0 em Autoconhecimento/ Autoestima/ Destaque no dia 04.02.2019

Equilíbrio não é a mesma coisa que dar conta de tudo sempre.

Equilíbrio parece ser o segredo de toda pessoa bem sucedida, não importa em que área. Se você for ver, sempre que essas pessoas falam sobre seus segredos, elas mencionam um equilíbrio entre o trabalho e o lazer. Entre ser mãe e ser mulher. Entre horas de sono e horas trabalhadas. Ficamos sempre com a sensação de que parece algo fácil. Mas quando tentamos adaptar isso para nossa realidade, nos atolamos aqui e ali com as tarefas, os desejos, as vontades e a organização da vida. Fácil? Só para os outros, pelo jeito.

A questão é que esse equilíbrio que a gente imagina, como na balança, idêntico para os dois lados, não existe.

E se a gente tentar perseguir esse objetivo, iremos falhar miseravelmente todas as vezes. E achar que nunca conseguiremos ser bem sucedidas na vida.

Tirando as necessidades básicas como dormir e comer – e mesmo elas não vêm em uma medida certa para todas as pessoas – na vida a gente vai levando as coisas como dá. Tem fases em que a gente trabalha um pouco mais do que se diverte. Em outras, os momentos livres têm mais espaço na agenda. Isso eu poderia considerar equilíbrio.

Porém, a todo tempo somos bombardeadas de mensagens mostrando que temos que desenvolver todos os nossos papéis todos os dias. Que ser bem sucedido é achar equilibrio, mesmo tendo que equilibrar 200 pratinhos com apenas 2 mãos.

Tem dias em que só dá pra ser profissional (e ainda assim com esforço), tem dias em que só dá pra ser mãe, ou nossa agenda fica comprometida em tarefas de casa, cuidar dos pais e qualquer outra coisa. E tem dias em que dá sim, pra fazer um pouco de tudo.

E quem disse que viver assim não é ter uma vida equilibrada?

“Você tem as mesmas horas no dia que a Beyoncé” – não caia nessa roubada, caso contrário tudo que você sentir é sobrecarga

Uma vida em equilíbrio é aquela em que você se sente feliz e realizada sendo você. Mesmo que as tarefas fiquem às vezes pela metade ou que não dê tempo de fazer tudo o que gostaria. Se você se sente feliz sendo quem é e fazendo o que se propôs a fazer naquele dia, eu considero equilíbrio. 

Não caia nessas ciladas de “o dia de fulana também tem 24 horas, qual a sua desculpa?”. Ninguém, nem a Beyoncé (que é a celebridade mais citada nessas frases), não consegue fazer todas as coisas. Mesmo com toda ajuda do mundo, ela também vai se sentir em falta com algo, assim como você. A vida vai acontecendo, a gente vai fazendo o que dá pra fazer, e tá tudo bem assim. Nenhuma de nós precisa carregar o peso de ter que ser, além de tudo, uma pessoa que tem esse falso equilíbrio que nunca se realiza de maneira igual e proporcional. Isso não é real, muito menos humano.

Então, ao invés de comparar o seu processo com o de pessoas que estão te vendendo uma ideia irreal de equilíbrio, que tal tentar encontrar o equilíbrio dentro de si mesma? Sabendo e compreendendo que vamos fazendo o que for prioridade, no tempo que conseguirmos, mas sempre da melhor maneira possível. E que isso sim é ser, de fato, equilibrada.

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta