0 em Autoestima/ Relacionamento no dia 10.12.2018

A vida é muito curta para ficar com pessoas que te desapontam

Estava no café, trabalhando, quando entreouvi essa frase em uma conversa de duas meninas que estavam em uma mesa próxima.

Eu não tenho ideia do motivo dessa constatação ter surgido na conversa. Não sei sobre o que elas estavam falando. Mas tive a sorte de ouvir justamente algo que ficou ressoando nos meus ouvidos até agora, tanto que resolvi escrever sobre isso.

Porque é verdade, sabe. Tem gente que está na nossa vida e que a gente insiste em continuar tentando mesmo sabendo que aquele relacionamento quase sempre é uma via de mão única. E quando precisamos da pessoa, ela quase nunca está ali para a gente.

Sei lá porque insistimos em manter esse tipo de gente na nossa vida. Talvez porque nos raros momentos que a pessoa realmente está ali, seja muito legal. Talvez porque a gente tenha medo de ficar sozinha. Ou por acharmos que não vamos encontrar pessoas mais legais. Ou, no pior dos casos, a gente as vezes nem entende que merece mais.

Mas chega uma hora que a gente descobre que não dá para levar relacionamento nenhum sozinha. Seja com amizade, seja com crush, seja na família, até mesmo casamento. Chega uma hora que cansa, e o peso de levar tudo nas costas sozinha começa a machucar.

Dói admitir que talvez a gente esteja dando muita importância para alguém que nunca retribuiu essa atenção. É difícil aceitar que nos aproximamos de alguém que se aproveita de quem faz tudo pelos outros – e nunca faz o mesmo. É complicado abrir mão de comportamentos cuja dinâmica a gente já se acostumou, por mais mal que ela tenha feito.

Mas como disse uma das meninas do café: “A vida é muito curta para ficar com pessoas que só nos desapontam”.

pessoas-que-desapontam

Se um relacionamento está pesando demais, talvez seja hora de revê-lo. Talvez seja hora de afastar, de botar as coisas em perspectiva e questionar se ele sempre foi assim.

As vezes a gente descobre que é só um momento difícil, as vezes descobrimos que nós também nunca pedimos para que a outra pessoa nos ajude. Mas também podemos reparar que estamos em um relacionamento tóxico. E se essa conclusão chegar, não tenha medo de se afastar.

Você vai conseguir companhias melhores. Você merece mais do que apenas se doar para quem é egoísta demais para retribuir. Você não precisa de pessoas assim na sua vida.

Não minto para você. Vai doer, você vai sentir falta, mas em algum momento, você vai ver que as costas pararam de doer. Que o peso que você carregava saiu. E vai descobrir que vai ter gente que vai querer dividir a caminhada contigo. Mesmo que existam desequilíbrios em algumas partes da jornada, mesmo que uns dias pese mais para um lado do que para o outro.

Existe também a possibilidade de conversar. Se você acha que vale a pena, vai atrás. As vezes pode ser que dê certo. E que as coisas mudem. E fique mais fácil.

Se não mudar, você já sabe. Leve como um lema. Pelo menos você tentou. E tenho certeza que tudo vai ficar mais leve. <3

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta