25 em Comportamento/ Reflexões no dia 09.07.2015

Vamos praticar mais o elogio?

Me peguei morrendo de vontade de fazer esse post depois de passar uns dois dias na dúvida se eu comprava um aplicativo para o meu computador por causa dos comentários negativos que estavam na página de download da App Store. Já tive experiências anteriores nesse estilo que algumas críticas até faziam sentido, mas na maioria das vezes, os comentários ruins eram pura vontade de reclamar de besteira. Ah, só para atualizar, eu acabei não dando bola para o que eu li, baixei e deu tudo certo.

Pensando nisso, eu fiquei com muita vontade de conversar sobre um assunto que me incomoda demais: a disposição que o ser humano tem para ver apenas o lado negativo das coisas.

elogie-mais-2Apesar de odiar me indispor – sou da filosofia que prefiro sempre evitar a fadiganão acho ruim reclamar quando algo está fora dos eixos. Acho que tem momentos que um stress é mais do que bem vindo e botar a boca no trombone é libertador, mas o que me incomoda de verdade é que quando está tudo bem, quase ninguém aproveita o momento para elogiar.

Há pouco tempo aconteceu algo que só comprovou essa minha teoria. Eu e meu marido fomos em um restaurante que tudo foi impecável, o serviço, a comida, enfim, tudo. Pedimos para o garçom chamar o gerente e ele foi já com aquele jeito de “ai meu Deus, o que eles vão reclamar?”. Quando o gerente chegou, era visível o pé atrás. Quase ninguém chama o gerente se não for para dar esporro ou pedir para resolver pepinos, né? Depois que ele ouviu nossos elogios, ele nos agradeceu e disse que era tão raro um cliente chamá-lo para falar algo bom que aquele gesto, que para a gente pareceu natural e até mesmo bobo, fez a noite dele. Saímos de lá leves, não apenas por termos desfrutado de um jantar incrível, mas por termos deixado alguém feliz com uma atitude que teoricamente é tão simples. Desde então, tanto eu quanto ele pegamos o hábito de fazer isso e eu confesso que tenho adorado elogiar o que eu tenho gostado, mesmo que seja com algo aparentemente banal.

ELOGIE-MAIS

Talvez por causa disso, cada dia que passa fico mais incomodada quando vejo reclamações que não vão dar em lugar nenhum. Por exemplo, odeio ver gente se exaltando com quem claramente não é responsável pelo problema, ou então que se estressa com os funcionários porque não procurou saber as regras do local (tipo de gente que aparece de bermuda em uma boate, é barrado na porta e fica gritando com os seguranças). Já presenciei cenas tão absurdas que a impressão que me dá é que o indivíduo saiu de casa com vontade de arrumar confusão.

Conversei sobre esse assunto com algumas pessoas e percebi que muita gente acha que quando o serviço é maravilhoso, a pessoa (ou o estabelecimento) não está fazendo mais do que cumprir com a sua obrigação, e isso não merece ser aplaudido. Sei lá, eu as vezes penso que deixar as pessoas cientes que estão fazendo a coisa certa serve mais como um incentivo para que elas só melhorem. Ingenuidade minha? Talvez..Mas eu gosto desse meu lado Pollyanna.

Só acho que se todos nós praticássemos o exercício de tentar enxergar mais coisas boas no nosso dia a dia, talvez o mundo fosse um lugar um pouquinho mais tolerante, né?

Beijos!

Gostou? Você pode gostar também desses!

25 Comentários

  • RESPONDER
    Paula
    09.07.2015 às 10:39

    Ei Cá!!!

    eu sou uma pessoa que adoro elogiar. elogio tudo (cor de esmalte, cabelo, brincos…) e percebo o quanto as pessoas são ressabiadas com um elogio.
    principalmente quando elogio mulheres, algumas abaixam a cabeça envergonhadas, algumas me olham como se eu fosse doida e ainda tem as que desconfiam que eu esteja com segundas intenções.

    acabo sempre ficando timida depois de elogiar alguém e meu namorado morre de rir.
    ele fala que se todos os problemas das pessoas fossem esse, o mundo seria mais tolerável.
    e não seria?

    adorei o post pq percebi que não elogio muito os bons serviços que recebo
    sempre comento com o garçom ”a comida tava ótima” mas nunca falo sobre a prestação do serviço. vou aderir!

    beijoos

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:37

      É verdade! Engraçado que eu elogio menos outras pessoas, mas gosto muito de elogiar serviços, e acho que é tão importante quanto, né? Acho que também vou aderir ao seu jeito! :)

  • RESPONDER
    Anna
    09.07.2015 às 12:04

    Também acho que um bom serviço é obrigação. O que não impede de elogiarmos mesmo assim!!!!

    Acho que as pessoas vem esquecendo o básico: agradecer, pedir por favor, cumprimentar, sorrir. E depois não entendem porque o “mais amor, por favor” não é praticado.

    Quando eu chego em um restaurante, a primeira coisa que falo é perguntar o nome do garçom. SEMPRE faço isso. E questiono a sua opinião a respeito dos pratos, agradeço as indicações de bebidas, elogio o que merece ser elogiado, cumprimento na saída. Acho que quando você chega com atitude positiva, a tendência é que a experiência seja mais agradável.

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:39

      Anna, se tem uma coisa que está nos meus planos melhorar é isso: antes de tudo, perguntar o nome das pessoas. Se a gente pensar bem, é horrível chamar quem está prestando algum serviço por “moço, moça, psiu” ou qualquer coisa do gênero. Faço isso com vendedores de loja e recepcionistas, mas as vezes esqueço de fazer isso com garçons! Boa lembrança!

  • RESPONDER
    Gabriela
    09.07.2015 às 12:18

    Adorei o texto! Realmente nas páginas de aplicativos e lugares na Internet tem muito mais reclamações que elogios. Quando uma coisa é ruim todo mundo vai lá comentar, mas quando é boa as pessoas ficam quietas. http://www.alemdolookdodia.com

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:40

      Não é mesmo? Chega a dar medo! rs

  • RESPONDER
    Anna Cristina
    09.07.2015 às 12:55

    Carla querida, concordo demais!!! As pessoas, no geral, são muito rápidas nas críticas negativas e muito parcimoniosas nos elogios, porém acredito que isso ocorre porque só é possível dar aquilo que se tem! Quem é negativo, está de mal com o mundo e sai de casa com o propósito de descontar seus problemas em qualquer um nunca vai ver nada de positivo em nenhuma situação, imagina fazer um elogio
    Eu sou uma pessoa muito bem humorada e trabalhei com público durante anos, sei como é estar do outro lado e te digo que um elogio abre portas, garrafas, arranja boas mesas, dá bons descontos e bons brindes, além de render boas histórias e bons amigos =)
    Um beijão para você pro baby futi!

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:41

      Concordo com tudo, Anna Cristina!
      Beijoos

  • RESPONDER
    Ka Lopes
    09.07.2015 às 15:49

    Cá, isso é verdade… As pessoas se surpreendem com o elogio, e até se incomoda com ele. Não estamos acostumados a isso, sabe? Falo por experiência própria. Sempre fico MUITO incomodada quando alguém me elogia demais, por exemplo. Tinha uma colega de trabalho que TODOS OS DIAS elogiava alguma coisa em mim, às vezes mais uma vez por dia. Me incomodava bastante… Não devia, por ser uma coisa boa, né?
    Beijão!

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:49

      A impressão que eu tenho é que o elogio incomoda quando ele não é verdadeiro, será que não é esse o caso dessa colega de trabalho? Será que não era sua intuição falando?

  • RESPONDER
    Juliana
    09.07.2015 às 16:06

    Adorei o texto! Passei por uma situação um pouco parecida com a sua e a dúvida de baixar ou não o app por causa dos comentários negativos. Eu fiquei muito tempo procurando um hotel e não achava simplesmente porque TODOS tinham comentários bem negativos (em sites como TripAdvisor, Booking etc.). No fim acabei concluindo aquilo que você falou, “os comentários ruins eram pura vontade de reclamar de besteira”, misturada com muita má vontade!

    Beijocas!

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:51

      Juliana, no trip advisor eu vou fazendo leitura dinâmica dos comentários procurando saber se a localização é boa e se o hotel é limpo. Se eu for ler cada crítica, acho que eu fico paranóica! Eu brinco com meu marido que quando ninguém tem o que reclamar nesses sites, botam a culpa nos bed bugs, não importa se estão falando de um albergue ou de um hotel 5 estrelas! hahaha

  • RESPONDER
    Cris
    10.07.2015 às 6:29

    Cá, não acho ingenuidade sua pensar que o elogio é um incentivo e serve para as pessoas melhorarem. O elogio é sim um incentivo positivo e acho que temos que praticá-lo mesmo. Se o serviço está ruim, reclamamos. Se está bom, temos que elogiar. Acho que isso é um passo para mudarmos o que está ao nosso redor, mudar atitudes, conservar outras atitudes. Bjos.

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:52

      Verdade, Cris! Beijos! :)

  • RESPONDER
    Sabrina
    10.07.2015 às 7:45

    Verdade, Cá.
    Adorei o texto.
    Bj

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:52

      Obrigada, Sabrina!

  • RESPONDER
    Adriana
    10.07.2015 às 10:33

    Concordo muito com vc Cá!
    Tenho um conhecido que é muito negativo e tudo dá errado pra ele. O mundo devolve pra gente o que nós enviamos para ele.
    Sou da opinião que tudo, mas tudo mesmo, tem seu lado positivo.
    Esses dias bati de carro por uma bobeira e poderia te ficado brava, pensando “ai que saco, gastar dinheiro por uma bobeira”, mas ao em vez disso eu agradeci porque nada mais sério tinha acontecido.
    Tenho essa “mania” de sempre agradecer, sempre olhar o lado bom das situações, mesmo quando dou com o dedinho na quina do sofá, que é uma coisa tão desnecessária de acontecer hehehe.
    O mundo precisa de pessoas mais positivas :)
    Ah, e parabéns pelo baby, que venha com muita saúde!

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:54

      Ainda não consegui chegar nesse nível de bater o dedinho e não querer xingar o mundo, mas concordo 100% que quem é negativo atrai negatividade. E engraçado é que você não precisa ser uma pessoa negativa sempre, acho que se você acorda achando que o dia vai ser ruim, o dia vai ser ruim mesmo! Eu também sempre tento tirar algo de positivo das coisas! Obrigada por tudo! Beijos!

  • RESPONDER
    Monique
    10.07.2015 às 10:42

    Adorei o texto, Cá.

    É isso mesmo, as pessoas ficam desconfiadas com elogio, é até estranho. Eu costumo elogiar as pessoas, mesmo as desconhecidas, e elas ficam sempre com cara de “quem é você, minha filha, sai daqui”. Pra mim, se eu gostei do seu esmalte, seu batom ou amei uma peça que você ta usando eu vou elogiar e vou perguntar qual é, nada mais natural.

    Outra coisa, sou baiana, nasci e passei a vida em Salvador até que resolvi vir pra São Paulo há três anos e uma coisa que eu reparei é que, de modo geral, o paulista reclama DEMAIS e de TUDO.

    Fico abismada com as pessoas do meu trabalho. Nunca estão satisfeitas com nada, com a comida do restaurante, com o café do escritório, com o marido que não faz o que a pessoa quer, enfim, senti muito essa diferença aqui e fico ate com raiva.

    Sinto que eu me deixei um pouco contaminar com essa mania impregnada de reclamar. Hoje em dia reclamo muito mais e fico mau humorada muito mais rápido. Preciso voltar ao normal. Quando vejo que meus amigos de Salvador levam a vida com muito mais leveza e são muito menos ranzinzas que o pessoal de São Paulo que me toco da minha chatice.

    Adorei o texto!
    Beijo

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 21:58

      Eu também costumo elogiar quando uma pessoa está usando algo que eu gosto. Aliás, eu adoro quando isso acontece comigo!

      E engraçado, eu convivo com paulistas muito parecidos comigo, então não notei isso no meu círculo, mas noto bastante em ambientes propícios a reclamações como restaurantes, shows, aeroporto ou qualquer lugar do tipo! No Rio até tem um ou outro, mas eu sempre fico com a impressão que carioca leva mais na esportiva – ou tem a tolerância um pouco maior! rs

  • RESPONDER
    Mah
    12.07.2015 às 16:07

    Eu tento fazer resenhas bem reais sobre hotéis, por exemplo. Se eu fico num hostel simples, não posso avaliar como se quisesse ter ficado no hilton né?
    Uma vez li que o TripAdvisor é meio gaiola das loucas rsrs. Quase concordo. É sempre bom balancear as resenhas negativas e positivas dos serviços. Ainda bem que hj em dia existe a Internet e a ferramenta das resenhas.

    Sobre elogio no geral, é costume do Brasil de não praticar muito. Os americanos fazem isso muito bem. Elogiam seu cabelo, sua roupa, seu óculos rsrs.

    Ontem mesmo fui numa loja do shopping e fiquei encantada com o óculos de grau da vendedora. Não comprei nada, mas na saída agradeci e disse que tinha achado o óculos lindo! Ela ficou contente e de quebra elogiou o meu também rsrs.

    Outra coisa que é importante, é que perdemos o costume de elogiar os mais íntimos. Meu marido vira e mexe reclama que eu não o elogio. Na rotina a gente acaba deixando passar, mas é preciso prestar atenção.

    • RESPONDER
      Carla
      13.07.2015 às 22:00

      Ah, eu acho que para elogiar não precisa exagerar ou puxar o saco! Acho que dá para ressaltar as coisas boas e explicar o que não foi do seu agrado.

      Quanto à elogiar os mais íntimos, isso é pura verdade! Eu elogio quando presto atenção, o que não é sempre! rs

  • RESPONDER
    Paola Alves
    13.07.2015 às 10:39

    Eu super concordo com o seu pensamento! Com as redes sociais acho que isso até piorou, porque todo mundo se acha crítico né? E as pessoas em geral enfatizam muito mais esse lado negativado na vida. Comentei esses dias mesmo com o meu namorado que as coisas ruins são muito mais enfatizadas = a semana pode ter sido maravilhosa, se aconteceu uma coisinha chata: a semana foi uma bosta HAHAHAH. E é assim pra tudo hoje em dia, acho um saco.. e por isso agora tento ver tudo pelo lado bom, é um exercício diário, mas dá resultado <3 http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  • RESPONDER
    Leticia
    13.07.2015 às 15:51

    Amei, Cah! Parabéns pelo texto!

    Trabalho com serviços (hotel) e você não tem ideia do que um elogio faz por uma equipe.
    Coloco no mural, leio em voz alta na reunião mensal e entrego até chocolate rs
    É muito gratificante! Quando recebo um, fico com o sorriso enorme e me esforço cada vez mais pois, a sensação é muito boa.
    Hoje em dia é tão difícil ter um bom serviço, a excelência e o prazer em servir é raro, então elogiar e fidelizar é uma forma de reconhecimento.

  • RESPONDER
    Maki
    18.07.2015 às 13:44

    Cá, você falou e eu super concordo: tem dias que as pessoas saem de casa mesmo com o objetivo de comprar briga com alguém. Só isso explica alguns comportamentos que vejo por aí. E achei super legal o que você falou sobre elogios, afinal, um serviço bem feito tem que ser aplaudido! Quem sabe assim a gente não incentiva as pessoas a continuarem ‘indo bem’ por assim dizer e espalha a gentileza por onde passa, né?

  • Deixe uma resposta