Browsing Tag

cabelos

0 em Beleza/ Cabelo/ Patrocinador no dia 31.01.2017

O que era bom ficou melhor – e de madeira!

Em 2014 eu fui apresentada às escovas desembaraçantes da Michel Mercier, que são comerciadas pela Bio Extratus no Brasil e elas me surpreenderam muito positivamente. Infelizmente eu esqueci aquela minha rosa do post anterior na casa dos meus pais e fiquei alguns meses sem até que descobri que a Bio estava com outros modelos dessa escova além do tradicional, como o anti slip (para cabelos finos e normais) e a de madeira (cabelos finos, normais e espessos). Óbvio que pedi para a Jô trazer para mim quando ela veio em Setembro e estou usando a de madeira para cabelos finos desde então.

São 3 modelos e 3 cores: cabelos finos, normais e espessos. Para saber qual é a melhor escova para o seu cabelo, é só dar uma olhada nessa tabela aqui.

Até porque aqui em Nova York eu tenho mais uma questão problemática: vento encanado! Quem já veio para cá, principalmente no inverno, sabe que esse é um drama real. Quem tem cabelos finos, o drama pode virar um pesadelo porque o cabelo fica muito, muito embaraçado, formando verdadeiros bololôs (no meu caso, eles ficam localizados perto da nuca) que são chatos e difíceis de tirar e têm muito mais chances de quebrar os fios.

Aliás, a primeira vez que eu ouvi falar de escovas desembaraçantes foi justamente em um inverno aqui em NY, quando eu vim a trabalho no começo de 2014 e desabafei sobre esse “problema” em um almoço. Mas ainda prefiro as da Michel Mercier por causa do cabo, acho mais fácil de manusear, sabe?

Desde que eu comecei a usar essas escovas é nítido como os fios passaram a cair menos. Como eu cortei o cabelo em dezembro, também percebi que nesses quase 2 meses pós corte, as pontas duplas diminuíram consideravelmente. A Andreza Goulart fez um vídeo maravilhoso fazendo um teste que prova como você utiliza menos força para desembaraçar os cabelos com essas escovas da Michel Mercier que vale dar uma olhada.

Você pode ver, desejar e comprar as escovas de todos os modelos aqui. 

Se eu já gostava do modelo tradicional, a de madeira veio para me surpreender de vez. Apesar da tecnologia ser a mesma para todas – isso é, 428 cerdas de diferentes alturas e variações de diâmetros – achei que a de madeira tem uma vantagem bem boa: A tradicional (e a anti slip também) tem as cerdas em buracos separados enquanto a de madeira vem tudo junto, o que me deu a impressão de ser mais resistente e mais confortável na hora de massagear o couro cabeludo (um dos meus passatempos preferidos de fazer quando estou esperando dar o tempo de tirar a máscara de hidratação).

Além de também ser mais fina e mais leve que os outros modelos, outra característica interessante da escova de madeira é que ela é antiestática, ou seja, ainda dá uma maneirada no frizz. Ao mesmo tempo, acho que a tradicional ou anti slip são melhores para usar no banho, enfim, cada uma com sua vantagem!

Eu costumo usar em cabelo seco antes do banho ou então durante a hidratação, para massagear o couro cabeludo!

Eu, que sempre fui fã do pente largo, acabei encostando o bichinho no uso diário e realoquei ele na minha necessaire de viagens, já que é mais fácil de enfiar em qualquer lugar. Essas escovas são recomendadas para todos os tipos de cabelo – inclusive a Maraisa fez um video para as meninas de cabelos crespos – e se você quiser saber qual modelo de escova é melhor para você, eles têm uma tabela que te ajudará nessa decisão. A de madeira costuma ser R$119 e pode ser parcelada em até 10 x sem juros no site da Bio Extratus, mas eles estão com uma promoção em todas as escovas e ela agora sai por R$99,90!

Alguém já usou? O que achou?

 ——————————– isso é um do patrocinador e nós escolhemos o produto em questão <3 ———————————

 

4 em Beleza/ Cabelo/ Patrocinador no dia 25.01.2017

Cabelos: dois meses depois usando pós química!

Em novembro eu contei aqui do lançamento de Bio Extratus: a linha pós química de abacate e jojoba. Toda garota da minha geração deve lembrar da avó falando de fazer creme de abacate pro cabelo né? Então, eu tenho uma memória de tentar fazer na infância, mas não lembro o que se deu no dia. O que eu sei é que após fazer o post informando do lançamento em questão eu vim usando 2 meses seguidos (um pouco mais na verdade), até que semana passada a máscara ACABOU e eu achei que já estava na hora de eu fazer uma resenha aqui.

Para quem não sabe a Bio Extratus é patrocinadora da causa do Um Papo Sobre Autoestima em 2017 e nossa parceria, que perdura a anos, é muito livre. Tirando alguns posts para informar de lançamento a gente costuma escolher os temas, os produtos e tudo que vem parar por aqui. Em dois anos e meio eles cortaram uma frase de texto nosso, então dado que estamos vivendo a maior transparência de todas, os posts da Bio serão sempre posts que a gente vai escolher e contar sobre o que gosta da marca.

Eu podia dar meu assunto com a linha pós química por encerrado com o post da viagem de foz, mas a verdade é que não é bem assim. Eu amei tanto os produtos que não alternei. Até brinquei com eles que agora vai ficar complicado porque eu estava adorando força com pimenta, ai fui parar em pós química e ambos eu usei TUDO de shampoo e condicionador. Sério, é muito uso. Não sei qual vai ser a próxima linha que vou experimentar, mas como faço química imagino que não vou abandonar a linha de abacate. É muito perfeita pro meu cabelo, que nunca saiu tanto ao natural na vida, acho que faz anos que ele não secava ao ar livre direto como com essa linha.

O que é importante você saber sobre o meu cabelo? O meu fio não é tão fininho quanto o da Carla, então ele precisa de produtos um tico mais pesadinhos. Essa linha foi boa porque ela não me parece pesada pra ninguém, mas faz diferença pra mim, meu cabelo parece que recebeu uma linha perfeita pra ele.

Como eu vim usando? Lavando em dias alternados, secando naturalmente e em geral na seguinte ordem: shampoo, máscara, condicionador e leave-in. Nesses dois meses eu não parei um dia se quer de lavar com os produtos da linha, desde que voltei de Foz do Iguaçu só uso isso. Agora o leave-in eu usei muito na praia, na piscina, com a escova da Michel Mercier. Minhas amigas amaram a escova alias.

Sobre o finalizador: proteção restauradora: ele forma um escudo hidroprotetor sobre a fibra capilar. Auxilia na reposição de água e de nutrientes, completando o tratamento restaurador. Possui termoproteção e filtro solar, podendo ser utilizado para escovar, ou para secar os fios naturalmente.

Também usei o finalizador da linha na rotina, mas na hora de sair a noite ou buscar um cabelo mais poderosão eu usei o leave-in da linha resgate, que vai merecer um post só dele. Outra alternativa de finalização legal que eu fiz foi para cabelos em transição ou para me deixar na versão cacheada, com a linha de Tutano. Quem fez em mim foi a Nathalie Barros, mas sobre isso eu vou falar depois. Ambas as dicas rendem outros posts e trazem produtos de outras linhas.

Aplique sobre os cabelos úmidos e distribua ao longo das mechas, principalmente nas pontas e regiões mais danificadas. Não enxágue. Penteie normalmente.

Quem faz algum tipo de química: do loiro ao alisamento, do relaxamento a cor para esconder os fios brancos, pode pensar em experimentar a linha de abacate, jojoba e óleo de palma. Por mais que eu seja muito apaixonada em força com pimenta e veja o cabelo da Carol (minha melhor amiga) crescer horrores com a linha, acho que a pós química foi até hoje a linha mais perfeita pro meu cabelo. Vamos aguardar os lançamentos desse ano e seguir fazendo algumas alternâncias que são boas pro fio, mas sem dúvida eu recomendo essa linha pra quem tem química.

A Bio Extratus buscou inspiração em uma tradição da cultura popular brasileira e uniu a potência hidratante do abacate e da jojoba para criar uma linha que restaura e protege seus fios dos danos.

Dessa linha eu já recebi todo um segundo round e um destaque especial é a bomba de hidratação, uma manteiga de abacate que sério. Fez milagre nos fios duas das vezes que usei, estou guardando o meu terceiro sachê para um dia especial. Meu cabelo ficou cheiroso, macio e bonito.

Manteira de abacate: Tratamento de choque! Restaura e nutre os fios profundamente, protegendo a camada externa da fibra capilar. Oferece um condicionamento imediato, com apenas 60 segundos. Pode ser utilizado, inclusive, logo depois da química.

Eu acho que preciso providenciar mais desse sachê, porque realmente fez diferença nesses dias de verão.

Que eu nunca fui tão feliz com meu cabelo todo mundo vem notando, mas acho que também nunca tive uma vida tão prática com ele, isso tudo influi diretamente na minha autoestima e me deixa mais segura. As vezes você não precisa gastar mais, criar necessidades, só precisa acertar os produtos e aprender a cuidar. Eu to cada dia mais nessa fase e estou amando poder compartilhar com vocês

Beijos

1 em Beleza/ Cabelo/ Destaque/ pele no dia 09.01.2017

De fora para dentro: o que mudo fora que reverbera dentro!

Engraçado como quando eu ficava presa na briga com a balança eu mal parava para ver o resto. O cabelo estava quase sempre igual, a pele era bem cuidada na medida do possível, a cara de cansada me desanimava a ousar na maquiagem e a sobrancelha não parecia ornar tanto, não era a moldura do meu rosto que eu queria ter, mas nada mais importava: a beleza viria quando baixasse o ponteiro da balança! Aham, senta lá Cláudia!

Os anos foram passando e eu fui relaxando e ganhando confiança. Aos poucos fui deixando aquele sentimento de inadequação com o peso de lado e olhando para todo o resto que eu tinha e passei a buscar mudanças que me faziam sentir mais bonita. Fui largando aquela ideia de atingir uma perfeição, de atender a um padrão de beleza do outro e fui vendo o que genuinamente combinava comigo, o que eu queria mudar em mim mesma.

As primeiras respostas? A olheira, a cara de cansada me dava um desanimo que eu não gostava. Depois descobri que eu queria fazer a sobrancelha de um jeito que ela combinasse mais com meu rosto, me desse um olhar diferente, que retratasse mais a minha personalidade e por fim resolvi mudar o cabelo, passar a fazer uma química mais light, cuidar bem com produtos de muita qualidade para enfim poder mexer na cor e iluminar os fios.

Acredito que a gente se enfeitar e se cuidar para se sentir mais bonita é bem legal, é o máximo na verdade. Eu proponho antes de mais nada a busca por um senso crítico pessoal para entender a real motivação que te leva a querer mudar, para entender se aquilo de fato vai te colocar pra cima por que se for? Tá tudo bem. Você é dona do seu corpo e pode fazer o que quiser com ele. 

Eu quero mudar apenas onde o MEU calo aperta. Alterando apenas o que ME INCOMODA, enquanto me incomoda. Cada mulher vai saber de si, mas nesse post eu resolvi compartilhar as 3 coisas que fazem muita diferença para mim. Para você pode ser fazer crossfit, correr a maratona, comer alimentos específicos ou até mesmo fazer ou não química nos cabelos. Desde que seja o que você quer e não uma correção para atender a expectativa de uma mãe que marca em cima, de um namorado fit ou qualquer coisa do tipo.

PREENCHIMENTO DA OLHEIRA

antes em 2014 | antes em dezembro de 2016 | depois do mesmo dia

 

A primeira coisa que eu amei mudar na minha vida foi o preenchimento. Eu me senti tão mais confortável com o olhar descansado. Foi talvez a coisa mais marcante que eu já fiz. A primeira vez foi em 2014, o produto durou muito em mim e como eu engordei, acabei precisando menos. O ácido hialurônico ganhou meu respeito nessa hora.

O primeiro resultado está nesse post aqui, de agosto de 2014.  O segundo resultado é esse do post de hoje:
Dessa vez não aplicamos exatamente no mesmo lugar, mas o resultado ficou ótimo, bem como eu queria. Anos depois e eu continuo adorando.

Alias, eu gosto muito de todos as aplicações de toxina botulínica e ácido hialurônico que já fiz. Podem falar o que for, mas eu me sinto muito melhor, me faz bem, é eficaz e sutil (graças a competência da Dra Vanessa Metz obviamente).

MICROPIGMENTAÇÃO DA SOBRANCELHA

Como já contei aqui, a micropigmentação da minha sobrancelha é algo que mudou minha vida, tanto a micro quanto fazer a sobrancelha com a pessoa que melhor externou minha personalidade através dela.

Não importava o quanto me dissessem que homens gostavam de sobrancelhas finas, eu sempre tive PAVOR. Sempre gostei de limpar de deixar ela no formato natural, até que Monica Pias começou a cuidar dela e fez ajustes finos no formato. Meu Deus, como eu adorei, mais de ano depois eu fiz a micropigmentação (já confiava na Monica pra isso) e não me arrependi. Tanto que já fiz mais uma no ano seguinte e esse ano farei de novo quando a hora chegar.

Tem post só sobre a micro aqui, mas muitas das minhas amigas só fazem a sobrancelha com a Monica e amam. Outras fazem a micro e eu e minha mãe fazemos as duas coisas.

MUDAR A COR DO CABELO

A mais simples das mudanças e a mais incrível ao mesmo tempo. Desde que mudei minha química para uma escova chamada Definity Selant (to numa fase fazendo só a raiz), meu cabelo ficou mais forte, mais cheio, movimentado e por sua vez mais preparado para mudanças. Por isso tomei coragem e pedi para a Victoria, que corta meu cabelo há mais de 10 anos, fazer minhas luzes. Desde então já fiz 3 vezes e acho que assim como os acontecimentos citados acima, mudou minha vida.

Eu AMEI meu cabelo iluminado, acho que nasci assim e acredito que vou ficar um bom tempo sem usar ele todo preto, se bobear vai ser assim pra sempre. Prezo muito pela saúde da Victoria <3, porque além de todo amor, sem ela eu acho que não mexo na cor, não, assim como sem Jussara não faço química! #vidalonga pra elas

A primeira vez que eu fiz virou post aqui, hoje to muito mais iluminada! rs

—–

Não gosto da ideia de mudanças corretivas para atender ao padrão. A vida inteira me disseram que meu nariz era muito bruto, que ele era feio, pouco feminino (?), hoje eu só penso: que sorte a minha que não tive coragem de operar. Eu genuinamente acho que ele faz parte de quem eu sou agora, gosto dele, acho cheio de personalidade e o que mais tem é surra de foto de perfil, coisa que seria impossível nos meus 15 anos.

No entanto também não quero me tornar contra mudanças fora que inspiram felicidade, bem estar e autoestima dentro. Acredito que hoje sou a favor de algo que você muda fora e te dá muita força dentro. No meu caso, não atendo aos padrões da balança, mas adoro ajustar a forma de me vestir, fazer uma super maquiagem, um cabelo arrumado (mesmo que pra parecer bagunçado) ou mesmo ver minhas olheiras preenchidas. Só eu sei a felicidade que foi ver que eu sorria e já não parecia tão cansada. Foi fora, mas reverberou dentro. 

A meu ver o sinal de alerta tem que ser acendido quando você opera o nariz e sua relação com ele não muda, quando você mudou o sorriso e agora quer mudar a bochecha, quando você mal mudou uma coisa e tá querendo mudar outra. Porque nessa você pode estar procurando não fazer pequenas mudanças pra te levantar e sim mudanças para te deixar perfeita. Aí a busca pela beleza pode custar caro e você mergulhar num poço sem fundo. 

Hoje antes de qualquer procedimento ou pensamento que envolva uma mudança eu penso:
 para quem? por que? qual o objetivo? é necessário? vai fazer diferença?

Eu só opto por mudar algo em mim se a resposta começar com: é para mim, para eu me sentir melhor comigo.  Não contando com a expectativa de um cara me achar mais bonita, de um cliente querer me contratar depois ou mesmo de uma amiga achar que eu fiquei mais gata. Tem que ser por mim, pra mim, para minha relação com meu reflexo no espelho. Jamais colocando em risco minha saúde mental e física. 

No meu caso, como Joana, essas são as 3 mudanças físicas que fazem sentir mais bonita, mais segura e ajudam a segurar a minha autoestima e autoimagem do jeitinho que eu quero.

Beijos

< Todos os profissionais citados nesse post são parceiros do blog, no entanto se não fossem eu estaria indo neles da mesma forma, a maior prova disso é que minha mãe vai também vai nas 3 pessoas e paga por seus serviços, assim como boa parte das minhas melhores amigas. Eu jamais deixaria minha imagem e parte relevante da minha autoestima nas mãos de profissionais que eu não confiasse. >