>>>> Veja também: 4 dicas rápidas para manter a autoconfiança em dia no trabalho <<<<<<

Acredite no seu melhor, tenha autoconfiança, e acima de tudo, tenha em mente que só existe uma de você no mundo. Uma pessoa que pensa, sonha e faz as coisas de um jeito que só você sabe. E isso pode fazer a diferença não só pra sua vida e pra sua autoestima, mas pra vida de muitas pessoas também. Acredita e vai!