0 em Autoconhecimento/ Autoestima no dia 10.10.2019

Eu não quero mais reclamar

Vamos ser sinceras? Reclamar é gostoso. É fácil, é muito simples. Você sobe ali no pedestal da reclamação e comenta do seu chefe, da colega de trabalho, da sua celebridade favorita, da sogra. A sensação parece boa na hora. E daí você continua fazendo e fazendo. Até que você se torna uma reclamona profissional sem perceber. 

Em dias ruins e estressantes, é fácil reclamar de qualquer coisa que me incomode. O trânsito, o clima, um amigo. Quer seja em voz alta para quem pode ouvir, ou apenas pensar na minha cabeça.

Reclamar é tão natural para muitos de nós quanto respirar. 

ilustra: Kathryn Honesta

Alguns desabafos são saudáveis para evitar aquele acúmulo de sentimentos. Dividir certas reclamações com amigos pode trazer uma nova perspectiva e até mesmo soluções. Mas reclamar demais pode causar estresse crônico, afetar nossos relacionamentos e até mesmo afetar nossa saúde. Então, o que devemos fazer? Parar de reclamar. Pois é.

Não é fácil, porque reclamar é contagioso e pode até mesmo estreitar laços. Quem aqui já fez uma amiga por detestar as mesmas coisas? Eu já! Mas você pode acabar contaminando um ambiente inteiro sem nem perceber. E ninguém gosta de ficar perto de gente que só reclama, né?

Se você não tem certeza se reclama muito, analise suas falas, suas mensagens. Perceba por quê os assuntos que você tem com seus amigos começam e por quê eles acabam. Veja se o tom das suas falas são mais positivos ou negativos. Pense em quantas coisas você reclama em um dia.

E qual é o oposto de reclamar? Pra mim, seria ser grata.

Embora tenha caído no gosto de todo mundo, a palavra “gratidão” tem um significado muito forte e vai muito além de uma hashtag ou uma modinha de bem estar. 

Gratidão é quando olhamos ao nosso redor e conseguimos observar o que tem de bom nas coisas, na vida e nas pessoas. É a gratidão que nos salva de sermos reclamonas e que também combate as pessoas que reclama ao nosso redor. Experimente mostrar uma perspectiva diferente e otimista para um reclamão. Ele pode até ficar bravo na hora mas a alegria e a gratidão, assim como o hábito de reclamar, também são contagiosos. Como você prefere ser reconhecida?

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta