9 em Comportamento/ entretenimento no dia 23.05.2015

Filmes da Sil: A Não incrível história de Adaline

Muito se ouviu falar a respeito do filme “A Incrível História de Adaline“, especialmente no quesito figurino. E eu, como amo um filme de época, fui toda empolgada assistir o longa que tem Blake Lively no papel principal. Uma razão pela qual eu esperava tanto da caracterização do filme, é o “vazio” que “Mad Man” deixou na minha vida.

filme-da-sil

Com Harrison Ford no elenco – já contei aqui como quis nascer antes por causa dele?! – e o Daarios de “Game of Thrones” Michiel Huisman (que também participa do meu amado seriado “Orphan Black”), arrastei o marido para o cinema,  adiei a sessão de “Poltergeist” e garanti uma quantidade de lenços de papel. O filme conta a história de uma moça, Adaline, que sofre um acidente e para de envelhecer. Para mim foi impossível não associar com “O Curioso Caso de Benjamin Button e portanto, esperar uma choradeira. Entretanto, a história passa BEM longe do longa de Brad Pitt e não me comoveu. Em outro momento, pensei que fossem usar um pouco da comédia, como a série “Forever”, onde Henry, o protagonista, não consegue morrer. Mas também não seguiram por essa estrada.

A história de Adaline não tem nada de incrível. É um filme preguiçoso, com caracterizações que me deixaram decepcionada – o cabelo dela na década de 20 fica na cara que é truque, quando poderiam ter usado uma peruca – sendo que em alguns momentos fica até complicado reconhecer a época em que a personagem está, pois só mostram o rosto de Blake. E Blake, não é atriz para esse filme. Enquanto ela é uma garota divertida em “A Irmandade do Jeans Viajante” e uma socialite nada monótona em “Gossip Girl, Lively não conseguiu dar vida a Adaline. Talvez seja culpa do roteiro, talvez da direção, mas verdade é, que nem Harrison Ford me emocionou. Saí do cinema ouvindo frases como “Esperava mais do final”, “Que filme mais bobo” e durante o filme vi muitos casais aproveitando para namorar.

E o tal closet de Adaline que deveria ser cheio de peças interessantes, mal aparece no filme e as roupas da personagem chegam a ser quase monótonas no tempo atual. É lógico que existem dois vestidos maravilhosos, mas são apenas detalhes também mal explorados.

Alguém mais viu? Gostou? Ou vão esperar sair no Netflix para ver?

Silvia

Gostou? Você pode gostar também desses!

9 Comentários

  • RESPONDER
    Paloma
    25.05.2015 às 12:21

    O filme é demasiadamente incrível, se esperássemos algo parecido com Bejamin Button, não seria original. Aliás, Blake ficou perfeita nesse papel, muito bem colocada, ela não é mais a garotinha de Gossip Girl.
    Filme excelente, muito ruim sua crítica.

    • RESPONDER
      Nome (obrigatório) :Nick
      25.05.2015 às 15:33

      Também não concordei com essa crítica!
      O filme foi perfeito!!! Desde do roteiro, personagens, as roupas… tudo se encaixou perfeitamente!

    • RESPONDER
      silvia
      25.05.2015 às 19:41

      Oi Paloma, que bom que você gostou do filme, afinal o que seria o verde se todos gostassem do amarelo?! ;)

      Quando eu falo sobre o Benjamim Button, eu quis dizer que esperava me emocionar tanto quanto me emocionei no filme do Brad Pitt. Infelizmente, não foi o caso para mim. Aliás eu fico bem chateada quando saio do cinema com a sensação de insatisfeita, afinal quem quer ver um filme que não é excelente?! Eu, pelo menos, amo sair do cinema com aquela sensação de “nossa esse foi o melhor filme da minha vida”! Mesmo que essa sensação só dure até o próximo filme!

      Beijocas!

    • RESPONDER
      silvia
      25.05.2015 às 19:44

      Oi Nick, que bom que você achou que o filme foi perfeito! Acho bacana ler opiniões diferentes e acho que também ajuda as outras pessoas que não viram o filme, né?!

      Concordando ou não com a minha opinião, espero que você venha sempre trocar ideias aqui no blog! :)

      Beijocas!

  • RESPONDER
    Paola Alves
    25.05.2015 às 13:44

    Poxa que pena ): tava super empolgada pra assistir depois que li a sinopse lá do Just Lia! Fuén, fuén.. http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

    • RESPONDER
      silvia
      25.05.2015 às 19:48

      Ai Paola, nem fala!!! Aquela matéria da Lia e os textos que a Thereza do Fashionismo fez sobre os looks da Blake, também me deixou mega ansiosa! Aliás, se a Adaline não mostrou tantos looks assim, Blake arrasou em todos os visuais que vi na divulgação do filme! Acho que podem fazer um documentário só falando das roupas dela que eu ia ficar feliz! :D

      Mas, não deixe de ver o filme pq vai que você se surpreende?!

      Beijocas!!!

  • RESPONDER
    May
    25.05.2015 às 13:56

    Sil, ainda bem que você baixou minhas expectativas! Ia entrar no cinema já pensando em Oscar! Hahahaha espero me surpreender um pouco!

    • RESPONDER
      silvia
      25.05.2015 às 19:51

      Hahahaha May!!! Também entrei falando “esse ganha pelo menos o Oscar de melhor figurino” mas eu já não tenho mais tanta certeza, vamos ver quais outros filmes vão entrar na corrida!

      Depois de ver o filme volta para me dizer o que achou ok?! To torcendo para que você se surpreenda positivamente!

      Beijocas!

  • RESPONDER
    Juliana
    28.12.2015 às 11:41

    Assistam o filme, é um lindo clássico romancista, cheio de nostalgias sutis e emocionantes. Adorei tudo, a Blake estava divina no papel, interpretou com toda a delicadeza que a personagem exigia, afinal, para os que não entenderam, ela era uma moça/mulher nascida em 1908, e o principio do filme é a história dela e não suas meras (futilidades) roupas, penteados. Pensem, uma senhora num corpinho de 20, interessante, intelectual, e simples, adjetivos que a define. Toda experiência que moças mais novas não tem. São fatos curiosos e diferentes assim que fazem do filme uma história comovente e inspiradora. ASSISTAM, é maravilhoso!!!

  • Deixe uma resposta