1 em Autoconhecimento/ Autoestima no dia 22.01.2019

5 razões porque você precisa seguir a Fe Neute nas redes sociais!

Vocês já conhecem a Fê Neute? Se nunca viram, acho que em algum momento, você já se deparou com os vídeos dela no Youtube. São assuntos variados, porém, todos debaixo de uma mesma ideia, que é a da felicidade. Enquanto por aqui falamos sobre diversos aspectos da vida sob o ponto de vista do amor próprio, autoconhecimento e auto valorização, a Fe fala sobre felicidade, que é uma busca constante de todo mundo, e dela também.

Os dois assuntos se cruzam muito, apesar de serem conteúdos bem diferentes. Em setembro, a Carla e a Jô convidaram essa brasileira que, assim como a Ca, também mora em NY, pra participar de um evento do #paposobreautoestima. Pelo que todo mundo postou e contou foi super bacana. Eu já adorava o trabalho dela e por achar tão importante, quero te convidar para saber de pelo menos 5 motivos para segui-la nas redes e assistir seu canal.

1. Todo mundo quer ser feliz.

O legal é que ela não vem te dar uma fórmula mágica. Nem frases feitas. Ela chega trazendo ideias que ela vai aprendendo, pensando e ponderando. Ela fala do que vai testando na sua vida e divide seu processo com a gente. De maneira que nos faça pensar e refletir sobre nossa responsabilidade nesse processo. A Fe é bem aberta no diálogo e deixa sempre claro que não existe verdade absoluta. Ela está apenas dividindo algo sob o ponto de vista dela, do seu aprendizado pessoal, assim como fazemos por aqui.

2. Ela traz referências legais.

Você nunca sai dos stories dela ou dos vídeos sem uma sensação de “dever de casa”, de algo que você possa fazer e agir. E esse é o diferencial da @feneute. Ela não vai te pedir para ver ou ler sobre algo, não tem nada a ver com os processos de “coaching das redes sociais”. Ela simplesmente fala sobre livros, filmes, vídeos ou até mesmo experiências de maneira que você vai se interessar pelo menos por alguma coisa. Você vai acabar vendo, lendo ou escrevendo e vai valer à pena, da forma mais natural possível.

3. Ela é bem “vida real”.

Como falei atualmente, Fernanda mora com o marido em Nova York. E assim como a Carla, ela também curte mostrar as coisas nessa pegada de “a vida como ela é”. Elas não idealizam suas rotinas. Elas podem morar em uma das cidades mais bacanas do mundo, mas elas vivem uma vida normal, sem ajuda e dando conta das suas tarefas. Acho super positivo acompanhar isso. Não deixa de ser mais um ponto de vista de uma mulher de 30 e poucos anos – no caso dela, sem filhos – morando na Big Apple de uma forma interessante e não romantizada. Todo mundo gosta de saber disso, né?

4. Minimalismo.

Num meio de redes sociais onde se fala muito em consumo, ela prega o minimalismo e conta das suas experiências com ele. Não do minimalismo como imaginamos, isso é, de vivermos com bem pouco ou quase nada. Um minimalismo adaptado à realidade de cada pessoa, sem radicalismos, sem regras ou verdades absolutas. Com os pés no chão e adaptável à vida prática de cada um. É uma fonte bacana para quem quer começar a falar sobre o assunto e, quem sabe, iniciar um processo como esse.

5. Ela foi nômade digital.

Fernanda viajou por muitos países trabalhando como nômade digital e ela sempre divide como foi essa experiência. Ela também tem um ebook que pode te ajudar se o seu sonho for esse. Talvez muito do minimalismo venha dessa experiência que ela viveu e agrega ao seu conteúdo em muitos momentos.

Sem dúvida o canal da Fe Neute no youtube é um dos que mais vale a pena na internet. Ele se chama Fê-liz com a vida! Se você não for chegado ao youtube não tem problema, vai no instagram e segue a @feneute. Não deixe de acompanhar os stories sempre que puder, ela sempre faz a gente pensar em algo novo!

Gostou? Você pode gostar também desses!

1 Comentário

  • RESPONDER
    Manu
    23.01.2019 às 21:11

    Ahh!! Adoro a Fê! É exatamente esses motivos aí que você descreveu! Uma querida! 🤗

  • Deixe uma resposta