2 em Autoconhecimento/ Autoestima/ Comportamento/ Destaque no dia 25.11.2019

Você precisa ter foco, força e fé

Sempre que ouço ou leio essa frase, me pergunto: foco, força e fé no quê, xará?

Para me exercitar, levanto às 5. Vejo se tem alguma coisa urgente a resolver no celular. Procuro a roupa da academia. Olho na geladeira e percebo que deveria ter comprado o iogurte. Vai o suco da filha mesmo. Preparo o leite da filha. Deixo leite e celular com despertador e vou.

Na academia. Estou na esteira pensando em tudo que falta fazer. Faço a musculação e aqueles aparelhos foram inspirados na tortura, só pode. Volto para casa. Levanto a filha, que está de preguiça. Ela se arruma e eu me arrumo. Penteio o cabelo, porque se ela estiver descabelada a culpa será minha. 

Olho o relógio e vejo que dá tempo de preparar o café. Tomo café. Meu olhar recai sobre o sofá: a filha arrumada está dormindo. Coração aperta, mas acordo a pequena e levo para a aula.

Vou trabalhar, encontro a chefe, faço mais um café. Preciso diminuir o café. Esqueci a fruta. Almoço, mais café. Só que dessa vez, acompanhado de risadas e partilha, o podcast do dia. Trabalho mais. 

Deu a hora de sair, vou para casa. Passo no mercado, compro os produtos de limpeza. Putz, esqueci o iogurte, de novo. Corro para casa, filha chegou. Vejo o jantar. Mando mensagem para quem toma conta da filha e vejo a rotina. Agradeço. Preparo tudo para o dia seguinte. Deito, as mãos da filha estão nas minhas. Adormecemos: é a melhor parte do meu dia.

Acordo. Olho para o quadro motivacional que botei um dia desses: “foco, força e fé”. Fé eu até tenho. Mas que foco? E que força? De onde tirar? Pra quê tirar, aliás?

Tiro o quadro, jogo ele no lixo. Repito tudo novamente.

Gostou? Você pode gostar também desses!

2 Comentários

  • RESPONDER
    Nelson Felix Lima Neto
    25.11.2019 às 15:43

    Ótima reflexão.
    A sociedade exige de nós um gingado ágil, certeiro e rigoroso. E isso é para mim, que sou homem. Para as mulheres é exigido, pelo menos, duas vezes mais.
    Parabéns para a autora.
    Adorei.

  • RESPONDER
    Terezinha Ramos
    25.11.2019 às 21:46

    Adoro!
    Relatos da vida real…
    Relatos vividos…
    Agradecida!
    Bjus na alma

  • Deixe uma resposta