1 em Book do dia/ Comportamento no dia 05.02.2015

Book do dia: Bringing Home the Birkin, de Michael Tonello

Fiquei sabendo da existência desse livro depois de compartilhar com algumas amigas a minha experiência atrás de uma Birkin para a minha mãe. Foi uma saga que durou quase 2 dias, 3 lojas da Hermès em Paris, alguns vendedores nojentos, fila antes de abrir uma das lojas, encontros em outras Hermès com pessoas que estavam nessa fila e também à caça de uma Birkin (me senti em um episódio de go-see de America’s Next Top Model) e uma encarada na vendedora no melhor estilo “ah, não tem aqui? Então deve ter em Monaco, né? Se não tiver, Monaco é do lado de Cannes, dá para eu dar uma passadinha lá” para conseguirmos ouvir as palavrinhas mágicas da vendedora: “perai que eu vou ver o que posso fazer para vocês” (o nome da vendedora é Naomi e ela trabalha na Faubourg St Honoré, para quem quiser tentar rs). Até o desembarque das mercadorias do carro da transportadora para dentro da loja a gente viu enquanto esperava a loja abrir.

Juro que depois desses 2 dias – detalhe, ficamos um total de 4 em Paris, ou seja, metade da viagem – eu virei para minha mãe e agradeci que virei herdeira de uma Birkin sem fazer nada, já que eu nunca teria a paciência para ficar atrás de uma bolsa, por mais incrível que ela seja. E também agradeci porque a experiência, no fim das contas, virou uma história pra lá de interessante e engraçada! rs

Enfim, voltando a falar do livro, ele não é novo, é de 2008 – e Michael Tonello começou com esse “negócio” justamente quando a Birkin estava tão no auge, que para conseguir uma, você precisava entrar numa fila de espera de 2 anos. Hoje em dia eu acho que já não tem mais isso, tem?

Existe a versão em português, que se chama “Como entrei na lista negra da Hermès” (que aliás, é a tradução mais equivocada que eu já vi), mas eu não consegui comprar pelo Ibook. Como eu queria muito ler, acabei optando pela versão em inglês mesmo, mas acho que vale dar uma procurada!

resenha-bringing-home-thebirkinA sinopse é a seguinte: Motivado pela saga desesperada de muitas mulheres atrás de uma bolsa Birkin, o autor narra com um humor inteligente e sagaz, suas aventuras incomuns e conta como conseguiu driblar as enormes filas e adquirir, uma a uma, a bolsa mais falada entre os fashionistas. O ex maquiador e cabeleireiro conta como foi sua jornada para se tornar um empresário bem-sucedido, investindo na venda e revenda dessas peças tão cobiçadas. Ele traz também a sua experiência com as celebridades e com as pessoas que vivem de aparência.

Enquanto eu lia página por página, eu só conseguia pensar que precisava saber de tudo aquilo antes de encarar o desafio com os meus pais. Em meio às histórias da sua vida à procura das Birkins, ele conta a “formula” para driblar a tal fila e mapeia os tipos de vendedores. Acabei descobrindo que, sem querer e sem saber, fomos na vendedora certa! rs

Durante a leitura eu ri, eu fiquei chocada, eu não acreditei, eu achei ele muito doido e ao mesmo tempo muito genial, espirituoso e engraçado. É aquele livro que eu chamo de “só mais um capítulo”, aquele que apenas quando a última página é virada que você percebe que está há dois dias trancada em casa e só parou para tomar banho e dormir (em cima do livro, claro).

Para quem acha que precisa gostar desse universo de mercado de luxo, bolsas e moda para ler Bringing Home the Birkin, eu discordo. Acho que até quem nunca viu uma Birkin na vida, ou não tem ideia do que isso significa vai se divertir com o livro.

E quem se interessar e quiser saber mais, Michael Tonello tem um blog homônimo voltado para esse assunto que eu achei bem interessante!

Alguém já leu e também amou? E quem tiver dicas de livros com essa narrativa, pode me dar os nomes que eu já vou comprar! Amo esse tipo de leitura!

Beijos!

Carla

Gostou? Você pode gostar também desses!

1 Comentário

  • RESPONDER
    Márcia
    07.02.2015 às 23:12

    Nossa, eu amei tanto esse livro. O Michael é muito engraçado, sempre que entro em uma Hermes lembro da classificação de vendedores dele. haha beijo

    http://www.belablue.com.br

  • Deixe uma resposta