3 em Argentina/ Viagem no dia 17.10.2016

Llao Llao Hotel: uma viagem mágica à Patagônia Argentina!

Em uma sexta feira qualquer eu recebo uma mensagem da Jô perguntando:
– Amiga, o que você vai fazer do dia 02 ao dia 05  de Outubro? Você toparia ir no meu lugar para Bariloche? No caso pra um hotel incrível, com alpes que você nunca viu na vida!
Nem pensei duas vezes, minha resposta foi:
– CLARO!

img_2097

Foi esse o ponto de partida para eu voltar como correspondente do Futi. Para quem segue as meninas há mais tempo, nós fizemos um projeto desses quando fui para a California que rendeu uma série de posts aqui pro blog! 

Para quem não lembra: Eu sou a @CarolBarrionuevo, fotografa, amiga e correspondente das meninas em alguns projetos.

Foram dois dias e três noites de experiência na Argentina, na parte da Patagônia. A viagem vai render dois posts, hoje vou contar sobre o hotel e mostrar as fotos mais do que especiais que fiz lá. O roteiro dos passeios que fizemos por Bariloche será o assunto do próximo post. 

A viagem foi feita à convite do hotel Llao Llao Hotel  com parceria da LATAM, companhia aérea que também o levou a Jô para conhecer o México! O futi já viajou para os mais variados continentes de TAM então é muito legal ter viagens como essa em parceria com a LATAM. 

O hotel fica a uns 45 minutos do aeroporto de Bariloche e uns 25/30 min no centro da cidade. No caminho uma das coisas que mais me chamou atenção foi o céu aberto, limpo, dava pra ver muitas estrelas! Fiz um comentário sobre e já serviu para que todos os meus companheiros brasileiros se animassem a fazer fotos noturnas assim que chegássemos no hotel.

Deixamos as malas, jantamos antes e aí sim fomos para as fotos. Chegamos no pier mais escuro e afastado e…. olhem o resultado!

img_2170

Quem gosta de apreciar um céu estrelado amaria esse lugar.

img_4443

Créditos para o @thiagolmcorrea e para o Zé do @dopaoaocaviar.

Grandiosidade, tapeçaria e primeiras impressões.

A minha primeira impressão do hotel foi UAU! Que lugar maravilhoso! A decoração com estilo de campo refinado, várias obras de arte e cerâmica, as janelas grandes com as vistas que parecem de mentira, os corredores largos e extensos e a tapeçaria feita especificamente para cada espaço… Ah, a tapeçaria! É impossível não ficar encantada. Todo o hotel é revestido com tapetes desenhados para cada lugar, ajudando a enfatizar o ar luxuoso. Com várias formas, tecidos estampados e tramados, foi uma das coisas que mais me chamou atenção e que eu não cansava de olhar e admirar.

_dsf7592

_dsf7594

_dsf7151 _dsf7152

Cada canto do hotel foi cuidadosamente pensado para manter o clima luxuoso de montanha. Lareiras gigantes tanto no salão principal, perto do “Winter Garden”, onde é servido o chá da tarde do Llao Llao, quanto na sala de leitura e sala de bridge. Uma delícia!

_dsf7584

_dsf7156

O que é esse jardim de inverno?

_dsf7161

Jô, essa é pra você morrer de inveja! :)

_dsf7158

_dsf7569

Salão de café da manhã

_dsf7170

Vista de uma outra suíte.

_dsf7228_dsf7226_dsf7190

_dsf7134

A vista da suíte presidencial te faz pensar que não é preciso ir a Suíca pra apreciar alpes lindos!

_dsf7138_dsf7137_dsf7135

Chegando no quarto

Quando cheguei no quarto, depois da sessão de fotos noturnas, achei tudo perfeito. Minhas malas já estavam lá. Os armários tanto da ante sala, quanto do quarto eram enormes e eu, mesmo com pouco tempo de estadia, espalhei, arrumei e pendurei todas as roupas e sapatos (eu tenho um sério problema e levo muitos sempre!)! Eu acho que tirar as roupas da mala fica bem mais fácil, porque por mais que eu já tenha ido com o que eu queria vestir em mente, as vezes você muda de idéia ou o tempo muda, enfim… Melhor enxergar tudo o que você tem ali. Então, mesmo MORTA eu desfiz a mala.

img_2282

img_2320

Também aproveitei pra fazer foto!

Quando eu viajo entro em outro modo de funcionamento. Por motivos óbvios tenho menos sono, fico mais aberta para captar tudo o que aquele momento tem para me oferecer, escrevo mais, vivo mais. E sempre volto querendo usar mais desse meu modus operandi no dia a dia.

O hotel todo é aquecido e fica tudo fechadinho para manter uma temperatura agradável, no quarto não é diferente! Tem vários aquecedores e se bobear você fica com calor. O clima é muito aconchegante. Me pareceu perfeito para casais, diga-se de passagem. 

Todos os dias tinha um bilhetinho de boa noite com informações sobre o tempo no dia seguinte (isso é importante, porque lá muda muito rápido) e um bombom para o desayuno, café da manhã em espanhol. Eu, que sou chocólatra, comia à noite mesmo rs!

_dsf7568

Banheiro é um caso de amor à parte.

O banheiro mantinha a linha luxuosa do studio (uma das opções de suite na Ala Moreno, onde fiquei). Super espaçoso e com uma atração principal: Jacuzzi com essa vista!

Foi meu ritual durante todas as noites! Não importava o quão cansada eu estava, minha noite só acabava depois de um belo banho de banheira!

img_2284

Vista do quarto e piscina

Visitamos várias suítes e studios do hotel, porém nenhuma delas tinha a posição estratégica da cama e da jacuzzi como a que eu fiquei.

Eu to aqui tentando racionalizar e descrever a sensação de acordar esses dias e ter o Cerro Tronador bem na minha frente. Como se isso fosse possível, talvez as fotos contem melhor.

_dsf7543_dsf6994_dsf7002_dsf7012

_dsf7215_dsf7192Esse chalé também pode ser alugado.

_dsf7224

Bom, falar da piscina também é quase impossível. Imagina você poder desfrutar dessa vista enquanto fica na água quentinha?!

São duas piscinas, uma aquecida e a outra climatizada com passagem por dentro.

_dsf7572_dsf7195_dsf7185_dsf7174_dsf7177

Restaurantes

O hotel tem um total de seis espaços gastronômicos, divididos entre restaurantes e bares. Alguns só abrem na alta temporada, portanto eu vou falar do que eu experimentei.

Na primeira noite fomos ao Café Patagônia, um restaurante super aconchegante. Lá são servidos pratos regionais e comida contemporânea.

Logo na entrada, deliciosa por sinal, nos ofereceram tentáculos de polvo, uma saladinha de camarão e o que mais me chamou atenção foram as croquetes de centolla, que são feitas com farinha de banco e tinta de lula. Várias coisas são empanadas com essa farinha, um outro prato que eu comi tinha o camarão empanado da mesma maneira.

Jantamos lá na noite seguinte também!

screen-shot-2016-10-16-at-22-57-49
a entrada inesquecível!

Aula de arco e flecha, aula de bartender e SPA

Dentro do hotel existe um dos maiores e mais exclusivos campos de golfe do mundo, redesenhado em 1994 pelo reconhecido arquiteto Emilio Serra. O campo de golfe de 18 buracos está rodeado pelos lagos Nahuel Huapi e Moreno e fica situado entre imponentes montanhas e bosques milenares. 

Como eu não jogo nada e o tempo foi curto, fomos experimentar atividades que fossem mais simples de aprender para podermos curtir outros passeios. Eu fiz arco e flecha, uma experiência bem interessante e diferente! Também tive um day spa com uma massagem incrível!!!

_dsf7230

Além do golfe e do SPA com muitas opções de tratamentos estéticos e relaxantes, o hotel conta com um Health Club, que inclui atividades de caminhada em vários níveis de dificuldade, atividades náuticas (canoagem, pesca e windsurf) durante o verão e durante o inverno o hotel conta com serviço de translados sem custo de ida e volta à base do Cerro Catedral e acesso exclusivo no refúgio da base, preparado especialmente para satisfazer as necessidades dos esquiadores que estão hospedados no Llao Llao

Na segunda noite no hotel tivemos aula de drinks com o barman Maxi Cantella. Alguns amigos de viagem foram para trás do balcão para ter a experiência de fazer drinks. Eu, como boa mineira, fiquei na degustação!

_dsf7239_dsf7246_dsf7243_dsf7249_dsf7258_dsf7264

Um pouco da história.

Outra coisa que me deixou muito curiosa foi saber a história do hotel. Ao longo dos corredores e paredes grandiosas existem algumas fotos antigas de várias épocas do Resort.

O Llao Llao fica situado no Parque Nacional Nahuel Huapi e foi descoberto durante uma expedição, encabeçada por  Ezequiel Bustillo, o Primeiro Presidente da Administração de Parques Nacionais da Argentina.

De estilo canadense, com teto de pequenas telhas de larício, base de pedra e em perfeita harmonia com a paisagem, no dia 9 de janeiro de 1938 finalmente acontecia a inauguração do hotel. Com projeto feito, primeiramente, pelo arquiteto Alejandro Bustillo, no dia 26 de outubro de 1939, um ano e meio após sua inauguração, um incêndio destruiu totalmente o edifício. A férrea vontade dos integrantes da Direção de Parques Nacionais de continuar com o projeto ficou demonstrada ao reinaugurar o Grande Hotel Llao Llao no dia 15 de dezembro de 1940. 

No entanto, por falta de investimento e de manutenção, ele fechou suas portas no final do inverno de 1978. Após 15 anos de recesso, no dia 3 de julho de 1993, o Llao Llao abria novamente suas portas, desta vez com um novo conceito: Hotel & Resort. 

O estabelecimento atual é um complexo com campo de golfe, marina, praia, solário, um grande parque de 15 hectares integrado ao campo de golfe, 2 piscinas, Health Club e Spa, Business Center e sala de jogos, sala de leitura e sala de bridge.

O Hotel possui 205 quartos, dos quais 43 correspondem à Ala Moreno, que está integrada por Studios e Suítes de luxo, uma Suíte Royal e duas Suítes Master, com uma imponente vista ao Lago Moreno e Cerro Tronador, todas com sacada terraço e jacuzzi. Na Ala Bustillo, edifício original do Hotel, a suíte presidencial de frente para o Lago Nahuel Huapi é de 162 m² e possui banheiro com hidromassagem, chuveiro com massagem, banheiro com revestimento em mármore, um terraço de 108m² e uma grande lareira em sua ampla sala de estar e jantar. Além do mais, os hóspedes têm a opção de hospedar-se em uma exclusiva cabana com uma imponente vista para os jardins, campo de golfe e lagos Moreno e Nahuel Huapi.

A versatilidade dos quartos oferece um leque de opções muito legal para os hóspedes, tudo vai variar de acordo com o cliente, com o tipo de viagem. Lá a coisa funciona bem para quem vai esquiar, vai curtir uns dias românticos, relaxar na natureza, meditar, aproveitar a família. É impressionantes como o hotel tem essa versatilidade, as meninas vão amar quando forem conhecer. 

Fotos reprodução. other

Será que eu ficaria mais uns dias por lá?!!!! Será? :)

Já estou doida para voltar no inverno e poder aproveitar uma temporada de esqui, curtir outras atrações de Bariloche e do Hotel Llao Llao no frio.

Instas para você seguir:

@Llaollaohotel
@latamairlines
@CarolineBarrionuevo

Queria agradecer a companhia do time brasileiro que foi junto comigo, a Tammy do blog Bocca Nervosa, que estava como correspondente para o blog You Must Go, Thiago @thiagomlcorrea e o Zé, do Do Pão ao Caviar. Somando a esse grupo tivemos o time do hotel e da Latam: Manuel, que nos acompanhou em Guarulhos, Santiago, que foi com a gente a partir de Buenos Aires e a Veronica que já estava em Bariloche com a turma da Argentina. Todos muito atenciosos!

Beijos e até o próximo post, contando dos passeios pela Patagônia!

carol-banner

Gostou? Você pode gostar também desses!

3 Comentários

  • RESPONDER
    Cristiano
    17.10.2016 às 17:41

    Buenas gurias.

    Que bacana, e as fotos show.

    Abraço! =D

  • RESPONDER
    Juliana Brasil
    17.10.2016 às 22:58

    Que post maravilhoso!! Amei amei amei o lugar, já to inclusive cotando preço e passagens, definitivamente quero conhecer!

    Beijos!

  • RESPONDER
    Priscila
    19.10.2016 às 9:13

    Nossa, babei no hotel, nos visus! demais em
    Já deu vontade, anotado no caderninho para uma opção de próxima trip!
    bjus

  • Deixe uma resposta