5 em Autoconhecimento/ Autoestima/ Destaque no dia 01.07.2019

Por quê esse medo tão grande de chamar a atenção?

“Todo mundo vai olhar para mim”. Se você nunca disse essa frase, pode já ter pensado nela. Ou ouvido alguém bem próximo de você dizê-la. Os motivos podem ser diversos, mas vou focar quando evitamos usar ou fazer algo pelo simples medo de chamar a atenção. Botar uma blusa brilhosa, passar um esmalte fluorescente. Colocar um salto bem alto ou uma estampa chamativa. Botar um batom forte ou até mudar sua cor de cabelo.

ilustra: Laura Callaghan

Eu não sei de onde começou essa ideia de que chamar a atenção é algo ruim. Mas repare como é algo que está super dentro das coisas que a gente nem questiona.

Minha geração pelo menos, cresceu lendo que cores elegantes são cores sóbrias. Que lugar de paetê e brilho é à noite. Que mulher tem que ser mais baixa que homem (e isso sempre me ofendeu pessoalmente). Que usar um batom mais escuro durante o dia não pega bem. Mulheres têm que ser discretas, e chamar a atenção não deveria ser uma qualidade. Graças a Deus esses pensamentos estão cada dia mais ultrapassados. E por mais que a nossa geração esteja tentando se livrar de todas essas amarras, ainda carregamos estigmas desses aprendizados até hoje.

Como uma mulher de quase 1,90, chamar a atenção sempre esteve ao meu lado, quisera eu – ou não. As pessoas olham se estou sozinha ou se estou com meu marido. Independente se estou de calça ou de vestido. De salto ou de rasteira. Toda de brilho ou toda de preto. Tem dias que não ligo. Tem dias que queria nem ter saído de casa. E não é de se estranhar que esses dias estão super relacionados ao nível que minha auto confiança está no dia.

E se por um acaso, a gente acorda um dia querendo usar o que nos der na telha, as pessoas vão olhar, sim. Principalmente se levarmos em consideração onde moramos. A pergunta principal deveria ser “e daí?”, mas eu sei que não é tão fácil assim.

Por causa disso, fui aprendendo a traçar algumas estratégias para lidar com isso desde que me conheço por gente. Hoje vou colocar aqui duas que sempre me fazem botar as coisas em perspectiva.

Eu sempre gosto de pensar que moramos em um mundo com bilhões de pessoas. Nesses bilhões, existem pequenos universos que compõem a vida de cada um de nós, as pessoas que conhecemos e nossos problemas do dia a dia. Quanto desse tempo você realmente acha que um desconhecido vai passar olhando pra você? Especialmente na era dos smartphones? Ou seja, as pessoas podem até te olhar, reparar em você por um momento. E isso te dá apenas uma falsa impressão de que você importa para elas. Mas, na verdade, elas não dão a mínima.

O outro lado é que eu observo muito. E reparo mesmo nas pessoas na rua. Porém, eu só atraio o meu olhar para coisas que realmente acho bonitas. Não gosto de perder meu tempo observando coisas que eu não gosto. Escolho me concentrar em coisas que me agradam. Sei que nem sempre é isso que acontece e que nem todas as pessoas pensam ou agem igual. Sei também que é um pensamento meio Pollyanna. Mas me traz um conforto e uma segurança extra. Afinal, eu não tenho como saber o que as pessoas estão pensando quando olham para mim, mas tenho como filtrar esses olhares.

Queria terminar fazendo uma pergunta: por quê você teria medo que olhassem muito para você?

Posso apostar que se isso te incomoda, é porque você provavelmente tem uma visão errada a seu respeito. E tem medo que achem que você é essa pessoa que não merece ser observada, quando na verdade, você é, sim! 

Tome coragem, ouse e use tudo o que te agrada. Mesmo que isso faça todos olharem para você. Eu espero que olhem mesmo. E que vejam a pessoa linda que você é, em todos os sentidos.

Gostou? Você pode gostar também desses!

5 Comentários

  • RESPONDER
    Danielle
    01.07.2019 às 9:55

    Adorei o texto, estava falando recentemente com umas amigas sobre isso.

  • RESPONDER
    Marcia
    02.07.2019 às 10:31

    No meu caso, isso tem nome: o dilema do “casaco de oncinha”. rs
    Sou tão discreta que chego a ser quase “invisível”. E isso começou a me incomodar recentemente. Pauta para a próxima sessão de terapia.

  • RESPONDER
    Heloisa Godioso
    02.07.2019 às 10:49

    achei muito legal essa reflexão… deve ser minha lua em Leão mas eu realmente não lgio de chamar atenção não rs… claro que às vezes só quero passar invisível, mas isso tem muito a ver com a questão da confiança que você falou, depende muito do dia! Eu procuro sempre usar o que me agrada e se é algo muito diferente, penso duas coisas: Gostei? SIM. Alguém paga minhas contas? NÃO. Aí vou lá e uso.

    beijos!

  • RESPONDER
    Thais Brandão
    02.07.2019 às 11:53

    Nos últimos meses comecei a me desprender desse pensamento que estava logado a minha baixa autoestima, não queria que me olhassem por me sentir inferior a qualquer pessoa que estivesse passando por mim.

  • RESPONDER
    Letícia Lemos
    02.07.2019 às 15:35

    Que texto lindo! Parabéns por esse ponto de vista tão empoderador! :* Já vou seguir seu blog sempre!!

  • Deixe uma resposta