1 em Deu o Que Falar/ Reflexões no dia 08.08.2016

DQF: Parece que o jogo virou, não é mesmo?

Acompanhar as Olimpíadas, justamente a que está acontecendo no seu país, à distância não é das melhores experiências, preciso admitir. Não estou conseguindo acompanhar todos os jogos que o Brasil está competindo porque, obviamente, a NBC está priorizando os jogos e as notícias dos Estados Unidos e ter que assistir as partidas sendo narradas em inglês (nunca pensei que fosse dizer isso, mas saudades, Galvão) é triste.

Por outro lado, está sendo lindo acompanhar as Olimpíadas pela internet! Minhas timelines do Facebook, do Twitter e até mesmo do Instagram estão lotadas de vídeos, textões, impressões e alegria, uma coisa maravilhosa de se ver. E pelo o que eu estou acompanhando, as mulheres estão DO-MI-NAN-DO.

13920149_1139787442761909_3561974720823950171_o

Feministas compartilham, mulheres que preferem dizer que não são feministas (conheço várias, viu) compartilham, homens compartilham. Pessoas que eu nem imaginava que curtiam esportes estão compartilhando. As nossas atletas estão sendo motivo de orgulho coletivo e com razão. O pouco que eu pude ver me mostrou meninas e times com muita garra, muita determinação, muita paixão pelo esporte e espírito de equipe tão nítido que dá para sentir através da tela da TV.

A seleção feminina de futebol é o maior exemplo disso, tanto que está sendo tão comentada e elogiada. Se ganharem ou perderem, se levarem alguma medalha ou sairem de mãos abanando, não importa mais porque elas cativaram todo mundo!  No último jogo, Marta, a camisa 10 do time feminino, foi ovacionada pelos torcedores com um grito de guerra que dizia que ela era melhor que Neymar.

13958235_1139829339424386_8125436217695245969_o

Eu odeio comparações e não curto muito a ideia de que a seleção feminina provavelmente só está recebendo toda essa atenção porque a seleção masculina não nos dá nada além de desgosto desde o fatídico 7 a 1, mas fazer o quê? Fazer o quê se os homens não parecem ser um time? Fazer o quê se eles não passam a sensação de jogar com amor à camisa? Fazer o quê se eles parecem preferir se resguardar para seus times gringos que lhes pagam milhões? Fazer o quê se nessas Olimpíadas eles estão jogando contra times como Iraque e Africa do Sul e ainda não conseguiram fazer um gol? A oportunidade surgiu, elas têm mais é que aproveitar toda essa visibilidade mesmo e já que a comparação entre os dois camisas 10 começou, vamos comparar de verdade?

Porque se formos comparar Marta e Neymar, é chocante perceber a discrepância entre homens e mulheres nos esportes. É indecente até. Alguns exemplos de comparações em números? Vamos lá, pelo o que eu pesquisei para fazer esse post, fiquei sabendo que enquanto Marta estava jogando no Santos, o salário de Neymar era de R$1 milhão quando o orçamento do time feminino todo era de R$1,5 milhão. Marta é a atleta mais bem paga entre as atletas e consegue ganhar o equivalente a R$1,2 milhão por ano entre patrocínio, publicidade e salário. Enquanto isso, Neymar é o 21o. atleta mais bem pago no mundo e ganha mais ou menos 119 milhões de reais por ano. Isso porque Marta tem 5 bolas de ouro e Neymar nenhuma.

Todas as imagens são da página Empedre Duas Mulheres

Todas as imagens são da página Empodere Duas Mulheres

 

Sinceramente, com os sem comparações, eu quero é mais ver as mulheres arrasando nas Olimpíadas! Quero mais é que a seleção feminina de futebol continue honrando a fama do Brasil como país do futebol. Quero mais é que elas chamem muita atenção para que marcas entendam que vale a pena patrocinar times femininos (aliás, adoraria que, tirando futebol masculino, todos os nossos outros atletas chamassem atenção para os patrocínios, já que é praticamente a única forma deles conseguirem manter sua rotina de treinos, mas isso é outro assunto). Quero mais é que levantem mesmo a questão de diferença salarial.

E, se não for pedir muito, também seria ótimo se a partir dessas Olimpíadas, a gente entendesse de uma vez por todas que jogar/fazer/dirigir/agir/qualquer outro verbo como mulher é um baita de um elogio. Não é tanto, mas já é um ótimo começo. :)

Beijos

banner-SNAP-ca

Gostou? Você pode gostar também desses!

1 Comentário

  • RESPONDER
    Samira
    09.08.2016 às 4:28

    Carla, concordo! Espero e desejo que essas meninas/mulheres que estão nos mostrando de forma tão linda o que é o espírito olímpico despertem os interesses dos empresários, porque, se sem tanto incentivo elas já nos orgulham tanto, imagina com o incentivo devido. Desejo do fundo do meu coração que essas olimpíadas mostre mais e mais a força e o valor feminino.

  • Deixe uma resposta