11 em #paposobremulheres/ Comportamento no dia 01.03.2018

Papo sobre mulheres: Respondo para uma mulher e lidero diretamente outras 18.

Sou uma mulher que vive rodeada de mulheres. Em casa, testosterona atende só por marido. Tenho a sorte de conviver com filha, babás, secretária, gatas… No trabalho, respondo para uma mulher e lidero diretamente outras 18.

pauli

Para quem não me conhece, sou Paula Merlo, diretora de redação da Glamour Brasil, marca de conteúdo focada em jovens mulheres que querem ser suas melhores versões. Então, além de  ter um casa cheia de mulheres, estar rodeada por elas na redação, passo o dia todo pensando em como informar e entreter outras milhares de… mulheres.

“Como você aguenta?”, me pergunta a maioria das pessoas que conheço.

Eu não aguento: eu faço parte do bolo, sou uma delas, não me distancio porque sou chefe.

E, sinceramente, não acho que isso torne tudo mais fácil ou mais difícil. It is what it is.

Como vim da redação e tive o mesmo cargo que muitas das meninas que hoje me veem como chefe, sei de algumas das angústias e das facilidades do dia a dia na redação.

Antes de aceitar o cargo (faço um ano à frente da marca em abril, uhu!) tive mil inseguranças quanto a gerenciar uma equipe da qual já fazia parte. Será que iam me respeitar? Como me veriam como chefe? Será que eu tinha mesmo estofo para isso? Depois de algumas noites em claro, cheguei à conclusão de que não sofreria mais por antecipação. Até porque estava na reta final da gravidez e não merecia fazer minha filhota passar por esse estresse.

Eu seria eu. Chefe ou não.

paula-merlo

E, bem, acredito piamente que no escritório, em casa, na padaria… sempre vale o abaixo:

  •  Você não precisa gritar para ser ouvida.
  • Ninguém vai te respeitar mais por medo de você.
  • Ouça de verdade e depois fale.
  • Colocar-se no lugar do outro é sempre um bom exercício.
  • Mesmo quando precisar ser dura, faça com educação e respeito pelo próximo.
  • Nunca perca o otimismo. Claro, tem dias que a coisa está mais difícil, mas não deixe as adversidades te colocarem para baixo.
  • Mostre-se vulnerável. Blindagem é para tanque de guerra e você, apesar de toda a força do mundo, é humana – não um tanque.
  • Pedir ajuda não é sinônimo de inexperiência ou falta de organização.
  • Converse, converse, converse.

E o mais importante em tempos de egos infladíssimos:

  • Deixe as pessoas brilharem. Tem espaço para todo mundo.

Gostou? Você pode gostar também desses!

11 Comentários

  • RESPONDER
    Maiara
    01.03.2018 às 18:24

    Eu AMEI esse texto! Hoje lidero aproximadamente 40 pessoas, entre homens e mulheres e após 2 anos no cargo posso dizer que concordo com essa lista em TUDO, mas principalmente em 2 tópicos: 1) Mostre-se vulnerável. Blindagem é para tanque de guerra e você, apesar de toda a força do mundo, é humana – não um tanque. 2) Deixe as pessoas brilharem. Tem espaço para todo mundo.

    • RESPONDER
      Joana
      02.03.2018 às 12:34

      Falando em Vulnerabilidade, você já viu o TED da Brene Borwn? O poder da vulnerabilidade? Eu acho genial.

      Obrigada por enriquecer o conteúdo trazendo sua experiência pessoal!

  • RESPONDER
    Luiza
    02.03.2018 às 10:02

    Nooossa… que sofrimento, hein. Poxa.
    Não tá dando para aguentar esses posts aleatórios de gente “tirando onda” por aqui mais não. Haja saco!

    • RESPONDER
      Paula Merlo
      02.03.2018 às 14:27

      Oi Luiza! Para mim foi sofrimento na época. Fiquei insegura, ansiosa… Meu intuito com o texto e com o que faço não é ficar “tirando onda”. Não combina comigo. Beijo!

    • RESPONDER
      Maiara
      02.03.2018 às 16:54

      Vou assistir :)

  • RESPONDER
    Andréia
    02.03.2018 às 11:01

    Também amei esse post. Serve de exemplo e inspiração para todas nós. Parabéns…

  • RESPONDER
    Beatriz
    02.03.2018 às 11:11

    AMEEEEI! Em um universo de tanta competição como o mercado de moda, é lindo ver uma profissional jovem, bem resolvida e uma verdadeira líder, que torce pela equipe e quer ver todas se desenvolverem =).

    • RESPONDER
      Joana
      02.03.2018 às 12:32

      Eu acho que a frase final diz muito de algo que não é tão comum no mercado de moda. :)

  • RESPONDER
    Luiza
    02.03.2018 às 12:00

    Não aceitam comentários que contradizem as baboseiras de vocês? Acostumadas demais com os privilégios, né. Desconstrução boba da boca para fora. Desejo é uma boa dose de realidade para vocês!

    • RESPONDER
      Joana
      02.03.2018 às 12:32

      Nossa, você voltou aqui duas horas depois pra essa agressão toda?
      A gente estava ocupada e ainda não tinha passado na administração de comentários, então não tinha aprovado. Automaticamente só entra de quem já comentou.

      Aqui a desconstrução é feita aos poucos com amorosidade e acolhimento, diferentes histórias, pessoas e contextos. Tem de tudo, para todas que venham a se interessar pelo nosso projeto. A gente tem a sensação oposta de que cada vez mais estamos conscientes dos nossos privilégios e isso não diminui em nada nosso trabalho. Nós podemos usar nossa voz pra trazer diferentes perfis e histórias, incluir diferentes mulheres falando por aqui. Fizemos isso durante uma semana durante o feriado da consciência negra, faremos isso para o dia da mulher.

      Seria arrogância nossa achar que todo mundo gostaria, mas como a gente sempre fala: quem não gosta tem a simples escolha de não ler, não acessar ou seguir. Criticas construtivas são bem vindas para nos fazer pensar, opiniões pessoais discordando também estarão aqui.

      Vamos trazer mulheres diferentes que virão contar suas histórias, das mais alegres as mais tristes, das mais inspiradoras as mais cotidianas. Não tem certo e errado, só experiências diferentes, mas com toda certeza se o blog ou o projeto do #paposobreautoestima não te diz nada… É só escolher acompanhar algum que te inspire e faça justiça ao tamanho da sua desconstrução.

      Tem projetos incríveis de mulheres na internet pra todos os gostos, não precisa prender sua energia em um que você não gosta.

  • RESPONDER
    Renata Castro
    02.03.2018 às 13:12

    Que texto maravilhoso!! Amei a frase “Deixe as pessoas brilharem. Tem espaço para todo mundo.”. Todo mundo pode brilhar… cada um no seu tempo… sem competições, sem comparações!!

  • Deixe uma resposta