36 em Acessórios/ Moda/ Nós ❤/ Sapatos no dia 11.07.2013

Por que amamos tanto a sapatilha da Chanel

Hoje todo mundo que acompanha meia dúzia de blogs sabe que existem algumas peças que são conhecidas como uniforme de blogueira. Não tem uma marca ou um preço específico, a gama vai desde o short saia da Zara até a 2jours, da Fendi.

Como já dissemos antes, preferimos investir em roupas e sapatos menos hypados, principalmente se forem caros. Mas é claro que temos algumas exceções, e no nosso caso, essa exceção é a sapatilha Chanel.

SAPATILHAS-CHANEL

A Ca foi a primeira a comprar – inclusive, contou aqui! – e me convenceu a investir também. O motivo? Não, não foi porque deixava o look mais “rico” ou mais “de blogueira it”. Todas as reais razões para a Carla amar tanto o sapato envolviam a palavra conforto de alguma forma. E por isso, a sapatilha entrou também na minha casa.

A primeira a se influenciar pelas maravilhas que a Ca contava foi a minha mãe. Vale compartilhar que ela tem SÉRIOS problemas nos pés e no joelho (agora operado). Para vocês terem uma ideia, desde os anos 2000 ela comprava os mesmos tênis, na mesma loja, porque eram os únicos que lhe permitiam andar muito sem sentir dor. Também vale contar que ela é do tipo que gosta de ter um clássico ou outro das marcas que ela curte, mas nunca teria 4 sapatos iguais “só por ser Chanel”.

Em 2011, em uma viagem à Miami, ela resolveu comprar seu primeiro modelo, todo preto com o bico envernizado. Na mesma viagem, em NYC, ela o usou para bater perna e, para sua surpresa, não sentiu nenhuma dor. De bônus, a sapatilha ainda deixava seus looks mais arrumados que os habituais tênis de viagem.

Desde então, mamãe não parou mais! Ano passado ela comprou uma cinza e ainda induziu meu pai a dar outra, marrom e preta, de aniversário pra ela. E se você acha que parou por aí…bem, se enganou. Esse ano, ela me pediu para trazer de viagem mais uma, e eu escolhi a vermelha linda que postei no instagram (e me arrependi de não ter comprado outra).

SAPATILHAS-CHANEL-2a “coleção” da mãe

Nesse meio tempo, agora com elogios vindos de todos os lados, comprei minha primeira flat bicolor em Las Vegas (janeiro de 2012). Escolhi a combinação de preto com bico café com leite, mas de cara não dei muita bola para ela. Confesso que fui entender do que elas falavam alguns meses depois, quando levei a sapatilha para a tal viagem de Paris e me peguei usando-a durante vários dias inteiros.

Nessa mesma viagem de Paris, já estava tão encantada pelo conforto e estilo clássico da mesma, que acabei comprando mais uma pra mim. Fui na básica preta, de matelassê, que virou minha queridinha. Elas já são minhas oficiais companheiras de looks sem salto em semanas de moda e viagens de bater perna (sempre levo só uma).

sapatilhas-chanel-3as minhas!

Quando vi que só na minha casa temos 6 diferentes modelos, resolvi falar sobre esse sapato, que muitas acham que é “um must have” porque a blogueira X ou Y tem. Pra nós duas, não tem nada a ver com isso.

Além do conforto outro fator deve ser levado em conta, a numeração. Não sei em que número ela termina, mas sei que minha mãe calça 40 no Brasil e quase não acha sapatos por aqui (tem melhorado bem, mas está longe do ideal). Em compensação, lá fora, sempre tem pelo menos umas 3 ou 4 cores diferentes no tamanho.

Nós sabemos que não é um sapato barato, mas se você já decidiu que vai comprar eu sempre recomendo o fazer na Europa. Além de ser mais barato, ainda dá para obter o reembolso no detaxe.

Em junho de 2012 ela custou 430 Euros em Paris, com reembolso de aproximadamente 50. Ou seja, ela saiu por 380 euros (que na época estava em torno de R$2.3). Desta vez a mesma custou 380£ (libras), e recebi de volta em torno de 38£ (que pagamos R$3.6 antes da crise). Quando comprei nos EUA, paguei um pouco mais caro por causa das taxas.

Se você me pergunta se acho “loucura” comprar uma sapatilha que custa mais de R$1.100, posso até responder que sim. Mas a qualidade, o conforto e a durabilidade nunca me fizeram questionar ou me arrepender dessas compras. Isso, pra mim, é um dos maiores pontos positivos, seguido do fato de se encaixarem perfeitamente com o meu estilo (se bem que ela se encaixa com praticamente todos os estilos, né..).

Agora, quem pretende comprar só porque “todo mundo tem”, ou “só porque é Chanel”, sugiro parar e pensar mais um pouco.

Beijos

Gostou? Você pode gostar também desses!

36 Comentários

  • RESPONDER
    Ilana
    11.07.2013 às 19:25

    Sou leitora assídua, mas nunca comento – por preguiça, sempre! – mas hoje tenho que dizer que os posts de vcs são excelentes! Além de bem escritos, acrescentam realmente algo útil em minha vida! Reflexões, desejos ou inspirações! Continuem sempre assim, por favor! A leitura diária aqui me faz esquecer os atropelos da vida!

    • RESPONDER
      Joana
      11.07.2013 às 19:30

      Obrigada Ilana!
      Pode deixar que vamos continuar sempre assim, nunca mudamos em mais de 3 anos e nada vai nos fazer mudar!
      Esse é o jeito que a gente vê as coisas! :)
      Obrigada pelo comentário!
      Beijos
      Joana

  • RESPONDER
    Luly
    11.07.2013 às 19:29

    “Triste” pensar que muito trabalhador brasileiro não ganha por mês o valor de uma sapatilha da channel que se tornou algo tão banal nos blogs de moda, como você disse.
    De qualquer forma.. é, elas devem ser bem confortáveis mesmo!

    • RESPONDER
      Joana
      11.07.2013 às 19:45

      Acho triste também! Isso me deixa #chatiada de verdade, por vários motivos. Acho um absurdo pagar o que pagamos de impostos e ainda ter que pagar plano de saúde, volta e meia ir a médico particular, escola particular, faculdade, hospital, curso de inglês e no final, se você trabalha na moda como eu, ainda receber um salário muito distante da sua formação profissional.
      Nessas horas queria ter feito economia ou direito, também trabalharia demais, mas talvez o “retorno financeiro” fosse mais justo, MAS eu sou do tipo que só consigo trabalhar com o que amo, então ainda luto pela moda e tento acreditar que as coisas vão melhorar no mercado do Rio. #assimespero
      Infelizmente, ou felizmente, o valor dessa sapatilha não entra nada fácil no meu bolso, sem dúvida para eu estar na segunda ela tem algo de singular de conforto pra mim, pra minha mãe então nem se fala.

  • RESPONDER
    Lari
    11.07.2013 às 21:36

    Concordo com cada palavrinha do post. Quando eu falo para as pessoas que só uso a sapatilha da Chanel por causa do conforto ninguém acredita. Mas, só quem usa sabe o que é. Eu tenho um osso na lateral do meu pé que faz com que 90% dos sapatos me machuquem, e quando eu encontrei a sapatilha que não me incomoda nada, eu pago o preço que for. É caro? Sim, mas não tem nada pior que dor no pé. Mudando de assunto, vocês já usaram a tribute da YSL? Para mim é a versão sapatilha da Chanel de salto, puro conforto. Beijos

    • RESPONDER
      Joana
      11.07.2013 às 22:21

      Sou louca para experimentar a versão de salto médio da YSL, mas ainda não o fiz!
      Acho linda de morrer a sandália, tenho a versão Schutz e eu adoro, mas se eu dançar demais o pé dói.

    • RESPONDER
      Lari
      11.07.2013 às 22:45

      Como você valoriza conforto também, eu acho que vale pensar na compra Jô. Eu faço Fashion Rio com ela e não dói nada, minha única sandália assim.

      • RESPONDER
        Joana
        11.07.2013 às 22:56

        Vou ver se acho a do salto médio para experimentar na próxima trip!
        Já ouvi AS MELHORES coisas dessa sandália! :)

  • RESPONDER
    Daniela
    11.07.2013 às 21:40

    Adorei o post!
    Só que tem um monte de gente que paga um absurdo em peças fake, pra sair desfilando por aí apenas por status, por influência das bloggers. Acho que temos que saber filtrar o que combina com a gente e com o nosso estilo de vida, né?

    • RESPONDER
      Joana
      11.07.2013 às 22:20

      Sempre né?
      Com tudo na vida e na moda.

  • RESPONDER
    Juliana Rodrigues
    11.07.2013 às 22:44

    Meninas, me senti tipo a Ilana: sou leitora assídua do blog desde sempre, mas morro de preguiça de comentar; só que o post de hoje meio que me forçou a vir deixar meus parabéns :)
    Eu estudo Relações Públicas e achei que esse post serve mostra muito o poder que blogs hoje em dia tem de ajudar a construir (ou destruir) a imagem de uma marca, me impressionei mesmo gente. Sem falar que ainda mostra como muitas pessoas ainda consomem objetos ‘de luxo’ apenas pelo seu status, sem parar pra analisar se aquilo realmente trás algum benefício ou se condiz com o seu estilo de vida. E não é necessário nem ir pra área da moda pra perceber isso: quantos não insistem (às vezes com grande sacrifício financeiro) em comprar o modelo mais novo do celular x apenas por ele ser o mais moderno, mesmo sabendo que em 6 meses a empresa em questão lançará outro e ele ‘terá’ que trocar de celular novamente… E o mais triste é às vezes encontrar esse comportamento em pessoas que nem sabem, e nem se importam em aprender, como usar as funções extras do celular, e realmente o compram apenas para ostentar.
    Enfim meninas, enrolei e enrolei, mas só queria agradecer pelo ótimo post, gostei mesmo (e acho muito mais válido economizar R$1.100 pra comprar uma sapatilha confortável e que dure muito do que pra ficar trocando de cel hehe)

    • RESPONDER
      Joana
      11.07.2013 às 22:58

      Obrigada pelo carinho com o blog Juliana!
      Tudo é mesmo uma questão de prioridade, mas a gente concorda contigo <3

  • RESPONDER
    Renata F.
    11.07.2013 às 23:46

    Estou adorando os seus posts! Perguntei da Basthianna da última vez. Vou voltar mais. Sucesso, beijo!

    • RESPONDER
      Joana
      12.07.2013 às 11:29

      Renata,
      Respondi pra você lá no post do meu look, onde você perguntou :)

    • RESPONDER
      Renata F.
      12.07.2013 às 15:43

      Eu vi! Obrigada! Beijo.

  • RESPONDER
    Fany
    12.07.2013 às 1:29

    Jô, estou ficando tentada à comprar uma na próxima ida à Paris, pois tb tenho sérios problemas com sapatos desconfortáveis. Qual o melhor lugar para comprar em Paris? Na galeria Lafayete?
    Bjks, Fany

    • RESPONDER
      Carla
      12.07.2013 às 8:39

      Fany, nas lojas próprias eles costumam ter mais modelos, sugiro começar por lá (td bem que eu já segui essa dica e só fui encontrar na Bergdorf’s, em NY…isso pq rodei Las Vegas inteira e boa parte de NY atrás do bendito!). Se vc pensou na Lafayette pelo desconto que eles dão aos turistas, infelizmente produto de luxo não está incluso! Bjsss

    • RESPONDER
      Joana
      12.07.2013 às 11:32

      Eu iria numa loja da Chanel própria, Montaigne da Rue Cambon (na primeira loja, com as escadas de espelho) ou Faubourg Saint Honoré! Acho que você vai ter mais modelos para escolher!!!! Elas organizam o detaxe super direitinho! :)

  • RESPONDER
    PB
    12.07.2013 às 9:53

    Olá, gosto muito do blog e o acesso diariamente. Também concordo com o que a Juliana Rodrigues disse. Conheço gente que só usa marca p/ ostentar, para a pessoa não importa se a peça é horrorosa, o que importa é a marca, falar que o que está usando é de marca. Eu não penso assim, sei que a qualidade de um produto é super importante e essencial, tento encontrar produto de qualidade com preço acessível. Sei que as sapatilhas Chanel são excelentes, mas também há produtos nacionais excelentes.
    Sei de gente que se “mata”, na verdade não tem condições de usar um produto assim, passa o maior aperto, só p/ usar e aparecer. Ah, e aquelas pessoas que mesmo sem condições de comprarem o produto original, adquirem o fake e dizem p/ todos que é original?!!! A pessoa não está pensando na qualidade, mas só no status. Também conheço gente assim, você sabe que a pessoa não tem condições de ter aquele produto, mas está sempre ostentando.
    Quanto aos aparelhos celulares, como já fui assaltada, meu aparelho é simples (não é smartphone) e não me importo com isso, não acho que é um aparelho celular que vai dizer se você é mais rico ou mais pobre, mais inteligente ou mais “burro”, mais moderno ou careta, mas sempre aparece alguém p/ criticar. Até a moça que trabalha aqui em casa fala que jamais teria um aparelho celular como o meu e que nem a filha dela aceitaria ter um aparelho como o meu.
    Bem, cada pessoa pensa de um jeito e vive como bem entender, eu realmente não acho que aparelho celular trás status p/ alguém.
    Parabéns pelo blog, as matérias são excelentes.
    Bjs!!!

  • RESPONDER
    Lalá Noleto
    12.07.2013 às 11:32

    Só tenho duas sapatilhas no closet e são essas.
    Poderia repetir mil vezes suas palavras, Jô!
    bjoooooo

    • RESPONDER
      Joana
      12.07.2013 às 11:33

      Não é Lalá?! Impossível não gostar!
      No fim me arrependi de não ter comprado a 3ª nas minhas férias.
      Bjosss :)

  • RESPONDER
    Clarice
    12.07.2013 às 14:22

    Por essa “bagatela” se não fosse confortável seria de lascar né? Infelizmente não dá pra mim, funcionário público no Brasil não tem condição de usar Chanel mesmo.

  • RESPONDER
    Nome (obrigatório) :Mariana Galan
    15.07.2013 às 14:09

    Adorei o post!
    Infelizmente ainda não tenho condições de ter uma Chanel, mas de fato deve ser super confortável.
    Tenho os pés bem “enjoadinhos” também e sapatilha tem de ser confortável. Parei de comprar um monte de pares baratinhos e passei a ter apenas as confortáveis, adoro as da Capodarte, tem a palmilha acolchoada e não cansa as pernas.
    Bjos,
    Mariana

  • RESPONDER
    Elis
    16.07.2013 às 16:45

    Ai….. sou super consumista, mas nossa… nem se a sapatilha fosse mais confortável que um tênis eu não pagaria mil reais. E outra, ela é “meio” bonitinha, não é linda assim para valer a pena.
    Ontem eu estava assistindo um TAG no youtube sobre viciadas em sapatos. A blogueira do Chata de Galocha estava falando que o sapato dela preferido é um louboutin e detalhe, é o sapato mais desconfortável do mundo e mesmo assim ela quer comprar outro.
    Como assim uma pessoa quer comprar outro sapato desconfortável????
    Mas cada um é cada um né.

  • RESPONDER
    Christiana
    18.07.2013 às 23:12

    Olá, meninas!!!
    Adorei esse post, a sapatilha já entrou pra minha wish list!!
    Mas gostaria de fazer outra pergunta, ainda sobre Chanel. Vou pra Londres e Paris daqui a 2 meses e pretendo comprar uma bolsa Chanel (ainda não sei o modelo). Existe diferença de preço entre França e Inglaterra no preço de bolsa Chanel?
    Desde já obrigada.

  • RESPONDER
    Lorena Maíra Ribeiro
    20.08.2013 às 16:21

    Menina, meu namorado está na Europa e vai trazer a sapatilha pra mim.
    Agora tenho dúvidas quanto a numeração e não achei em nenhum lugar.
    Ela é forma grande? Pequena? Normal?
    Eu uso 38 BR, qual número mais indicado?

    Beeeeeeijos e aguardo o retorno, please!

    • RESPONDER
      Carla
      20.08.2013 às 16:47

      Oi, Lorena! Eu calço 38 no Brasil também. Minha sapatilha é 39 e meio e fica ótima no meu pé, mas eu tenho um sapato de salto da Chanel que é 40. Não sei se seu pé é mais largo ou não, mas sugiro levar a 40. É melhor que fique um pouco maior (e aí resolve com uma meia palmilha) do que ficar pequena e machucar seu pé toda vez que vc for usar!
      Beijos!

    • RESPONDER
      Lorena Maíra Ribeiro
      20.08.2013 às 17:33

      Ah entendi, porque convertendo, o 38 BR vira mesmo o 40 EURO né?!! Meu pé não é dos mais finos, tem sapatos até que prefiro o 39, pelo conforto.
      Então é o número certo!! Ah ótimo!!
      Muito obrigada!!!!
      Vou comprar a caramelo com bico preto :) Espero não me arrepender do investimento!
      Meu namorado viu e ta 475 euros.
      Beeeijos

      • RESPONDER
        Joana
        21.08.2013 às 11:22

        Ele já comprou?
        Acho que vale pensar em outra, pois essa clássica se destrói MUITO FACIL.
        As nossas, todas mostradas no post, duram bem mais.
        De verdade, acho que pode não valer a pena a bicolor clássica, sem ser escura ou envernizada tudo pode acontecer. Já vi duas bem feias.
        Beijos

        Eu sou 39 no Brasil e a minha é 40,5. Resolve bem minha vida. Minha mãe compra 2 números a mais.

    • RESPONDER
      Lorena
      21.08.2013 às 11:28

      Nossa, jura?! Ele ia comprar hoje, em Paris…
      Nossa, mas se não essa, não consigo pensar em outra. Só na inteira preta, metalassada, mas inteira preta? Não sei…
      AHhh, desanimei agora :(

      Vocês são muito queridas!
      Beijos

      • RESPONDER
        Joana
        21.08.2013 às 11:52

        Eu amo a metalasse inteira preta ou metalasse colorida. Rola vermelha, caramelo entre as cores.
        Acho as envernizadas lindas e muito duradouras.
        To sendo sincera, conheço gente que ama a bicolor e até comprou mais, mas conheço gente que não gostou pq suja mais e é menos durável.
        A Carla tem uma, que não é exatamente a tradicional e ela gosta.
        É pessoal, mas como já vi algumas detonadas achei melhor falar, mas pode ser que o cuidado va de pessoa para pessoa.
        Eu, no meu caso, amo as de verniz, tenho uma, mas a metalasse preta é minha preferida, mas mais uma vez, é pessoal! :)

      • RESPONDER
        Carla
        21.08.2013 às 12:06

        Lorena, a Jo tocou num ponto bem importante! Minha mãe tem essa que vc quer, mas ela é extremamente cuidadosa, como eu nunca vi e ainda assim ela não está 100% (ainda mais se for comparar com outros sapatos que ela tem, inclusive modelos mais antigos!).

        A inteira preta matelassada é incriiiiiiivel! É o tipo de compra q vc não vai se arrepender mesmo! Planejo comprar uma num futuro não sei se tão próximo, mas quero demais! Se for em couro caviar, melhor ainda (é um couro texturizado, mais resistente, não risca, não acontece nada).

        A minha é vinho com ponteira preta, de matelassê com couro caviar. Já tenho há 2 anos e se vc não olha a sola ou a parte de dentro do sapato, ela passa por nova fácil!

        Beijos!!

        • RESPONDER
          Joana
          21.08.2013 às 12:50

          Essa vinho da Carla é VIDA de tão linda, mas acho que não tá nessa coleção! <3

  • RESPONDER
    Fernanda
    24.11.2013 às 14:15

    Meninas, boa tarde! Quero muito uma sapatilha da Chanel, por achar linda, por saber que vai durar muito e principalmente por não aguentar mais tratar as bolhas causadas por sapatos desconfortáveis. Hoje acho mais viável ter uma sapatilha confortável que dez que destrõem meu pé. Gostaria muito de saber quanto custa hoje a sapatilha bicolor em Nova York. Vcs tem Como saber. Já procurei muito na net e nunca acho o preço atual. Vou para NY em 2/1 e queria saber se vale a pena comprar lá com o dólar a R$2,46 ou se é melhor comprar em SP e receber uma diferença na NF Paulista. Desde já agradeço e parabéns pelo blog.

  • RESPONDER
    Patricia Peixoto
    23.08.2015 às 15:16

    Oi, estou buscando o valor atual da sapatilha chanel na Europa, mas não consigo. Vcs sabem? Obrigada!

  • Deixe uma resposta