9 em Gravidez no dia 22.09.2015

Gravidez: as quebras de expectativas

Como eu já disse algumas vezes, com a novela que passamos com o Jack meu maior aprendizado foi saber quebrar minhas expectativas. Esse foi um processo que acabou me deixando um pouco mais pé no chão, mais realista, um pouco fria talvez, mas mais prática. Acho que hoje eu perco menos tempo lamentando o leite derramado e, ao invés disso, prefiro arrumar uma solução para tirá-lo do chão.

Quando eu estava muito confortável com esse meu “novo eu”….pá! Fiquei grávida, justamente um dos momentos mais cheios de expectativas na vida de qualquer pessoa, até mesmo daquela que, como eu, nunca havia parado para planejar como essa fase seria.

Ao longo desses 6 meses, eu tenho me surpreendido de várias formas e quebrando várias expectativas que eu nem sabia que tinha. Imagino que até Janeiro eu ainda vá quebrar outras tantas, mas por enquanto, resolvi dividir algumas com vocês:

giphy

Eu achava que meus cabelos ficariam incríveis. Já ouvi tanta gente falando que grávidas ficam com cabelos maravilhosos, que eles crescem absurdamente e ficam macios e brilhosos que eu passei a acreditar inconscientemente. Nada de muito diferente aconteceu comigo nesse quesito, e hoje eu agradeço, afinal, também fiquei sabendo de vários casos de grávidas que os cabelos começaram a cair muito mais. Nem 8 nem 80 por aqui.

555b65e01aaec7043ea4e22b_nicki-minaj-beyonce

Eu achava que minha pele ficaria maravilhosa! Em compensação, aconteceu o contrário comigo em relação à minha pele. Eu, que nunca fui de ter espinhas, comecei a ter várias internas no queixo e algumas nas bochechas. Sem contar as rosáceas, que voltaram com tudo por um período! Como eu ando numa fase de agradecer as coisas boas, pelo menos não tive melasma, reclamaçãozinha bem frequente. (e por favor, ninguém me conta que só surge depois do 7o. mês ou algo assim, hein…hahaha). Mas eu sei que boa parte disso é culpa minha, que não tomei vergonha na cara e dei um jeito de ir na minha dermatologista. Minha desculpa é que ela fica no Rio. :/

Eu jurava que a essa altura do campeonato, a gravidez já estaria perceptível. Mesmo eu tendo essa mania de só usar roupa larga, o que dificulta a identificação, eu jurava que lá pelo 5o. mês eu já estaria ostentando uma discreta barriguinha inconfundível de gravidez. Bem, estou no 6o. e diria que minha barriga está mais para um bebê hamburguer do que para um bebê real. Mas tá tudo bem e ele tá crescendo direitinho apesar de não querer aparecer! rs

16 semanas| 23 semanas

16 semanas| 23 semanas, ainda não tirei nenhuma por agora, mas de roupa ainda não dá para ver direito! rs

Falando em quilinhos, achei que engordaria mais até agora. Por mais que eu tenha botado na cabeça desde o começo que eu não gostaria de engordar muito mais de 10kg durante esses meses, e por mais que eu não tenha caído na história de comer por dois, fiquei surpresa comigo mesma. Até mês passado (sexta eu dou o update aqui rs), eu tinha engordado apenas 3 quilos. Sei que é a partir de agora que os tais quilos a mais aparecem, mas sabendo que me mantive “na linha” até o presente momento, fico mais tranquila para o que está por vir!

f87e413ad9a76ed29381cfadae284a53

Jurava que minha maior dificuldade durante esses meses seria a falta de bebida! Eu comecei a beber bebidas alcoólicas bem tarde, com 24 anos mais ou menos, e desde então, vinho branco e caipivodka eram presenças constantes na minha vida. Sábados, domingos, feriados, jantares no meio da semana, férias….Sem contar aqueles dias mais complicados que praticamente pediam uma tacinha de vinho depois das 7 da noite. Quando descobri que estava grávida, jurava que ia sentir muita falta desse hábito, mas foi muito mais fácil do que eu pensava, parece que o corpo já sabe, né? Claro que tem dias e situações que uma bebida faz muita falta, mas não preciso fazer nenhum esforço para resistir a nada.

E eu tinha certeza que seria manteiga derretida. Eu tenho no meu histórico maluquices como chorar no final de Branca de Neve (porque ela deixou os 7 anões para morar com o príncipe, em vez de levar todos para o castelo) e Pocahontas. Se a TPM me deixava mais sensível, jurava que a gravidez iria fazer com que eu virasse aquele tipo de pessoa que não pode ver comercial fofo sem cair no choro. Nada aconteceu e acho que nesse período eu só chorei em Divertida Mente, mas é porque ele me fez lembrar uma grande amiga que tinha depressão e não teve um final feliz. Acho que eu choraria em qualquer condição.

Foto da semana passada!

Foto da semana passada!

Também achava que não seria tão ativa. Eu sempre fui de fazer academia pelo menos 4 vezes por semana, mas sei lá porque eu jurava que grávidas tinham várias restrições, principalmente spinning e musculação que são as principais atividades que eu pratico. Gravidez não é doença, mas não costumo ver muitas grávidas praticando exercícios, e achava que eu teria que parar também. Bem, meu médico não só perguntou se eu fazia academia, como me deu sinal verde para continuar fazendo musculação (um pouco mais leve, claro) e só me pediu para trocar o spinning por caminhada ou transport.

tumblr_njbkdm8JJ01qky4cgo1_500

Tinha certeza que eu reconheceria o primeiro movimento! Essa expectativa quebrada, para mim, foi a mais decepcionante! Desde a 17a. semana meu médico falou que eu poderia sentir alguma coisa, mas que depois da 20a. seria muito mais fácil de reconhecer. Passou a 17a., a 18a., a 19a., a 20a., e eu de fato comecei a sentir algumas coisas, mas tinha certeza que era meu estômago, meu intestino, qualquer coisa, menos o bebê. Fui procurar na internet – coisa que ando evitando – o que eu deveria esperar sentir e teve gente falando que pareciam borboletas no estômago, outras que associavam a um frio na barriga, mas todas dizendo que era inconfundível. Pois bem, eu confundi.

Acho que por enquanto é só! E vocês? Quais expectativas foram quebradas? Quero saber de todas! :)

Beijos!

Gostou? Você pode gostar também desses!

9 Comentários

  • RESPONDER
    Maria Cláudia
    22.09.2015 às 19:27

    Estou de 6 meses também. Não tive melasma até agora. Meu cabelo ficou mais bonito mesmo e isso é demais! A dermatite seborréica voltou e enxaqueca continuou o que eu esperava era melhorar de ambas já que são auto-imunes e essas doenças costumam melhorar na gestação. Consigo trabalhar no mesmo ritmo de antes, inclusive fazendo plantões de 12h. Achava que jamais conseguiria. Fora isso sou uma grávida clichê, tive muitas náuseas e vómitos, a barriga é grandona, tenho azia e constipação e começaram a aparecer as estrias (o terror).

    • RESPONDER
      Nivea Cruz
      23.09.2015 às 13:17

      Meu chefe achou que eu não fosse dar conta de 12 horas de plantão,e aos 7 meses estou mandando ver fazendo plantão de 24 horas. Somos muito mais fortes do que se imagina!

  • RESPONDER
    Marcella
    22.09.2015 às 21:57

    Grávida linda e magrinha, super em forma!! Tô adorando a maneira como a gravidez tem sido abordada aqui no blog, nada clichê e super bem escrita, como sempre!! Mta saúde pra você e seu baby!!

  • RESPONDER
    Silvia
    23.09.2015 às 2:45

    Nunca passei por isso mas tenho medo dos enjôos, inchaços, desejos e já tenho uma bexiga de capacidade mínima, imagina com um bebê chutador?!
    Acho que o umbigo saltar (o meu é muito fundo), a linha ficar muito marcada e os mamilos enormes tb e muito sensíveis são outras preocupações.
    Agora ia amar se qdo engravidasse meu cabelo crescesse, mas do jeito que sou ele vai é encolher!!! ;D

    Beijos enormes!!!

  • RESPONDER
    Rosana Rocco
    23.09.2015 às 10:37

    Como sempre adoro os posts de gravidez! rsrsrs.
    Olha, mais uma vez super me identifico com essas quebras da expectativa. Eu me sinto rigorosamente igual, meu cabelo continua igual, a pele idem, o ganho de peso tá seguindo proporcional a idade gestacional (6.5 kilos com 6 meses..), não to com desejo de absolutamente nada, Tô no Pilates firme e forte, me sinto super disposta e feliz.
    Agora uma coisa q vc não mencionou que pra mim é o que está acontecendo de mais diferente é: ESQUECIMENTO! Gentemmm, to esquecendo de tudo. De levar o pedido pra fazer exame, de esquecer o que ia falar, de esquecer o que te falam…jesus! Me falaram q esse esquecimento é típico da gravidez, ai to me acostumando com ele..rsrs.
    Quanto as mexidas, sim são inconfundíveis, mas comigo só aconteceu lá pela 22ª semana q foi depois que eu fiz a morfológica. Ai o que eu suspeitava q eram as mexidas da Clarinha, na ultra eu tive certeza. Ai agora já identifiquei! Mas antes, sim..é completamente “confundível”!
    Beijossss pra vocês 2, de nós duas!

  • RESPONDER
    Anna Rios
    23.09.2015 às 16:59

    Eu estou de 33 semanas e 3 dias,o que na contagem da minha obstetra é a reta final do 7 mês! (sim,tem isso,nem todos os obstetras seguem a mesma tabela,isso é pq minha obstetra considera 9 meses até 42 semanas). Meu cabelo cresceu um pouquinho,mas não ficou sedoso e lindo(eu queria ;( ),minhas unhas ficaram fracas, rosto encheu de espinha no ínicio, melhorou la pro meio do quarto mês e voltou com força total agora :(, mantive mais ou menos 1 kg por mês ate o 6 mês,depois começou a saltar,agora estou com quase 8 meses e 12 kg a mais na conta (Deus e a amamentação me ajudem depois rs), ainda não encontrei estrias,espero muito continuar assim, consegui identificar os movimentos dele com 16 semanas,ele fez montinho mesmo de um lado só da barriga,não deu pra confundir rs! muita saúde pra vcs,vc está ótima!!!!!!!!

  • RESPONDER
    Luiz Haroldo
    23.09.2015 às 17:14

    Minha filha gostei muito de ver a sua barriguinha e lhe parabenizo pela determinação em ir para a academia e pelo pouco peso que ganhou,assim vc não vai precisar de mim para fazer cirurgia plástica depois.
    Bjs te amo

  • RESPONDER
    joana
    23.09.2015 às 23:33

    gente, esse pai fofo que vc tem? tem como fazer clone??? bjs

    • RESPONDER
      Carla
      24.09.2015 às 20:08

      hahahahahah, né? Não aguentei esse comentário!

    Deixe uma resposta