38 em Comportamento/ Deu o Que Falar no dia 02.12.2013

Deu o que falar..

1 – Apelar vale?

tubby-descadastroPrint da nossa amiga Fran, do Feira Pop, que segundo o Tubby, “arregou”.

Já era de se esperar. Praticamente uma semana depois do bafafá que se deu com o aplicativo Lulu, os homens resolveram criar um app da revanche, que se chamará Tubby.

O único problema é a revanche está longe de ser justa. Enquanto o Lulu, por mais ridículo e desnecessário que a gente tenha achado, tem pencas de meninas dando notas a amigos, levando tudo na brincadeira e hashtags inofensivas, os criadores do Tubby resolveram baixar o nível e criaram o aplicativo para julgar sexualmente as meninas. As hashtags começam no #comeriatodinha #temcaradesafada e pode ir até um #engoletudo. Ou seja, ao que tudo indica, não tem chance nenhuma de sair algo fofo/engraçado dessa história, né?

É muito surreal imaginar que, em pleno ano de 2013 – quase 2014 – ainda tenha homem que não saiba que mulheres são julgadas na vida real o tempo todo. Quem nunca conheceu uma menina no colégio que resolveu transar com um carinha que espalhou todos os detalhes pelos corredores e, no minuto seguinte, ganhou fama de vadia? Quem nunca ouviu uma história de alguém que preferiu trocar a saia por uma calça ao sair na rua por medo de virar alvo de cantadas de baixíssimo nível (e, por incrível que pareça, não chega a ser tão baixo quanto essas hashtags, né?)? Isso acontece e está longe de ser frescura feminina.

Quer criar uma resposta ao Lulu? Cria! Sabemos que tiveram pessoas que odiaram o app original (principalmente as namoradas dos julgados! Impossível não ter ciúmes), mas conhecemos várias amigas que estão se divertindo dando notas a amigos e conhecidos, e a gente espera que não seja muito polianismo da nossa parte achar que a brincadeira seria saudável se o peso fosse igual para os dois lados. Mas o Tubby nem foi lançado ainda (a data oficial é dia 4, depois de amanhã) e já está se revelando uma brincadeira de muito mau gosto.

Quer prova maior que as intenções não são boas mesmo? Eles criaram uma opção para que as mulheres se descadastrem do aplicativo. Ao completar essa ação, você recebe uma mensagem com sua foto e com os dizeres: “Fulana arregou e não faz mais parte do Tubby”. (bem linguajar das piadas mais idiotas do Pânico, né?).

Olha, arregamos com prazer e ainda damos a dica para todas que quiserem arregar também! Não vamos dar o link para se descadastrar diretamente no Tubby por causa dessa matéria aqui, mas esse site conta como fazer isso de forma mais segura, diretamente pelo Facebook.

2 – Por baixo do look do dia

lingerie

Sabemos que algumas blogueiras de moda seguram muito bem verdadeiras campanhas de marcas. Admiramos muito as que são capazes de fazer – e fazer bem feito – esse tipo de trabalho, pois fotografar um dia inteiro com a cara boa é uma arte! Apesar das muitas fotos de look do dia e da cara que é dada pra bater sempre, tirando raras exceções, blogueira não é modelo e nem deveria ser encarada como tal.

Não encaramos as duas profissões da mesma forma e sempre achamos que existe um limite entre ser blogueira e ser modelo fotográfica.

Hoje vimos que Julia Petit fez um publipost de uma marca que amamos provando várias peças da coleção. O corpão é indiscutível, mas quando vimos só lembramos dessa nossa discussão sobre o limite da alçada da blogueira. Será que esse é o tipo de trabalho que ultrapassa esse limite ou só porque o corpo é bonito vale ser mostrado dessa forma ?

lingerie2

A gente sabe que nossa opinião sobre o assunto influencia muito nosso julgamento. Nunca aceitaríamos esse tipo de trabalho, mais até por vergonha de mostrar algo tão íntimo do que pela falta do corpo de modelo. Por isso mesmo, resolvemos jogar essa nossa questão na roda para saber o que vocês acham sobre o assunto! Lingerie, trabalho para modelo ou blogueira também pode fazer?

PS: Será que só a gente teve a sensação que se fosse qualquer outra blogueira com corpo lindo fazendo isso, a mesma iria parar num certo site de gongação cuja dona ama a ruiva e seria chamada de vendida pra baixo?

3- Velozes, furiosos e perigosos

large

Sábado o mundo ficou um pouco menos bonito. Paul Walker, um dos protagonistas da série de filmes Velozes e Furiosos, morreu vítima de um acidente de carro (oi, ironia do destino). O Porsche que ele estava com um amigo bateu e pegou fogo a pouco metros do local onde eles estavam participando de um evento sobre carros. 

O que mais nos tocou depois da notícia, é claro, foi a frase que surgiu pelos tumblrs, pinterests e We heart its da vida. Chocante, né? ;(

Gostou? Você pode gostar também desses!

38 Comentários

  • RESPONDER
    Nanda Nunes
    02.12.2013 às 21:09

    1 – Eu entendo que não é sempre assim para todo mundo e que pessoas podem ficar triste e sentidas com esses apps malucos, mesmo que eu (e o bf tbém) leve no bom humor. Mas acho que é mais um marco que prova a sociedade do espetáculo na qual vivemos, ou somos jogadas.

    2 – Eu faria publipost de lingerie numa boa. Não que eu ache meu corpo maravilhoso, mas só pq já posto só de calcinha diariamente mesmo haha.

    3 – Como a Nath falou, menos um lindo no mundo… :…(

    Beijos

    • RESPONDER
      Carla
      03.12.2013 às 13:12

      Sobre os aplicativos, só digo uma coisa: se deu bem que não tem Facebook! hahahaha

  • RESPONDER
    karine
    02.12.2013 às 23:43

    Meninas, vcs excluíram o perfil de vcs do Tubby pelo site e pelo face?
    Consegui pelo face, mas não estou conseguindo pelo site.
    Qdo clico na opção remover, aparece a seguinte msg:
    “Tubby App receberá as seguintes informações: perfil público, lista de amigos, endereço de e-mail: e cidade atual.”
    Com as seguintes opções: “Cancelar” e “Ok”.
    Estou um pouco perdida…
    Tenso.

    • RESPONDER
      Joana
      03.12.2013 às 0:05

      Eu só consegui pelo face, Ca conseguiu pelo site! :)

    • RESPONDER
      Carla
      03.12.2013 às 13:14

      Karine, pelo o que eu li, se você conseguiu se descadastrar pelo facebook, pode ficar tranquila, não vai ter como o Tubby ter acesso às suas informações! O site não deve estar entrando direito porque deve estar congestionado, mas daqui a pouco consegue! :)

  • RESPONDER
    Marcella
    02.12.2013 às 23:49

    A Júlia, até onde eu sei, já foi modelo um dia, bem antes de ser blogueira… então acho natural que ela faça esse tipo de trabalho….

    • RESPONDER
      Joana
      03.12.2013 às 0:07

      Você tem um ponto, mas no caso ela foi contratada como blogueira, pra fazer um publi de “look do dia”.
      Acho que vai ser uma questão que cada um vai pensar de uma forma.
      Bjos

  • RESPONDER
    Aninha
    02.12.2013 às 23:51

    Meninas, olha esse texto que a Galileu publicou tirando algumas dúvidas e desmistificando as implicações legais dos dois aplicativos:

    http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI346048-17770,00-LULU+E+TUBBY+FACEBOOK+E+CORESPONSAVEL+POR+DANOS+DIZ+ADVOGADA.html

    Bjs e saudades das duas!

  • RESPONDER
    Ana
    03.12.2013 às 0:13

    Já está parecendo implicância com ela. Antes de ter um portal, ela e modelo. O limite e a ética e não a parte do corpo mostrada, e o post está devidamente sinalizado. Ela e uma modelo e ponto, falar q ela foicintratada como blogueiro e isso seria ultrapassar os limites não definidos da atividade e bobagem. Ela foi contratada porque ela e a Júlia petit, uma modelo que tem um portal de sucesso na internet. Simples….. Bjs

    • RESPONDER
      Joana
      03.12.2013 às 13:10

      Ela foi contratada pq ela é a Julia Petit, formadora de opinião. O formato de foto de lookbook se deu pq ela tem um corpo “de modelo”. Ela não foi contratada por ser modelo, se não ela estava estrelando a campanha da marca e não é o caso, ela está fazendo uma ação em parceria com a mesma!

      Por isso não encaramos como coisas tão separadas assim, mas cada um vê de uma forma. Respeitamos o seu ponto, assim como esperamos que você respeite o nosso!

      Bjos

    • RESPONDER
      Carla
      03.12.2013 às 13:19

      Oi, Ana! Zero implicância! Na verdade, a primeira que nos fez pensar sobre esse limite foi a Consuelo Blocker. Amamos o blog dela, mas quando ela tirou fotos de lingerie e postou no blog a gente ficou meio na dúvida. Achamos a atitude corajosa e inspiradora para muitas mulheres, mas ao mesmo tempo nos questionamos sobre expor algo tão intimo. Na época a gente não tinha pensado em jogar o assunto aqui no blog, mas como o assunto voltou a aparecer, resolvemos saber o que vcs pensam! Foi só isso! :)

    • RESPONDER
      nina
      03.12.2013 às 16:00

      “Ela não foi contratada por ser modelo, se não ela estava estrelando a campanha da marca e não é o caso, ela está fazendo uma ação em parceria com a mesma!”

      Discordo disso, já que vemos muitas, muitas blogueiras, que não são modelos “profissionais” digamos assim, serem as estrelas de campanhas de marcas. É que pra mim existem tipos distintos de blogueiras, a maioria é apenas modeléti mesmo, cabide de roupas que elas nem usam de verdade e tem zero conteúdo em seus blogs. E outras que são mais focadas no conteúdo e os looks do dia são reais (ou pelo menos parecem), caso de vocês! Concordo que a Júlia foi contratada por ser formadora de opinião, não por ser modelo… mas acho que ela é um mix das coisas. No fim, pra mim, valeu porque foi de bom gosto, achei as fotos bonitas/sem graça do nível lookbook, e no final é quase mesma coisa que um “Provando” de biquíni, que ela já fez também.
      Bjs!

      • RESPONDER
        Joana
        03.12.2013 às 16:33

        Sim, eu disse isso no texto e em outro comentário, mas elas são chamadas por serem blogueiras de look do dia que seguram lindamente campanhas de moda. No caso a Júlia foi chamada por ser a Julia e não por ser modelo. Foi isso que quis deixar claro.

        Minha questão é apenas a lingerie, mas no caso,a Julia é blindada, nenhum causador de rebelião vai se virar contra ela.

    • RESPONDER
      Ana
      04.12.2013 às 13:09

      Respeito muitíssimo! E não concordo, o q quero dizer q ela não e apenas blogueira, ela e modelo! E, sinceramente, não vejo a menor diferença entre publipost de lingerie e de vestido, quando a pessoa se sente confortável para fazer. Talvez outras parassem nas páginas da shame por não serem modelos, coisa q a petit e…. E se outras blogueiras fizessem, tb não vejo nada demais! E a shame não e arauto de nAda ou fiiscal da atividade de blogueira, então, acho q não deve ser levada como critério de qualidade…. Se a petit e blindada ou não, acho q também não faz diferença…. O ponto e, fugiu do escopo da atividade de blogueira? de maneira nenhuma e , muito menos no caso dela, que e modelo….

      • RESPONDER
        Carla
        04.12.2013 às 14:28

        Oi, Ana! Na realidade, quando botamos a questão em jogo usamos o caso da Julia por ser o mais recente, e calhou da Julia ter sido modelo antes de ser blogueira. Ok. Mas como te disse anteriormente, nossa dúvida começou a surgir bem antes, quando a Consuelo fez fotos de lingerie para uma outra marca. A Consuelo é lindíssima e super charmosa, mas pelo o que eu saiba, ela não é modelo. Os dois casos deram o que falar, mas não de forma polêmica ou com comentários negativos, o que leva a crer que as marcas escolheram muito bem suas representantes.
        Nossa dúvida surgiu porque ultimamente muito se discute sobre os limites das blogueiras. Pq blogueira cobra x mil para ir em evento? Pq blogueira y tá fazendo coleção com marca enorme? Pq blogueira z agora tá sendo tratada como celebridade? E aí ficamos curiosas para saber o que nossas leitoras acham sobre essa história. Sempre trocamos pontos de vista aqui no blog, esse foi só mais um ponto.
        Com certeza se fízessemos essa pergunta exemplificando com uma blogueira que não é modelo mas se sente super à vontade com seu corpo, conseguiríamos uma resposta mais fiel, mas não tem problema, as respostas que recebemos nos pintou um quadro muito mais positivo do que imaginávamos! :)

        E ps: vc diz que a shame não é arauto de nada, e acredito que hoje em dia nem deve ser mais mesmo, mas que pra muita gente já foi, já foi, viu?

        Beijos! :***

  • RESPONDER
    Thalassa Coutinho
    03.12.2013 às 1:04

    Meninas corajosas (no sentido de escrever sabendo que pode rolar possíveis mimimis), cês sabem que eu amo o DQF! Entonces:

    1- eu prefiro nem manifestar meu nojo sobre esse caso Lulu e Tubby, porque mesmo sendo social media eu não sou obrigada a aturar. É daquelas grandes palhaçadas das redes sociais que eu odeio, mas acho certo ouvir e ler opiniões sensatas a respeito. Obrigada por dizerem muito do que penso.
    2- não sou fã da Júlia nem do blog dela, pra mim soa indiferente como vários outros grandes sites que pra mim são irrelevantes (tipo o Chic, tum tum tssss), mas não digo no caso dela em específico: acho que não rola exatamente um problema em fazer publi de lingerie sendo a “modela” sabe? Já vi na gringa bloggers (até plus size, o que é bacana demais) fazendo de lingerie e beachwear se expondo (claro) mas de um jeito legal. Acho que varia o lance de comprometimento da imagem por ser algo mais íntimo, mas acredito que há causos e causos. Anyway, eu não faria por muitos motivos, mas não desaprovo (veja bem, não me refiro a Petit especificamente) quem o faça.
    3- Paul era um grande cara, lutou por grandes causas e vai fazer falta pra humanidade não pelo seu lado entertainer mas pelo altruísmo. Que Deus o tenha (sim, essa fase choca e eu não duvido dela).
    Beijo suas lindas!

    • RESPONDER
      Carla
      03.12.2013 às 13:25

      Tha, eu também não desaprovo nem julgo, (e a Jô também não), só jogamos a questão na roda para saber o que a galera pensa sobre isso! Só temos a ligeira sensação que se fosse qualquer outra blogueira fazendo esse tipo de trabalho que não a Julia, o índice de aprovação e comentários positivos não seria o mesmo (aliás, palmas pro profissional que pensou em chamá-la, tiro certeiro no alvo!)
      Bjsss

  • RESPONDER
    Viviane Brederodes
    03.12.2013 às 1:53

    1- Obrigada pelo link q faz com q desvinculemos nossas contas do FB à essa palhaçada que é esse “tubby”. Já não basta o tanto que nós mulheres somos taxadas de tantas coisas por aí por simplesmente usarmos uma saia mais curta ou um short mais ousado. Enfim, acho q as pessoas deviam seguir bons exemplos e criar coisas que “agreguem valor” às nossas vidas, ao invés de criar apps que denegrida mulheres ou homens.
    2- Em minha opinião não vejo problema em misturar a imagem de blogueira, com a de modelo. Se a blogueira em questão se sente bem fazendo isso, ou mesmo se ela é uma pessoa influente a ponto de ser convidada para fazer esse tipo de trabalho e acha q vale a pena, acho bem legal!

    Adoro o blog de vcs! Visito todos os dias! <3

    PS: Jô, vc está a cada dia mais bonita!

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 14:02

      Obrigada pelo elogio ao blog e pelo elogio a minha pessoa!

      Só para deixar claro não tenho nada contra blogger estrelando campanhas não, acho lindo na verdade, só questionamos vestir a lingerie e mostrar para o mundo, nenhum item mais! Acho incrível a forma como a Thássia segura campanhas, assim como outras meninas. :)

  • RESPONDER
    Babi
    03.12.2013 às 2:54

    Eu achei muito natural esse post da Julia não pelo fato dela ser modelo (nem lembrava disso), mas por ela fazer isso com todos os publiposts, seja batom, roupa, biquini ou lingerie tudo no site é vinculado a imagem dela. Acho que uma questão de identidade visual do blog mesmo. Bjoo

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 14:01

      Concordo que faz total sentido.

      Só não faríamos, para nós o lance de vida real dos blogs é o que nos aproxima da leitora! E nossa leitora não sai mostrando sua lingerie no corpo por aí, só para quem interessa. ;) A gente prefere seguir essa linha.

  • RESPONDER
    Camilla
    03.12.2013 às 11:54

    1- Vocês falaram TUDO! O Lulu já era idiota e desnecessário, agora esse Tubby ultrapassou os limites. Além de idiota e desnecessário, também é ofensivo! Concordo com vocês que o Lulu está sendo usado mais na brincadeira e tal, não vejo mal nisso (entre solteiros, por favor! hahaha como namorada não gostaria de avaliações do namorado. E muito menos avaliaria alguém). Esse Tubby não tem como ser levado na brincadeira simplesmente pq as hashtags são pesadas DEMAIS! E não parece existir nenhuma que “elogie” a menina. É tudo voltado ao sexo! Que por mais que a maioria faça, as meninas ainda são julgadas de vadias por isso (aquela velha história: se faz é vadia, se não faz é puritana).
    Também “arreguei” (muito Pânico mesmo, ninguém merece!).

    2- Acho que esse limite entre blogueira e modelo quem deve definir é a própria blogueira. Eu não encararia, mas se alguma menina encarar, beleza. Mas ela deve ter consciência de que trabalhando como modelo, ela está sujeita às críticas de modelo.
    Esse trecho foi demais: “PS: Será que só a gente teve a sensação que se fosse qualquer outra blogueira com corpo lindo fazendo isso, a mesma iria parar num certo site de gongação cuja dona ama a ruiva e seria chamada de vendida pra baixo?” EXATAMENTE! Tenho certeza que iria parar nesse site sim!

    3- Muito triste isso! =(

    Amo o DQF <3

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 13:58

      Concordo com seu ponto, democracia é a parada!
      Cada um dá seu limite, mas é mais fácil quando você sabe que ninguém vai te atacar, afinal, ta todo mundo do mesmo lado por ali!

  • RESPONDER
    Elise
    03.12.2013 às 12:15

    Sobre o Tubby, recebi esse outro tutorial que ensina como retirar o uso das nossas informações do FB por apps utilizados por outras pessoas: http://noplaceforhateblr.tumblr.com/post/68736591386/tutorial-rapido-de-como-desvincular-sua-conta-do-app
    Confesso que de início pensei em não bloquear nada e relevar o qualquer um quisesse escrever sobre mim no app (somente eu vou saber o que é verdade mesmo), mas pensei mais um pouquinho e lembrei que amigos/familiares meus poderão ver esses comentários e não quero esse tipo de ideia passando na mente de pessoas queridas que não precisam saber detalhes (mentirosos ou não) sobre a minha vida, além disso, a exclusão é uma forma de tirar o “ibope” desse app (na minha opinião) imbecil.

    Sobre o trabalho da Julia: achei lindo! E apesar de não ser o trabalho de uma blogueira mesmo acho que no caso da Petit é perfeitamente compatível porque ela TAMBÉM é modelo e, mesmo que não fosse, não vejo incompatibilidade nenhuma da campanha com o blog, pois admiro muito a forma como ela a Marina Smith (2beauty) conduzem os “jabás” sempre de forma clara e aberta, o que traz credibilidade para os blogs.

    Excelente a cutucada no final sobre o “site de gongazão”, também acho que na “análise imparcial” dela nesse caso excluiria as criticas para a Julia Petit, mas, sinceramente, a crítica desse tipo de pessoa que não tem nenhum compromisso com a qualidade ou o mínimo de empatia não deve influenciar em nada nossos pensamentos ;)

    Bjs!

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 13:57

      Com certeza uma crítica tão não profissional não deve ser levada em conta, mas é que pelo visto a turma não sabe da conexão existente entre tal site e o petisicos, mas isso é assunto velho, que nem merece espaço por aqui. :)

  • RESPONDER
    bia
    03.12.2013 às 12:36

    quanto a Julia….
    blogueira tb é gente e pode fazer o que bem entender né?
    desde que, é claro, indique o publipost. Afinal, são microcelebridades do mundo virtual é podem endossar o que acharem pertinente. É como se fosse a Juliana Pes de lingerie na revista …. tudo a mesma coisa.

    • RESPONDER
      Joana
      03.12.2013 às 13:03

      Então Bia, claro que pode!
      Mas ser blogueira não é tão simples quanto parece, hoje você faz uma coisa, amanhã você está em sites de gongação e depois de amanhã outras marcas podem não querer fechar algo com você, por diferentes razões!

      Isso acontece menos nos outros meios, por isso a gente fala que tem um limite pessoal que é importante, cada uma tem que saber o que cabe dentro da sua linha editorial e como deixar todas as sinalizações transparentes para as leitoras.

      Nesse caso o irônico é isso vir de uma pessoa que incitou milhões de ataques a blogueiras se venderem em ações mais fora dos padrões (aqui a gente fala de ações sinalizadas, pq as desinalizadas não merecem quaisquer cuidados). Se a Thassia, Camila ou Lalá Noleto tivessem feito esse publi o tema estaria na blogueira shame, assim como um + um são dois. A Julia, por ter sido incentivadora do site desde o início não sai nem quando faz algo que faz barulho. Essa crítica com dois pesos e duas medidas é complicada.

      Na teoria não tem como não concordar com você, as blogueiras são gente e podem fazer o que quiserem, mas como em tudo na vida, você tem que lidar com as diferentes conseqüências depois, por isso várias vezes não topamos certos trabalhos, convites e afins! Pois pode sair da nossa linha editorial ou mesmo afetar nossa credibilidade, pra nós a blogueira é mais próxima da vida real da leitora, diferente de uma modelo (apenas).

      De qualquer forma não dá para negar que cada um pode fazer o que quiser!

  • RESPONDER
    Marcela
    03.12.2013 às 15:27

    Oi meninas!
    Vamos por partes:

    1. Acho de verdade que os homens ainda não entenderam o que é ser mulher na sociedade atual. Nós já somos julgadas 24 horas por dia, 7 dias por semana. E, sim, esse app quis devolver a brincadeira, mas eles passaram completamente do limite do que seria minimamente aceitável.

    2. Concordo que cada um deve fazer o que quer e acha melhor da vida. Mas não sei até que ponto isso é confundir um pouco as coisas…..

    3. Lembro que fui na SPFW em que o Paul Walker estava e ele foi muito simpático… Perda muito triste…

    É isso! Beijos!
    http://www.maniasdemoca.com

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 13:55

      Foi essa a dúvida que a gente quis deixar no ar mesmo!!!!

      Posso falar?! To chocada que PW estrelou a campanha da Colcci e a mesma não irá ao ar! :S

  • RESPONDER
    JU
    03.12.2013 às 20:50

    O Paul Walker estava em um evento beneficente, 2.5 milhões para as Filipinas ele era um homem muito bom pelo visto. Irônico é morrer vindo de um evento para ajudar a sua própria instituição .

    Sobre a Julia se fosse Thassia , Camila Coelho ( que já foi modelo e vive sendo gongada) já estaria no shame!

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 13:54

      Certamente né? ;)

    • RESPONDER
      Silvia
      09.12.2013 às 20:46

      Ju, lembrou bem! As shametes criticam a Camila Coelho JUSTAMENTE por ela ter sido modelo e DE ACORDO COM ELAS ( não perdi meu tempo na fofoca para conferir) ter posado de lingerie fazendo publi no fotolog antigo dela….

      A Coelho é piriguete, a Julia é modelo…

  • RESPONDER
    Rafaela
    04.12.2013 às 12:05

    2 – Concordo em gênero, numero e grau!!!! Foram perfeitas nas colocações! AMO esse espaço, mil beijos!!!

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 13:54

      Bom ver que a turma do futi continua por aqui! :)

  • RESPONDER
    Kami
    04.12.2013 às 14:20

    Meninas, como comentei num outro post em que vcs citaram a Julia Petit, tenho preguiça dessa onda em que ela embarcou de repúdio total às blogueiras.
    O Petiscos mesmo se tornou um site em que a gongação reina, e com certeza se uma blogueira tivesse feito a mesma campanha teria sido MUITO criticada, inclusive por ela.
    Não sei se acho tão invasivo assim as fotos, me parece uma coisa look do dia mesmo, mas o que me incomoda é que ela, que critica tanto esse modelo de post ou de site, o reproduza como se fosse muito diferente.
    Complicado!
    Vocês são incriveis!
    Beijos

    • RESPONDER
      Joana
      04.12.2013 às 14:39

      Amém, você entendeu exatamente cada linha do nosso texto! hahahaha

      Confesso que estou achando libertador não ter esse limite para o look do dia, não faria lingerie, mas acho legal essa abertura de vocês leitoras.
      Muito bom ver que não precisamos ficar cheias de dedos, que vocês estão abertas a clientes alternativos! <3

  • RESPONDER
    Letícia
    10.12.2013 às 16:09

    Quanto ao Tubby e Lulu, repito aqui o que já disse antes em algum lugar da web: Tenho a impressão de que vivemos num mundo de adolescentes… Queridas e queridos, há quantos anos vocês deixaram de ter 18 anos? É infantilidade demais para minha cabecinha ocupada…

    Quanto à Julia Petit, acho que a maior graça dos blogs é a a total liberdade que ele dá. Ser blogueira dá a liberdade de encaminhar o seu espaço e a sua atuação da forma que achar mais conveniente… E achei super de acordo com a postura e a história da Julia, lembrando da perfeita intervenção da Silvia acima!

  • Deixe uma resposta