Browsing Tag

maquiagem

0 em Beleza/ Make-up no dia 15.05.2017

Bold is Beautiful e as sobrancelhas que ajudam

Mês passado nós tivemos uma reunião com as meninas da Benefit e elas nos contaram sobre o Bold is Beautiful, uma ação muito bacana da marca que acontece durante todo o mês de maio em diversos países (esse ano serão 17 envolvidos!).  Enquanto ficava sabendo mais sobre esse projeto, achei que tinha tão a ver com tudo que conversamos por aqui sobre autoestima e empoderamento feminino, que pedi todas as informações para contar aqui.

Sei que vai parecer um publi, mas não é (e a essa altura do campeonato, acho que vocês sabem que nunca fomos de esconder esse tipo de informação). Acho que parte do nosso lema é dar espaço e valorizar tudo aquilo que tem a ver com o nosso posicionamento e como nós conhecemos as meninas da assessoria e inclusive da Benefit (lembram o post da Mari?), acabamos conversando com frequência e quando surge alguma matéria que tem a ver com o que falamos por aqui, nós fazemos post!

Quem conhece a gente, sabe que nós adoramos a Bene (#íntimas) não só pela qualidade e durabilidade dos produtos mas também por causa dos valores da marca, que sempre prezou valorizar suas consumidoras exaltando o que elas têm de mais bonito. O lema, inclusive, nada tem a ver com maquiagem: “Sorrir é o melhor cosmético” (eu abri um sorrisinho quando descobri isso, muita coisa da comunicação da marca fez mais sentido depois dessa informação).

Foi pensando nesse lema que em 2015 a Benefit lançou o projeto Bold is Beautiful, onde no mês de Maio todo serviço de Design de Sobrancelhas feito no Brow Bar das lojas da marca têm sua venda totalmente revertida para instituições que visam empoderar mulheres pelo mundo através de cursos, treinamentos e consultorias de carreira.

Achei incrível a ideia de usar o carro chefe da marca como veículo de ajuda! Existem mil formas de levantar a autoestima através da maquiagem ou serviços de beleza, mas não podemos esquecer que o apoio e o empoderamento também são alavancas potentes.

É a primeira vez que essa ação acontecerá no Brasil e a instituição escolhida foi a Habitat para Humanidade Brasil. Além de desenvolver projetos e auxiliar na construção ou na melhoria de casas para moradores de comunidades (sendo que priorizam casas lideradas por mulheres), eles também promovem cursos e projetos como o “Mulheres construindo casas e reconstruindo vidas”, onde as moradoras da zona da mata pernambucana receberam ajuda não só para construir suas moradias como também foram capacitadas a participar ativamente das decisões políticas, entre outras coisas.

Para esse primeiro Bold is Beautiful brasileiro, a doação terá o intuito de ajudar a construir casas lideradas por mulheres na comunidade de Heliópolis, em São Paulo. E tem a ver com autoestima? Claro que tem! É só pensar o quanto ter um teto seguro, uma cama confortável ou até mesmo um banheiro decente influenciam na sua qualidade de vida. E viver bem em um ambiente protegido é um dos primeiros passos para começarmos a cuidar dos outros aspectos da nossa vida, inclusive a autoestima.

quando eu experimentei o brow bar da loja da Benefit no Shopping Higienópolis

Quem faz as sobrancelhas regularmente e quer unir duas coisas boas pode dar uma passada durante todo o mês de maio nessas lojas: Em SP na Sephora do Shopping Morumbi, Eldorado, Paulista e JK Iguatemi ou então nas boutiques da Benefit no Shopping Higienópolis ou no Iguatemi Campinas. No Rio, na Sephora do Rio Sul ou do Barra Shopping.

O serviço custa R$59 e todas as funcionárias foram treinadas pela Mariana Ishizaka, a expert de sobrancelhas da Benefit, ou seja, tá todo mundo em boas mãos. :)

0 em Autoestima/ Beleza/ Destaque/ Make-up no dia 20.03.2017

Um papo sobre sobrancelhas

Ao longo desses 7 anos de Futi eu já falei de alguns produtos para sobrancelhas. Poderia ter falado de mais coisas, não falei porque existem categorias de maquiagem que eu sou consumidora fiel, fico anos usando o mesmo e só procuro um substituto caso saia de linha ou eu tenha certeza que encontrei algo melhor. É assim com corretivo, com base e com produtos para preencher as sobrancelhas.

Por isso, essa semana estava de bobeira no Facebook e dei de cara com uma publicação da Mariana Ishizaka que fez meus olhos brilharem. A Mari é maquiadora e expert de sobrancelhas da Benefit – ou seja, ela entende bem desse assunto – e toda vez que a encontrei nos eventos, eu reparava na maquiagem dela, especialmente nessa área acima dos olhos, antes mesmo de saber que o foco dela era sobrancelhas! Acho que nunca parei para elogiá-la, mas aproveito para fazer aqui! rs

Enfim, voltando ao assunto, ela publicou uma série de vídeos usando três produtos da Benefit que eu ainda não conhecia: o Browvo, um primer condicionador; o Ka-Brow, um delineador em gel específico para sobrancelhas e o Gimme Brow, um gel volumizador.

 

Não resisti e comecei uma conversa com ela sobre sobrancelhas e eu amei algumas coisas que ela me contou sobre a relação dela com as suas sobrancelhas. Quis trazer para cá porque tem muito a ver com nosso papo! Agora me deem licença que vou dar a palavra pra Mari:

“Desde adolescente minhas sobrancelhas são meu dilema de beleza. Eu sentia que meu rosto ficava apagado sem as sobrancelhas e isso me incomodava muito. Eu fiz ballet muito tempo e foi nas apresentações que descobri essa coisa de maquiar sobrancelhas, para o rosto ficar mais expressivo no palco. No dia-a-dia eu era zero maquiagem, mas sempre dava um jeito de maquiar as sobrancelhas. Sem nenhuma técnica nem produtos bons, apenas usava um lápis nelas, todos os dias. Comecei a me sentir muito mais bonita com elas pintadas!

Eu simplesmente preenchia um pouco, da mesma maneira sempre. Acho que isso durou até uns 25 anos, quando eu comecei a me interessar por maquiagem mesmo. Nessa epoca eu era arquiteta e estava muito descontente com a profissão, então caçava hobbies para me sentir mais feliz. No Youtube descobri canais de maquiagem e comecei a assistir, fui pegando gosto e aprendendo técnicas até que em algum momento eu virei a amiga que fazia as sobrancelhas e a maquiagem da galera.

Em 2012 eu me formei no Liceu de Maquiagem fiquei trabalhando com make e arquitetura. Em janeiro de 2013 comecei a trabalhar na Benefit e estou até hoje! Com certeza uma das coisas que me fez querer trabalhar na Benefit foi o fato de que as sobrancelhas estão no DNA da marca. Me identifiquei muito e essa identificação com a Benefit me move no meu trabalho. Eu amo trabalhar com maquiagem, sobrancelhas e gente – pois 90% do meu tempo eu educo os vendedores das lojas da América do Sul. Minha principal função é treinamento, mas quando sobra um tempinho eu faço PR e eventos como Makeup & Brow Expert.

Na Benefit eu consegui entender mais a fundo essa minha coisa com sobrancelhas. Recebi muitos treinamentos de serviços de sobrancelhas (design e tintura) e maquiagem de sobrancelhas. Descobri a importância das sobrancelhas no rosto das pessoas (eu sabia que era importante mais não conseguia traduzir e perceber tudo) e como uma mulher pode ficar mais feliz e bonita só de dar um tapa nas sobrancelhas.

E também descobri que podemos explorar as sobrancelhas e estiliza-las de maneiras diferentes de acordo com a ocasião. Do mesmo jeito q não maquio os olhos do mesmo jeito sempre, não uso o mesmo batom, também não preciso maquiar as sobrancelhas da mesma maneira todo dia!

Antes era um pouco sem explicação pra mim, mas eu ficava mais confiante de sobrancelhas bem feitas. Depois eu comecei a ver que minhas amigas ficavam muito mais felizes e se sentiam mais bonitas depois que eu fazia as sobrancelhas delas. E hoje em dia é tudo bem claro e bem decodificado na minha cabeça a importância e o poder de transformação das sobrancelhas. É um privilégio trabalhar com sobrancelhas, maquiagem e mulheres, oferecendo ferramentas para elas se sentirem mais poderosas e bonitas…”

Alguém também usa as sobrancelhas para elevar a autoestima? Quem quiser seguir a Mari e ver mais dicas e novidades da Benefit, é só seguir o insta dela @marianaishizaka!

11 em Beleza/ Make-up no dia 12.12.2016

A saga do batom vermelho escuro!

Quando eu me mudei eu precisei me desfazer de muitas coisas, incluindo aí maquiagens. Na época eu nem me importei, estava muito mais preocupada e empolgada com todos os preparativos do que com cores que eu nem usava muito. Quando cheguei aqui, as mudanças foram tantas que eu não sabia fazer outra make além da básica. Eu passei a sair mais de dia e, além do calor que me bloqueava no quesito make, eu também não conseguia  usar nada mais pesado que um gloss transparente ou batom cor de boca (isso quando eu usava).

Agora chegou o frio e eu comecei a sentir falta das minhas maquiagens. Agora escurece as 4:30 da tarde, minhas roupas de inverno são basicamente pretas e eu passei a procurar meus batons. Usei e abusei dos batons líquidos da Vult (as cores 11 e 12 principalmente) mas comecei a querer outros. Na verdade, comecei uma saga à procura de um batom vermelho escuro.

Comecei pelas poucas cores que eu tinha trazido e percebi que a maioria dos meus batons são mais rosados estilo Rebel. Então, fui à procura, alguns que entraram para a minha lista foram:

vermelho

Cruella da NARS – Esse foi o primeiro que eu procurei quando comecei a saga, foi uma vendedora que me apresentou e de cara eu amei, ela acertou de primeira o que eu estava procurando e desde então ele virou meu vício. É em lápis, super fácil de passar, super pigmentado e uma cobertura muito boa. Só não passa no teste comes e bebes.

Mistletoe Amuse Bouche da Bite Beauty – Esse está na minha lista desde que eu vi no Temptalia há pouco tempo atrás. Apesar de ser batom (eu prefiro líquido ou lápis porque são mais fáceis de passar! rs) e não ter uma textura matte, ele é um vermelho escuro, sóbrio, chic e poderoso. Só tem 2 problemas: 1) Acho que não vende no Brasil 2) É edição limitada de Natal!

Batom Pandora da Pausa para Feminices – A Bruna sempre lança cores desejo com a Tracta, e enquanto eu passava o ano amando os tons nude que ela inventou deixei o Pandora passar, mas agora que eu vi é impossível desver. Vermelho fechado, poderoso e super democrático. O tipo de batom que é fácil comprar sem experimentar antes!

Wanted Red da Sephora – Eu já falei do batom da Sephora aqui no blog, tenho uma cor mais clara cuja durabilidade é incrível mas não tenho ideia como é seu desempenho em cores mais escuras. Esse Wanted Red é um daqueles batons vermelhos escuros que funcionam com todo mundo e definitivamente é meu próximo da lista!

Wicked da Lime Crime – Passei a prestar atenção nos batons líquidos da marca quando a Giuli disse que era um dos melhores no quesito durabilidade. Ainda não experimentei nenhum, mas já sei que essa é a cor que eu vou testar assim que tiver uma oportunidade.

Ruby Woo da MAC – Obvio que eu não podia terminar essa minha seleção sem citar o queridinho dos batons vermelhos. Por incrível que pareça eu nunca tive um, pulei do nude Hue diretamente pro escurão Diva e o meu meio termo da MAC foi o Craving e o Rebel. Pois bem, demorou mas chegou e só digo uma coisa: PRECISO.

Quais outros batons vermelhos poderosos vocês indicam?

Beijos!

banner-SNAP-ca