5 em Ásia/ tt/ Viagem no dia 17.05.2013

Trip Tips: 23 dias na Ásia

A Nathalia, nossa vizinha de blogroll com o Coisas Que Amamos, fez uma viagem recente à Ásia que nos deixou com invejinha, confessamos. Cada foto era um suspiro (e uma curtida no insta! hehe).

É claro que não pensamos duas vezes em pedir para que ela fizesse um resumo de sua viagem, mas os relatos detalhados estão todos linkados aqui no post!

—————————— x —————————————– x ——————————

Missão quase impossível essa que essas meninas me deram, hein! Escrever resumidamente tudo que eu vi, ouvi e vivi em 23 dias de viagem pelo sudeste asiático. Uau! Vamos começar pelo roteiro. Saindo dos padrões comuns, comecei a viagem por Hong Kong, que não chega a fazer parte do sudeste asiático, mas mesmo assim fez parte da minha viagem. De lá, segui para o Vietnã onde conheci Hanói, Halong Bay e Ho Chi Minh. Depois fui para o Camboja e visitei Siem Reap. Para finalizar, escolhi a Tailândia. Passei por Phi Phi, Samui e Bangkok.

E vocês vão me perguntar: em 23 dias dá pra fazer isso tudo? Sim, dá! Com calma? Não, sem calma. Tiveram lugares como Hanói que eu fiquei muito pouco tempo, mas realmente acho que dá pra conhecer esses lugares em 23 dias (contando os dias de ida e volta).

Fiz os vôos Rio – Ásia – Rio de Emirates e, internamente, peguei companhias aéreas locais. Sem medo, sem susto. Comprei tudo pela internet e não tive problemas. Voar internamente me poupou tempo e isso era precioso para mim. Mas agora vou falar um pouco (bem resumidamente) de cada um dos lugares que visitei pra vocês conhecerem melhor.

HONG KONG

dicas-asia-hong-kong-coisas-que-amamosA cidade é grande, super moderna e dividida em ilhas. Cismei em conhecer HK quando descobri que o maior buda sentado ao ar livre do mundo ficava lá. (E isso me levou a pensar que existem budas tão grandes ou maiores sentados que não estão ao ar livre, e outros que não estão sentados e por aí vai. Mas isso não vem ao caso agora).

Acho que quem, como eu, tem pouco tempo por lá, não pode perder os pontos turísticos principais como: Avenue os Stars, Victoria Peak (que tem uma vista linda da cidade), Buda Sentado e show de luzes. Vendo isso, você já pode dar aquele check em HK. Claro que a cidade tem muito mais coisas a oferecer. Ah! Não deixem de provar um prato típico chamado Dim Sum. É uma delicia.

Aproveitei que tinha tempo e dei um pulinho em Macau para conhecer um pouquinho da parte antiga da cidade. Achei bacana e tal, mas se você estiver sem tempo, eu não recomendo. Você vai perder pelo menos dois terços do seu dia indo, voltando e curtindo por lá.

Pra quem quer fazer compras, HK é o lugar certo. Além de ter todas as marcas de luxo, tem também um super outlet (na estação de metrô que fica pertinho do Buda) e várias lojas locais muito boas de conhecer.

Post completos aqui:
http://coisasqueamamos.com/2013/03/19/diario-de-viagem-macau/
http://coisasqueamamos.com/2013/03/11/diario-de-viagem-hong-kong/

VIETNÃ

dicas-asia-vietna-coisas-que-amamos

Minha primeira parada no Vietnã foi em Hanói. Foi uma parada rápida, mas deu pra conhecer alguma coisa e entender o motivo da fama de capital caótica. O trânsito de lá é uma loucura. Não tem mão e contramão. Não tem faixa de pedestre, nem sinal de trânsito. Cada um vai pra onde quer, no ritmo que quer e rezando para não bater ou ser atropelado.

Comigo não foi diferente. Atravessei a rua rezando para conseguir chegar do outro lado. Isso porque eu estava andando na região do lago Hoàn Kiem, que é super turística. Aliás, esse é um ponto bem bacana para visitar. Além da pagoda, que fica no meio do lago, lá é possível ver também a ponte The Huc (fofa!) que leva ao templo do lago e o show de fantoches na água (que infelizmente eu não assisti).

Hanói tem muito mais coisa para conhecer, em especial, a parte história do Vietnã. Mas como a cidade era apenas uma escala pra mim, não deu pra ver muita coisa.

No dia seguinte fui para Halong Bay, o verdadeiro motivo pelo qual passei por Hanói. Comprei um cruzeiro de 2 dias e uma noite por lá e amei muito esse lugar. Ele é um dos patrimônios naturais do mundo, sabiam? Uma baía lotada de ilhas de pedra inabitadas com muitas lendas e histórias por trás. Um lugar lindo e, na minha opinião, imperdível.

No cruzeiro, as refeições são incluídas e alguns passeios também. Andamos de caiaque, visitamos uma gruta conhecida como “Amazing Cave”, fomos à um mirante de onde era possível ver toda a baía ainda aprendemos a cozinhar os rolinhos vietnamitas. Um passeio super bacana mesmo. Ah! Comprei aqui do Brasil mesmo, para garantir que não ia ficar sem.

Voltando de Halong Bay, fomos conhecer Ho Chi Minh, a antiga Saigon. Lá, eu sabia que iria conhecer e entender muito a respeito da guerra do Vietnã e foi exatamente isso que eu fui fazer lá.

Para o primeiro dia na cidade, fui conhecer o delta do Mekong. Passeio turistão, mas que rendeu fotos lindas desse lugar. No dia seguinte, fui conhecer os tuneis de Cu Chi, construídos pelos vietnamitas na época da guerra para conseguir escapar dos americanos. Lá, além dos tuneis, é possível ver os tanques, armadilhas e as armas usadas na guerra (e sim, você pode atirar com elas se quiser pagar por isso!).

Na volta conheci um pouquinho da cidade, como a Notredame, a prefeitura, um museu de guerra e uma Pizza Hut. Impossível resistir! Hehehehe
Posts completos:
http://coisasqueamamos.com/2013/04/08/diario-de-viagem-ho-chi-minh-city/
http://coisasqueamamos.com/2013/04/01/de-cruzeiro-em-halong-bay/
http://coisasqueamamos.com/2013/03/25/diario-de-viagem-hanoi/
http://coisasqueamamos.com/2013/03/28/rolinho-vietnamita-o-original/

CAMBODJA

dicas-asia-camboja-coisas-que-amamos

Falar pouco sobre o Cambodja vai ser difícil. Foi o lugar que eu mais gostei da viagem. Muito diferente de tudo que eu já vi e conheci. Visitei Siem Reap, a cidade que fica mais próxima dos templos. Exatamente por isso, ela foi construída para atender aos turistas. No centrinho você encontra todos os tipos de restaurantes, mercados (noturno e diurno), bares, nights e muitas lojinhas.

Nos templos, a regra é clara: cada um tem seu tempo. Eu fiquei 3 dias inteiros e acho que foi tempo suficiente. Conheci os templos durante 2 dias e no terceiro dia, conheci a cidade e uma vila flutuante. Comprei tudo no hotel: carro, motorista e guia para os templos e carro com motorista para me levar à vila. Foi a forma mais confortável que encontrei. Mas ir de tuk tuk também é uma opção e você pode negociar isso lá com os milhares de tuk tuks que terão ao seu redor.

Meu roteiro ficou assim:
Dia 1 – Big Circuit + Bantay Sarey
Dia 2 – Small Circuit
Dia 3 – Elephant Ride + Old Market + Floating Village

Post completo: http://coisasqueamamos.com/2013/04/16/diario-de-viagem-siem-riep-camboja/

TAILÂNDIA

dicas-asia-tailandia-coisas-que-amamos 2

Meu objetivo na Tailândia era relaxar, por isso mesmo ela ficou como o último destino da viagem. Comecei minha viagem por Phi Phi, que eu continuo achando que é o paraíso na Terra. Lugar que combina tudo que eu mais amo num lugar de praia: água limpa e quentinha + fervo noturno.

Phi Phi ficou famosa depois de Maya Bay, aparece no filme “A Praia” com Leonardo Di Caprio. É sem dúvidas o lugar mais famoso da ilha, mas muito longe de ser meu preferido. Alugamos um long tail boat e conhecemos várias ilhas e praias da região. Todas lindíssimas, mesmo! Passeio “tem que fazer” de lá. Fiquei 2 dias e meio e podia ter ficado mais. O lugar é incrível.

De Phi Phi seguimos para Samui, uma ilha bem maior e com mais infraestrutura. É de lá que saem os barcos para Ko Tao, uma ilha deliciosa que tem ali perto. E é a vizinha Ko Phangan que realiza, uma vez por mês a Full Moon Party, uma festa maneiríssima, que atrai milhares – sem exagero – de turistas, que acontece na beira d´água de uma das praias da ilha.

Por ser uma ilha grande, Samui oferece várias opções de entretenimento como ótimos restaurantes e lutas de muay thai. Claro que eu não perdi a oportunidade e fui curtir uma luta tradicional de lá. Uma das coisas que eu mais gostei em Samui foi visitar os templos. Foi lá que eu vi os templos mais lindos que podia imaginar que veria. Fiquei realmente maravilhada. Lá, também vi um monge mumificado que é uma espécie de santo para os locais e foi lá também que fui massageada por um elefante. Pois é, tem entretenimento para todos os gostos.

Como íamos voltar para o Brasil por Bangkok, deixamos a cidade por último. Eu já sabia que não ia amar, e realmente não amei. Achei a cidade muito suja e feia, mas nem por isso não tem seus encantos. Palácios, budas, templos… pra quem gosta de conhecer um pouco mais sobre a religião budista aqui é o lugar certo. Fiquei dois dias e meio lá e acho que pra conhecer bem, 3 dias são suficientes. Passei um dia e meio conhecendo todos os pontos turísticos e o outro dia fazendo compras, afinal, de todos os lugares que visitei (exceto HK) esse era o único com  lojas conhecidas. Estava com aquela vontade de comprar incubada há 20 dias, foi mais forte que eu.

Uma coisa que eu recomendo muito é que você vá ao Sirocco Bar, o bar do “Se Beber não Case 2”. Se a grana estiver curta e não der pra você jantar por lá (que é caaaaro!), vá apenas para tomar uns drinks, eles tem um bar só pra isso. Mas não deixe de fazer reserva pra garantir. O lugar é muito bacana e tem uma vista incrível da cidade.

Posts completos:
http://coisasqueamamos.com/2013/05/08/full-moon-party/
http://coisasqueamamos.com/2013/05/02/diario-de-viagem-samui-tailandia/
http://coisasqueamamos.com/2013/04/24/diario-de-viagem-phi-phi-tailandia/

Ufa! Espero que vocês tenham gostado desse super resumo que preparei para as meninas e que se animem para fazer essa viagem também. Eu amei tudo que vi, tudo que conheci, todas as experiências que vivi e realmente acho que valeu muito a pena.

——————————-x———————————-x—————————————

Bem, se a gente já tinha vontade antes, imaginem como a gente não ficou depois de ler e reler tudo isso?

Gostou? Você pode gostar também desses!

5 Comentários

  • RESPONDER
    Fany
    17.05.2013 às 23:31

    Que sonho de viagem! Quem sabe um dia eu me animo! Bjks, Fany

  • RESPONDER
    Brechó Mosca Branca
    18.05.2013 às 16:33

    Viagem mais que fantástica, hein?

  • RESPONDER
    Nathalia T.
    19.05.2013 às 19:26

    Meninas

    Adorei escrever e reviver um pouquinho da minha viagem!
    Espero que as leitoras do futi curtam!!!

    Beijos

  • RESPONDER
    Tatiana
    31.05.2013 às 16:21

    Onde você fez a massagem de elefante??? Eu quero!!!

  • RESPONDER
    Valéria Vieira Beirouth
    05.06.2013 às 15:51

    Uma palavra define essa viagem: DEMAIS!!!

  • Deixe uma resposta