Browsing Tag

isotretinoína

284 em Beleza/ Comportamento/ Experiência/ pele no dia 15.07.2011

Roacutan: O tratamento de Acne que deu certo para minha pele!

Esses dias eu falei dos meus cuidados rotineiros com a pele nos dias de hoje! Falando no tema, resolvi voltar direto ao túnel do tempo e abordar a fase mais complicada que eu passei com minha pele!

Já faz um tempinho – desde que eu resolvi falar sobre isso no Twitter – que algumas leitoras pedem para que eu conte a minha experiência com a acne e com o Roacutan! Foram tempos difíceis na minha vida, tão complicados que talvez seja o tema mais complexo de compartilhar por aqui!

Antes de publicar o outro post, li essa matéria do Chique é Ser Inteligente que me fez querer mais ainda falar do tema ACNE!

Minha Acne em seu pior estágio parecia essa, mas eu não tirei muitas fotos na época.

Em 2004 eu comecei o ano de vestibular e 3º ano do colégio. Já naquele ano as espinhas começaram bem aos poucos.

De janeiro para julho minha pele foi pipocando como a de uma adolescente normal, de julho a setembro a pele foi ficando mais e mais cheia e espinhas – já não era normal – e de setembro para dezembro as mudanças foram ficando muito anormais!

Os meus 18 anos chegaram e minha juventude foi ficando comprometida! Com a pele toda estourada, inchada e deformada! Eu passei uma fase de problemas de saúde na família e foi impossível não ficar nervosa. Sendo assim, minha pele ficoue eu acabei engordando bastante! Foi um tempo bem complicado na minha casa, no meu vestibular e na minha vida!

O meu diagnóstico:  Acne!

No segundo semestre de 2004 minha pele começou a ficar tão complicada que as pessoas começaram a me indicar suas dermatologistas pela rua, dos conhecidos aos desconhecidos! Minha amiga Maureen me indicou a dela dizendo que havia sido a profissional que deu jeito na pele da Deborah Secco. Assim que cheguei em casa, conversei com minha mãe e optamos pela consulta com a Dra. Karla Assed!

Para nós, ela foi uma pessoa muito especial, já que ela comprou a briga do meu problema e lutou conosco contra minha acne e minhas alergias tópicas. Testamos cremes, gel e outros medicamentos mas eu tinha alergia à quase tudo. A Dra. Karla foi fundamental e salvou minha pele sempre, de 2004 para cá tudo que rola comigo tem que ser aprovado por ela. Inclusive pílula, vitaminas e afins!

Antes do final de 2004 já tinhamos certeza de que eu enfrentaria o temido medicamento Roacutan.


As fotos estão minis e péssimas, mas isso se deve a vergonha que eu tinha das câmeras naquela época. A parte crítica e feia da Acne não está registrada.

Desculpem mesmo pelas péssimas imagens do problema, elas foram escolhidas apenas para dar uma ideia do tamanho das espinhas e dos inchaços vermelhos no meu rosto, que eram muitos apesar de não ter fotos. As fotos não fazem jus ao que minha pele ficou!

O tempo do Roacutan:

Naquele final de ano, os meses passaram arrastados. Eu ia na Dermatologista com novos exames de sangue todo mês. Até meados de fevereiro a pele só piorou. Foram uns 4 meses horríveis, nem a make-up dava  jeito!

Depois de março, a maquiagem começava a cobrir melhor e eu comecei a correr atrás de emagrecer e sair daquele momento vestibular. Dos quase 7 meses de tratamento, 4 foram horríveis e 3 foram melhorando.

Durante os primeiros 4 meses eu era parada na rua por pessoas com pena da minha pele, às vezes eram dermatologistas, às vezes eram mulheres com dicas naturais para “puxar as espinhas para fora”. Fato é que entre novembro e dezembro daquele ano eu saí o mínimo possível de casa! Minhas amigas me visitavam muito e assim eu parava de pensar.

Essa foi a primeira vez que usei o Roacutan, além disso eu usava uma base com protetor da Dermage e evitava make pesada. De junho ou julho de 2005 à outubro de 2006 tudo ficou bem para minha pele e sem o remédio.

Roacutan novamente?

Em 2006 minha pele voltou a dar acne novamente, mas não daquela maneira que havia me deixado deformada antes. Eu tive muitas espinhas e não era para acontecer isso com quem havia tomado Roacutan. Sendo assim, eu tive que recomeçar o tratamento novamente! Dessa vez foi um pouco melhor, eu fiz o tratamento tomando pílula, o que fez a minha pele estourar menos. Achei que isso fez muita diferença para melhor, eu usei Dianne 35 na época e foi muito bom.
Na 2ª vez eu usei mais maquiagem. Apostei na base com protetor + pó + blush e tudo mais!

Minha vida ficou bem melhor ao sair na rua e foi bem mais fácil do que a primeira vez! Em março de 2007 acabei novamente o tratamento, que desta vez foi bancado pela Roche e me senti livre para sempre!

A partir daí os meus cuidados de pele foram redobrados!

Os efeitos colaterais do Roacutan:

O primeiro e mais incômodo para mim foi a BOCA RESSECADA. Era Bepantol para dormir e um lipbalm mais leve para sair na rua, isso salvou esse problema!

O cabelo ficou muito seco, o que não foi de todo ruim, aproveitei muito minhas escovas, só a ponta que ficava mais seca do que costume! Nesse caso eu apostava no leave-in SH-RD!


Tudo ficou seco, então hidratantes e lubrificantes diversos foram bem vindos!
Com o fim do tratamento tudo ficou normal!

O Saldo de tudo:

De fato, a primeira vez que usei o Roacutan foi super traumática, mas valeu a pena! Valeu tanto que enfrentei a segunda vez e cheguei na pele que tenho hoje. Obviamente ela é fruto de pouco sol, muitos produtos bons, marcas legais e muito tratamento rotineiro diário! Hoje vou de 6 em 6 meses na dermatologista e resolvo tudo com ela!

Acho importante ter uma boa dermatologista, que te atenda todos os dias em qualquer situação, que dê o apoio que um paciente de Roacutan precise! A Dra. Karla me deu todo o suporte necessário, me viu sempre que precisei e deu à mim e à minha mãe a confiança que precisávamos no tratamento!


Hoje tenho que fazer Peeling de Cristal para dar uma limpada melhor na minha pele, me livrar dos cravos. Quem sabe poderei fazer um Laser Fraxel no futuro para tirar minhas pequenas cicatrizes da Acne, que foram pequenas devido à todo cuidado que tive e do uso e abuso do protetor solar!

O momento mais difícil foi o ano de 2004, antes e depois de começar o tratamento, os primeiros meses do Roacutan onde de fato me paravam na rua como se eu fosse um “pequeno mostrinho”! Mas ficar como eu fiquei é raro, o normal é ser como foi na minha 2ª vez. Muito mais tranquilo e caprichando na make! Como vocês podem ver no vídeo da menina com acne!

Quem está passando por uma barra com problema de acne deve ver este vídeo do link! (que é inglês, mas o mais importante é o visual)

Beijos