1 em #futiindica/ Comportamento/ Destaque no dia 02.09.2019

Finalmente me rendi ao Kindle. E agora divido os prós e contras

Já tem muito tempo que minhas leituras viraram virtuais. Uns 8 anos mais ou menos? Se bobear, até mais. Ainda tenho livros de papel, mas a maioria foi presente. Quando é para comprar, sempre opto por e-books. E em todo esse tempo, nunca me convenci que o Kindle era algo que valia a pena comprar.

Há uns anos eu tinha um Ipad onde só fui variando os apps de leitura. Comecei pelo Iba (que acabou), depois fui para o Livros, da própria Apple, e por último, baixei o app do Kindle. Inclusive, quando me mudei para cá, baixei o Kindle para o meu celular, e sempre achei muito prático ter essa opção. Várias vezes, quando via que estava gastando um tempo desnecessário em redes sociais, era só clicar no app e voltar à leitura vigente.

Só que infelizmente, por mais que essa ideia pareça linda na teoria, o que acontecia na prática era diferente. Eu começava a ler pelo celular e era só chegar em uma parte meio monótona que eu já voltava para redes sociais. Ou então, enquanto estava lendo aparecia uma notificação de grupo e eu dispersava. No fim, eram 15 minutos lendo para 2 horas fazendo outras coisas.

Até que um dia, em uma sessão de terapia, minha psicóloga me convenceu sobre o Kindle.

O meu é esse daqui.

Ela estava contando como o aparelhinho estava fazendo com que ela focasse mais nos livros que ela queria ler. Como virou um hábito para a hora de dormir, como o fato de não ter nenhuma distração estava ajudando, etc. Nessa hora, lembrei o quanto eu já passei madrugadas lendo com uma lanterninha que pregava no livro, e achei que podia ser uma boa ideia.

Uns dias depois dessa conversa teve o Amazon Day e eu acabei aproveitando para comprar o meu com desconto (acho que foi de U$89,99 por U$59,99). E agora acho que já estou com propriedade para dizer que entrei para o time das defensoras. Hoje vim aqui contar um pouquinho!

Prós do Kindle

  • De fato, fica muito mais fácil se concentrar. Como bem fui alertada, ter um dispositivo sem nenhum tipo de distração, feito apenas para a leitura, facilita a vida. Não ter notificações, barulhos e nenhum outro app à distância de um dedo é, de fato, uma benção.
  • Sua tela é maravilhosa para ler em qualquer ambiente. Se está escuro, a iluminação é confortável (eu comprei a versão com back light, mas pelo que vi, é uma opção nova). Se está muito claro, a tela não tem reflexo e não fica escura. Parece até que você está lendo realmente uma página de um livro físico. Eu achei bem impressionante.
  • A bateria dura muito! Eu carreguei meu Kindle assim que cheguei em casa, no começo de Agosto, e só fui recarregar novamente quase 3 semanas depois.
  • Ele é bem portátil. Um dos motivos de eu falar que não queria ter um é porque ia ser mais uma coisa para carregar. Mas a verdade é que ele é muito leve e pequeno, super portátil. Se comparar com um livro físico então, é quase uma covardia. A questão e que hoje já não vejo mais isso como um problema.

Contras do Kindle

  • Dificuldade para dormir. Sim, o motivo que me fez comprar um Kindle também é minha maior reclamação. rs Eu estou amando ler com mais frequência, mas não nego que desde que ele chegou aqui em casa, meu sono tá sendo mais irregular. Tem dias que me apego à leitura e não quero parar, quando vejo só tenho mais 5 horas de sono.
  • O sistema dele é meio lerdo. Eu nunca experimentei outros aparelhos similares, mas eu fiquei impressionada como o touch screen desse que eu comprei é rudimentar. Isso não influencia na experiência de leitura, mas não nego que foi uma surpresa negativa. É um contra, mas não é algo que me faria desistir de ter um.

E aí? Quem tem Kindle, o que acha da experiência? Quais são seus prós e contras?

Gostou? Você pode gostar também desses!

1 Comentário

  • RESPONDER
    Mariana Borges
    04.09.2019 às 0:11

    Carla, eu tenho há um tempão. Às vezes largo por um tempo (meu marido prefere livro físico e leio os que compramos juntos), mas acabo voltando pela praticidade, inclusive de compra: se tiver versão Kindle, é clicou – baixou -leu. A lerdeza achei que era por conta dele ser meio velho, mas vejo que é a mesma situação em todos. Consigo ler no escuro, mesmo ele tendo uns anos já. Para viagens é maravilhoso – uma biblioteca inteira debaixo do braço. Recomendo muito!

  • Deixe uma resposta