29 em Comportamento/ entretenimento/ séries no dia 13.10.2016

Netflix: um vício chamado Scandal

Recentemente eu contei pra vocês sobre uma das pérolas do NetflixJane The Virgin. Eu fiquei aqui esperando a segunda temporada e durante esse tempo me dei ao luxo de pausar qualquer série da minha vida. Muita coisa pra fazer, pouco tempo disponível e nenhuma disponibilidade para me apegar a uma nova personagem, a um novo enredo ou a um novo vício.

Quando eu achei que só o seriado com ares de novela mexicana me importava, me deparei com ela: a famosa Olivia Pope de SCANDAL.

olivia_pope_2

Eu já tinha ouvido falar na série, até porque é obra da famosa Shonda Rhimes, responsável por outros sucessos como Grey’s Anatomy e How to Get Away with Murder. Sem falar no roteiro de O Diário da Princesa 2 (não é do mundo das séries, mas eu adoro).

Shonda, só te conhecia de nome mas agora já te considero pacas. Só espero que essa sua mania de matar personagens muito importantes não se perpetue, não teria maturidade pra um mundo sem Olivia Pope, ainda que na ficção.

De cara eu me apaixonei por uma coisa de Shonda: as causas! Ela fala das minorias com naturalidade, das polêmicas que precisam ser discutidas com jeitinho, não precisa ser de nicho algum pra gostar da série, toda crítica social é feita de uma forma leve e natural, ou melhor, da forma mais leve e natural possível levando em conta o background político da série.

Okay, tem muitas mentiras? Com certeza. No entanto também tem muita criatividade e amantes das teorias da conspiração adorariam essa série. É o caso da Cá! ;)

A verdade é que mulheres poderosas sempre me fascinam. No entanto posso afirmar que Olivia e a narrativa de Scandal fazem muito mais do que isso comigo. Desde os tempos de Gilmore Girls e Friends não via algo tão bom, por mais que sejam temas completamente diferentes. Faz anos que eu não via algo tão redondo, e olha que eu amei Gossip Girl, Revenge (por um tempo) e Mad Men , mas Scandal é mais do que isso!

Se você não assiste essa série e quer seguir seus dias sem roer as unhas assistindo episódios seguidos… Nem comece. Meu Netflix está monotemático desde que eu voltei de viagem. Aliás, a série parece uma unanimidade. Quando puxei o assunto com quem assiste só ouvi elogios, nunca surge aquele “vi o primeiro episódio mas não me pegou”.

Okay, eu acho a quinta temporada muito superior à primeira? Acho. No entanto, também acho que é preciso construir uma história e isso acontece de uma forma legal e gradual.

Por motivos diversos eu vi tudo meio fora de ordem. Após ver o fim da quarta e toda a quinta temporada, eu comecei do começo. Devorei os 7 episódios da primeira temporada e pronto, cá estou eu em meio aos 22 episódios da segunda.

Não gosto muito da história do pai da Liv, não me parece muito verossímil mas tudo é tão bom e envolvente que eu aceito e continuo ali.

Olivia é uma protagonista mulher poderosa (a mais poderosa!) e muito cheia de mistérios, segredos e traumas. Ela vai te encantar, te dar raiva, vontade de abraçar e por fim, você vai torcer por ela, mesmo ela sendo a mocinha mais bandida que você já viu.

Liv coloca pra fora seu lado sombrio em meio a atitudes de maior justiça impossível. Ela se emociona, mas consegue passar por cima de si mesma. Joga baixo as vezes, mas sustenta qualquer coisa por aqueles que ama. Pra mim ela é a protagonista de uma das mais reais e não romantizadas histórias de amor da ficção. O amor impossível não torna Liv uma personagem boba, simples ou frágil. Ela é forte, mas também tem seus momentos de fragilidade. Ela é uma megera, mas também tem seus momentos de salvadora da pátria. Seus princípios são muito flexíveis e o limite pra ela é o céu.

tumblr_o1dscpp7qm1rt41f1o1_500

Uma gladiadora de terno, como ela intitula seus associados. Comanda um escritório que resolve os mais variados crimes, junto com os funcionários mais perfeitamente imperfeitos que já vi. Os arquétipos da humanidade estão todos ali, distribuídos entre os personagens da série, que se passa em Washington DC.

A casa branca e o salão Oval são pano de fundo dessa trama na qual a Carla me viciou. Nela você acompanha alguns dos mais impressionantes movimentos da política (da ficção, mas com cheiro de realidade), além das estratégias mais loucas mostrando que nem tudo que vemos é a verdade.

Mais de 20 dias depois de ter começado, já posso dizer que não quero passar um fim de semana sem a companhia de Scandal até a sexta temporada chegar no ano que vem.

Vocês assistem? Recomendam? Têm vontade? Eu obviamente sim, né!? :)

Beijos

banner-snap

Gostou? Você pode gostar também desses!

29 Comentários

  • RESPONDER
    Juliana de Paula
    13.10.2016 às 10:54

    Hhahahahahahahaahha
    Eu tenho uma relacionamento de amor e ódio com a Olívia! Ao mesmo tempo que ela é poderosíssima nos casos que pega ela tá sempre de balelinha com o Fitz!
    Sabe quem eu adoro tb? O pai dela! Que personagem!
    Bjs

    • RESPONDER
      Joana
      13.10.2016 às 12:14

      Eu amo o amor dela com Fitz, mas eu sou dessas!

      O pai dela me dá nos nervos, mas só
      Dá porque é um PUT* personagem! Hahahaha

  • RESPONDER
    Luciana
    13.10.2016 às 11:17

    Eu amo Scandal!!!! Amo a Olivia, Vilã ou mocinha acho que isso completa a personagem.
    Estou devorando a 5ª temporada!

    • RESPONDER
      Joana
      13.10.2016 às 12:13

      Eu acho perfeito o misto de sombra e luz dela, real.

  • RESPONDER
    Clariça Manhães
    13.10.2016 às 11:53

    Só tenho um conselho para quem começar a ver: é quase impossível mas tente assistir aos poucos porque, olha, quando a gente finaliza a 5º temporada o vazio que fica não é fácil kkkk.
    Comecei meu apego à séries com Greys Anatomy e demorei a dar uma chance a Scandal mas quando comecei me arrependi de não ter visto antes. Recomendo para todo mundo e acho que mais do que entretenimento estamos falando de uma série (ainda que de ficção) que passa mensagens muito importantes, seja acerca do empoderamento ou de quantas coisas acontecem por trás dos episódios políticos. Agora uma dúvida, só eu que tenho um carinho especial pela Mellie Grant??
    Beijos

    • RESPONDER
      Joana
      13.10.2016 às 12:13

      Acho que Carla tem tb!
      Eu tenho pavor, porque acho que ela se coloca vulnerável a tudo que acontece com ela. Pra mim Melie é aquela personagem mimada que quer segurar o marido que não ama mais só pq ela quer assim!

    • RESPONDER
      Carla
      13.10.2016 às 12:52

      Eu tenho super carinho pela Mellie! Acho que as vezes ninguém dá o real valor dela, morro de pena! Mas concordo que as vezes ela tem atitudes mimadas que irritam! rs

    • RESPONDER
      Wal
      17.10.2016 às 12:33

      Eu acho a construção da personagem da Mellie uma das mais difíceis do seriado. E pago pau demais para a atriz, ela consegue dar todas as nuances com perfeição! Ela é mimada? Sim! Ela é mais que isso? Muito mais! Adoro Olivia, torço por ela e o Fitz mas tenho muito carinho pela Mellie!

      Beijos

  • RESPONDER
    nathália
    13.10.2016 às 14:57

    também tenho uma relação de amor e ódio com a Olivia e com o Cyrus, essa relação dela com o Fitz me incomoda. não gosto nem um pouco do pai da Olivia. adoro quando ela se junta com a Mellie para trabalhar. maravilhosas! a personagem que atualmente eu mais gosto é a Quinn,

    • RESPONDER
      nathália
      13.10.2016 às 15:29

      adoro quando a Olivia se junta com a Mellie para trabalhar.***

    • RESPONDER
      Juliana de Paula
      13.10.2016 às 16:05

      Ta aí! Cyrus!
      Cheguei a conclusão que gosto de personagens conturbados psicologicamente, é uma quebra cabeça!

  • RESPONDER
    Lilian Farrish
    14.10.2016 às 12:36

    Escrevi textão pra comentar aqui pelo plugin do Facebook mas bugou. To chorosa.
    Mas bora lá de novo.
    Eu comecei a assistir a série porque só a Shonda coloca minas negras no seu devido colar de protagonismo e a série foi muito mais do que isso.
    Eu tomei um tiro e aprendi muito a não julgar o relacionamento alheiro. Coisa que a gente jura que não faz mas quando vem a amiga contar a sua história de vida a gente diz: Amiga, sai desse relacionamento abusivo, você não merece isso.

    Se Olivia Pope me contasse a historia dela eu diria isso e eu estaria completamente enganada. A vida é muito mais complexa do que uma fórmula de pode ou não pode que as pessoas precisam seguir. Chega a quinta temporada e a gente vê que ela não estava naquela posição por ingenuidade mas pra se preservar. Tipo de coisa que só a Shonda coloca no nosso coração e a gente simplesmente aceita.

    Eu e minha casa serviremos a Shonda Rhimes ♡

  • RESPONDER
    Ana
    14.10.2016 às 12:52

    Vamos lá: já tentei ver o piloto duas vezes, cheguei na mas não me empolgou.

  • RESPONDER
    Ana
    14.10.2016 às 12:52

    *cheguei na metade

  • RESPONDER
    Jackeline
    14.10.2016 às 15:41

    Vi os dois primeiros episódios e não me empolguei, porque me lembrava muito ” How to get away with murder ” ( que NÃO é da Shonda a propósito, é do Peter Nowalk, e a Shonda é só produtora executiva ), mas dei uma chance ,continuei, e amei.A série é maravilhosa, e como em Grey’s Anatomy, mostra a fragilidade dos personagens,erros,relacionamentos e fala sobre minorias,machismo entre outras questões de forma majestosa .Falando nisso, meninas vocês ja assistiram Grey’s ? É a melhor série da Shonda de longe viu, está a 12 anos no ar e continua maravilhosa <3

    • RESPONDER
      Carla
      14.10.2016 às 19:41

      Vejo todas!! Amo Grey’s!

  • RESPONDER
    Lívia Santiago
    15.10.2016 às 19:50

    Amo e odeio a Olivia. Mas acho que isso só mostra o quanto ela é real.

    O que me irrita mesmo é o Fitz. Mimado e alienado demais! Impossível que na vida real alguém assim chegue a presidente dos EUA.

    Mellie eu aprendi a amar. Não acho que ela seja mimada ou queira segurar o marido de qualquer jeito. Pelo contrário, acho que ela é uma mulher super forte. Quem está em dia com a série sabe os infernos que ela passou. Não conseguiria me levantar da cama se tivesse passado por metade do que ela passou, imagina ser primeira dama. Olivia sempre tem alguém pra dar colo nos momentos ruins. Já a Mellie teve que se virar sozinha com os perrengues e ainda assim deu a volta por cima.

    Me irrita o modo pausado e cantado que o pai da Olivia fala. Relação doentia com a filha. Mas sem ele não teria série…

    Cyrus é o melhor personagem, super bem bolado. Ele é preto ou branco, nunca cinza. Já chorei com a sensibilidade dele, mas também já me choquei com a frieza. Sensacional.

    • RESPONDER
      Jackeline
      15.10.2016 às 23:55

      Fitz é muito mimado mesmo, mas acho ele sensível e carismático demais,nisso ele me ganha.Mellie é guerreira demais, não é uma personagem que eu ame,mas tenho dó , porque ela se envolve em todas as batalhas pelo Fitz e ele não retribui 20 %.

    • RESPONDER
      Carla
      17.10.2016 às 0:59

      Cyrus é o melhor personagem! Eu também já fiquei com pena e depois me peguei odiando! Acho que nessa ultima temporada me passou a impressão que resolveram deixá-lo mais 80 do que 8, mas não sei. MAs acho que o fato que mais chocou sobre o Cyrus foi me tocar que ele fez o pai da Meredith em Grey’s Anatomy. Não lembrava disso, apesar de lembrar claramente que achava o pai dela um paspalho! Quando fiquei sabendo que era o Cyrus eu quase caí pra trás!

    • RESPONDER
      Jackeline
      17.10.2016 às 18:58

      E a candidata Sally Langston é a mãe da Meredith, o cara do necrotério é Joe dono do bar ,o Jake é Henry,marido de uma médica , e até a própria Mellie ja apareceu tb em Grey’s Anatomy como paciente,entre vários outros.A Shonda aproveitou vários atores em Scandal

    • RESPONDER
      Lívia Santiago
      17.10.2016 às 22:26

      Chocada com essa informação sobre Grey’s Anatomy! Não lemvrava!

    • RESPONDER
      Jackeline
      18.10.2016 às 3:05

      A Sally Langston é mãe da Meredith,Jake é Henry,marido de uma médica,o cara do necrotério é o Joe dono do bar e a Mellie ja apareceu como paciente em Grey’s, entre vários outros.A Shonda aproveitou muitos atores de Grey’s Anatomy.

      • RESPONDER
        Carla
        18.10.2016 às 10:32

        Não lembrava da Sally sendo a Ellis também! Chocada! O Jake eu sabia, o Joe eu nem sei quem é a Mellie eu não lembro rsrs. Mas o Cyrus e agora a Sally eu só fiquei impressionada porque parece que eles nasceram para os papeis em Scandal!

  • RESPONDER
    Jackeline
    15.10.2016 às 23:51

    Tenho uma relação de amor e ódio com todos os personagens, tirando o pai da Olivia, que eu só odeio mesmo, mas o cara é TÃO bom ator que eu fico de queixo caído com ele em cena,dá de mil a zero no resto do elenco todo,e olha que o elenco é muito bom. Mellie não é minha personagem favorita,mas mimada ela definitivamente não é.Passa pelos perrengues quase sempre sozinha e apoia o Fitz até quando ele não merece.

  • RESPONDER
    Mariana
    17.10.2016 às 18:42

    Como várias meninas comentaram, também tenho amor e ódio de alguns dos personagens. Meio que bodiei da série depois da última temporada no Netflix, mas como adicionaram a nova temporada quem sabe eu encare…

    Olivia me dá nos nervos de vez em quando, dá vontade de dar uns sacodes nela e dizer: “fia, acorde!”

  • RESPONDER
    Jackeline
    17.10.2016 às 19:02

    A Sally Langston é mãe da Meredith,Jake é Henry,marido de uma médica,o cara do necrotério é o Joe dono do bar e a Mellie ja apareceu como paciente em Grey’s, entre vários outros.A Shonda aproveitou muitos atores de Grey’s Anatomy.

  • RESPONDER
    Aline
    18.10.2016 às 12:09

    De todos os personagens, o único que não consigo gostar ou “aceitar” é o Fitz, acho ele um hipócrita covarde ahsashas e não entendo pq todo mundo ali decidiu que ele valia algum sacrifício pessoal, pq todos os personagens “principais” (Cyrus, Liv, Mellie) perderam algo para dar algo ao Fitz.

    E gosto muito da Mellie, acho uma pena ela ser tão subestimada por todos e desumanizada pelo roteiro. Todos ali amam o poder. mas ela é a única que, devido a isso, é sempre julgada como 100% mau caráter. Todos têm falhas, mas ela é a única a quem é negada a aceitação e entendimento. Ela é a única pessoa que tá ali completamente sozinha, sem amparo. Ela foi leal e se sacrificou, como mulher (de diversas formas), pela lealdade ao Fitz. Ficou anos ao lado de um homem que a tratava como pouco mais que nada e quando precisava de um pouco de retorno dessa lealdade ele vai lá e vira as costas. Pq? Por causa de algo que ela fez sem saber quais seriam as consequências. E por quem ela foi julgada? Pelo homem que criou uma guerra, sabendo que haveriam sacrifícios humanos, em prol da própria vida amorosa! Aff, desculpem o texto, mas O FITZ ME IRRITA DEMAIS!!!

    • RESPONDER
      Carla
      18.10.2016 às 12:51

      Eu também tenho pavor do Fitz, principalmente quando ele resolver fechar a cara e falar gritando como se realmente mandasse em alguma coisa!

  • RESPONDER
    Nathalia
    18.10.2016 às 16:39

    Geeente, amo essa série, sou viciada até o último fio de cabelo!!! Os personagens são complexos, os atores são muito bons, o enredo é ótimo. O Fitz me irrita as vezes, acho ele um pouco fraco para presidente, ingrato com a Mellie e mimado de maneira geral. Prefiro mil vezes o Jake <3.
    A Shonda… o que falar? ela arrebenta ao abordar temas importantes sem perder a trama. Ela é produtora executiva de uma outra série (o criador é Pete Nowalk): "How to get away with a murderer", estrelada pela talentosíssima Viola Davis. Tem a mesma pegada, com muitos reviravoltas e personagens que você ama e odeia ao mesmo tempo, vale muito a pena assistir também!

  • Deixe uma resposta