12 em Comportamento/ Deu o Que Falar no dia 25.11.2013

Deu o que falar…

1 – No fim, todo mundo é brasileiro, né? 

fifa-lazaro-ramos-camila-pitanga-fernanda-lima-rodrigo-hilbert

Um link que foi muito compartilhado e dividiu opiniões foi essa matéria falando sobre a Fifa, que resolveu não aceitar a ideia da Globo de botar Lázaro Ramos e Camila Pitanga para apresentarem o sorteio dos grupos da Copa,  que acontecerá na Bahia e escolheram Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert para fazerem as honras.

Muitas pessoas acharam que a troca aconteceu por causa de racismo – e, infelizmente, não é uma hipótese que pode ser descartada facilmente. Mas depois de lermos alguns outros argumentos, achamos que a história não é para ser levada a ferro e fogo.

Para começar, Fernanda e Rodrigo não foram nomes aleatórios que surgiram do nada. Em 2010 o casal já tinha apresentado a logo da Copa 2014 na Africa do Sul.

É claro que eles – loiros, altos e de olhos claros – de fato não representam a maioria dos brasileiros, que segundo o Censo de 2010, 50,7% da população é de negros e pardos. Na verdade, se a ideia é representar o povo do Brasil, faria mais sentido se um casal multirracial fosse escolhido.

No fim das contas, a impressão que temos é que a Fifa não quer se meter com nada nem ninguém para não acontecer o que aconteceu na Copa das Confederações, onde um estádio inteiro vaiou Dilma e deixou o presidente da organização totalmente desconcertado. Na dúvida, vai o casal que já participou de um evento deles.

Pra falar a verdade, o que mais nos intrigou nessa história toda é Camila Pitanga. Por que não Taís Araujo, que além de ser igualmente bela, ainda por cima é mulher de Lázaro Ramos?

2 – A revanche das Luluzinhas

15896376Para quem quiser brincar com o aplicativo, esse site fez uma boa lista com algumas hashtags que ajudariam muito se fossem mais divulgadas!

Como anunciamos ontem no insta, não poderíamos deixar de falar no aplicativo mais comentado do momento, o Lulu. Se você não sabe do que estamos falando, ele é um app para mulheres, que integra seu Facebook com o banco de dados do mesmo e você pode avaliar os homens respondendo perguntas sobre os rapazes que lá aparecem e ainda por cima criar hashtags.

Como sabíamos que o tema iria parar por aqui, resolvemos que uma das duas tinha que experimentar, afinal, lemos tantas coisas vagas à respeito que só usando mesmo para dizer o que achamos da coisa toda. Eu, Jô, fiz login com meu face e fui ver como estavam meus amigos. Alguns já com mais de 400 visualizações e outros com nenhuma. Vi que um amigo do namorado estava lá com mais ou menos 40 visualizações e nenhuma avaliação… Para testar tudo, lá fui eu categorizar o Leo. Me marquei como amiga e fui respondendo cada uma das perguntas (muito aleatórias) que apareciam! Uma seguidora as equiparou com testes da Capricho, eu diria que são piores. Segui com minha análise e no final, a nota foi 8,2. Sinceramente? Ele não só merecia mais como as hashtags não estavam fiéis.

Enfim, experiências à parte, só sei que se o app fosse às avessas, todas as mulheres estariam enchendo a boca para falar o quanto ele é machista...Enquanto isso, tem gente soltando o veneno e se vingando daquele bolo ou mesmo daquele ex que não merece a mínima atenção. Óbvio que dei uma olhadinha na turma do meu passado distante, mas em sua maioria eles não foram qualificados e também não me imaginei perdendo meu tempo com isso…

Em tempos de tão pouca privacidade, para nós, o Lulu parece que vai alimentar mais ainda o medo que as pessoas já têm de se envolver. Será certo deixar de sair com um cara por que a nota dele não é lá essas coisas? Ou a hashtag na qual ele está categorizado não é atraente para você? Acho que se pularmos essa etapa de conhecer a pessoa, até poderemos nos livrar de experiências desastrosas, mas também podemos perder tanta coisa maravilhosa que não acho que valha a pena usar o aplicativo à sério! Para mim, o Lulu me parece bem dispensável.

PS da Carla: Levando em conta que o Facebook começou como um site de avaliação das estudantes de Harvard, achei bem curiosa essa reviravolta! Mas na verdade, só botei o ps para indicar esse link aqui. Tirou as palavras da minha boca e ainda organizou tudo em um texto super bem escrito.

3 – Estamos ricos, vocês sabiam?

ESTAMOS-RICOS

Outro dia, eu, Carla, estava em um dos blogs de cultura inútil do meu reader e dei de cara com o link do blog Estamos Ricos e mostrei pra Jô.

Resolvemos indicar ele aqui no DQF porque, na realidade, esse não é um assunto que foi polêmico por uma semana, ele é polêmico sempre! Afinal, quantas vezes (por dia!) a gente não acha um absurdo os preços no Brasil? Carros, imóveis, eletrônicos (oi, PS4!), perfumaria, cosméticos e até moda fast fashion que lá fora tem preços convidativos chega aqui custando os olhos da cara.

Esse blog expõe ainda mais essa situação ao comparar os preços daqui com os praticados no exterior, mas o que mais impressiona é quando a comparação é com imóveis! Exemplo? Esse post aqui! Dá vontade de chorar quando você se toca que um espaço no subsolo com pé direito de 1,75m (1,75!! A Jô, por exemplo, teria que andar praticamente agachada!) em Copacabana custa o mesmo que um apartamento com 2 dormitórios em Fort Lauderdale.

Pois é…próximo passo, aviãozinho de dinheiro!

Gostou? Você pode gostar também desses!

12 Comentários

  • RESPONDER
    luana
    25.11.2013 às 21:02

    Gente adorei esse blog “Estamos ricos!” Seria cômico, se não fosse trágico! Moro em Brasília! Acho que no preço do m2 só perdemos pro Leblon! E olha a diferença entre a aridez do centro oeste e a beleza da praia logo ali! Vou me casar no começo do ano que vem e eu e meu noivo, apesar de servidores públicos federais, não temos a menor perspectiva de comprar um ap! Afinal quem tem um milhão dando sopa, né? É o que custa um ap de uns cento e poucos metros quadrados, sem mto luxo, no plano pioloto!

  • RESPONDER
    Ana Carla Araújo
    26.11.2013 às 0:07

    Oi meninas
    To passada com esse pé direito, o mínimo exigido é 2,20 no código de obras do RJ. Isso ta parecendo alguém que esta utilizando área comum do prédio como uma sala de estar, um lugar que normalmente não é nada agradável.
    Bjos

  • RESPONDER
    Letícia
    26.11.2013 às 0:11

    Longe de mim ser a favor de um app pra classificar o desempenho de alguém, mas acho que as pessoas estão gostando muito de fazer polêmica em cima desse Lulu. Só fiquei sabendo do app por causa de amigos homens que acharam engraçadíssimo ver seus defeitinhos em forma de hashtag engraçadinha tipo “#usarider” (na versão em português). Baixei pra dar uma zoada nos meus amigos e achei a maioria das reviews super elogiosas na verdade, e mesmo as que falam mal são mais engraçadas que qualquer coisa – não dá pra saber absolutamente nada sobre o caráter do cara a ponto de pensar “será que eu saio com ele ou não”, de verdade. Achei que na maior parte as reviews falam mais sobre a menina do que sobre o cara, e ver as meninas falando que seus amigos não têm modos mas beijam bem pareceu muito engraçado pro grupo inteiro. Eu até entendo o que isso significa pra luta de igualdade entre sexos e sei que vai ser usado de arma por gente machista quando confrontada por ideias feministas, mas de verdade achei completamente inofensivo pra ter tanta gente ofendida e indignada.

  • RESPONDER
    Fernanda
    26.11.2013 às 11:42

    Não achei estranho ser a Camila Pitanga a escolhida para fazer par com o Lázaro Ramos. Ela anda em uma fase de pé direito com a mídia e os contratos de publicidade em geral, andam dizendo que ela inspira credibilidade como ninguém. Deve ser isso!

  • RESPONDER
    Stephanie
    26.11.2013 às 18:01

    Achei que vocês fossem falar das confusões que rolaram na inauguração da PatBo para a C&A em todo o país. Isso certamente deu o que falar e causa uma boa reflexão…

    • RESPONDER
      Carla
      26.11.2013 às 19:34

      Que confusões, Stephanie?? Eu não estava no Brasil na época, não fiquei sabendo de nada! Quando for assim, tem que mandar imagens, textos, tudo pra gente saber o que aconteceu!! rs Beijos!

    • RESPONDER
      Stephanie
      26.11.2013 às 19:40

      Carla, só como exemplo, rolaram as seguintes coisas: 1) gente subornando funcionários da C&A para conseguir peças; 2) pessoas se trocando no meio da loja por causas das filas no provador (teve loja que expulsou os homens para isso acontecer); 3) pessoas brigando de verdade (fisicamente!) por roupas e convencendo pessoas a não levarem peças para depois avançarem em cima; 4) vááárias pessoas comprando peças (caras, por sinal!) em tamanho errado para mandar ajustar pelo simples desespero de conseguir as roupas, entre outros. Tem um post da Cony do Futilish que tem várias histórias bizarras nos comentários, vale a pena conferir. Eu até estive em uma loja na inauguração e comprei dois vestidos que eu gostei bastante, mas confesso que sai de lá refletindo sobre o consumismo sem limites que existe hoje em dia. Era Becky Bloom ao cubo aquilo ali! :(

      • RESPONDER
        Carla
        27.11.2013 às 11:46

        To chocada!!! Não fiquei sabendo! Olha que eu já vi coleção que teve gente se trocando no meio da loja, manequins caindo, gente p. da vida pq tinha pessoas pegando td que via pela frente, sem se importar com os tamanhos, mas nunca tinha visto nada parecido com esse seu relato! QUe isso, também acho que é algo pra se refletir, viu…

  • RESPONDER
    Li
    26.11.2013 às 21:22

    Oi meninas, sou uma leitora fantasminha que resolveu comentar! rsrs
    Finalmente resolvi comentar para contar minha experiência com o Lulu. Já tinha visto comentários no facebook, mas depois que vi esse post aqui no futi que resolvi baixar pra ver qual era. Primeiro amigo que fui fuçar foi o namorado atual, claro! hahaha Tinham poucas visualizações e uma única avaliação, que, entre outras, usava a hashtag cristiangrey! Olha, me deu tanta raiva e vontade de saber quem seria essa piriguete que ousou fazer uma avaliação do meu namorado (brincadeira meninas! rs) que, num relance de bom senso, eu deletei o app na mesma hora antes que eu fique 24h por dia olhando o perfil do namorado! hahaha Ou seja, se vc é uma namorada ciumenta como eu e não gosta nem de imaginar o passado do namorado, não baixe! hahahah

  • RESPONDER
    Amanda
    27.11.2013 às 10:46

    Eu adoro o casal escolhido, acho que eles são bem mais simpaticos do que o Lazaro Ramos e a Camila Pitanga! Mas você falou uma coisa que eu nao tinha pensado, e a Tais Araujo nessa historia?! Enfim….
    O que mais me preocupo desse tal de Lulu é se tem piriguete avaliando meu namorado! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk por isso nem me arrisco a baixar pra ver como funciona! E tirando o lado ciumento da coisa, acho que eu não gostaria de ser avaliada sem que eu tivesse vontade, acho que os homens que quisessem (e eu conheço homem que ta adorando isso) deveriam entrar por livre e espontânea vontade, pq tirando esses que querem, tem os coitados que não querem e estão la sem nem saber pq!
    E quanto aos preços, estão absurdos mesmo! Em SP a coisa ta cada dia mais feia… ando concluindo que vale mais a pena viver de aluguel aqui e comprar um apto fora do país mesmo!

  • RESPONDER
    Natália
    27.11.2013 às 12:14

    Gente achei divertidíssimo esse Lulu. Acho que para as solteiras, como eu, é bem mais divertido. Dá pra saber como anda o mercado, dão as dicas que nunca saberíamos sobre o bofe, como se ele eh pão duro, por exemplo. E vi mais como uma brincadeira, sem tanta seriedade como estão falando. É claro que vai ter opinião das vingativas que foram rejeitadas, mas o divertido é ver o resultado geral. Afinal, se o bofe só tiver hashtag negativa, é no mínimo para ficarmos alerta, mas sem radicalismo de não querer sair com ele. É um serviço de utilidade pública para as solteiras, rs. Num mundo tão machista, que infelizmente ainda vivemos, um app feminista como esse é um avanço. Acredito que para os homens ali julgados também vai ser mto útil. Quem sabe eles não passam a tentar melhorar um pouquinho a reputação? Quem ganha é a mulherada sem dúvida.
    Para as comprometidas não tem realmente o que procurar ali, e certamente só causará transtorno se resolverem fuçar a vida do love.

  • RESPONDER
    isadora
    29.11.2013 às 20:54

    O “estádio inteiro” vaiou a presidenta, mas também vaiou o presidente da FIFA e tudo que a organização representa. Se ele ficou desconcertado foi porque as vaias eram para ele também.

  • Deixe uma resposta