Browsing Category

Make-up

1 em Beleza/ Make-up/ Patrocinador no dia 16.01.2019

Batom vermelho, como é a sua relação com esse item de maquiagem?

Em novembro eu dividi uma questão com as meninas lá no insta do Futi: meu bloqueio em usar batom vermelho durante o dia. Batom escuro, na verdade. Eu já imaginava que esse poderia ser um assunto que daria pano para manga, só não imaginei o quanto daria. Por isso resolvi trazer ele para cá.

Vale dizer que eu não sou uma pessoa que tem a boca colorida como marca registrada. No quesito maquiagem sou um pouco preguiçosa, especialmente durante o dia. Tenho vários batons escuros, já falei sobre meus batons vinho, mas a verdade é que dificilmente uso eles durante o dia. Misto de preguiça com não ter onde ir que justifique usá-los. Aliás, dificilmente vocês irão me ver com uma maquiagem muito elaborada durante o dia.

tipo essa. no dia a dia eu sou quase sempre sem maquiagem. Ou protetor solar com cor, corretivo e blush, no máximo.

Até que Joana trouxe algumas maquiagens da Vult, e entre elas estava um batom vermelho. É da linha liquido matte, bem aberto, cor No. 05. É uma cor que eu dificilmente escolheria se estivesse na minha frente em uma loja. Sempre achei que tons mais fechados são mais fáceis de usar, então sempre busquei essa gama. Na minha crença, batom vermelhão assim chama muita atenção. Saio de casa já na neura que tá todo mundo olhando para a minha cara, e fico desconfortável antes mesmo de passá-lo na boca. Acho lindo nos outros, mas em mim….

Só que essa sensação estranha não aconteceu com esse. Ao contrário, eu passei e achei lindo. Ele é muito pigmentado, seca bem rápido e o aplicador permite fazer o desenho nos lábios sem grandes dificuldades e borrões. A durabilidade também é maravilhosa, até mesmo quando estou comendo, ele dá uma apagadinha mas continua uns 70% intacto, eu diria.

Passando o batom (às 10:30 da manhã)

Depois de seco

Logo depois do almoço, por volta de 12:30

16:30, sem ter retocado nenhuma vez. Depois do almoço e de um lanchinho da tarde.

Aliás, achei que a cor funcionou tanto para mim (seja com meu tom de pele ou meu tom de cabelo), que quando vi, não estava querendo usá-lo apenas durante a noite. Passei a usá-lo também durante o dia. Não sempre, mas as vezes. E, como na maior parte dos casos, a neura de chamar a atenção estava apenas na minha cabeça.

Dividi isso no instagram e achei engraçado perceber a relação de muitas mulheres com esse item específico. Muitas encararam como uma forma de libertação. Outras testaram por causa do incentivo de outras mulheres. Tem quem se sente mais segura. Deixo aqui alguns dos relatos que recebemos:

“Sabe como eu comecei a usar batom escuro de dia? Com roupa branca e básica! Daí acostumei! Meu primeiro namorado disse que eu jamais deveria usar batom vermelho, que batom vermelho era ruim. Quando terminamos a sensação mais libertadora foi usar o batom vermelho e me sentir a pessoa mais linda do mundo! Uma que vez que começa, fica difícil desapegar. E olha que eu era daquelas que nem cor de boca usava…”

“Eu tive uma chefe de estágio que amava batons e me botava para testar vários. Aos poucos fui arriscando. Passei de sair só de gloss para usar tons claros, depois de algum tempo tomei a coragem dos vermelhos e daí para frente foi ladeira abaixo. Hoje sou a louca do batom. O que me ajudou foi o incentivo dela na época e ir testando em casa. Quando tinha tempo sentava em casa e testava batons de dia até que passei a me sentir bonita. É um processo que só funciona com testes mesmo. Minha dica é ir testante dentro de casa que é seu ambiente seguro. Com pouquinha maquiagem. Até que um dia cê se vê saindo de batom trevoso 3h da tarde.”

Nunca usei batom vermelho e estava me perguntando isso agora. Acho que por chamar a atenção demais!”

Só consigo usar no inverno e em viagens! Aqui no Rio acho que nunca usei durante o dia. Mas eu sei porque…Sou muito branca e de cabelos claros. Acho que eles pulam de mim quando uso com roupas mais claras – as que uso mais durante o dia. No frio de verdade acabo usando roupas mais escuras e fechadas, aí orna super bem. Ou à noite, para uma festa, com make bem elaborada.”

“Batom colorido dá um up na gente…me sinto até mais segura

“Eu amo batom vermelho, mas só consigo usar durante o dia se for para sair com amigas/sozinha. Para o trabalho não consigo…acho que fiquei meio bloqueada por conta de alguns comentários que já surgiram do tipo “nossa, tem date hoje” ou “estava em entrevista”? 

“Não usava nada vermelho. Quando era criança minha madrasta disse que vermelho não combinava com meu tom de pele. Sou negra. Lá pelos 25 anos usei um batom vermelho pela primeira e não parei nunca mais”.

(mais…)

0 em Beleza/ Make-up/ Patrocinador/ pele no dia 19.12.2018

Melhores do ano: Primer fluido da Vult!

Há alguns meses a gente recebeu um produto em primeira mão: um primer fluido. Ele foi lançamento da Vult na Beauty Fair 2018 e desde então estamos usando antes da maquiagem. E quando nos reunimos para definir que produtos seriam nossos melhores do ano, decidimos que esse seria unânime!

primer-fluido-vult-2

Ele tem uma textura ultra fluida, o que o transforma em um produto bem leve e que não faz uma camada grossa antes da base. Ao mesmo tempo, ele também tem efeito matte, o que é uma enorme diferença no calor do Rio de Janeiro. E para fechar com chave de ouro, ele seca super rápido. Deixa a pele com um toque bem aveludado, mantendo apenas o brilho natural (ou onde o iluminador estiver, claro hehe). Ou seja, ele basicamente preenche todos os requisitos para entrar na nossa lista de favoritos.

Além de ajudar muito na durabilidade da maquiagem, ele também serve para quem procura disfarçar poros dilatados e reduzir sinais de expressão. Mas não é só isso. Ele também é enriquecido com Ácido Ferúlico e Ácido Hialurônico. Esses dois ácidos trazem benefícios antioxidantes e hidratantes para quem também se preocupa em prevenir os sinais de envelhecimento. 

Por causa de tudo isso, achamos que estava mais do que na hora de apresentá-lo para vocês.

Como escolher a cor do Primer Fluido?

Isso é o mais fácil. Ela é única e se adequa à pele de todas as pessoas. Seu tom não interfere na cor da base. 

primer-fluido-vult

Como utilizá-lo?

Depois de agitar, eu pingo algumas gotas no rosto e espalho com os dedos limpos. Também dá para botar as gotas no dorso da mão e aplicar com um pincel adequado, como um duofiber ou algo do tipo. Assim a pele fica pronta para receber a base, o bb cream, o corretivo ou seja lá quais serão os produtos que vocês usarão pra fazer a pele.

O que eu achei?

Definitivamente duas das coisas que mais gostei foram: o acabamento e a durabilidade que ele confere à maquiagem. Além do fato que vale muito a pena ser mencionado: ele não causou nenhum incômodo à minha pele oleosa e acneica. 

Minhas percepções no Rio de Janeiro foram ótimas, mas não quis deixar de perguntar pra Carla o que ela achou testando ele em NYC nos últimos meses!

O que a Carla achou do produto?

primer-fluido-vult-3

“Adorei aparecer nesse post, justamente porque o uso esse primer de uma forma diferente da Jô. Por não ter a pele oleosa e não carregar tanto na maquiagem, eu dificilmente uso primer no verão. Uso só em festas ou em situações onde ficarei muito tempo maquiada, e quero que ela dure.

Em compensação, no inverno a minha pele fica extremamente ressecada, a ponto de descamar. Então, hidratante acaba virando um produto essencial na minha rotina. Por mais que eu não seja fã da sensação de passar cremes hidratantes no rosto, eu não tenho como ficar sem. No entanto, quando eu vou me maquiar, eu não tenho paciência de esperar a textura grudenta do hidratante secar. Por isso quase sempre vou direto para a base, ignorando a hidratação. Claro que isso não dá muito certo aqui no frio.

antes e depois do primer fluido

antes e depois do Primer Fluido da Vult

Por isso eu gostei bastante desse produto. O bacana desse primer fluido é que ele preencheu essa lacuna que me faltava. Ou seja, eu consigo dar uma hidratadinha (mais básica porém funcional) antes da base e ainda por cima consigo uma durabilidade bem maior da maquiagem depois que eu uso. A textura da minha pele fica melhor e a maquiagem mais bonita por mais tempo. Tudo isso com uma sensação confortável de absorção rápida do produto, que é ótimo para a minha falta de paciência. rs”

No site da Vult ele sai por R$29,90, mas dando uma olhada em outras lojas online, o preço dele varia entre R$30 e R$40. Nós estamos usando ele desde o lançamento – isso é, agosto – e ainda vai durar mais uns bons meses. Se você está procurando um primer com bom custo benefício, pode vir. Com uma textura leve, um efeito suave e que ajuda a segurar a maquiagem de uma forma bem natural e iluminada, pode vir também! Não é à toa que nós duas elegemos esse produto como um dos melhores!

Beijos

0 em Beleza/ Make-up no dia 17.12.2018

Melhores do ano: Iluminadores Sun Dipped Glow Kit, da Anastasia

Vamos aproveitar que falta menos de 15 dias para 2019 para começar a fazer uma retrospectiva de Melhores do Ano? Vou começar por uma marca que eu nunca tinha dado muita atenção antes: Anastasia.

Quando fui para o Brasil em julho, passei uma semana grudada na Jô lá na fábrica da Bio Extratus. E como sempre acontece quando viajamos juntas, uma acaba pegando coisas da mala da outra.

Assim conheci essa palheta da Anastasia que mudou minha vida.

maquiagem-anastasia-glow-kit

Um certo momento da viagem a Jô apareceu no quarto com uma pele super iluminada. Eu adorei o resultado e perguntei qual iluminador ela estava usando. Foi aí que ela me contou que, na verdade, não era um iluminador, era uma paleta multiuso e super versátil de iluminadores. Achei incrível, mas acabei esquecendo dessa informação.

Só fui lembrar de novo quando ela veio aqui em casa, em setembro. Aí eu comprei! E desde então, toda vez que quero fazer uma maquiagem menos básica, ela é ítem obrigatório.

O Sun Dipped Glow Kit da Anastasia Beverly Hills vem com 4 cores de iluminadores: Bronzed (um bronze com toque dourado), Tourmaline (um marrom acizentado com brilho rosé), Moonstone (um rosinha bem perolado) e Summer (um bege cor de areia com toque dourado).

maquiagem-anastasia-glow-kit-3

Elas funcionam para todo tipo de pele, a pigmentação é muito boa e todas as cores espalham e aderem com facilidade.

Mas o mais bacana é que o Glow Kit pode ser usado dos mais diversos jeitos.

Em uma viagem recente eu tentei ser mais compacta, até mesmo porque só ficaríamos fora por 2 dias. Para fazer o teste, resolvi levar só a paleta, uma base, um batom e um rímel. No dia que quis fazer uma maquiagem mais elaborada, o Bronzed virou contorno; o Tourmaline, blush; o Summer virou iluminador e sombra! E olha, deu muito certo.

maquiagem-anastasia-glow-kit-4

Aliás, preciso fazer uma menção honrosa para essa dupla que é o Bronzed com o Summer! Essas duas cores parece que nasceram uma para a outra. Toda vez que eu uso, ainda mais agora que está frio, eu sinto que acabei de chegar de férias na Grécia. Fica um ar saudável e bronzeado que eu acho lindo. Infelizmente não existe uma paleta só com essas duas cores, senão, eu nem pensaria duas vezes em adotar para vida!

Ela não é dos produtos de maquiagem mais baratos (custa U$40 e ~infelizmente não tem no Brasil rs) mas é o tipo que vale muito o investimento. Quem quiser dar uma olhada, tem na Sephora daqui dos EUA. Não é à toa que está aqui nos meus melhores do ano.