3 em Autoestima/ Comportamento/ maternidade no dia 25.11.2018

Nem toda mãe que está mostrando a barriga no pós parto está segura

Ontem entrei em uma conversa com umas amigas por causa do corpo da Isis Valverde. Uma delas mostrou uma foto recente da atriz, onde ela postou uma foto de um look com saia cintura alta e top cropped mostrando uma parte da barriga.

Em qualquer outra situação, essa seria só uma selfie qualquer. Só que, nesse caso, estamos falando de uma Isis que acabou de ter filho. Há menos de uma semana, para ser mais exata.

pos-parto

insta @isisvalverde

Teve quem achasse que ela estava fazendo um desserviço, que a foto postada serviria apenas para fazer pressão nas outras mães. E eu entendo mesmo esse lado. Acho que tem muita revista e muita legenda perigosa no instagram. Informações essas, que tentam nos fazer acreditar que voltar ao corpo de antes em tempo recorde é real e possível. Com certeza essa foto de Isis já deve estar rodando os grandes portais com alguma legenda elogiando seu corpo.

Eu não sei o que motivou Isis a postar tal foto, também não sei como ela está se sentindo no pós parto. E não quero saber. Mas ela me lembrou uma história que eu já cruzei nesses quase 3 anos de #paposobreautoestima, e eu quis dividir. Porque acho que é importante falar sobre isso.

A verdade é que a mãe que parece segura por fora mas está insegura por dentro existe. E é mais comum do que imaginamos.

Um dia, em um evento, eu entrei em uma conversa com outras mães e uma delas contou sobre seu corpo pós parto. Disse que amou a barriga, mas quando o bebê nasceu, ela se olhou no espelho e não se reconhecia. Isso é muito comum. Diferente é a forma como cada mulher lida com isso. E essa moça que veio conversar contou sua estratégia.

Ela era daquelas mulheres ratas de academia antes de ter filhos. Foi uma grávida ativa, daquelas que só tinha barriga. Porém, quando ela voltou para casa depois do parto, ela se sentiu tão insegura com seu corpo, que passava horas em frente ao espelho achando o ângulo perfeito. Ângulo esse que disfarçava qualquer evidência de corpo pós parto, claro. Caso tivesse algum resquício, Facetune na barriga. Sua neurose com o corpo foi tão grande que a única forma que ela se sentiu validada era sendo elogiada pelas pessoas.

Eu fiquei chocada com aquele relato pós parto. E agradecida por ela ter tido a coragem de dividir comigo.

 

E a moral dessa história é justamente aquilo que vivemos batendo na tecla: não se compare com as redes sociais. Seja com a atriz, seja com a influencer ou com a conhecida.

>>>>>> Veja também: Jura que você acha que estou usando meu filho como desculpa para não ir para a academia? <<<<<<

Não baseie nada, muito menos seu corpo pós parto com o corpo de ninguém. Não compare seu processo com o de ninguém. Existe muita foto perfeita por aí que esconde vulnerabilidades que nem imaginamos. Existe muita gente aparentemente segura que usa as redes sociais como escudo para autoafirmação. E também existe gente com estruturas e estilos de vida completamente diferentes dos nossos. Tá tudo bem seguir seu próprio tempo dentro das suas possibilidades.

Não tenho ideia dos motivos que levaram Isis a postar a tal foto. Como disse, também não quero saber. Mas quero que você, que viu a foto e por um acaso se sentiu uma bosta porque você teve filho há meses e ainda tá longe do corpo pré gravidez, tire essa ideia da cabeça.

Gostou? Você pode gostar também desses!

3 Comentários

  • RESPONDER
    Sheila
    25.11.2018 às 17:52

    Obrigada Carla ❤️
    To me sentindo muito mal, não consegui emagrecer td o que ganhei no pós parto, sim, engordei muito com a amamentação que tanta gente fala que emagrece… mas vou com calma e não se comparar a outras mulheres deve ser um exercício diário 😅
    Mais uma vez, obrigada 😘

  • RESPONDER
    Monique
    26.11.2018 às 15:20

    Entendo que o foco aqui é não se comparar e acho que você tem razão, mas isso, pra mim, não invalida o fato de achar um desserviço esse tipo de foto. Acho uma bela sacanagem estimular isso e posar de “pareço que nunca tive um bebe de 3kg na barriga” não ajuda ninguém. Até porque é aquilo que você falou, a foto pode ter angulo, luz e facetune, o que eu acho que tem.

    Enfim, estou na reta final de uma gravidez que já me rendeu belos quilos, obviamente não estarei assim 5 dias pós parto e acho que esse tipo de post coloca uma pressão que uma mulher recém parida não precisa lidar.

  • RESPONDER
    Ilana
    29.11.2018 às 1:02

    Essa foi só a primeira foto. Até vídeo ela colocou. Totalmente desnecessário !

  • Deixe uma resposta