4 em entretenimento/ séries no dia 29.11.2016

Personagens que influenciam

Eu vejo muitas séries. Hoje em dia bem menos do que gostaria, mas continuo acompanhando muitas religiosamente e agradeço todos os dias aos inventores do Netflix por me darem a possibilidade de rever séries antigas (tá faltando Dawson’s Creek, #fikdik) e me atualizar com as novas.

Aí outro dia, minha amiga Thais postou um texto dizendo como queria ser a Lorelai Gilmore (aliás, taí uma série que nunca vi e comecei essa semana! hahaha Mais uma vez, culpa do Netflix) e eu parei para pensar sobre isso. Quais personagens me marcaram, influenciaram ou até mesmo inspiraram?

Jen Lindley

anigif_enhanced-buzz-14713-1385306942-25_preview

Eu tinha mais ou menos uns 15 anos quando comecei acompanhar Dawson’s Creek religiosamente. Por muito tempo eu me identifiquei com a Joey, personagem certinha, careta, tímida e eterna romântica apaixonada pelo Dawson. Mas Joey nunca me acrescentou nada por um simples motivo: eu era muito parecida com ela.

Já Jen era meu oposto. Livre, sem medo de falar o que pensa, rebelde mas com um coração enorme. Uma das personagens que mais amadureceram ao longo da série. Eu demorei para entender que Jen me inspirava, mas a verdade é que ela foi uma das poucas personagens da série que me fazia enxergar tudo por outro ângulo, então é merecido que ela encabece essa lista (mesmo não tendo ordem de preferência).

Piper Halliwell

tumblr_ltjhkfcmyk1r3muhuo1_500

Você é uma das pessoas mais fortes e capazes que eu já vi. E não esqueça que eu estou por aí há bastante tempo.

Ainda nas séries antigas, assim como Dawson’s Creek, em Charmed eu sempre me identifiquei com a Piper. Sim, gente, eu sempre fui atraída pelas personagens mais certinhas, caretas e apaixonadas que vivem grandes amores.

Quando revi ano passado ela me inspirou novamente pois passei a enxergar a Piper como irmã preocupada, mãe zelosa, esposa dedicada mas que ainda conseguia arrumar tempo para ser dona da boate mais famosa de São Francisco. Mesmo sendo a mais quieta das 3 irmãs, ela foi a única que me deu esperanças que dá para dar conta de tudo, mesmo que as coisas saiam da ordem de vez em quando.

Joan Holloway

592f8e20-7ce5-0132-43aa-0ebc4eccb42f

As vezes quando as pessoas conseguem o que querem, elas percebem como seus objetivos eram limitados

Eu tinha esquecido dela até a Sil lembrar e eu recordar como Joan é uma personagem incrível, forte e ambiciosa. Nunca foi de levar desaforo pra casa e soube se impor no meio predominantemente masculino da publicidade nos anos 60 – que infelizmente nem é tão diferente do meio de hoje em dia. Aliás, raros foram os momentos que ela permitiu ser anulada por alguém, seja no trabalho ou no ambiente familiar, total dona do próprio nariz e poderosíssima por ter tanta consciência disso

Acho que toda mulher deveria levar Joan como inspiração, só vejo benefícios. Inclusive fiquei morrendo de vontade de rever Mad Men só para analisar melhor as cenas dela!

Callie Torres

Quando comecei a ver Grey’s Anatomy ela era apenas mais uma personagem. Mas Callie tem carisma, opinião, é bem resolvida e tem um coração gigante, me ganhou. Ela me inspira sempre a achar liberdade nas pequenas coisas e saber confiar no próprio taco.

A cena dela botando a Sofia para dormir e pegando o fone de ouvido para dançar é uma das mais inspiradoras da minha vida de seriadista (ficou mais significativa ainda pós Arthur haha)

Abby Whelan

abby-whelan

Eu AMO como essa personagem cresceu até o momento e tenho medo do que ela pode vir a se tornar, mas vamos conversar sobre Abby até agora.

No início da série ela era apenas uma mulher que vivia às sombras de Olivia Pope, que não sabia fazer nada sem o aval da amiga e parceira. E de repente ela deu uma reviravolta e virou outra mulher, passou a ser dona do próprio nariz e das próprias decisões. Mas a mudança não aconteceu do nada, ela não se empoderou de um dia para outro e de repente virou assessora do presidente. Ela foi indo aos poucos, com medo em alguns momentos, duvidando de si mesma em certas horas, mas foi aceitando os desafios e vendo no que ia dar até perceber que ela podia ir além.

Acho que recentemente Abby foi a personagem que mais me inspirou, mas veremos se ela vai se corromper muito nessa própria temporada (aliás, quem não se corrompe em Scandal, né?).

E vocês? Têm personagens inspiradoras? Quais são?

Beijos!

banner-SNAP-ca

 

Gostou? Você pode gostar também desses!

4 Comentários

  • RESPONDER
    Bethania
    30.11.2016 às 2:18

    Vou começar pela stela gibson de the fall, uma investigadora, que não se acovarda nunca,mulher de fibra,inteligente, porreta e sem medo.
    Anelise kearing,inteligente demais, mas que as vezes quase sempre usa sua inteligencia para cometer erros.
    Donna, de Suits, apesar de viver ao redor de dois homens, seu talento e poder se sobressaem bem mais e ela mostra para que veio ao mundo.
    Meredith grey, apesar de chatinha, tudo que ela já enfrentou na vida, e não foi pouco, permanece firme e forte como uma brilhante cirurgiã e uma mãe super apegada aos filhos.

  • RESPONDER
    nathália
    30.11.2016 às 12:29

    Os personagens que mais me influenciam são aqueles que vão amadurecendo durante a série. Eu posso falar vários mas os que mais amo são a Brooke de One Tree Hill, o Nathan da mesma série e o Karev de Grey’s Anatomy. Bate aquele orgulho de assistir e pensar ‘nossa, como elx melhorou com o tempo!’ Amo muito esses personagens! <3

  • RESPONDER
    Louise
    30.11.2016 às 13:15

    Amo a Callie e a maneira como ela cresceu na serie. Mas também amo a Lorelai Gilmore, minha mãe também foi mãe solteira numa época em que as pessoas em geral viam isso como uma coisa errada, de mulher irresponsável (pra ser sincera eu acho que até hoje as mães solteiras são vistas desse modo, o que é absurdo e preconceituoso). Se puder põe o link do texto da Lorelai que sua amiga fez pra gente ler.

  • RESPONDER
    Samy
    01.12.2016 às 0:56

    Simplesmente AMooo a Jen!! Apesar de eu tbm ser mais Joe, a mais certinha, a Jen sempre foi minha preferida, e so melhorou om série, enquanto a Joe foi sempre aquela chata! RS

  • Deixe uma resposta