1 em Comportamento/ Cultura no dia 04.07.2013

Great Gatsby não tão great assim (ou então mais great do que você pensava!)

Fui ver Great Gatsby no dia que estreou nos cinemas. Sou apaixonada pelo Baz Luhrmann e estava meio orfã desde 2001, ano de Moulin Rouge (não, não vou contar Australia), então, imaginem minha expectativa para esse filme?? E mais uma dobradinha dele com Leo DiCaprio?? Quase morri!

Apesar de achar a parte final meio arrastada, recebi exatamente o que eu esperava de Baz: suntuosidade, cenários de tirar o fôlego e aquela estética exagerada que só ele sabe fazer e que me dá vontade de morar nos filmes dele.

Bem, preciso dizer que meu marido quebrou meu encanto com esse vídeo:

Não que eu não tenha gostado, eu AMEI. Mas tive a mesma sensação de quando eu descobri que o castelo da Cinderella, na Disney World, não tinha nada mais além do restaurante e da passagem para o outro lado do parque! rs

Pra quem curte cinema e viu Great Gatsby (nem precisa ter gostado!), vale muito a pena ver esse video! Pra quem ainda não viu, sugiro assistir ao filme antes e depois dar uma olhada aqui!

Beijos

Carla

Gostou? Você pode gostar também desses!

1 Comentário

  • RESPONDER
    Silvia
    13.07.2013 às 3:46

    Finalmente vi o filme nessa quinta! Parece que estava encantado, cheguei a achar que nunca ia assistir!

    AMEI o filme! Achei muito mais Fitzgerald do q o “original” de 74 com Robert Redford. Aliás se você ler as críticas daquela época as pessoas criticaram MUITO o filme e o indice de aprovação dele é menor que o novo. Eu não achei parado, ao contrário do de 74 que me deu sono. A Carey é MIL vezes mais perfeita para o papel q a Farrow q só fazia cara de boba sem vida. O DiCaprio não é um décimo mais bonito que o Redford e nem tão chique, mas ele conseguiu – graças ao Bar – dar a loucura necessária ao personagem. No de 74, dizem q Coppola renegou o script q usaram e todos falaram q a culpa de muita coisa ser ruim é do diretor, inclusive da performance morna de Redford.

    Li numa crítica q o personagem do Tobey não fazia sentido, q ele não aparecia bebendo o suficiente, me pergunto se essa pessoa viu o mesmo filme que eu pq em quase todas as cenas ele está com uma taça na mão. Outras reclamaram da festa, mas vi aquilo como uma clara homenagem ao filme original onde tinha até uma dupla de mulheres dançando de orelha de gatinho. E por último a música é perfeita, vi alguns reclamarem da cena do órgão mas diabos não existe mais nada Nova Iorquino qto Gershwin e Rhapsody in Blue!

    Me lembro de no filme original não ficar claro o q o Gatsby era de verdade e nem de onde vinha sua fortuna (preciso ver de novo até) e ele ficar apenas como um cara pobre q veio do nada mas q é bonzinho, qdo o Gatsby não é para ser tão bonzinho, ou melhor tão normal.

    Acho que em alguns anos qdo o 3D não for mais novidade (eu vi sem ser 3D) isso vai melhorar a opinião das pessoas sobre o filme. No momento muitos estão incomodadas com a opulência e estranheza, especialmente os mais velhos. E sempre vão existir aqueles que vão reclamar de qq coisa sobre Gatsby pq “não se mexe na ‘grande obra americana'”. Erick ainda acha q muita gente além de ter preconceito com o diretor vai ter mais preconceito com o fato do JayZ ser produtor executivo do filme e “como um rapper pode ser produtor do Gatsby?”

    Eu só tenho UMA reclamação: não podiam ter arrumado umas unhas postiças mais bonitas para a Carey? Eu via as jóias e pá dava de cara com aquela unha mega quadrada e grossa horrível e nada a ver com o resto do filme! Mas ok provavelmente eu sou o 0,01% que prestou atenção nisso ;)

    Beijos!

  • Deixe uma resposta