Browsing Tag

Rio de Janeiro

5 em Brasil/ convite/ rio de janeiro/ Viagem no dia 02.06.2016

Grand Hyatt Rio: experiência com o pacote especial dia dos namorados

Já vivi muitas experiências legais por causa do blog, mas hoje vou contar de uma das mais especiais, daquelas que dão um gás para a gente trabalhar bastante e poder nos dar presentes assim para descansar e renovar as energias.

grand-hyatt-rio-1

grand-hyatt-rio-6

grand-hyatt-rio-1

Durante todos os anos em que namorei, vi o dia 12 de junho como uma época de sub aproveitamento de gastos. Eu sempre ganhei um presente caro, eu sempre dei presente caro e por fim eu ainda era convidada a jantar em algum restaurante, quase sempre também caro. No final, meu dia dos namorados era igual ao de todo mundo. Uma data comemorativa gostosa de se aproveitar, mas pouco memorável.

De uns anos para cá eu venho preferindo gastar meu dinheiro com experiência ao invés de coisas. Nesse contexto, há anos venho querendo “viver uma experiência” especial em algum hotel para comemorar o dia dos namorados ou aniversário de namoro. Isso não saía da minha cabeça. Os relacionamentos sérios passaram e eu nunca tive essa oportunidade.

Dessa vez o dia dos namorados cai em um fim de semana e todos têm um motivo a mais para prestar atenção na data. Eu, que vou estar aterrissando no Rio de Janeiro na noite do dia 12, tive a oportunidade de experimentar um pacote incrível e perfeito para esta data. Para melhorar tudo, achei o custo benefício dele melhor do que eu poderia imaginar. Sendo que vivi uma experiência daquelas que nunca vou esquecer. 

grand-hyatt-joana-0

Deu pra sentir o clima?

O GRAND HYATT do Rio é um resort urbano de frente para a praia, um hotel de luxo que é muito sofisticado, mas não pretensioso. Ele foi o cenário de dois dias que renderam chuvas de prints e mensagens no meu snapchat. Eu e meu “plus one”(beijo pro boy!), fomos para lá esperando passar um bom tempo juntos. A ideia era simples: curtir as experiências do hotel. Foi tão mais do que o esperado, superou todas as nossas expectativas, que já não eram baixas.

grand-hyatt-3

Quando cheguei no Grand Hyatt, no final da praia da Barra, as surpresas começaram: o hotel era bem maior do que eu esperava. O projeto arquitetônico é lindo,  não deve nada a qualquer grande hotel que conheci pelo mundo. Na verdade eu nem sabia que existia algo assim no Rio.

Quando chegamos no meu quarto eu não sabia nem o que dizer. A vista para a lagoa é linda, mas meu quarto tinha vista para o mar. Ficamos no 7º andar, na parte do Grand Club e a nossa suíte foi a 758, não vou esquecer porque adorei. Confesso que sou dessas.

nosso-quarto

grand-hyatt-4 grand-hyatt-3grand-hyatt-quarto grand-hyatt-rio-

Quem acompanhou no snapchat sabe que eu fiquei encantada. Conheci várias partes do hotel, inclusive a  Penthouse e seu closet estilo Sex and The City. Achei a academia sensacional (uma das melhores, se não a melhor de hotel que já vi), o spa é lindo, a piscina uma coisa e os restaurantes também (eles são abertos ao público, ou seja, quem quiser pode frequentar!)

Depois que nos trocamos fomos jantar no Tano. Nós experimentamos o menu dos namorados, que será servido nos jantares dos dias 11 e 12, e posso adiantar que foi das melhores comidas que pude provar nos últimos tempos aqui no Rio. Sem contar a proposta de pratos diferentes para ele e para ela, achei fofa a mistura que o chefe planejou. Eu já coloquei na minha cabeça que quero ir no Tano para um brunch ou para o menu a la carte, porque preciso saber se ele é tudo isso na rotina mesmo. Eu fiquei encantada com nosso jantar.

tano

restaurante-tano-4
restaurante-tano-1 restaurante-tano

Depois fomos curtir o quarto, a vista, a música do Spotify e eu ri muito com as mensagens que recebi no snapchat. Sério, as leitoras deste blog são as melhores. Todo mundo querendo saber do boy, do status do relacionamento e desejando as coisas mais fofas. O snap transforma tudo num perigo – mas até agora diria que um perigo bonitinho e cheio das boas energias! Hehehhe

De manhã acordamos, fomos tomar café de frente pra lagoa, morri de amores pela Müsle e comi uma tapioca deliciosa.

grand-hyatt-rio-5 grand-hyatt-rio-4

Assim que o tempo abriu corremos para curtir a piscina e ali poderíamos ter ficado a tarde toda.

grand-hyatt-rio-2

Entrou pra minha lista de piscinas preferidas do Rio

grand-hayatt-joana

No entanto, como a gente queria provar tudo, fomos no Cantô tomar as famosas caipis e provar os pratos que mais saem no restaurantes. Eu gostei tanto que terça-feira que vem já entra um post só falando dessa experiência.

caipirinha-canto

Drink especial do Cantô!

Depois curti mais um pouco o quarto, mas não deu tempo de tomar banho na linda banheira. Isso ficou para a próxima, já que tínhamos horário marcado na sala de casal do Atiaia Spa. A experiência toda foi um desbunde. Fizemos uma massagem em todo o corpo e outra no rosto. 1 hora e meia de puro relaxamento.

Essa experiência fica fora do pacote mais simples de dia dos namorados, ela pode ser comprada à parte ou pode servir de presente para qualquer casal que esteja no Rio de Janeiro. Aliás, eu preciso falar mais desse spa por aqui, quem acompanhou no snap viu que é coisa de outro mundo.

spa2

sala de spa de casal (com suíte para banho)

spa-1

sala de relaxamento do spa

Vamos ao que interessa?

O pacote especial de namorados conta com uma diária sendo quarto com upgrade pra vista do mar ou da lagoa, 2 drinks no Cantô, jantar no Tano (com uma garrafa de vinho ou espumante), café da manhã para dois e late check-out. Ou seja, podendo aproveitar da delicia que é a piscina, curtir a academia e tudo mais que for do seu gosto. O preço é U$ 259 obamas + taxas. 

Mesmo com o câmbio alto eu acho o valor bem honesto se você considerar o custo benefício. Uma troca de presentes bons e um jantar em um restaurante legal normalmente não sai por muito menos do que isso, pelo menos não quando o casal está podendo investir nessa data.

Acredito que experiências são mesmo a melhor maneira de comemorar e por isso indico de olhos fechados essa alternativa, o pacote mais em conta do Grand Hyatt:

Pacote especial de Namorados:

– Upgrade para Ocean ou Lagoon View garantido;
– Café da manhã para dois
– 2 Signature Drinks (Caipirinha Cantô) servidos no restaurante Cantô;
– Jantar especial para dois no Tano Cucina Italiana no dia 11 ou 12 de junho, com amuse bouche, entrada, prato principal, sobremesa e garrafa de vinho ou espumante.
– Late check-out às 18h;
– A tarifa possibilita o acúmulo de pontos no programa Gold Passport.

Valor a partir de USD 259 + taxas, para duas pessoas, entre 10 e 13 de junho (em apartamento Grand Room).

Telefone – (21) 3797 1234 ou para reservas 0800 880 1234
E-mail –  reservations.ghriodejaneiro@hyatt.com

Já fizeram a conta? Eu fiz e achei que vale muito a pena. Manda o boy suspender a compra do presente, junta o dele com o seu e se joga. O jantar já vai estar incluído! ;)

Beijos

banner-snap
Aos interessados pelo spa: Reservas são necessárias através dos telefones 21-3797-9566 ou 9565. E também, através do e-mail atiaia.reservations@hyatt.com Esta promoção é valida de 10 a 12 de junho.
5 em Brasil/ rio de janeiro/ Viagem no dia 17.05.2016

Trip tips: Rio de Janeiro e alguns dos restaurantes que recomendo em 2016

Não faço um post com os restaurantes legais que tenho ido no Rio de Janeiro há um bom tempo. Hoje vou acabar com esse jejum e vamos falar de lugares que abrem meu apetite na Cidade Maravilhosa.

Antes de eu trazer os clássicos, vou falar de algumas experiências que tive recentemente e contarei sobre 5 lugares que eu amei conhecer.

1. Para amantes de carne: Corrientes 348 na Marina da Glória

Quem me conhece sabe que restaurantes com vistas, onde posso caminhar depois e curtir um pouco o Rio de Janeiro são meu ponto fraco. Então, para mim, o Corrientes 348 da Marina da Glória é um presente para os cariocas que amam uma boa carne e uma boa pedida para turistas que queiram unir o útil (leia-se gostoso) ao agradável (leia-se local maravilhoso).

maria-da-gloriaO lugar é lindo, o clima do restaurante é ímpar e a comida é uma delicia. Só diria para prestar atenção nas filas, elas costumam ser bem grandes aos domingos, então, antes de mais nada eu recomendo chegar cedo.

Por que eu gosto de lá? Porque tudo é possível de ser partilhado, se você não exagerar no pedido, o custo benefício pode ser bem legal e a qualidade da carne é ótima.

Do que provei até hoje eu diria que os destaques são: as morcillas de entrada, o assado de tira é uma maravilha, o papatasso provençal é bem gostoso e a panqueca de doce de leite é maravilhosa. Eu amei tudo, vou voltar com certeza.

corrientes-348-marina-da-gloria-rio corrientes-348-marina-da-gloriaSó não me vejo mais indo à Barra comer na filial do shopping porque a experiência na Marina é bem mais carioca.

2. Para os que gostam de um brunch novaiorquino: Meza Bar

Eu conheço o Meza há muitos anos, pra mim, é de lá o melhor bolinho de risoto da cidade, drinks que prefiro nem comentar, sem falar no risoto de limão siciliano. Só que eu não conhecia o brunch que rola de 11 às 18:00 durante os sábados e domingos.

meza-1 meza-2Se você procura um super café da manhã não adianta ir lá. O Meza propõe um brunch no formato original, daqueles que a gente vai quando vai à Nova York. Com direito a várias comidinhas delicias, com um quê de sofisticação e por fim drinks, ou seja, pode beber sem medo.

brunch-no-mezaEu não sei nem por onde começar, provei o menu quase todo e gostei de tantas coisas que preciso voltar pra levar quem ainda não conhece. A proposta é boa pra encontros, amigas que querem matar a saudade e todo tipo de grupo que gosta de ficar bastante tempo num lugar comendo delícias com os mais variados toques.

meza-bar-brunchDestaque: você pode customizar de forma personalizada seu bloody mary ou seu espumante. Eu e a Amanda passamos umas 4 horas por lá durante uma tarde de sábado e a gente amou.

3. Para os entusiastas de hambúrguer: Comuna 

Todo mundo me mandava ir tomar uns drinks e encontrar pessoas descoladas na Comuna. Mas nas duas vezes que fui, o propósito era o mesmo: provar o hambúrguer que minhas amigas Nina e Liv haviam recomendado.

A photo posted by futilidades (@futilidades) on

Da primeira vez levei um grupo de meninas francesas que adoraram comer por lá. Recentemente queria apresentar o sanduíche pra um novo morador da cidade e fui novamente. Pedi dadinhos de tapioca de entrada e amei, só acho que como ela é bem servida e o hambúrguer é grande, vale mais a pena pedir quando for beber ou tiver mais gente pra dividir.

Tudo que comi lá foi muito gostoso, quero ir mais vezes e experimentar todo o cardápio, mas até o presente momento a Comuna tem pra mim o melhor hambúrguer do Rio. Eu não consigo provar outro, sou louca pelo que tem o pão de cerveja. A rua Sorocaba ganhou muitos pontos com esse bar, aliás, Botafogo está dando um show de lugares que valem a pena conhecer.

4. Para os amantes de uma experiência gastronômica: Formidable

O Formidable é mais um dos restaurantes do Artagão, eu que já fui apaixonada pelo Irajá, mas hoje só sou louca pelo bolo não estava esperando tanto, o que deixou tudo ainda mais surpreendente. O Leblon estava precisando mesmo de algo novo e tão bom.

A photo posted by futilidades (@futilidades) on

Fui jantar com uma amiga e um amigo, cada um de nós pediu um prato e acabamos comendo um do prato do outro e dando pro outro provar de novo e de novo o que escolhemos. Amamos o gnocchi, o pato e o boeuf bourguignon.

formidable formidable-2A experiência foi toda uma delicia e ao fazer esse post lembrei que tenho que repetir.

5. Para a turma dos vegetarianos e orgânicos: Verdin

Preciso fazer um post só pra falar quanto amo o .Org (restaurante da Barra), o Prana (que fica no Cosme Velho) e o Verdin (que fica no Leblon). Não sou fit, mas amo comer uma comida leve, de qualidade e com direito à toques de sofisticação com ingredientes da natureza. Nessa pegada eu amo quando tenho que almoçar meio rápido no Leblon, não há margem pra dúvida, eu vou feliz e sorridente no Verdin. 

A photo posted by futilidades (@futilidades) on

Amo a comida, o conceito e a pegada que é inspirada no que a gente vê rolando em NYC, mas de um jeito bem carioca. Não tem muito como explicar, só acho que tem que seguir no insta pra ficar de olho no menu e ir lá experimentar quando der.

Esses são lugares que eu definitivamente adoro. Fui, repeti e vou de novo, por isso achei que valia recomendar pra vocês. Quero ver se faço mais posts desse tipo de lugares aqui no Brasil!

Beijos

banner-snap

0 em rio de janeiro no dia 27.04.2016

Alerta carioca: Rio de Janeiro e o Clube do Samba (outra vez)!

Quem acompanha meu snapchat e redes sociais viu que no dia 11 vivi uma das experiências mais legais envolvendo o samba! Acompanhei as gravações de um projeto (na época secreto) que envolvia a gravação de um video onde ia rolar uma roda de samba com grandes nomes como Beth Carvalho, Diogo Nogueira e Martinho da Vila. Eles iam contar e cantar sobre o Clube do Samba, que aconteceu no Rio de Janeiro em 1979.

Para quem não sabe, estamos falando de um momento histórico na trajetória desse ritmo musical tão maravilhoso. O Clube do Samba era uma roda quinzenal que foi fundada pelo João Nogueira, criada para não deixar o samba morrer.

Ele é reconhecido como o maior movimento de resistência ao estrangeirismo na música e é bastante comum ouvir que se não fosse o Clube, o samba não estaria mais entre nós. A ideia era realmente não deixar o samba morrer ou acabar, muito menos cair na marginalidade (termo usado na época).

Tudo começou na casa do próprio João Nogueira, pai dessa coisa linda que é o Diogo. Ele morava no Méier e abriu suas portas para os sambistas de verdade.

Após 37 anos, a BOA resolveu aproveitar esse ano do centenário do samba para batucar mais uma homenagem à esse ritmo que pulsa no Rio de Janeiro até os dias de hoje, e durante 4 finais de semana, o Clube do Samba volta à vida.

clube-do-sambaComo vai funcionar? O evento será gratuito, democrático como o samba sempre foi. Vai acontecer num casarão no centro do Rio de Janeiro, com uma decoração feita com itens autênticos do Clube e réplicas inspiradas no acervo disponibilizado que farão parte do cenário da nova versão do reduto responsável por não deixar o samba morrer.

A partir do dia 30/04, a velha guarda do samba se encontrará com a nova geração e entusiastas para, juntos, festejarem a vida longa do ritmo que se tornou uma instituição. A curadoria do projeto é assinada por Nilcemar Nogueira, neta do Cartola.

Martinho da Vila será o anfitrião dos quatro sábados e como acontecia no salão de João Nogueira, os bambas estarão reunidos para tocar, falar e fazer samba.

Como participar? Se inscrevendo no site da Antartica. Quando a lista estiver fechada, o site vai abrir a lista para o final de semana seguinte. Aí é só espiar se você tem a agenda livre e se inscrever.

Eu vou estar lá feliz e contente neste dia 30. Desde o Batuque da Boa, que rolou em toda a cidade em novembro passado, a Antarctica tem convidado o (f)uti para participar das mais diferentes experiências ligadas ao samba. Fomos da roda de samba na rua ao camarote na Sapucaí, sem contar o privilégio que foi acompanhar as gravações que originaram o primeiro vídeo desse post! Nunca pensei que veria uma roda de samba como a do dia 11. Agora vocês podem imaginar a ansiedade que estou pro dia 30!

A video posted by futilidades (@futilidades) on

Hoje no snap postei o press kit com direito à cerveja Antarctica com rótulo de 1979 – é impressionante como eles sempre me ganham nesses pequenos detalhes. Querendo espiar tudo por lá é só adicionar: blogfutilidades.

Eu adoro cerveja, história, Rio de Janeiro e samba, então não nego que estou só ansiedade para sábado. Quem estiver por lá, favor me dar um oi, adoro conversar com vocês que ficam do outro lado. :)

banner-snap

o Futi adverte: menores de 18 anos não podem e não devem consumir bebidas alcóolicas em nenhuma situação