0 em Autoconhecimento/ Autoestima/ Destaque no dia 13.12.2018

O que é dar certo na vida?

Acredito que todo mundo já ouviu alguém dizer “fulana deu certo na vida”. Geralmente é o tipo de comentário que ouvimos de algum parente quando o assunto passa a ser sobre alguma pessoa que já fez parte de alguma fase da vida. Mas também pode ser numa roda de amigas fofocando sobre alguma celebridade que vemos na TV ou na revista. Ou então pensamos isso sobre alguém que seguimos nas redes sociais.

A pergunta que sempre fica na minha cabeça quando esse tipo de comentário surge é: o que seria “dar certo”?

Sabe a história das caixinhas? Sim, essas mesmo, que aprendemos ao longo do tempo a tentar nos encaixar em várias? Bem, me parece que nesse conjunto de caixinhas, tem a família “dar certo na vida”, “vencer na vida”, ou qualquer coisa nesse estilo.

Eu sei que muita gente adora o termo. Eu também uso quando to em uma situação bem diferente da que eu vivo no meu dia a dia. Mas a verdade é que quando consideramos que alguém se deu muito bem na vida, corremos o risco de entrar numa armadilha de comparação bem perigosa.

Porque se dar bem na vida geralmente inclui um suposto bom emprego, que paga um suposto bom salário. Também inclui uma suposta relação bem sucedida, às vezes inclui alguns bens como um apartamento próprio, uma casa na praia e por aí vai.

dar-certo-na-vida

O que eu acho curioso é que nessa equação e ideia de dar certo na vida, o “ser feliz” sempre é deixado de fora.

Porque esse termo é muito relativo. Você pode, sem dúvidas, ter uma profissão mais tradicional, como médica ou advogada, e se sentir realizada nela. Emocionalmente e financeiramente. Mas também pode ser artista e viver da sua arte e ser tão feliz quanto. Mesmo que a grana que vem disso pague com aperto as contas de uma vida mais simples. Te fez feliz? Já deu certo.

>>>>>> Veja também: Vida perfeita não existe. Nem pra mim, nem pra você, nem pra Gisele <<<<<<

Você pode ter um relacionamento desses que todo mundo elogia e almeja. Com as fotos, viagens, declarações de amor e felicidade explícita. Mas também pode ser um casal atípico. Com programas não convencionais, com jeitos e maneiras de se relacionar que não sejam tão óbvias. E pode viver com o mesmo amor e respeito que o outro casal. Ou você pode ter decidido passar um tempo sozinha, tentando entender o que você procura em outra pessoa. Qualquer um desses jeitos é uma forma de dar certo.

Você pode ter o closet dos sonhos, as bolsas que sempre sonhou, jóias, e muitos outros itens de luxo. Isso pode te fazer muito realizada, porque provavelmente você trabalhou pra conquistar cada peça. Mas também tem como dar certo na vida pagando suas prestações do cartão da loja de departamentos em dia.

O que a gente precisa, indiscutivelmente, é deixar de lado os conceitos dos outros. Ou até mesmo o tom de cobrança e comparação que vem nessas falas. O ideal é procurarmos as respostas dentro de nós mesmas. Saber o que nos faz feliz, o que nos realiza – independente da opinião alheia – e irmos atrás disso com toda a nossa garra. É isso que faz alguém dar certo na vida. Todo o resto é suposição.

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta