0 em Destaque/ Moda no dia 22.12.2018

Maiô não é peça de mulher insegura. Vamos mudar esse estereótipo nesse verão?

Verão chegando e a cobrança só aumenta. A medida que Dezembro se aproxima, a quantidade de gente fazendo Projeto Verão só aumenta. Justamente por estarmos chegando no período de praia, piscina e menos roupa, a maior parte das mulheres tem essa sensação de ter que “prestar contas” do corpo para a sociedade.

Junto disso, começamos a ouvir alguns clássicos, como:

– não emagreci o que precisava pra ir à piscina.
– como vou encontrar as pessoas no clube com esse corpo?
– não rola usar biquíni na praia com essa barriga.

Não posso afirmar com toda certeza, mas algo me diz que é justamente por causa desse tipo de pensamento que surgiu a crença de que maiô é algo para mulheres gordas ou mais velhas. Por ele ser uma peça mais coberta e recatada, o senso comum tenta colocar certos tipos de corpos como os ideiais para usar maiô. E daí surge a crença que maiô é a saída caso estejamos com um corpo que não seja igual ao da capa de revista. Só que calma…deixa eu respirar para poder falar bem alto:

Maiô não é roupa de gorda!!!!

maio-todos-os-corpos Aline Rajão com o modelo crochê

Nem de mulher mais velha! Aliás, a gente deveria parar agora mesmo de achar que a idade ou o peso na balança se relacionam com insegurança. Mas além disso, o que me deixa com tanta raiva é que ele pode ser tão mais, que não deveria nunca ser visto como o plano B caso o plano A (isso é, um corpo perfeito para se estar em um biquini) falhe.

Ele pode ser uma peça super prática para mães que acompanham seus filhos em tantas idas ao mar. Ele pode ser uma opção versátil e super fresquinha para quem quer sair da praia naquele dia de calor infernal e ir direto para um restaurante. Ele pode ser uma versão confortável para mulheres que gostam de ir na praia praticar esportes como corrida, surfe, volei, futvolei. E ele pode até mesmo ser sexy. Afinal, nem toda mulher se sente sensual com menos roupa. É uma questão de gosto, e é ótimo.

Além disso, existem tantas opções lindas e incríveis de maiô! Você já parou para ver? Estampas variadas, recortes diferentes. Independente do seu corpo, ele é mais uma opção que temos, e isso é ótimo! Já tentou dar uma chance?


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Marcyn (@marcyn_online) em

Não precisa admitir em voz alta caso você já tenha passado longe de maiôs por associá-los com mulheres gordas e mais velhas.

Nem precisa se envergonhar de ter pensado isso recentemente. Eu sei que vivemos em uma sociedade que lucra com nossas inseguranças, que nos manda mensagens diárias que nos faz achar que nosso corpo não é o certo. Que sempre temos algo para resolver. E que também nos impede de aproveitar o máximo que a moda tem para nos oferecer.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Marcyn (@marcyn_online) em

Eu sei que nem sempre é assim, mas a moda não deveria ser excludente. Nem na ideia de que pra vestir um biquini de lacinho branco é preciso estar com barriga negativa, nem na ideia de que só mulheres inseguras usam maiô para ir à praia. E quando percebemos isso, vemos que não é sobre o peso, a forma do seu corpo ou nada disso. É sobre se sentir confortável nele e em qualquer peça de roupa.

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta