Browsing Tag

reflexões

3 em Autoestima/ Relacionamento no dia 09.08.2018

O medo de ser só!

Esse texto não deveria existir em 2018. Mas ele existe, e espero que seja uma gota em um oceano de informação que nos ajuda todos os dias a sermos pessoas melhores. A gente precisa parar de ter medo de ser sozinha.

Em um mundo onde existem métodos contraceptivos pra nos dar a liberdade de escolha se queremos ou não ter filhos, onde as mulheres estão a cada momento brigando pela sua independência financeira, seu lugar ao sol profissionalmente, sendo donas de seus corpos e vontades, muitas ainda acreditam que dependem do outro para ser felizes e caem na armadilha do “ruim com ele/a, pior sem ele/a”.

Muita gente ainda acha que não tem valor se não é amada e admirada romanticamente. Se não é objeto de interesse do outro. Muita gente se encanta com a ideia de ter alguém encantado por elas e, somado à alguma pressão externa (que ainda existe e ainda nos faz crer que precisamos de alguém ao nosso lado), algumas vezes acabamos caindo em relacionamentos em que nos contentamos com pouco (ou quase nada) apenas por medo de ficarmos sozinhas.

Todo mundo conhece alguém ou já se viu em uma situação onde a intensidade do comprometimento é diferente da outra parte, onde se sentia sozinha mesmo acompanhada, onde o/a parceiro/a te deixa em segundo plano, ou mesmo em segunda opção, no caso de se envolver com gente comprometida. E em nome do “ruim com ele/a, pior sem ele/a” vão se criando desculpas conformistas de “ah, depois que passa a paixão é assim mesmo”, “a convivência tem dessas coisas” e acham normal que seja assim. E conversam com outras pessoas e ouvem a mesma coisa, pra achar que é normal mesmo que seja dessa maneira. E em níveis piores, começam a duvidar de casais onde os dois vivem bem, parecem igualmente entregues a um mesmo sentimento de parceria e pensam “Duvido que sejam felizes assim mesmo”.

Pois trago notícias para vocês: se o seu relacionamento não está num nível “bom demais para ser verdade”, tem grandes chances de ele não ser suficiente. E por “bom demais para ser verdade” não falo de noites seguidas ardentes de sexo até o amanhecer toda semana, jantares românticos em restaurantes da moda, mil presentes e viagens incríveis a todo tempo. Isso é muito bom mesmo, pode (e deve) rolar na medida das possibilidades de cada um, mas o “bom demais pra ser verdade” mora nas coisas comuns do dia a dia. Na divisão de tarefas em casa, no comprometimento pelos mesmos objetivos, pelo apoio e suporte um do outro, por dar risada de situações comuns e ver romantismo também na pipoca e Netflix quando a grana está curta.

Se não for pra somar assim, nem se envolva. Não tenha medo de ficar sozinha. Use esse período para se descobrir como sua melhor companhia, ou até mesmo para se descobrir. Saber do que você realmente gosta, ampliar a sua visão do mundo, fazer coisas diferentes, conhecer pessoas diferentes (não necessariamente para se envolver romanticamente), sair da nossa bolha e ver que o mundo e bem maior e que somos sim, suficientes para nós mesmas. Pouco importa se aquela sua tia te acha uma “coitada” que não casou ou não namora ou que desfez uma união onde você não estava feliz. Analise comigo: seria mesmo você a “coitada” por estar indo atrás do que te faz feliz ou quem pensa que só somos felizes com alguém?

Não coloque em ninguém o controle e o peso da sua felicidade. Só você é capaz de se fazer feliz e realizada e isso é maravilhoso, já que depende única e exclusivamente de você! Só quando nos percebemos inteiras é que sabemos que merecemos mais da vida e das pessoas e finalmente estaremos prontas para encontrarmos alguém com quem dividir a vida, se assim quisermos. 

1 em Comportamento/ feminismo no dia 08.08.2018

Vamos falar sobre a sororidade de Kate Middleton?

Muito se falou sobre Meghan Markle, inclusive apontamos alguns motivos que fazem ela ser inspiradora antes mesmo dela abalar as estruturas do Palácio de Buckingham com o casamento do ano. Porém, hoje quero falar de Kate Middleton, que agora, 7 anos depois de casada, está desenvolvendo um papel totalmente diferente – mas totalmente incrível – nessa história de realeza.

De acordo com os sites por aí (são muitos, só se fala sobre isso), Kate foi quem deu o aval de amiga para que Harry fosse adiante e pedisse a mão de Meghan. A Duquesa de Cambridge e o cunhado são super amigos e muito próximos, o que já mostra que ela de fato deve ter uma certa sensatez notada por ele ao longo de todos esses anos que ela está na família.

giphy

Kate participou de eventos com Meghan coordenando cores de roupas, mostrando-se amigável, trazendo a futura cunhada pra perto. Essas mesmas fontes dizem que ela ajuda Meghan constantemente com os protocolos da família real, já que ambas eram plebéias antes de se casarem e têm experiências parecidas, embora suas histórias sejam diferentes.

kate-1

Kate, inclusive, sabe deixar Meghan brilhar em seu momento, não só porque já teve o dela, mas por ter a maturidade necessária para quem será um dia Rainha ao lado do marido e que já entende que é uma função de servitude muito mais do que ser servida (quem aí viu The Crown vai entender melhor. Inclusive, fica a dica!). Kate, além disso, vê vantagens em cima de todos estarem agora em cima de Meghan, e não apenas dela, pois agora ela tem com quem dividir os holofotes e, enquanto Meghan está fazendo isso, ela pode viver uma rotina discreta ao lado dos filhos, como ela gosta.

Se tudo isso de fato é verdadeiro, não saberemos. Se elas fazem boa parte disso a pedido da Coroa, muitas coisas, possivelmente. Porém, vamos ficar no lado bom e crer que isso seja verdade.

Se elas, que têm toda a exposição do mundo, o que poderia inflar seus egos e brigar por isso, não fazem, porque nós, simples plebéias, deveríamos fazer? Sim, estou vindo aqui com esse texto com um exemplo real (literalmente!) de sororidade para relembrar vocês de que temos que ser parceiras de outras mulheres sempre.

Em vez de brigarem por seu espaço – ou por mais espaço, já que no caso delas ele é claramente definido pela hierarquia da Coroa – elas escolheram se unir e se ajudar, dividindo essa tarefa que muitas vezes é mais árdua que prazeirosa. E isso pode acontecer com muitas de nós também, com nossos trabalhos e problemas pessoais.

Kate e Meghan escolheram se respeitar e entender o momento de cada uma aparecer e se retirar de cena, dividindo o peso da exposição, dividindo os questionamentos e o fardo dos cargos a elas atribuídos para tentarem viver uma vida dentro do normal para os padrões reais, claro.

Kate deu o primeiro passo abrindo a casa, a família e se colocando aberta para Meghan, como se esperaria de uma mulher segura de si, que sabe da sua importância como mulher, do seu papel na família. Elas são duas mulheres, batalhando pelo seu espaço socialmente, conciliando vida profissional e familiar, assim como todas nós.

Que elas possam servir de exemplo para que nos ajudemos mais, sejamos mais amigas de nossas amigas e possamos abrir espaço para sermos empáticas com outras mulheres.

2 em Autoestima/ Destaque/ Patrocinador no dia 06.08.2018

Ame Sua Natureza: a nossa festa de 2018 e a nova campanha de Bio Extratus

Esse fim de semana foi sobre realizar sonhos. Quando poderíamos sonhar com um fim de semana de atividades do #paposobreautoestima? Quando poderíamos imaginar que 70% das convidadas da festa estaria hospedada no hotel conosco desfrutando desse pacote? Quando poderíamos sonhar com tantas dinâmicas especiais reunindo mulheres incríveis de todo um país? Sem exageros, mas quando acabou o dia hoje, só conseguimos pensar que pareceu até mentira.

Se em 2017 resolvemos fazer duas festas na piscina para celebrar a diversidade de corpos, dessa vez sentimos aquela inquietação de tentar algo novo. Há alguns meses desenhamos todo um fim de semana de experiências offline que trouxessem um pouco de tudo do que falamos aqui no #paposobreautoestima. Entre uma dinâmica e outra, nós precisávamos celebrar com todas as mulheres convidadas em uma grande festa tudo que vivemos no último ano, por isso, embalamos no tema da campanha de 2018 de Bio Extratus: Ame sua natureza!

A campanha, que é a cara da marca e do papo, diz tudo que a empresa quer falar sobre autoestima e amor próprio neste ano de 2018, por isso, acreditamos que não poderia ter tema melhor para nossa festa e não poderia ser mais a nossa cara celebrar essa campanha junto com a Bio Extratus. Então, perguntamos pra marca…

festa-ame-sua-natureza

O que significa Amar Sua Natureza?

Amar Sua Natureza é aceitar quem você é, aprendendo a amar aquilo que há de mais verdadeiro na sua essência. Aprendendo a olhar com amor para suas qualidades e até mesmo acolhendo aquilo que te faz diferente, reconhecendo assim, o que há de único em você.

Amar a sua natureza tem a ver com achar novos filtros para o nosso olhar, conseguir enxergar além dos padrões de beleza que nos são impostos e buscar aquilo que há de mais verdadeiro em nós. Todas as naturezas têm seus valores e suas belezas particulares, muitas vezes só precisa enxergar novamente. Não importa a textura do seu cabelo, a cor dos seus olhos, de sua pele ou quantos quilos você pesa, buscar o que há de mais positivo em você vai muito além da aparência, está relacionado ao seu propósito na vida.

Amar sua natureza não significa não poder se transformar. Está tudo bem se você quiser mudar o que te incomoda. O importante é você se sentir bem e saber que pode escolher o que quiser, no entanto ajuda no processo que essa escolha seja consciente e feita para agradar ninguém além de si mesma.

Ame Sua Natureza é mostrar o que você tem de melhor, é te fortalecer para que você possa se enxergar mais autoconfiante e segura de si a ponto de críticas externas não te abalarem mais. Só você tem o poder de saber quem você é ou quem quer ser, suas atitudes são o que te definem, não o que os outros falam.

Então, não abra mão desse poder de definição, nem o entregue a outros. Confie em você e fique perto de quem estiver disposto a te apoiar, te ver crescer e te acolher como você é. Use esse poder a seu favor para se transformar na pessoa que você realmente quer ser!

Autoaceitação e amor próprio são ferramentas de revolução. Quando você se aceita, até o tamanho dos problemas mudam de dimensão. Em uma nova perspectiva o que antes parecia ser um desafio impossível de realizar se transforma em uma tarefa mais fácil de se executar. Você ganha energia e força para avançar na direção do que realmente quer para si mesma, com menos dúvidas e mais certezas.

Olhe para a natureza ao seu redor. Plantas, flores, animais… Você vê algum deles querendo deixar de ser o que é? A resposta é não. Na natureza ninguém abre mão da sua essência para agradar alguém, tudo simplesmente se permite ser como é, porque essa é a expressão mais verdadeira de si mesma.

Ame Sua Natureza é mais do que um manifesto de amor próprio, é um desejo profundo se conhecer e se acolher plenamente, valorizando tudo que há de melhor em você. Não há nada mais belo do que uma mulher verdadeiramente segura de si.

festa-3 festa-4 festa-5 festa-7 festa-6

Aproveitamos a decoração linda que a Elisa, da Luli Atelier de Festas, fez para embarcarmos numa história cheia de detalhes que demonstrassem todo cuidado que tivemos com o tema, com a Bio Extratus, com cada leitora e com a natureza do nosso projeto. No Papo sobre autoestima acreditamos na importância de cuidarmos de nós mesmas, buscando cada vez mais ter “autoconfiança” para sermos quem somos da forma mais genuína, chegando o mais perto possível da nossa essência, tentando nos desintoxicar com tantas mensagens que nos são passadas reiterando que precisamos ser outras pessoas para sermos aceitas. Nós não acreditamos nisso, cada dia que passa temos mais certeza de que não há mulher mais incrível ou bonita do que uma mulher autoconfiante. Nossa festa nos mostrou isso, cada mulher presente, feliz na sua própria pele deixou isso ainda mais claro pra nós.

Na nossa opinião, cuidar da nossa autoestima é necessário, pode até parecer que pra isso você precisa mudar seu corpo, sua imagem ou sua maneira de ser, mas no nosso ponto de vista isso é uma espécie de ilusão. Muitas vezes atender a um padrão de beleza ou comportamento nos leva a nos sentir mais confortável por conseguirmos uma espécie de aprovação externa, mas se formos reféns dessas transformações estaremos colocando peso demais em coisas de menor importância. Nossa autoestima não deve estar relacionada a tentarmos parecer outra pessoa ou a buscarmos atender a expectativa alheia, nossa autoestima tem a ver com acolhermos o lado bom e ruim de sermos que somos. Só seguras de sermos quem somos podemos de fato apreciar nossa natureza e desenvolver uma verdadeira autoestima. Isso transcende a beleza ou a imagem, isso é sobre coisas muito mais profundas.

festa-2 festa-ame-sua-natureza-2

Autoconfiança é o melhor sintoma de uma boa autoestima e chegar nessa sensação gostosa de ter segurança de ser quem si é tem tudo a ver com cuidar de si, do seu psicológico e emocional, além do físico. Cuidar da saúde como unidade nos permite embarcar numa jornada de autoconhecimento que nos leva a aplicar um olhar mais acolhedor e amoroso sobre nós mesmas e nossa própria história. Assim, mesmo mudando, conseguimos respeitar a natureza de sermos quem somos. Sem depositar todas as fichas da nossa autoestima em um único cofrinho, sem ser refém de um único procedimento que dê a sensação de sermos aceitas.

O melhor iluminador vem de dentro, tem a ver com conseguir apreciar o melhor de si, acolher o pior e conseguir entender que você pode mudar o que quiser, mas com a consciência de que nada disso define quem você é. Sem buscar ser outra pessoa. O que há de mais incrível em viver é sermos singulares, cada uma a sua maneira, respeitando a própria natureza, para assim cuidarmos de nós e do mundo porque nos amamos, não por nos odiarmos. É mais fácil exercer autocuidado ou cuidado com o meio ambiente quando há amor, então que a vida seja como foi a nossa festa, cheia de amor, primeiro próprio e depois o recíproco.

festa-9 festa6 festa-8 festa-10

Obrigada Bio Extratus por ter patrocinado essa experiência, estar com 100 leitoras engajadas de todo Brasil foi mesmo mágico, se somarmos tudo isso a campanha de AME SUA NATUREZA só podemos agradecer a oportunidade de sermos embaixadoras dessa marca.

Leia mais sobre a marca e suas embaixadoras no blog: Naturalmente bonita