0 em Colaboradores no dia 28.11.2010

(f)utilidades, Louboutin Girls e a História da Moda:

Mais uma vez (ao invés de sábado no Domigo) a Coluna da Bel Sant’Anna está no ar! Para quem quiser segui-la o twitter dela é esse aqui e o blog dela tá aqui ó Louboutin Girl:

A Roupa e seu Comprimento ao longo da História

Li esse mês uma frase muito interessante na Vogue que resolvi pesquisar mais afundo:comprimentos estão intimamente ligados ao contexto social. Acabei constatando que sim, essa é uma das curiosidades mais verdadeiras na moda. O que se tornou um assunto muito bacana para a nossa coluna sobre história da moda…

Vocês sabiam que foi apenas na década de 20 que a muher passou a mostrar os tornozelos? Essa era uma ousadia para a época!

As mulheres dos anos 20 queriam dançar, sair, se movimentar e quebraram paradigmas. A roupa do momento possui a cintura na altura do quadril e as saias até quase a altura do joelho. Esse “uniforme” durou anos até a Grande Crise de 29 onde a moda voltou a ser mais conservadora.

Na Segunda Guerra ocorre um racionamento de tecido e novamente o comprimento das saias diminui. Surge a saia-calça que era mais confortável e se adequava a nova realidade das mulheres (que precisaram trabalhar pesado enquanto os homens iam para o front).


Até que Christian Dior surge com o New Look e, as mulheres cansadas dos anos negros da guerra se jogam num modelito onde a saia era ampla (e aí, gasta-se tecido), a cintura fina e o top ajustado.


Nos anos 60 surge a minissaia pela mão de dois estilistas: Mary Quant e André Courrèges.

O comprimento longo se destaca em toda a década de 70 primeiro com os Hippies depois com as Halstonetes do Studio 54.


Vinte anos depois, o mídi se tornou o que era mais chique no momento. Os anos eram os noventa e o ícone do momento era Carolyn Basset.

Assistimos recentemente uma década cheia de curtos e justos. A moda refletiu nas mínis todo um comportamento novo das mulheres que desejavam se sentir mais jovens, transgressoras e sexies.


Começmos a viver um novo momento, uma nova década surge e em seu início é certo que a elegância e a feminilidade irão retornar com força total. Novamente, o mídi e o longo se tornarão foco da nossa atenção e desejo.


E mais uma vez, os comprimentos estarão ligados ao contexto social!

Gostou? Você pode gostar também desses!

Sem Comentários

Deixe uma resposta