Browsing Tag

NYFW

2 em Inspire-se!/ Moda/ Semanas da Moda no dia 17.09.2015

NYFW: Se inspirando nos detalhes da J.Crew

Se tem uma marca que eu fico de olho sempre, seja na semana de moda, no lançamento de um novo catálogo ou até mesmo no Pinterest, é a J.Crew.

Jenna Lyons, a diretora criativa, tem um olhar super interessante de combinações de cores, estampas e shapes que eu me imagino facilmente usando no dia a dia. Mas para mim, o que fecha com chave de ouro são os pequenos detalhes de styling que são super simples, super dia a dia e que sempre me fazem questionar o motivo de eu não ter pensado nessas coisas antes.

Sabe aquele truquezinho que você poderia tranquilamente usar na reunião de quarta ou em um almoço de domingo mas a pressa ou a preguiça não te deixam pensar muito? Tendo algumas ideias J. Crewianas semi prontas na cabeça já ajuda! Aliás, esse é o tipo de coisa que eu preciso me lembrar mais, já que eu sou a rainha de ficar com preguiça de pensar fora da caixinha quando se trata dos detalhes (isso porque eu amo reparar neles, vai entender, né?).

A apresentação da marca nesse NYFW foi hoje e já separei algumas dicas para ver se eu sigo em um futuro próximo!

jcrew1

Exemplo número 1, o lenço-colar. Tenho um certo preconceito com lencinho no pescoço, confesso. Sempre acho que remete a uniforme de comissária de bordo ou de secretária, o tipo de acessório que pode até ajudar a enfeitar um look, mas dificilmente é um atualizador. Esses dois exemplos me pareceram exceções.

No primeiro caso, o mix do xadrez com o listrado é o responsável pelo toque moderninho e passa aquela impressão que somos super entendidas de truques de styling. rs Já o segundo, todo enroladinho e preso de forma mais larguinha me lembrou mesmo um colar, por isso simpatizei. Ainda acho que se quiser levar a ideia do colar mais a fundo, prender um broche no nó do laço poderia ficar interessante!

jcew2

Outra ideia que achei o máximo, mas sei que não é exatamente uma novidade: fazer mix de estampas com o cinto! Sou super preguiçosa com esse acessório e não costumo dar o real valor que ele merece. Uso muito pouco e por isso só tenho os básicos e o mais ousado que eu tenho é um de oncinha. Ver esse tipo de imagem me faz morrer de vontade de me jogar em modelos diferentes! Esse conjuntinho com listra bicolor provavelmente seria um tédio sem o cinto xadrez, e quantos looks entediantes a gente não usa no dia a dia que poderiam ser resolvidos com um simples detalhe como esse?

jcrew3

Geralmente quando eu penso em misturar estampas, quase sempre vem à minha cabeça fazer coisas mais ousadas e misturar xadrez com listras, floral com onça, poás com xadrez, enfim. Estilos completamente diferentes unidos por contrastes ou por cores em comum. Talvez seja por isso que eu tenha gostado tanto dessa proposta cada um no seu quadrado que a J. Crew apresentou! Quero tentar para ver se é tão fácil quanto parece (algo me diz que não é)!

jcrew4

Sei que estamos entrando no verão, mas já guardei esse look na minha pastinha de inspiração atemporal, porque simplesmente PIREI nessa proposta! Não é só uma sobreposição de camadas, é de cores, de tons. Achei muito genial, delicado, inteligente e sutil! É o tipo de truque que olhando rápido ninguém dá nada, mas tem todo o seu valor!

jcrew5

Para fechar, duas verdadeiras ins-PIRA-ções, quer dizer, dois looks que não tenho ideia onde poderia usar, mas só sei que um dia quero tentar replicar. A ideia da camisa com a saia (toda de paetês, meu lado drag está gritando) na mesmíssima estampa, só mudando a saturação das cores é de querer sair usando agora – talvez não com uma saia de paetês, claro rs. Já o segundo look, que mistura não duas, nem três, mas QUATRO estampas totalmente diferentes é de bater palminhas de pé! Todas as regras de mix de estampas estão sendo quebradas e mesmo assim não é um look que dói os olhos de tanta informação e também não parece que ela se vestiu no escuro. Como não achar maravilhoso?

E quando eu acho que a moda está entrando em crise de identidade, é nessas horas que eu fico aliviada e vejo que ainda tem muita criatividade, muita inspiração e muitas possibilidades para serem exploradas! Me dá um alívio! rsrs

Qual das ideias vocês mais curtiram?

Beijos!

2 em Moda/ Semanas da Moda no dia 15.09.2015

NYFW: O Caribe é ali, na passarela da Tommy Hilfiger

Eu acho muito engraçado que a Tommy Hilfiger foi uma marca que foi muito presente durante toda a minha adolescência, mas não tem muita presença na minha vida adulta. Não sei se o fato de ter marcado muito uma época específica criou esse bloqueio em mim, só sei que tento dar chances, mas quase nunca dou a sorte de encontrar nas lojas algo que tenha a ver com meu estilo atual (mesma coisa com a Polo Ralph Lauren, por exemplo!).

Em compensação, se tem um motivo para a Tommy continuar presente na minha vida o nome dele é: semana de moda. É um dos poucos que eu procuro no Youtube para assistir e um dos que eu mais gostei de ter visto ao vivo quando fui para a NYFW em fevereiro do ano passado. Os cenários são sempre nababescos, ultra caprichados e dão o clima da coleção antes mesmo de qualquer modelo pisar na passarela. Ao vivo, essa sensação é potencializada à infinitésima potência, porque você literalmente se sente fazendo parte da encenação.

Clique da passarela feito pela Jô

Clique da passarela feito pela Jô

No ano passado eu pude ver o desfile de Outono/Inverno 2014 e o cenário, uma estação de esqui, estava super compatível com o clima de neve e graus negativos que a gente encontrava quando ia para a rua. Dessa vez, Tommy resolveu levar todo mundo para o Caribe, com direito a lagoa, deque, um barzinho, por do sol e tudo embalado por reggae. Diz a Jô – para me matar de inveja, é claro – que foi impressionante como essa combinação de elementos foi essencial!  Até vou botar o vídeo aqui, mas tenho plena consciência que ainda não inventaram uma forma de transmitir 1/100 do que costuma ser ao vivo:

Na verdade, eu fiz questão de escrever esse post no lugar da Jô porque eu queria muito falar sobre algumas peças desfiladas! Como quem costuma falar sobre moda por aqui soy yo, pedi a permissão porque vi muita coisa que já dá para ser usada agora mesmo!

nyfw-tommy-3 nyfw-tommy-1 nyfw-tommy-2

Os biquinis de crochê, por exemplo, voltaram discretamente no verão passado mas acho que vão brilhar de verdade agora, no final do ano. Vi algumas marcas brasileiras apostando nisso e achei interessante ver a versão gringa! Levando em conta que estamos numa fase mais ousada na moda praia, com recortes e shapes bem diferentes, também acho que o maiô todo trançado na barriga faria sucesso por aqui, vocês não acham?

nyfw-tommy-moda-praia

Aliás, alguém me atualiza por favor. O que tanto veem na Gigi Hadid? Acho ela a cara da Fergie e quando a vi desfilando, achei bem metidinha. Não sei se é caso do santo não bater, mas no vídeo senti uma vibe meio “estou me achando” que não curti também! 

Outro detalhe que me chamou a atenção: os sapatos! Eu to numa fase mais de tênis e slip ons, já contei pra vocês, então foi impossível ignorar as versões desfiladas. Os modelos brancos com detalhes coloridos são bem charmosos, e segundo a Jô, as sandálias estilo Birken com brincadeiras de estampas e texturas fizeram sucesso por lá. Não duvido, mas acho que elas são um pouco ousadas para mim! Vocês usariam?

nyfw-tommy-4

Eu AMO desfiles mais conceituais mas sou mais apegada aos que têm uma pegada mais comercial, confesso. Adoro sair da sala (ou clicar no X do Youtube, como foi o meu caso dessa vez rs) pensando em peças que podem ser incorporadas ao meu guarda roupas ou imaginando como adaptar ideias e propostas no meu dia a dia. E nesse caso, os desfiles da Tommy sempre rendem! A dúvida que fica é: será que chega nas lojas?

Beijos!

(que não está em NY, mas está acompanhando tudo de longe rs)

barra-futi-viagens-copa-air

2 em Beleza/ Make-up/ Moda/ Semanas da Moda no dia 15.09.2015

NYFW: Backstage do desfile Monique Lhuillier com a M.A.C.

Nessa NYFW eu programei com a MAC cosmetics de cobrir o backstage de 3 desfiles diferentes, de 3 marcas que eu adoro. Amanhã eu vou falar do backstage da Rachel Zoe e do Herve Leger no mesmo post, logo vocês vão entender por quê.

Agora é a vez do desfile da Monique Lhuillier, que sempre tem uma beleza que foge dos caminhos mais óbvios, e ainda que traga conceitos de tendências é sempre uma maquiagem mais jovial.

Esse é o desfile de primavera verão, ou seja? Peles iluminadas, leves e com um toque de frescor que não poderiam faltar. 

monique-llulhier-nyfw-5

E no caso da Monique Lhuillier, também não poderia faltar cor! Val Garland buscou se inspirar nos blocos de cores { de novo! :) }, uma estética bem dela, inclusive. Junto com o jogo de cores fortes blocadas, ela trouxe a ideia de um risco grosso para os olhos. Um delineado espesso e com uma cor só, azul turquesa ou verde bandeira, variando entre as modelos. Parte da inspiração era trazer um risco de “crayon” , daqueles que a gente fazia no primário, sabe?

monique-llulhier-nyfw-4

monique-llulhier-nyfw-2.jpg
De acordo com a Val, a gente está vivendo uma época em que gastamos muito tempo trabalhando cada detalhe na maquiagem, desde o contorno até a sobrancelha. O conceito da maquiadora para as estações mais quentes é escolher uma área para trabalhar mais – no caso dessa make, os olhos – e dar uma ideia de muita leveza e pouco produto nas outras áreas do rosto.

Eu imagino que o próximo passo vá ser mesmo voltar ao simples, afinal, esse ritual de maquiagem super trabalhosa de hoje em dia não deve durar para sempre. Aliás, na moda nada dura pra sempre mesmo, né?

Essas são algumas fotos que eu fiz da make:

monique-llulhier-nyfw-6 monique-llulhier-nyfw-1Eu AMEI esse look fresco e divertido. Ela contou que pensou em brincar com as outras cores da coleção, mas achou que essas duas bastariam, até porque, de acordo com ela, todas as peles vão bem com esse azul e verde. Pelo que eu vi das modelos prontas, sou obrigada a concordar.

monique-llulhier-nyfw-3

E quem quiser fazer um delineado “bold” desse na vida fora da passarela pode e deve apostar em cores. Para um visual mais discreto, a Val recomendou o lápis de olho. Para quem quer destacar bem essa área, ela recomendou a textura do potinho cremoso, mas também dá para fazer com a sombra em pó. Tudo depende da ocasião ou da textura que você gosta!

Ah, a base usada me deixou curiosíssima e merece um post à parte! Ela ainda não foi lançada mas vem chamando a atenção de muita gente desde o começo das semanas de moda internacionais. O nome dela é  “Studio Waterweight Foundation” e é perfeita para a proposta da pele leve e iluminada estilo “nasci assim, impecável”. Como o nome já diz, ela é bem líquida e eu ousaria dizer que é quase um sérum, tanto que a tampa vem com um conta gotas para aplicar o produto. E apesar de ter uma textura tão delicada, a cobertura me pareceu ser muito boa e zero artificial, como se ela criasse uma versão melhorada da sua pele. Sei que ela será lançada por agora, final de setembro/começo de outubro, mas ainda não estou sabendo quando chegará no Brasil. Vou descobrir e conto para vocês, porque achei que é o tipo de produto pra ficar de olho!

Eu não vou mentir que fiquei com muita vontade de fazer uma make super leve de verão e incorporar um risco desse bem grosso e reto, só não sei ainda qual cor eu colocaria. Em relação a tabu de cores, isso eu já venho perdendo há algum tempo, desde que comecei a apostar no delineado dourado ou até mesmo no lápis roxo! Fiquei com vontade de ver no que dá!

Pelo que eu entendi, temos que ficar de olho nessa alternativa de ter “apenas um elemento” muito trabalhado na maquiagem,  deixando todo o resto mais suave. Apesar de, nesse caso, o foco ter sido no olho , acho que dá para escolher e focar na boca, nas bochechas ou na área que você acha que te destaca mais.

E vocês, curtiram também?

Beijos