15 em Acessórios/ Bijoux no dia 28.03.2014

Yeprem e seus acessórios cada vez mais diferentes

Quem vê nossos looks com alguma frequência deve reparar que nós não somos as pessoas mais ousadas quando se trata de joias e bijuterias. Engraçado que a gente até se empolga por um momento, mas essas novidades costumam ser compradas por impulso e, por consequência, não demoram muito para ficarem encostadas [nota da Ca: A Jô ainda é mais comedida, mas querem o maior exemplo disso? O anel duplo de spikes do Raphael Falci! Comprei, gastei um bom dinheiro e não consigo usar porque acho que não faz mais parte do meu estilo!].

Apesar da inclinação para as peças mais atemporais , isso não quer dizer que a gente não fique de olho nas novidades mais diferentes que surgem por aí! Um exemplo disso foi uma marca chamada Yeprem que achamos durante andanças pela internet e ficamos encantadas com as peças bem….peculiares! Olhem e nos digam se alguma tem potencial de virar tendência!

yeprem-joias-criativas

O que mais gostamos nessa marca é que a designer, Virna Chakardemian, claramente gosta de explorar espaços e possibilidades para tirar o mundo da joalheria da mesmice. E apesar da veia básica que nós temos, nós admiramos quem sai do convencional para tentar coisas novas! As joias da Yeprem têm movimento, muita feminilidade, delicadeza e, além disso tudo, ainda são intrigantes! Chega a ser difícil identificar como usá-las ao ver apenas as fotos da joias, tem que ver “usando”!

Pode até ser que, caso esse estilo mais diferente vire tendência e entre no mundo das semi joias e bijuterias, a gente experimente e nem goste tanto. Enquanto isso, achamos que vale a pena celebrar a criatividade quando ela está tão presente, não acham??

yeprem-joias

 

Gostou? Você pode gostar também desses!

15 Comentários

  • RESPONDER
    Silvia
    28.03.2014 às 16:01

    Pode querer todas?! To apaixonada pela pulseira da primeira foto que tem um anel e pulseira de mão iguais!!!

    Mas eu sou igualzinha: eu tento mas já tenho dificuldade de usar brinco ou colar do dia a dia, imagina peças diferentes? Se bem que várias dessas eu achei super elegantes e usaria em ocasiões especiais sim! Mas, por exemplo, a ultima de estrelinha apesar de achar linda, acho que não compraria, iria me achar meio infantil ou anos 80 demais! Mas é lindíssima!!!

    Beijos!

    • RESPONDER
      Joana
      28.03.2014 às 16:42

      Queria a da ultima!

    • RESPONDER
      Silvia
      28.03.2014 às 18:40

      Eu acho lindo mas tudo q eu tenho de estrela eu não consigo usar! Algum trauma com Jen e as Hologramas talvez!!! ;P

      Mas é linda, super delicada! Agora a da primeira foto é a minha cara!!!

      Beijos e saudades!

  • RESPONDER
    Elise
    28.03.2014 às 16:09

    Meninas,
    Não precisam nem publicar esse meu post…mas como sei que vcs são sempre muito corretas com esse negócio de publicidade, acho que faltou sinalizar com a tag nesse post…é só pra evitar a perseguição daquela patrulha que pressupõe que todo mundo só quer tirar vantagem de tudo nessa vida ou que blogueira não é profissão… ;)
    Bjs

    • RESPONDER
      Joana
      28.03.2014 às 16:42

      Elise,
      Claro que vamos publicar!
      É educado e bem intencionado.
      Não sinalizamos pois não é nem publicidade, nem parceiro!

      É só um conteúdo orgânico, como a grande maioria do que fazemos por aqui!

      Beijos

    • RESPONDER
      Carla
      28.03.2014 às 18:34

      Oi, Elise, exatamente por sermos super corretas com esse negócio de publicidade que você pode ter certeza que não recebemos um centavo com esse post!

      Desde o primeiro dia do blog nós gostamos de dividir tudo o que gostamos e o que nos encanta de alguma forma, seja uma marca, uma pessoa, um blog….E de certa forma, taggear publicidade, além de ser o correto a se fazer, ainda nos dá essa liberdade de podermos continuar com a essência de 4 anos atrás.

      Não somos o tipo de blog que só faz post de alguma marca só porque está pagando e queremos continuar dividindo coisas novas! Tudo que for relacionado à publicidade, seja publieditorias, afiliados ou parcerias, serão devidamente marcados.

      Bjs!

    • RESPONDER
      Silvia
      28.03.2014 às 19:09

      Elise, você tem razão: esse povinho que fica entrando em blog, IG e cia só na patrulha do “publi post” é bem chatinho. Veja bem, eu acho que as coisas devem ser sinalizadas mas existe limite tb e chegar se achando superior e diminuindo os outros não leva ninguém a lugar NENHUM! Aliás eu acho que essa questão da “guerra a post publicitário” já perdeu um pouco do sentido pq já vi reclamarem do Roberto Carlos, cantor, e a Friboi! Quando as pessoas começam nesse “jihad”, elas perdem o foco e procuram qualquer coisinha para implicar!

      Como leitora antiga e “sem rodeios” das meninas, eu sou uma das primeiras a “reclamar” qdo acho que alguma coisa está errada. Mas olha, até hoje eu não vi UM post delas que não indicasse parceria, jabá, publicidade, por aqui! Aliás uma das tags que eu AMAVA era Jabá que amamos! Não me esqueço de uma da HStern de um dia dos namorados. Se bobear, foi essa honestidade de dizer que é jaba, que é publicidade e a forma como a Ca e a Jo fazem que me conquistou e me fez sair do anonimato. E claro, o bom gosto das duas de acharem e apresentarem marcas e produtos novos e maravilhosos que NÃO pagam nada para as duas. Mas eu entendo que hoje, infelizmente, a maioria desconfia qdo um blog anuncia uma marca legal e acha logo que é publicidade. As pessoas andam tão fissuradas em condenar as blogueiras que muitas vezes criticam antes de conhecer o trabalho delas.

      De qq jeito, valeu pela preocupação. Eu, como leitora, não quero um bando de gente aqui enchendo o blog de comentários nada a ver pq estão perseguindo posts publicitários!

      Beijos!

    • RESPONDER
      Elise
      31.03.2014 às 12:52

      Muito obrigada pelo retorno e compreensão, meninas!
      Esse tipo de atitude de vcs é que traz credibilidade pro blog, pras marcas indicadas e pras marcas que vcs escolher fazem publi.
      Estão de parabéns! =*

  • RESPONDER
    JU
    28.03.2014 às 18:24

    Eu gosto do blog de vocês pois não vendem uma imagem não “ real” tem blogueira por aí, achando que todo dia tá posando pra Editorial da Vogue né? Vendendo uma imagem que não é real e olha não estou falando, que tem que fotografar como mendiga no estilo #nomakeup mas olhão pretão durante o dia, cabelo todo marcado no babyliss serio eu morro de rir com a Rafinha ****** ela morar em lugar QUENTE, sem boa estrutura e todo dia vende uma imagem “montada” com maquiador profissional e etc. Até as modelos durante a sua vida real levam um estilo de vida mais relax, sem contar que essas o vocabulário não passa do “ in love e é tendência” gosto dos blog de vocês da Carol Burgo, Luisa Accorsi ( que é tão inspiradora com seu jeito natural” Luly Mello, a própria Helena Lunardeli. Comentário meu fora do post, mas estava refletindo sobre isso, afinal vocês estão aí pra tentar inspirar MULHERES REAIS! E muita gente perdeu total, a noção do real sentido disso tudo.

    • RESPONDER
      Silvia
      28.03.2014 às 20:15

      Ju, concordo que a Jo e a Ca são realmente mais “pé no chão”, “gente como a gente”, do que muitas blogueiras por aí. Mas existe tb a questão de qual é a temática do blog. Elas falam sobre um tipo de lifestyle, já outras como a Camila Coelho falam de maquiagem. Tem gente que reclama que ela é exagerada mas eu, pelo menos, não quero ver um blog de maquiagem onde todo dia a maquiagem do dia é olho esfumado marrom – como se olho esfumado marrom ficasse bom em todo mundo (eu não fico muito bem de marrom!). Então sim, qdo a Camila faz um make com azul, verde e amarelo para Copa – exemplo pq eu não sei se ela fez ou não ok? – é uma forma de editorial SIM e não tem NADA de errado com isso.

      Eu não conheço essa Rafinha para falar dela mas posso ser BEM sincera? Admiro quem tem paciência de se arrumar todo dia para sair, aliás eu ando brincando mto com o meu babyliss e agradeço as blogueiras por isso, que me mostraram que eu não preciso só fazer um rabo de cavalo ou ficar indo em salão se quiser me arrumar um pouco mais! Eu tb moro num lugar quente – eu acho o Rio quente pra caramba – e qto a infra-estrutura acho um assunto delicado, mas não vejo problema se a Rafinha escolheu para tema do blog dela algo mais “poderosa”, se ela está feliz e as leitoras dela tb… Aliás outro dia meu marido comentou no metro algo que eu achei interessante e não comentei aqui pq não tinha aparecido o momento certo. Ele falou “As pessoas reclamam tanto das blogueiras, criticam tanto, mas não percebem o quanto elas fizeram diferença na vida das mulheres que passaram a se arrumar mais e com mais cuidado por se inspirarem nos looks delas. A carioca é muito desleixada e eu tenho visto mulheres bem mais cuidadas por aí e acredito que seja, em parte, ‘culpa’ dos blogs”. E eu concordo com ele pq antes dos blogs você só tinha as revistas ou sites de moda para se inspirar, o povo copiava a moda da novela e ponto. Os blogs mostraram que você pode fazer sua própria maquiagem em 5 minutos e não sair de casa parecendo uma zumbi de Walking Dead! Mostraram que não é só de chapinha que vivem os nossos cabelos, que você pode usar um colar, um salto, enfim que você pode se arrumar MESMO que você more na praia, pq vamos combinar q Havainas e homem sem camisa não é moda e nem elegante. E olha, se você acha as blogueiras daqui exageradas cuidado com as gringas!!! Lá onde a cultura do “se arrumar” é mais normal, o povo se “monta” mesmo!!!!

      Enfim, o que acho é que a gente precisa aprender a enxergar o que o blog tem de bom para oferecer. Eu não uso oncinha, mas um look da Carla com onça pode me inspirar e eu posso ADAPTAR aquilo para a MINHA REALIDADE! Ou sei lá, se o blog não te acrescenta em nada – como alguns famosos para mim – é melhor nem perder o tempo com eles! A gente vive numa época onde o dia parece ter menos horas do que precisamos sempre, para que perder tempo com algo que a gente não curte? E deixe a menina – Rafinha – ser feliz no calorão com os olhos pretos e cabelão dela! :) E se é para rir aposto que você acha coisa melhor (não estou dizendo q o blog dela é ruim apenas que não é de comédia) e mais engraçada por aí que é feito para isso!

      Beijos!!!

    • RESPONDER
      Juliana
      31.03.2014 às 10:30

      Silvia as do Brasil são muito mais montadas isso pode ter certeza viu? Não vejo as blogueiras gringas querendo vender uma imagem falsa todos os dias por exemplo look do dia vestido de festa+ olhão+ cabelão! Os ” looks do dia” por aqui estão ficando raros. E já vi várias blogs daqui mesmo falando dessa imagem ” falsa” tais como Lia Camargo, e Cony http://www.futilish.com/2013/08/style-broguera-gringa/ não sei quais são as gringas que você acompanham, mas as mais famosas do mundo não é não – dá um olhada http://sincerelyjules.com/ http://www.songofstyle.com/ O que falta pro Brasil como sempre é originalidade.

  • RESPONDER
    Cristiano
    28.03.2014 às 21:42

    Boa noite meninas.

    Interessante, de muito boa criatividade e bom gosto. A designer trabalha muito bem os espaços, explorando e adaptando os desenhos das jóias de uma maneira que não fica exagerada, ficando delicado e gostoso de se ver. Não duvido que se virar tendência acabe se estendendo para o resto do corpo, mas só consegui pensar que este tipo de joia sirva mais para ocasiões específicas, não sendo daquelas que se pode usar por longos períodos como um dia de trabalho, pois apesar de serem muito bonitas talvez não sejam práticas. De qualquer forma acredito que vale o investimento para quem adquirir.

    Abraço! =D

    • RESPONDER
      Silvia
      28.03.2014 às 22:33

      Cristiano, concordo com você! Acho que, pelo menos essas, são mesmo para ocasiões especiais. Não consigo me imaginar digitando algo com essas jóias/semi jóias, se bem que o anel talvez até não incomode tanto! Mas imagina usar uma dessas qdo se é madrinha de casamento?! Luxo só!!!!

      Beijos!

    • RESPONDER
      Cristiano
      29.03.2014 às 7:27

      Seria luxo total Silvia, pra roubar a cena em diversas ocasiões! Haha.

      Vocês conhecem a designer de joias Mariah Rovery? O trabalho dela é bem interessante, utilizando em muitas criações apenas as formas brutas das peças. Quem adquire tem então um produto personalizado de maneira única! Que luxo heim? Para a felicidade da Jô e da Cá ela possui pontos de venda no Rio de Janeiro e em São Paulo, tanto pessoais como em lojas e shoppings, além é claro, da compra virtual. Vale a pena a visita, os produtos são de muito bom gosto. Segue o endereço do site:

      https://www.mariahrovery.com.br/home/

      Abraço! =D

  • RESPONDER
    Gabriela
    31.03.2014 às 14:04

    Lindas peças, puro luxo e diferente do convencional. Mas concordo com o amigo de cima, as jóias são para ocasiões especificas. Também acho que super valem o investimento. Delicadas, podem ser o diferencial em uma proposta mais discreta.

  • Deixe uma resposta