25 em Beleza/ Comportamento/ Make-up/ Reflexões no dia 07.12.2012

Sephora em São Paulo e agora no Rio!

Desde que a Carla foi na inauguração da Sephora em São Paulo, nós estávamos com vontade de escrever sobre um certo assunto. Ontem a Jô foi na inauguração da primeira loja carioca (no Rio Sul) e essa vontade aumentou muito.

Sabemos que a loja virtual está sendo alvo de muitas críticas (e com razão!), então vamos focar na loja física, onde a experiência de compra é a mais tentadora possível.

Como todo mundo aqui sabe, a Jô é a doida das maquiagens e por sua vez (desde os 14 anos), a doida da Sephora. Nós estávamos conversando com algumas pessoas que questionaram o preço no Brasil e foi a partir daí que resolvemos seguir com nosso post.

No nosso bate papo pré post chegamos à conclusão que mesmo sendo bem mais barata lá fora, a Sephora não é uma loja de pechinchas em nenhum lugar do mundo. O preço é bom e, se compararmos com os preços praticados aqui, então, fica maravilhoso! Mas se formos parar pra pensar, pagar 40 reais em um lápis de olho ou R$60 em um blush nunca foi considerado o achado do ano, né?

Por mais que alguns produtos cheguem a custar o triplo do que é cobrado lá fora, nós achamos positivo ter a marca aqui no Brasil. Nós listamos os prós e contras e queremos saber se vocês concordam ou não!

Pontos positivos:

– Emergências: Um produto que você não vive sem acabou ou quebrou e você não “fez estoque”? Com a Sephora aqui, dá pra quebrar um galho uma vez ou outra. Nós sabemos que existem lojas online que vendem os mesmos produtos com preços bem mais em conta, mas vamos lembrar que não é todo mundo que confia nelas, muitas demoram pra chegar e ainda corre o risco de ter encomenda taxada na alfândega!

– Atendimento em português: Não é todo mundo que tem problemas com línguas estrangeiras, mas nem sempre é fácil falar sobre detalhes específicos de maquiagem ou cosméticos em outro idioma.

– Fomentar o mercado interno: Não sabemos se estamos sendo muito otimistas, mas acreditamos que com a chegada de várias marcas novas e já conceituadas no mercado, as marcas brasileiras vão ter que correr atrás de se tornarem mais interessantes, melhorarem ainda mais a qualidade e criarem diferenciais. Mais competição sempre é bem vinda no varejo.

– Experiência de compra na loja: Uma das coisas que mais amamos na Sephora de qualquer lugar do mundo é a liberdade que ela te dá. Você pode entrar, testar os produtos, conversar com a vendedora se precisar, escolher com calma e pagar, ou então anotar os produtos que você quer comprar lá fora!

– Maquiador na loja: Na Sephora daqui você marca um horário, paga R$200 e tem esse valor convertido em produtos. Assim você faz um super make na loja, experimenta novos produtos e ainda converte o valor em compras. Em muitos salões é bem mais caro e seu dinheiro some no minuto que você passa o demaquilante.

– Timing : As coleções são as mais atuais possíveis, o delay entre as lojas gringas e as daqui é de mais ou menos 15 dias pois precisa esperar o cadastro dos cosméticos na ANVISA (nós somos o único país do mundo que tem que fazer isso).

 Pontos negativos:

– Os preços: Realmente os preços de muitos produtos passam do dobro dos valores lá de fora, mas vale MUITO lembrar que a culpa não é exclusiva da Sephora. Nós moramos em um país com impostos de importação absurdos. Sem contar o ENORME custo de manter lojas gigantescas, treinar equipe e muitos outros fatores que acabam interferindo na precificação.

Sabemos que ainda não está tudo perfeito mas de qualquer maneira estamos muito felizes que a Sephora esteja por aqui. Seja para experimentar novos produtos ou comprar o que precisamos, é muito melhor ter a opção do que viver num lugar com uma oferta de produtos muito menor.

Sephora, seja bem-vinda ao Rio e à São Paulo! Nós estamos realmente felizes e tentadas com a sua chegada… Se quiser ouvir nosso pedido de Papai Noel, manda a BOBBI BROWN logo pra cá!

Pras cariocas curiosas, a partir de hoje a loja do Rio Sul estará aberta ao público e ouvimos rumores de que a loja do Village Mall abre semana que vem! :)

Gostou? Você pode gostar também desses!

25 Comentários

  • RESPONDER
    Anna Beatriz Friedl
    07.12.2012 às 11:16

    Tô pagando pra ver o atendimento… Aqui no Brasil é sempre préssimo! Espero que na Sephora não seja o mesmo!

    • RESPONDER
      Carla
      07.12.2012 às 12:52

      Anna, já fui na Sephora aqui de SP em dias normais e fui bem atendida! Claro que a loja não tava intacta como no dia que eu fui antes da inauguração, mas não tive o mesmo problema que já li em outros blogs, com loja suja, produtos faltando, etc!

    • RESPONDER
      Anna Beatriz Friedl
      07.12.2012 às 18:49

      Uhu! Vou dar um pulinho lá, então!
      Beijos!

    • RESPONDER
      Joana
      07.12.2012 às 20:22

      Anna Beatriz,
      Parece que a equipe foi treinada dois ou três meses por gente da equipe lá de fora e com quem eu conversei tudo me pareceu legal. Quero ver todo mundo sabendo falar dos produtos, isso vai fazer muita diferença, mas não duvido que isso va acontecer.
      Beijos

  • RESPONDER
    Renata Maia
    07.12.2012 às 11:46

    olha, não concordo muito não…

    “Sem contar o ENORME custo de manter lojas gigantescas, treinar equipe e muitos outros fatores que acabam interferindo na precificação.”

    Esse custo enorme de manter a loja, treinar equipes e outros, TODAS as outras Sephoras têm, e ainda sim elas têm preços mais baixos.
    O preço alto se justifica pelos nossos impostos. Agora discordo de alegar esse motivo para justificar a facada dos preços.

    Adoro o blog! Só não concordo nesse quesito, beijos!

    • RESPONDER
      Carla
      07.12.2012 às 12:48

      Renata, nós falamos dos enormes custos porque:
      1 – as lojas são sempre enormes, você não encontra um corner de 20m2 da Sephora. O ponto de uma loja desse tamanho é absurdo!
      2 – os produtos vendidos já não são baratos e não tem como baratear (caso de outras enormes como C&A, Marisa, etc, que usam tecidos mais baratos, mão de obra quase de graça, etc…td isso ajuda a gerar lucro pra loja sem que precise aumentar muito o preço do produto!)
      3 – os impostos já fazem com que o produto chegue no Brasil custando o dobro, mas pra manter tudo e ainda ter lucro, eles não têm outra opção além de encarecer os produtos.
      4 – outras lojas físicas de cosméticos/maquiagem vendem os produtos praticamente pelo mesmo preço com espaço muito menor, equipe de funcionários bem menor…enfim, não é que a sephora chegou no Brasil e virou a loja mais cara desse segmento, entende?

      Mas realmente, vc tem toda razão, em outros lugares no mundo a Sephora não é esse absurdo que é aqui, e realmente os principais vilões são os impostos. Mas não queríamos dar apenas essa explicação e fizemos questão de saber todos os motivos no dia da inauguração da Sephora do Rio Sul.

      Beijos e obrigada! Adoramos quando discordam da gente com educação! :)

    • RESPONDER
      Renata Maia
      07.12.2012 às 23:28

      sim, acho uó aquelas que não concordam e já chegam metendo o pau e chingando, nem pensam que quem lê pode se ofender!

      vocês que são queridas por responder a todas, até as leitoras que discordam! hehe por isso que sempre volto!
      bjsss

      • RESPONDER
        Joana
        08.12.2012 às 13:22

        Renata, a gente que ama ver gente concordando e discordando por aqui. Desde o momento que nós publicamos um texto aqui nos abrimos para uma troca de informação muito legal! <3
        Obrigada por voltar!

  • RESPONDER
    Juliana
    07.12.2012 às 13:24

    Meninas,

    Concordo absolutamente com tudo que disseram!! Também acho que os preços aqui, para quem tem a oportunidade de viajar pelo menos 1 vez por ano, não compensa nem um pouco. Mas é óbvio que é super válida para emergências,e..para quem não pode viajar!!

    Acho engraçado a facilidade com que as pessoas hoje em dia falam : “ah, mas pra comprar isso vale mais a pena viajar” ok, que atualmente não é mais TÃO caro quanto antes ir para os EUA por exemplo, mas na real, viajar SÓ para fazer compras tem que poder!! Vc vai gastar dinheiro com passagem,hospedagem,comida e outras compras!! Acho ótimo ter a loja aqui no Brasil para quem não tem essa oportunidade de viajar e fazer estoques e estoques de maquiagens, ter acesso a novidades e bons produtos, e ainda poder parcelar em 12x, o que para nós pode ser essencial e questão de sobrevivência, como um terracota por exemplo, pode ser o sonho de uma outra pessoa ter e significar o máximo do luxo para ela…Em tempos que já temos até Tiffany&Co e afins no RJ, porque não uma Sephora?

    Outro ponto, que eu pessoalmente, como super consumidora que sou e vocês tocaram é: Experiência de compra em loja! Gente!!! Eu ainda não consegui ser adepta de compras online, simplesmente porque eu AMO lojas que dão uma experiência de compra incrível, que mesmo vc comprando um esmalte sequer, sai de lá feliz da vida!!

    Enfim, ADOREI esse post super sincero, parabéns pela integridade do blog em tempos tão obscuros de opiniões na internet, principalmente em blogs voltados para beleza/moda.

    A Sephora, LOJA FÍSICA (pra mim a online não fez a menor diferença), veio para agregar em muito nosso comércio interno, e infelizmente o que nos resta é lutar para a diminuição das taxas e impostos de importação em produtos cosméticos, que é o único fato que nos separa do preço mais amigo das Sephora gringas.

    Beijos!!!

    • RESPONDER
      Joana
      07.12.2012 às 20:21

      Juliana,
      A Sephora online mudou quase nada pra mim, gosto de comprar uma make pela primeira vez na loja, experimentar, ver outras marcas e conversar com o vendedor. Essa chegada da Sephora fez sim diferença na minha vida! :)
      Que bom que gostou do post, adoramos seu coment!

  • RESPONDER
    Ale Garattoni
    07.12.2012 às 14:47

    Meninas,

    eu concordo com muitos pontos que vocês apresentaram e também acho ótimo termos acesso a mais marcas, ainda que nossos impostos de importação sejam indecentes. Mas, ainda que site e lojas sejam coisas quase distintas, é triste ver o que a empresa está fazendo com a marca “Sephora” no Brasil. Acho que nunca na vida vi um caos tão grande e um gerenciamento de crise tão nulo.

    Meu bode de toda a situação (nem mais a minha, que não era das mais graves, mas as outras que leio diariamente na fanpage deles e me impressionam) é tanto que acho que não quero mais comprar em nenhuma Sephora do mundo! Bodiei da marca, sabe?! Ok, vale dizer que nunca fui uma grande fã de fazer compras nela mesmo em viagens, prefiro as lojas de departamentos! Mas mesmo assim, agora tomei horror!!!

    • RESPONDER
      Nina Ribeiro
      07.12.2012 às 16:52

      Ale, não sabia dessa confusão. Depois que li seu comentário fui lá no facebook da marca ver o que estava acontecendo e posso dizer que eu estou chocada. Cho-ca-da. Já fiz muita gestão de crise em redes sociais e é impressionante que uma marca desse tamanho, com um marketing aparentemente super forte, erre tanto. O post “estamos recebendo muitas mensagens dos nossos fãs” é inacreditavelmente arrogante. Como deixaram fugir tanto do controle?
      Eu não sei qual foi seu problema com a marca, mas até eu que nunca tive nenhuma questão fiquei com um pé atrás com o e-commerce agora.
      Complicado…

      • RESPONDER
        Joana
        07.12.2012 às 20:19

        Faço minhas as palavras da Nina!
        Eu vi a Alessandra (minha amiga e vizinha) com o mesmo problema, fiquei chocada que não responderam ela.
        Acho que gerir crise não é fácil, mas se posicionar desta forma é pior.
        Não sei se isso é coisa da Sacks, mas sei lá, não me parece algo da postura da Sephora, que a gente vê no mundo… Pode ser uma inocência minha.
        Quero mto que eles revertam isso, vamos ver no que dá!

    • RESPONDER
      Carla
      07.12.2012 às 17:20

      Ale, depois que vc fez aquele post eu também passei a acompanhar e compartilho do seu choque. Realmente não dá pra entender como uma empresa grande cometa um erro primário desse. Como a Nina comentou, o post dos fãs é de uma extrema falta de timing, parece que a equipe é formada por estagiários, sabe? Seria muito mais digno dizer que errou e tá tentando consertar do que ficar nessa lenga lenga. Acho que apenas agora que eles tão começando a botar ordem e algumas pessoas estão sendo respondidas.

      Mas preferimos não falar da loja online porque é um post à parte, por isso linkamos vc! É uma pena que uma marca tão conceituada consiga cair no conceito de tanta gente por falta de gerenciamento de crise, algo que toda marca deveria ter, principalmente as grandes!

      Beijos! :)

    • RESPONDER
      Joana
      07.12.2012 às 20:25

      Ale,
      Estou tão chocada quanto você, desde que vi minha vizinha e vc falando as coisas no mesmo dia eu fiquei pasma.
      De verdade já não tinha vontade de comprar make muito cara sem experimentar, depois disso a vontade de usar o site caiu muito.
      Bjos

  • RESPONDER
    Nina Ribeiro
    07.12.2012 às 16:41

    Achei ótimo o post meninas! Os pontos positivos que vocês enumeraram são muito práticos e reais – tão difícil ver isso nos outros blogs. Eu ainda acrescentaria um ponto, que pra mim é o mais importante e talvez o mais abstrato… É maravilhosa a sensação de que muitos dos produtos e marcas que a gente curte estão, finalmente, a nosso alcance. Mesmo que estejamos sem dinheiro ou sem tempo de comprar, é bom saber que, se quiser/puder, eles estão ali. Comprou, usou. Sabem? ;)\
    Beijão!

    • RESPONDER
      Joana
      07.12.2012 às 20:13

      Eu sai de lá maravilhada com essa sensação Ni!Sentindo que cada vez mais moramos em um país do presente! Onde é fácil e simples comprar diversos objetos de desejos antes tão distantes!
      Beijão

    • RESPONDER
      Fernanda Bruno
      07.12.2012 às 22:30

      Concordo com vcs duas. Vcs lembram quando a gente era criança que o que trazíamos de fora, ou o que a amiguinha trazia era quase como atração turística? Aquela coisa bem provicinciana de `isso veio da metrópole`? hehehehhe

  • RESPONDER
    Fernanda Bruno
    07.12.2012 às 22:28

    Ah, eu achei uma delícia! É caro pra caramba, é, mas ninguém viaja de dois em dois meses e pra repor uma base de R$150,00. Se eu for pensar que essa mesma base é 30 dolares fico deprê, mas se pensar que ela vai durar pra caramba e que não tenho como comprar no momento, acho ótimo ter a opção. Lembro do meu passado adolescente viciada em maquiagem, com aquele dolarzinho básico de 4 x 1 e que era praticamente impossível comprar maquiagens aqui, tanto pelo preço, como por vir tudo desfalcado. Acho que o momento de pirar,surtar, sair comprando sombra roxa com brilhinho verde não é no Brasil, aqui é pra comprar o básico, mas pra mim dura horroreeeeeeessssss o meu básico…Por sinal, eu nem sabia que tava abrindo Sephora aqui e ia comprar no site uma base mineral da bareminerals ontem. Aí vi o post. Vcs viram se tem bareminerals na loja física? Se tiver, amanhã estarei lá =P hehehehehhehehe bjão

  • RESPONDER
    Elen
    09.12.2012 às 13:53

    Meninas, parabéns!!! Achei todos os pontos muito bem colocados.
    Não vejo a hora de conhecer a loja do Rio Sul. Como a minha próxima viagem só está marcada para o ano que vem, ter a loja física aqui quebrará um super galho para mim. Eu sei que os preços são #muitocarospratodavidasempre, mas deve-se lembrar que aqui podemos parcelar. Ainda teremos a oportunidade de testar o produto de verdade e não nos arriscarmos mais nas compras online. Eu sempre compro alguma coisa que não combina com o meu tom de pele e aí o barato acaba saindo caro. Algumas pessoas só gostam de ver o lado ruim das coisas, mas quem diria há alguns anos que teríamos tantas marcas bacanas vindo para o Brasil?!
    Enfim, adorei ter Sephora aqui. Me sinto morando em um lugar mais digno rs

    Beijos
    http://cariocascompulsivas.blogspot.com.br/2012/11/quanto-custa-delineador.html

    • RESPONDER
      Joana
      09.12.2012 às 21:31

      Por mais doido que seja eu senti um pouco disso na loja! hahaha

  • RESPONDER
    Nanda Nunes
    09.12.2012 às 18:24

    Oi Joana,
    Além dos impostos de importação serem altos, eles nem se comparam a quantidades de taxas portuárias e burocracia dos portos no Brasil. Para completar, a morodidade na liberação.
    Demurrage do container, armazenagem, taxa de sindicato, HTC, Capatazia, e mil outras taxas muito caras… Tudo é muito lento, demora, e claro que isso vai deixando o valor do produto cada vez mais caro.
    Muita gente joga a culpa só no II (Imposto de Importação) quando na verdade todo mundo é indiretamente roubado todos os dias nos portos.
    Para piorar, quando a empresa tem nome, os fiscais pegam mais pesado, demorando ainda mais pata liberar.
    Aliás, vcs sabiam que fiscal nem tem dia certo para trabalhar? Ele agenda a vistoria do CTR, não vai e fica dias sem aparcer. E sabe pq eles fazem isso? Pq eles cobram propina para liberar mais rápido. Isso mesmo, cobram propina deliberadamente.
    O buraco sobre pq as coisas chegam tão caro aqui no Brasil é muito mais em baixo. =(
    Beijos

    • RESPONDER
      Joana
      09.12.2012 às 21:29

      Nanda,
      Eu tinha uma LEVE ideia disso tudo, mas não sabia que ERA ASSIM.
      Pelo amor de Deus, quando será que vamos parar de dar esse jeitinho brasileiro em tudo e funcionar corretamente? Quem deveria fiscalizar isso?
      Por isso é tão importante saber em quem vai votar e falar em “voz alta” sobre essas coisas.
      É por essas e outras que é tão complicado recebermos marcas e serviços novos!
      Obrigada por contribuir tanto!
      Bjos

  • RESPONDER
    Pat Camargo
    10.12.2012 às 15:43

    não sabia desse opção do maquiador por R$200 , bom saber
    Quanto ao e commerce da marca, acho um absurdo a atitude e desorganização deles
    Beijos

  • RESPONDER
    Arieli Borges
    19.11.2013 às 13:54

    Boa tarde meninas!! estive nesse feriado lá no Rio e visitei a loja no Rio Sul, o atendimento foi perfeito, umas das vendedoras me cativou pela educação e vontade de atender, com ctz sempre que voltar quero ser atendida pela mesma vendedora!!

    bjkas

  • Deixe uma resposta