2 em Autoestima/ maternidade no dia 14.10.2019

É dificuldade ou desafio?

Há duas semanas eu participei de uma live com a Ariella Dashefsky. Ela faz lives no instagram voltadas para maternidade, com convidadas que sempre têm coisas interessantes para falar. Eu fiquei super feliz de ser chamada para participar, mas resolvi vir escrever sobre algo que ficou martelando na minha cabeça desde o dia que a gente conversou.

Ela estava contando que em uma sessão de terapia onde ela estava relatando algumas de suas questões com maternidade, e sua terapeuta propôs uma mudança.

Por quê ao invés de você falar que algo é difícil você não fala que é um desafio?

ilustra: Brooke Smart

Minha cabeça pirou de tantas possibilidades naquela hora. E, de certa forma, muita coisa fez sentido e se encaixou para mim. Por quê? Primeiro porque eu sempre classifiquei coisas como difíceis. Principalmente quando falamos de maternidade.

E aí, quando taxamos de difícil alguma experiência, situação ou até mesmo um traço da personalidade de alguém, eu imediatamente encaro que é algo que não dá muito para resolver. É difícil e ponto. A situação é essa e pronto. A pessoa é assim e acabou. Vou ter sempre dificuldade com aquilo. Talvez, se esforçar muito, fique mais fácil. Mas vai continuar sendo complicado, e elas que lutem.

Porém, ao trocar a postura e encarar a mesma coisa sob um olhar de que é desafiadora, percebo que tenho mais possibilidades.

Não é que fica mais fácil, mas o desafio costuma nos impulsionar a achar maneiras de resolvê-lo ou entendê-lo. O desafio, principalmente quando estamos falando de criação, me parece ser uma atitude mais respeitosa e até mesmo humilde. Nos botamos em uma posição de que não sabemos de tudo, e achamos formas de desenvolver ferramentas para aprender com o desafio. Seja na criação de um filho ou em qualquer outro relacionamento.

Não sei se isso tudo vai fazer sentido para vocês do jeito que fez para mim, mas quis dividir esses pensamentos aqui nessas linhas. <3

Gostou? Você pode gostar também desses!

2 Comentários

  • RESPONDER
    Renata Castro
    14.10.2019 às 14:57

    Em geral, a forma como vemos as coisas determina a forma como vamos lidar com elas!! Adorei a reflexão!!

  • RESPONDER
    Tais Amaral
    19.10.2019 às 23:17

    Que reflexão você colocou o meu eu interior agora hein.
    Se antes pensasse por esse lado, muitas coisas teriam sido diferentes.
    Estou atrás da tela boquiaberta e dando resoluções na minha vida.
    Obrigada de coração! Continue espalhando sabedoria pois sempre me toca e aprendo algo novo.

  • Deixe uma resposta