13 em Europa/ Trip tips/ Viagem no dia 05.07.2013

Trip tips: Mykonos

Semana passada foi impossível parar para fazer o tão pedido trip tips da Grécia. Infelizmente, uma semana não é tempo suficiente para curtir os dois destinos, então vou apenas falar da minha experiência e não necessariamente do que vocês PRECISAM ver ou curtir tanto em Mykonos quanto em Santorini.

Escolhi duas das ilhas Cyclades para as minhas férias porque sou totalmente (e declaradamente) influenciada pela Carla, marido e família. Contei um pouco mais nesse post como eles me “convenceram”.

mykonos junho 2013- foto da web

Chegamos em Mykonos via aeroporto, ou melhor, sem sombras de dúvida, o aeroporto mais deserto que já vi na vida. A viagem total – Rio/Londres/Atenas/Mykonos – não foi nem um pouco rápida, mas a sugestão ideal é passar uns dias em Atenas ou na primeira cidade em que parar e depois seguir viagem.

Já contei sobre o hotel, o Santa Marina, nesse post e aproveito para dizer de novo como eu amei! Ele fica na baía de Ornos, conta com uma praia particular e a qualidade do serviço é tudo aquilo que eu já contei. Sua localização não é a opção mais central, em contrapartida o hotel e as praias das redondezas valem a pena.

P1010386-2

Na verdade, se tem um problema que acontece em todas as ilhas Cyclades mais famosas, é o transporte. Em Mykonos não tem mais de 33 taxis, o ônibus circular nos pareceu confuso e alugar um carro pode implicar em não beber vinho ou drinks. Então, no caso dessa ilha, optamos por uma viagem sem obrigações turísticas, a regra era aproveitar como quiséssemos.

No primeiro dia ficamos no hotel, curtimos a praia até o fim da tarde e nos empolgamos com os vinhos gregos, sendo honesta nos empolgamos até demais e quando acordamos já era noite. Isso significa que cochilamos muito, porque só escurecia lá pelas 20h e pouco!

Achávamos que não teríamos como pegar a última van do hotel para o centro, então seguimos uma das poucas e boas dicas da Carla, o Kuzina. De dia ele bomba, tem música e é super animado, mas nós queríamos era comer boa comida, tomar vinho (mais!) e relaxar. Dito e feito, foi uma das melhores comidas que comemos na nossa estadia no paísÉ um restaurante TEM QUE IR.

mykonos junho 2013-1010587Minha foto do Kuzina durante a manhã, a noite ele fica lindo!

27-9543_14-06-11
fotos do site Kuzina

No dia seguinte tomamos o café da manhã do hotel, descemos para tirar fotos (tínhamos que ter provas de que éramos turistas na cidade) e seguimos para a calma (muito calma mesmo) praia de Ornos. Alugamos toalhas, uma cama de casal e tomamos um drink cada. Aproveitei para nadar e relaxar. Para nós, que fugimos intencionalmente do fim de semana na ilha, foi perfeito.

mykonos junho 2013-1010557 mykonos junho 2013-1010559Euzinha esperando o sol esquentar em Ornos

mykonos junho 2013-1010586O Beach Bar do Ammos Hotel (mesmo dono do Kuzina)

Algumas horas depois tentamos pegar um ônibus para outra praia, mas não obtivemos sucesso. Assim voltamos para o hotel (10-15 mim andando) e tentamos um taxi para a famosa praia Psarou, queríamos ir no Nammos.  Depois de ficarmos melhores amigos do concierge – e vermos o coitado tentar por mais de meia hora conseguir um taxi para a gente (não obteve sucesso) – contamos pra ele que não queríamos alugar um carro naquele dia e ele nos sugeriu ir no barco do hotel (o que custaria um pouco mais do dobro do que o taxi). Como naquele dia estávamos na chuva para nos molharmos, fomos nesse esquema para o Nammos (optamos por ficar na areia e não no restaurante).

mykonos junho 2013-1010615 No barco do Hotel a caminho de Psarou.

mykonos junho 2013-1010620Camas do Beach Bar do Nammos em Psarou.

mykonos junho 2013-1010621
Água sensacional de Psarou.

mykonos junho 2013-1010627Eu pagando mico de biquini no blog! hahaha

Psarou foi mais uma das belas praias que nós visitamos no país, talvez até a mais bonita. A água e a areia não eram muito diferentes do nosso hotel, mas não dava para negar que o lugar tem seu charme, que obviamente custa bem caro. Duas camas, 4 toalhas e guarda sol nos fizeram desembolsar 30 euros. Não era um problema, mas ficou evidente que em Mykonos se você quiser ir à várias praias no mesmo dia, o custo pode ser mais alto que o esperado.

Ao lado do restaurante Nammos tem uma loja chamada Luisa. Essa é o paraíso das mulheres que amam as marcas de luxo. A loja tinha a seleção mais praiana que já vi de marcas como: Missoni, Pucci, Etro e MUITO MUITO MUITO mais. Perdi uma meia hora olhando tudo, mas como já tinha feito minha extravagância no aeroporto de Londres não levei nada.

Mesmo tendo gostado de Psarou e do Nammos, o serviço não foi tão especial como o do hotel. Eles não conseguiram um taxi para nós (parece que era hora de pico) e por volta de 19h (ainda debaixo de muito sol) eles ligaram para nosso hotel e pediram para o barco nos buscar.

Ainda no segundo dia de viagem, à noite fomos conhecer Mykonos Town. Chegando lá,  fomos dar uma volta no centro da cidade e logo buscamos o restaurante de frutos do mar que o concierge nos indicou! A cidade é fofa, mas não fomos à “pequena Veneza”, o lugar mais agitado, com bares e afins.

mykonos junho 2013--2foto da web

O restaurante Koursaros foi uma ótima pedida. Sensivelmente mais caro que o Kuzina, mas ainda assim valeu a pena. Após uma salada grega de entrada e junto de um sensacional vinho branco grego, o Gu foi na cozinha escolher o peixe (Red Snapper). Acabou que também nos convenceram a colocar uma pequena lagosta no prato e optamos por come-los com legumes. Ah! Vale perguntar o preço final do que escolheu, o preço é equivalente ao peso.

kousaros

Essa foto foi retirada do site do restaurante.

Para completar pedimos uma sobremesa típica e ainda ganhamos outra, ou seja, não adiantou nada pedir tudo com legumes! Hahahaaha Foi mais uma das maravilhosas comidas que comemos na Grécia, os frutos do mar de lá são divinos.

Para ir embora de lá, contei todo meu drama com os taxis para o gerente, ressaltei duas vezes que meu hotel indicou muito o restaurante e em 5 minutos eles conseguiram um taxi para nos esperar. Para completar ainda nos arrumaram um funcionário para nos levar até o taxi (não iríamos acertar o caminho à tempo do taxi nos esperar, ainda mais com as filas enormes para pega-los mesmo sendo quase uma da manhã).

No dia seguinte tomamos nosso amado café da manhã e enfrentamos nosso maior dilema. O Gu queria alugar um carro para conhecer novas praias e eu queria ficar na praia do hotel, bebendo meu vinho. Como o custo benefício do hotel é incomparável com qualquer outra praia, ficamos.

P1010637-14

Depois de 4 garrafas de vinho (Calma! Tudo isso com um casal brasileiro que conhecemos lá!) e muitos mergulhos no mar, estávamos mortos e optamos por voltar no Kuzina. Se não estivéssemos com eles talvez teríamos jantado no hotel, disseram que a comida era ótima e o restaurante perto do mar era lindo.

No último dia fomos embora à tarde então só tivemos tempo de tomar nosso café com calma, curtir uma manhã de sol e tirar muitas fotos.

Para fechar, o hotel agendou o transfer (incluído) para nos levar ao lugar de retirada dos bilhetes que comprei na Sea Jets pela web e nos deixar no porto. Meu irmão já tinha me contato que é confuso, então vale confirmar algumas vezes se você está entrando no barco certo. Infelizmente, tanto no aeroporto quanto o no porto achamos a falta de sinalização e funcionários muito grave. Se você precisar de algo, é provável que apenas o 3G do celular te salve.

Captura de tela 2013-06-22 às 17.39.35 Porto de Mykonos (e o dia chuvoso só pq íamos embora) #sortudos
Essa veio do meu instagram, perdoem o Iphone!

Passamos 3 dias e meio em Mykonos e amamos. Na próxima quero ficar entre 4 e 5 dias, fazendo tudo que fizemos e acrescentando uns dois dias de carro alugado para conhecer as outras praias. Outra coisa, não acredito em beber e dirigir, para mim, uma coisa exclui a outra. Muita gente aluga carro e bebe em todas nas praias, mas nós não fazemos isso e esse foi o principal motivo de não termos conhecido muita coisa.

Informações úteis: Mykonos é uma das ilhas mais famosas, por conta disso alguns fatores são mais extremos por lá. Transporte? Os taxis não são suficientes para a quantidade de visitantes, mas rola um ônibus de praias no centro. As festas? Quem ama festa tem que optar por ir entre julho e agosto ou passar o fim de semana na ilha durante a temporada. Os preços? Curtir as praias têm preços altos por conta de sua infra-estrutura. Em Santorini tudo era muito mais simples e por sua vez, mais barato.

E quando é a época boa para quem não quer calor demais, lugares muito cheios e dias mais tranquilos? Junho, quando eu fui, e setembro, quando a Ca foi. Na próxima queremos voltar em setembro para variar.

E o clima? Em junho tivemos dias muito quentes e noites mais frias, com direito à vento (isso tem sempre!) e casaquinho, ainda assim, dormimos de ar ligado.

Mykonos e suas praias deliciosas para quem gosta de nadar foi uma das melhores surpresas que tive em novos países nos últimos anos. Eu não tenho a menor dúvida de que quero voltar.

Espero que esse post ajude os viajantes com destino a esse paraíso.

Beijos

Update: 
Recomendamos a leitura dos seguintes posts de dicas de Mykonos:
Anna Fasano

Gostou? Você pode gostar também desses!

13 Comentários

  • RESPONDER
    Dany Menezes
    05.07.2013 às 13:14

    Que lugar lindo!!!

  • RESPONDER
    Valéria Vieira Beirouth
    15.07.2013 às 13:36

    E a água é quentinha???… Sempre pergunto isso em destinos de praia… hehehe… Não gosto de água gelada! ;)

    • RESPONDER
      Carla
      15.07.2013 às 13:37

      Não é das mais quentes, não…mas o sol é tão bom e costuma fazer tanto calor que a água friazinha vira detalhe! :)

  • RESPONDER
    Fabiana
    28.04.2014 às 22:51

    Amei as dicas… obrigada por compartilhar! Com certeza vou incluir Psarou e Ornos no meu roteiro! Como são os preços no Nammos e no Kuzina… muito absurdos?! Beijos!!! ;)

    • RESPONDER
      Joana
      28.04.2014 às 23:04

      Nammos é mais puxado, Kuzina vale bem a pena, melhor que o Rio de Janeiro.

  • RESPONDER
    Ney Duarte
    24.05.2014 às 13:06

    Olá Joana, td bem,
    Como vc estou indo agora dia 5 de junho, quero ficar 3 dias em Mykonos e e 3 em Santorini.
    Minha duvida é quanto ao transporte de barco para essas ilhas, vc gostou ? acha que perde muito tempo, tem varios horarios?
    Eu gosto muito de bar e rest no alto, com vista linda do mar, vc tem alguma super dica, com aquela vista linda p ver o por do sol ?
    Muito obrigado

    bjs

    • RESPONDER
      Joana
      24.05.2014 às 13:13

      Pode ir no post de Santorini que tem todos os lugares onde fui! Tem resto com vista!

      O transporte comprei daqui, 55 euros, no barco mais rápido! Acho que eram 2:30 de viagem!

  • RESPONDER
    Livia
    22.06.2014 às 6:43

    Olá! Estou pensando em ir para Mykonos no penultimo ou ultimo final de semana de Julho, por 4 semanas.. Como moramos fora do Brasil, é mais fácil de chegar etc etc. Mas você acha que vale a pena passar só 4 dias em Mykonos? Ou variar, ir em outra ilha por exemplo, já que não queremos tanta “badalação”, mais curtir e relaxar. Muuuito obrigada!

    • RESPONDER
      Joana
      22.06.2014 às 10:37

      Entao, pela época 4 dias pode ser bom, se fosse junho ou setembro eu diria pra vcs ficarem mais e conhecerem mais praias, as mais desertas e tal, mas acho que na badalacao 4 ta bom! Evitem fds! :)

  • RESPONDER
    Luciana
    18.07.2014 às 23:17

    Olá Joana,

    Estou planejando ir pra Mykonos em Setembro (lá pela metade do mês), será que nessa época já está frio por lá? Dá pra ir pras praias?
    Não sei se vale a pena ir nessa época… queria ir em alguma festa também!
    Obrigada. Adorei o post!

  • RESPONDER
    Lara Azevedo
    08.05.2015 às 9:36

    Oiee.. Adorei seu blog! Obrigada por dividir as experiências conosco!
    Por favor, vc tem. Como me tirar essa dúvida?
    Eu posso

    1- sair de Atenas 5 da manhã pra ir pra mikonos, passando 2 dias e meio em Atenas e 3 dias inteiros em mikonos

    2- sair de Atenas as 6 da tarde, passando 3 dias em Atenas e um pouco menos de 2 dias e meio em mikonos

    3- sair de Atenas as 22, passando 3 dias e meio em Atenas e 2 dias em mikonos

    Onde vc acha que vale mais a pena?

    Obrigada! Beijinhos!

    • RESPONDER
      Joana
      08.05.2015 às 16:50

      Sem duvida eu ficaria com a opção 1, ficando menos em Atenas e mais em Mykonos.

  • RESPONDER
    Ari
    08.12.2015 às 11:35

    Muito bom o post. Eu passei 2 semanas na Grécia, incluindo Mykonos e Ios, e escrevi algumas dicas também pra galera que curte uma festa. http://viajanteanonimo.com/2-semanas-grecia-muitas-festas-gringas-souvlakis/

  • Deixe uma resposta