12 em Beleza/ Cabelo no dia 24.09.2012

Experiência Fructis: Bate papo, SPA e relaxamento no Hotel Fasano

Quinta-feira passada tive a oportunidade de participar de um evento super interessante. A FRUCTIS da Garnier (por sua vez da L’Oréal), montou um evento de um dia inteiro com o objetivo de contar as novidades do universo da marca para alguns blogs do Rio.

Nosso dia começou no prédio da L’Oréal aqui no Rio de Janeiro. Nós fomos bater um papo sobre FRUCTIS, conhecer mais sobre os produtos, as suas novas fórmulas e alguns detalhes importantes para a marca. Como eu amo o universo de cabelos e de branding posso dizer que amei participar dessa conversa.

Eu não usava a marca há muitos anos, mas sempre enxerguei nela uma identidade visual divertida (característica que me parece muito clara no seu lifestyle) e um cheiro muito característico (que muita gente ama). No bate papo os profissionais contaram que as fórmulas estão se renovando. Eu não sabia, mas o centro de pesquisas da L’Oréal é um só, ou seja, os profissionais que pesquisam para Fructis são os mesmos que pesquisam para as outras marcas de luxo do grupo.

Por sorte, o lançamento do momento era para O MEU TIPO DE CABELO, uma linha chamada LISO ABSOLUTO – Pós Química (eles tem outras duas: para lisos naturais e lisos de escova). Eu confesso que não estava familiarizada com o tamanho do mix de produtos, tem uma linha para cada tipo de fio. Parece que acontecem aproximadamente dois lançamentos por ano.

O cheiro continua sendo um ponto alto do produto e por isso nós tivemos uma aula de como as fragâncias são desenvolvidas e combinadas. Achei o assunto super interessante. Nós brincamos de advinhar alguns cheiros e foi bem divertido, uma pena que meu olfato não é mais o mesmo! #culpadarinite

O assunto que mais me interessou foi relacionado com a responsabilidade com o lixo, de como reciclá-lo e como fazer dele um negócio. Quem falou sobre isso foi um funcionário da Terracycle no Brasil que, junto com a Garnier, criaram um sistema sensacional de reciclagem de embalagens da categoria. Em breve vai ter postos de recolhimento de embalagens em alguns pontos de venda, e quem quiser participar, não tem custo nenhum. Só precisa se inscrever no site. Eu amei ver uma empresa de produtos de beleza vestindo a camisa da natureza.

Depois desse bate papo super rico sobre a marca, as fragâncias e a potencialidade do lixo se tornar um negócio, nós saímos da teoria e fomos experimentar os produtos na prática.

Almoçamos e depois fizemos check-in no Hotel Fasano e nos preparamos para os tratamentos do SPA, onde também experimentamos os produtos da Garnier. Eu pude usar o da linha nova por ter o cabelo quimicamente tratado. Depois de uma tarde de manicure, massagens, tratamento capilar e escova eu não tenho como negar que foi maravilhoso.

O produto é muito cheiroso e meu cabelo pareceu ter respondido super bem, ele ficou lindo com a escova. Como eu não deixei secar ao natural não tenho como avaliar totalmente o desempenho da linha Pós Química, não ainda. Vou deixar para testar em casa no dia-a-dia e depois eu conto o que achei.

Eu amei participar desse dia tão legal, ser paparicada e acordar no dia seguinte podendo curtir a piscina mais desejada da Cidade Maravilhosa não tem preço. Foi muito bom passar mais tempo com a minha amiga e roomate Gabi do Blog Starving e curtir as queridas Carla Lemos do Modices e Fabi do Amiga Chic.

É bem legal poder aprender mais sobre linhas de produtos de sucesso no mercado e abordar o assunto por aqui. Não é a toa que o mercado brasileiro é o primeiro no assunto de cabelos. Temos mulheres com todo tipo de fio e preocupadas muito em manter um cabelo bonito. Eu, que vivo cuidando das madeixas quimicamente tratadas fico muito feliz de ver que cada vez mais as pessoas estão se preocupando com a saúde dos cabelos.

Beijos

Gostou? Você pode gostar também desses!

12 Comentários

  • RESPONDER
    Publipost
    24.09.2012 às 21:15

    Publipost é bom avisar!

    • RESPONDER
      Joana
      24.09.2012 às 21:21

      Olá,
      Isso não é um publipost não.
      O que aconteceu foi um EVENTO que eu GOSTEI e quis contar sobre ele por aqui.
      Nós temos TODOS os publiposts tageados desde o primeiro que fizemos há mais de dois anos atrás.
      Todos ficam nesse link: f-utilidades.com/category/publi/
      Link aqui -> http://www.f-utilidades.com/category/publi/
      Esse post foi feito pois tivemos a oportunidade de ter o bate papo super interessante na L’Oréal e um dia de princesa que qualquer uma iria querer.
      Falamos na linha pois acreditamos no que ouvimos lá e gostamos de toda a experiência.
      Espero ter esclarecido.

      Beijos

  • RESPONDER
    Aninha
    25.09.2012 às 0:44

    Meninas deu uma vontade de conhecer o Fasano que vocês não tem ideia.
    Legal ver que a Garnier está melhorando as fórmulas de Garnier, no meu cabelo não era fácil acertar com a marca não. Vou ver se testo o liso normal.
    Beijos

  • RESPONDER
    Aline
    25.09.2012 às 8:26

    Meu cabelo também tem química, acho que vou testar também!
    Você testou algum leave-in da marca?

    • RESPONDER
      Joana
      26.09.2012 às 13:01

      Não sei Aline.
      Acho que não, usei máscara, shampoo e condicionador.
      Mas ele têm um creme para pentear.

      Beijos

  • RESPONDER
    Juliana
    25.09.2012 às 9:44

    Jo, confesso q eu tenho um pouco de preconceito c/ o Fructis.

    Há uns anos atrás eu resolvi testar e achei o cheiro forte demais e o resultado fraaaaco… eh até engraçado, várias amigas estavam apaixonadas e foi esse o motivo q me levou a testar tb. e eu fui a única que odiei! rsrs

    Bom saber que tá mudando a formula, vou tentar dar mais uma chance, qm sabe, neh?

    • RESPONDER
      Joana
      26.09.2012 às 12:59

      Eu acho que vale a pena Juliana!
      O ticket médio do produto permite faz com que valha o risco.
      O cheiro continua forte, mas eu curti. Ainda não usei no dia-a-dia, mas logo vou testar com olhos de blogueira investigativa.

      De qualquer maneira já ouvi que muitos produtos das linhas mais baratas de shampoo e condicionador são bem legais. Parece que a Niely tem um ótimo pós química (também vou experimentar) e a Elseve é uma boa opção.

      A única marca que minha profissional dos cabelos me proíbe é a Seda.

      Beijos

  • RESPONDER
    Fany
    25.09.2012 às 11:14

    Bom saber desses novos lançamentos. Claro que seu dia de princesa mereceu um post desses! Que luxo! Bjks,Fany

  • RESPONDER
    Tatiane
    25.09.2012 às 14:15

    Poxa meninas, com sinceridade estou chateada com vocês.
    Vocês fizeram um post lindo há um tempo atras falando sobre os cosméticos Cruelty Free…
    “VOCÊ PAGA COM DINHEIRO, ELES PAGAM COM A VIDA”
    E agora vocês “viram a casaca” a fazer propaganda para o grupo L’óreal, que é uma das empresas de cosméticos que menos se preocupam com os animais.
    Espero que vocês pelo menos sinalizem no post que essa marca não é cruelty free, assim evita que meninas comprem o que vocês indicam acreditando ter os mesmos “valores” que vocês.
    Desculpe, minha intenção não é ofender vocês e nem causar desconforto, só peço que pelo menos sinalizem que a marca não é cruelty free.
    Obrigada

    • RESPONDER
      Josi
      25.09.2012 às 17:18

      Pensei a mesma coisa quando vi a postagem.
      Concordo com vc.

    • RESPONDER
      Joana
      26.09.2012 às 12:57

      Olá Tatiane e Josi,

      Queria explicar algumas coisas do meu ponto de vista para vocês. Nós aqui nunca dissemos que não iríamos comprar produtos testados em animais. Nós fizemos um apelo para um consumo mais consciente, algo que entrasse na balança na decisão de compra. Talvez por isso a MAC tenha sido uma das nossas queridinhas durante anos. Infelizmente existem marcas e produtos que não conseguimos substituir à altura e nesses casos nós consumimos sim. Nunca nos posicionamos como um blog radical nesse sentido.

      Outra coisa que vale ressaltar é que eu anotei no meu caderno com detalhes da palestra que a GARNIER não testa produtos em animais. Estou tentando correr atrás de conferir se isso é verdade. Eles são uma empresa que afirma não ser verde só no nome e depois de aprender sobre o que eles estão fazendo com as embalagens para não prejudicar o meio ambiente eu acredito que possa ser verdade sim que eles não testam, de qualquer maneira vou descobrir isso e falo para vocês.

      A maioria das marcas QUE EU CONSUMO da L’Oréal não testa seus produtos em animais. O que uma pessoa me explicou uma vez é que quando eles elaboram comprimidos (a empresa tem marcas que fazem isso) eles são obrigados por leis a testar em animais. Eu estou correndo atrás para descobrir se isso é verdade também. Se for infelizmente todas as indústrias farmacêuticas do mundo fazem isso.

      Outra coisa que um funcionário me disse uma vez é que a L’Oréal é uma das empresas que investe em tecnologias para não testar produtos em animais.

      Nós não temos bode da empresa, afinal muitas marcas de qualidade que amamos foram compradas por ela. Quem lê o blog direto sabe que volta e meia falamos de produtos de marcas que estão no guarda-chuva deles. Nós compramos make-up da Dior, Lancôme e Maybeline por exemplo.

      Eu gostaria que na internet as pessoas tivessem mais responsabilidade sobre seu conteúdo. A gente lê num blog que a Lancôme testa seus produtos e a marca corre atrás para dizer que não o faz, se a marca afirma isso publicamente eu acredito.

      Agora vou correr atrás de certas informações que a gente ouve, mas não sabe de onde veio e para onde vai.

      Espero ter esclarecido nosso ponto de vista, afinal se você olhar com cuidado ao longo dos posts vai ver que não rolou um movimento de virar a casaca.

      Esperamos cada vez mais falar que marcas que amamos não testam seus produtos em animais, afinal acreditamos nesse caminho com menos crueldade para o futuro do mundo.

    • RESPONDER
      Tatiane
      27.09.2012 às 16:49

      Joana, sinto te informar que a maioria dessas empresas (Lancome, Maybeline e MAC) testam em animais. A Maybelline sempre testou…
      A MAC não testava e passou a testar, saiu da lista do PETA.
      Eu li uma reportagem (pena que não consigo me lembrar a onde) que afirmava que a Maybelline era a marca para fazer o “trabalho sujo” por todo grupo Loreal.
      Eu usava muitas dessas marcas, mas depois de pesquisar sobre os testes senti nojo de mim mesma por alimentar a minha vaidade às custas desses bichinhos.
      Eu entendo a sua postura, mas acredito que assim como vc tentou conscientizar as suas leitoras na postagem sobre os testes em animais, vc deveria ao menos informar se a empresa é ou não cruelty free.
      Evita que meninas confiem nos posts, e comprem os produtos acreditando que vcs são contra empresas que testam.
      Acredito que as mudanças podem ser graduais, e nem acho que vcs devem ser radicais. Mas acho que vcs deveriam evitar mal entendido.
      Mas uma vez não quero causar mal estar, gosto muito do f-utilidades, sempre leio e vou continuar a ler!

    Deixe uma resposta