Browsing Category

Cultura

4 em Comportamento/ Convidadas/ Cultura/ feminismo no dia 20.12.2017

A Guerra nas Estrelas é feminista

Cresci sem saber o que era muito bem Star Wars, mas de uma coisa eu sabia, era “coisa de menino”. Enquanto Harry Potter, Crepúsculo e Jogos Vorazes foram sagas que me acompanharam na adolescência, Star Wars era apenas um mito pelo qual eu nunca me interessei. Até os 18 anos.

Desde que descobri Star Wars no início do ano passado, ele se tornou mais que um filme ou uma franquia bilionária. E depois que vi Os Últimos Jedi, filme novo que estreou nessa semana, isso apenas se solidificou.

Texto sem spoilers do mesmo, fiquem tranquilos.

Star Wars significa pra mim esperança, rebeldia, resistência, poder feminino, e tantas outras coisas. Star Wars é mais que apenas uma franquia de filmes de fantasia.

A Força é como a religião, ela tem o lado da luz e da escuridão, e cabe aos discípulos fazerem a escolha certa. E nem sempre eles fazem. E nem sempre a culpa é deles. Nem sempre os mestres os guiam da maneira certa, não existe uma linha exata entre o certo e o errado.

E ai tem a Leia, que desde 1977 não aceitou ser a princesinha subordinada, ela lutou junto pelo povo dela. E vai ser pra sempre a nossa princesa-general. Leia tem esperança de um mundo melhor em meia à guerra, mas não fica de mãos atadas esperando ser salva.

Acho que por ter conhecido a saga já sendo feminista e no auge dos meus 18 anos, sempre enxerguei na Leia uma princesa revolucionária. Ela não usava coroa, vestidos brilhantes ou nada que não fosse prático para batalha. Ela sabe usar uma arma, e usa com maestria.

Leia é tão importante que nos dias de hoje ela é a General suprema da Aliança Rebelde! Ela que manda nos rebeldes! Quer mais girl power que isso? Então toma!

Toda garota tem uma rebelião dentro de si – ilustra: Sydney Maria Hughes

Desde “O Despertar da Força” lançado em 2015 temos a Rey, UMA MULHER JEDI!!!!!! Finalmente!!!!!!! E sendo, além disso, uma personagem forte, cheia de camadas e conflitos, ela é uma jedi, mas ainda assim, uma jovem mulher se descobrindo. A Rey é confusa, fora dos padrões de comportamento femininos. Ela não usa vestidos, saias, nem nada do tipo, Rey usa roupas que sejam úteis e que façam o serviço de cobri-lá no deserto em que vive. Rey luta para viver num planeta prementemente dominado por homens, mas ela tem esperança (olha a esperança aqui de novo!) de que um dia a vida dela vai mudar, e enquanto isso ela não espera sentada pelo príncipe encantado, ela trabalha para ter o que comer.

Star Wars é sobre regimes totalitários, sobre um grupo que se acha mais apto a governar a galáxia que os outros (qualquer semelhança com nazismo não é mera coincidência). Primeiro com os Sith, depois com o Império, agora com a Primeira Ordem.

E sobre resistência, luta, resiliência, rebeldia. Sobre como até in the darkness of times, there must be hope.

Que a gente tem que lutar, lutar, lutar e lutar. Ainda mais se formos mulheres! Star Wars é a melhor franquia de filmes já feitas. E uma das mais feministas também!

May the force be with you.

E assistam ao novo filme, Os Últimos Jedi, ele tá PREENCHIDO de girl power!

11 em Comportamento/ Cultura/ séries no dia 05.02.2014

12 motivos para amar Fran Fine até hoje!

Já contei nesse post como eu sou viciada em sites com listas e desde então, fiquei com vontade de implementar essa categoria aqui no blog. Não tinha noção como começar até o dia que eu postei no instagram a foto da boneca que fizeram da Fran Fine e morri de saudades dos tempos que eu me arrumava para o colégio assistindo The Nanny (e quase sempre chegava em cima da hora, a sorte é que eu estudava a um quarteirão de distância da minha casa!).

15 anos se passaram desde que a série terminou e até hoje eu não vi outra série com tanto personagem incrível (e olha que eu vejo é série, hein…). Como eu acho que a Fran Fine é hors concours, resolvi mostrar os motivos!

1 – Porque ela aprendeu a ser vaidosa com as melhores pessoas.

tumblr_lx23zhtCeb1r79nqko1_500

2 – Porque ela perde a pose, mas não perde o rebolado!

Fran-the-nanny-31259161-300-230

3 – Porque ela acha que isso é o parque de diversões da avó.

tumblr_m0k1taYR0D1r4ahjbo3_r1_5004 – Porque ela tem crise de idade…
tumblr_m5s141M3IT1qjt8apo1_2505 – …mas consegue argumentar como ninguém sobre esse assunto!

tumblr_m27vu3NI4w1qj0kuho8_r1_2506 – Porque ela é sexy o suficiente para não se importar com as críticas.

tumblr_m55o87e1X21rxh1u4o1_2507 – Porque ela consegue tudo o que sonhou.

tumblr_mkxf36pJgO1s1clzao1_5008 – Porque ela tem uma teoria ótima para enganar o corpo e não engordar.

tumblr_n06q4sPDhU1sdtdfuo1_5009 – Porque ela não quer dividir os holofotes

tumblr_mlkpg3IefR1qk6sm7o1_50010 – Porque ela faz a dancinha da vitória melhor do que ninguém

2ljnoy9

Impossível não amar Fran Fine!

Beijos

Carla

0 em Comportamento/ Cultura/ Publieditorial/ Variadas (f)utilidades no dia 18.12.2013

Natal 2013: Compartilhe os verdadeiros presentes!

Finalmente dezembro chegou e junto com ele vem a expectativa de um Natal mais do que especial. A mágica desta época começa com as decorações elaboradas, um espírito de solidariedade em alta, compras de presentes, escolhas de looks para a ceia, mas não podemos nos deixar esquecer dos verdadeiros presentes que essa época do ano nos traz! E para isso, nada melhor do que contar com a ajuda do Papai Noel:

Existe falar em Natal e não pensar nas lindas campanhas natalinas da Coca-Cola? A relação emocional que a gente tem com essas campanhas de fim de ano da marca sempre existiu (oi, urso polar, beijos!), mas achamos que esse ano ela está mais especial que nunca. Outro dia mesmo postamos uma frase no insta onde dizia que as melhores coisas da vida não são coisas. O stencil dela está por toda São Paulo e já vimos várias pessoas compartilhando essa citação. Até parece que o universo está conspirando para que, nesse final de 2013, todo mundo se lembre que o mais importante não são os bens materiais, por isso mesmo achamos o máximo que a Coca Cola também esteja nesse zeitgeist.
frase das ruas

Nesse Natal, a Coca lançou um aplicativo no Facebook para nos ajudar a espalhar mensagens carinhosas para as pessoas que mais amamos e, muitas vezes, com a falta de tempo, acabamos não demonstrando o que sentimos ao longo do ano.

Quem curtiu aquela brincadeira de botar seu nome na latinha, com certeza vai adorar essa também!
passo-a-passo-aplicativo-facebook

Você pode tentar aqui. 

A ideia é muito fofa e simples. Você escolhe uma foto em um momento especial (que pode ser do seu álbum no Facebook ou computador), seleciona e escolhe “o que você deseja compartilhar” neste Natal. Pode ser paz, felicidade, amor, risada, carinho, abrações, gratidão e outras palavras deliciosas.

Para terminar você precisa dizer de quando é a foto e deixar a Coca colocar o espírito de Natal para funcionar.  Quando você menos esperar, sua foto vai estar publicada na timeline do seu Facebook e surpreender seus parentes e amigos!

Obviamente a gente não poderia ficar de fora dessa, a primeira imagem de Natal que nós criamos não poderia ser outra, um momento nosso, compartilhando nossa gratidão por ter tido vocês por aqui por mais um ano!

nos-duas

Obrigada por fazerem parte do universo do (f)uti, participando, comentando, curtindo, opinando e enriquecendo cada vez mais esse espaço!

Que essa “brincadeira” especial de Natal possa tocar o coração de todos nós, inclusive daqueles que moram longe e mantém os laços verdadeiros de amizade pelas redes sociais. Essa é apenas uma das maneiras de compartilhar os verdadeiros valores dessa festa tão linda com aqueles que amamos!

E aí, vamos participar?

publipost