Você está navegando na categoria: "Viagem"

22
mar
2015

Trip tips: a capa de mala do futilidades!

parceria, Viagem

Finalmente vamos contar para vocês sobre um projeto super delicia que envolve o trip tips! Para quem não sabe, esse é o nome da nossa coluna de viagem que já tem mais de 5 anos, mas desde o ano passado estamos turbinando mais e mais essa e a ideia é que ela só cresça.

Além das dicas de destinos, nós já falamos sobre planejar viagens, como escolher hotéis ou mesmo bons sites de comprar passagem. Tudo que envolve o universo do viajante pode dar o ar da graça no trip tips, inclusive acessórios bonitos e úteis como o de hoje.

Vamos começar do começo? Nós fomos convidadas para desenharmos uma capa de mala super especial, icônica, perfeita para proteger sua mala e identificá-la.

E para quê serve uma capa de mala? Primeiro de tudo, para proteger sua mala dos arranhões e maus tratos que elas podem sofrer desde que botamos ela no balcão do check in até a hora de pegarmos na esteira. Depois, para identificá-la mais facilmente, evitando assim “sequestros sem intenção” como nós duas já vivemos. Por último, andar estilosa pelo aeroporto! rsrs

Recebemos o convite da Trippy, para juntos desenvolvermos uma estampa exclusiva do (f)uti e foi impossível não aceitar de cara! Eles são fera no segmento e super dedicados. Antes da marca ser criada, eles testaram os mais diferentes materiais, já que a ideia era arrumar uma lycra de excelente qualidade, que pudesse ser esticada, lavada e que protegesse mesmo.

Mala é um item caro e isso faz com que precisemos nos preocupar um pouco mais em protegê-las, afinal, elas foram feitas para durar bastante e não custa nada ajudarmos a conservar.

E por que amamos esse projeto? Por que vimos através dele uma forma de passar adiante nossa paixão por viajar, e acho que conseguimos.

O processo de criação foi super legal e feito pela Ca! Ela desenhou 3 estampas (que modéstia à parte, eu gostei de todas! rs) mas tivemos que escolher uma para começar e ver se vocês iriam curtir essa ideia tanto quanto a gente!

mala-futilidades1

É super fácil vestir a mala com a capa :)

mala-futilidades-2

Essa mala é a Roncato Uno Zsl tamanho G da Jô

 Detalhe: nós amamos essa estampa, mas ela não foi nossa preferida! Estamos doidas para que essa primeira tentativa seja um sucesso, para já botarmos a segunda para jogo! :)

A primeira remessa da nossa capa ficou pronta, primeiramente no tamanho G. Achamos que esse acaba sendo o tamanho mais útil para malas que a gente despacha. Dependendo da demanda podemos pedir a M para a galera da Trippy.

Ficamos super felizes com a repercussão que nossa mala teve no insta! Foi muito legal saber que muita gente gostou tanto quanto a gente do resultado final.

Quem gostou da ideia pode comprar no site da Trippy. Ela custa R$99 e dura bastante. Como dissemos antes é fácil de lavar.

Ela fez o maior sucesso no aeroporto e como nossa vontade viajar não é passageira, nós ainda vamos passear muito com ela por aí!

13
mar
2015

Trip tips: Escarpas do Lago em MG

Brasil, Viagem

Hoje vou fazer um trip tips diferente, para apresentar um lugar que muita gente do Rio e arredores provavelmente nunca ouviu falar. Até algum tempo atrás, eu também não tinha. Na verdade, até alguns anos atrás eu não conhecia nada no Brasil, minha família só tinha a cultura de ir para fora ou para Búzios, Itaipava, Mauá. Foi com minhas pernas, dinheiro e amigas que moram nos mais diferentes lugares que comecei a viajar pelo país.

E de onde vou falar hoje? De um “balneário” nada óbvio que fica em Minas Gerais.

VISTA-

No último ano fui duas vezes para um lugar conhecido como Escarpas do Lago. Na prática, esse é o nome de um condomínio/clube/hotel que fica numa cidade mineira chamada Captólio. O lugar é muito frequentado por pessoas de Belo Horizonte e Riberão Preto, inclusive são os aeroportos com voos comerciais mais próximos, pelo que eu entendi.

Eu fui uma vez de avião via BH e outra de carro, no carnaval desse ano. De avião eu cheguei, almocei com os amigos e peguei a estrada. Levamos mais ou menos o mesmo tempo que do Rio a Búzios. No carnaval eu precisava voltar antes e ter um carro conosco acabou sendo fundamental, por isso, eu e o namorado resolvemos encarar a “road trip” e pegar os 600km de estrada (8:30 horas na ida e 10 horas na volta, ambas com parada). Já que iríamos ficar 6 noites e 5 dias inteiros lá, achamos que valia a pena.

Ir do Rio para Escarpas não é mole, nem de uma forma nem de outra. Realmente é um lugar “escondidinho” mas nós sabíamos que as companhias e o lugar fariam valer os quilômetros rodados.

FOTO-REPRESAA

Como funciona tudo? Existe uma represa enorme de Furnas que abrange algumas cidades da região. Por isso, lá tem marinha, barcos, jet ski e tudo precisa ser super regulamentado. Ir de barco para os bares, restaurantes, cachoeiras e afins é o programa mais diferente. A água é doce, limpa e revigorante. Dessa vez não fomos no Canyon, mas consegui ir na cachoeira e em restaurantes bem gostosos que ficam na beira da represa.

CACHOEIRA

A cachoeira e sua água gelada me renovaram, eu estava precisando. Também andei de Jet Ski pela primeira vez e nadei bastante. Fizemos muita farra na casa da Isabela, minha amiga que me convidou. Tinham muitos amigos, família, bebida e comida mineira, vocês já podem imaginar a farra, né?

ESCARPAS-2

Escarpas é um destino muito legal. Eu não sei se iria para ficar no hotel que tem lá, eu acho que o clima de lá é mais de alugar uma casa com os amigos, sabe? E provavelmente alugar o barco de alguém (vários donos de casa têm barco) e contratar um marinheiro. Foi essa a sensação que ficou para mim, de “como viajar para lá”.

FOTOS-ESCARPAS-1

Quando eu menos espero, conheço um lugar diferente no Brasil e me encanta saber que temos tantos lugares bonitos e perfeitos para descansar em meio à natureza.

O único detalhe mais triste é que com a seca, a represa desceu bastante. Todo mundo da região está na torcida por muita chuva para que o nível da água volte a ser o que era, mas continua sendo possível nadar, passear de barco e afins.

Quem tiver dica de lugares pouco óbvios e super especiais aqui no Brasil, por favor divida conosco nos comentários!

Beijos

9
mar
2015

Trip Tips: 15 curiosidades que talvez você não saiba sobre a Disney World

Estados Unidos, Viagem

Eu acho que já fui para os parques de Orlando umas 7 vezes em 20 anos. Minha primeira vez nos parques eu deveria ter 6 anos de idade e a última, foi em 2012. Sempre que me perguntam se eu não enjôo de voltar para lá, a minha resposta é uma só: NÃO!

Não sei se é porque eu realmente entro no clima, mas acho que o principal motivo que me faz querer voltar sempre é que toda vez que entro nos parques, tenho experiências completamente diferentes. Já fui no Natal, já fui no Halloween – recomendo muito! – e no Ano Novo, que não lembro porque era pequena. Já entrei nos parques querendo comer nos restaurantes mais legais assim como já preferi não perder tempo com comida e fiquei à base de pipoca e sorvete do Mickey. Já fui querendo ir em TO-DAS as atrações, mas também já fui querendo curtir apenas os brinquedos novos e os que eu mais gostava. Já tirei fotos com personagens históricos: Flintstones, Jetsons, Tartarugas Ninja. Enfim, posso ficar citando os motivos de sempre querer voltar, mesmo quando eu termino a viagem pensando: “agora, só volto quando tiver filhos”.

Porém, acho que uma das coisas que eu mais amo nos parques da Disney são os segredinhos que eles escondem. São detalhes, dicas e curiosidades que muito visitante de primeira viagem não percebe, mas que é um prato cheio para quem está indo pela milésima vez. E não estou falando dos Hidden Mickeys, já que daria para fazer uma viagem SÓ para caçar os Mickeys escondidos (são mais de 800 espalhados nos 4 parques da Disney).

Como eu sou uma entusiasta desse assunto, achei que valia dividir aqui no blog algumas curiosidades que eu reuni nesses 20 anos de idas à Orlando – detalhe: a maioria eu ainda não vi/não reparei ainda! Ou seja, já quero mais uma viagem. #desculpas

curiosidades-disney-1

Essa eu nunca testei porque eu só fiquei hospedada uma vez em hotel da Disney. Mas caso você for se hospedar em um, é só ligar para o concierge e pedir para ser acordada em um determinado horário. Na hora indicada, você recebe um telefonema que pode ser do Stitch, do Mickey e ultimamente, dá para ser acordada pelo Olaf também!
<ps da Jô, fui acordada pelo Mickey :) >

curiosidades-disney-2Sempre dá para reparar nas lápides da fila da Hautend Mansion e sempre rola uma curiosidade de saber se os nomes são de pessoas que realmente existiram. A resposta é sim! Várias lápides são homenagens a pessoas que trabalharam na Disney, na construção dos parques, nos estúdios de animação, etc. Acho que a melhor história é a do Good Old Fred, que morreu porque uma pedra caiu em sua cabeça. Isso não é verdade, mas Fred realmente trabalhou na cenografia dos parques e durante sua carreira como Imagineer, ele foi se especializando em….pedras!

curiosidades-disney-3

Quem viu o filme Dama e o Vagabundo, sabe que foi no restaurante do Tony que rolou a famosa cena do beijo no final do spaghetti. Quem for ao Magic Kingdom pode nem comer na filial “vida real” do Tony’s Town Square Restaurant, mas vale procurar pelo coração com a declaração de amor do casal de cachorrinhos mais fofo dos desenhos animados.

curiosidades-disney-4Já peguei chuva em Epcot, mas nunca tinha reparado nessa curiosidade. O motivo da água não escorrer para baixo da “bola de golfe” é porque a Spaceship Earth tem um sistema de drenagem que capta a água da chuva e leva para a lagoa que fica no meio do parque. Legal, né?

curiosidades-disney-5

O motivo disso é que a perspectiva da torre é tão forçada, mas tão forçada, que se um pássaro pousar em cima da torre destrói essa ilusão dela ser maior do que realmente é. Para evitar isso, eles colocaram dissuasores naturais de aves no topo.

curiosidades-disney-6

Esse é apenas para quem viu “Uma cilada para Roger Rabbit”! Quando estiver em Hollywood Studios, dê uma olhada no segundo andar do edifício do restaurante Hollywood and Vine e você vai ver a janela do detetive Eddie Valiant.

curiosidades-disney07

Já fui milhões de vezes na Rock’n’Roller Coaster – Hollywood Studios, mas nunca tinha ouvido falar dessa dica!  Antes de entrar no estúdio C para receber o convite do Aerosmith, você passa pelas portas dos estúdios A e B. Dizem que se botar o ouvido nas portas desses estúdios, você consegue ouvir gravações reais. Quem estiver para ir por esses dias, testa para dizer se é verdade! :)

curiosidades-disney-8

Eu sei que é difícil olhar para outro outro lugar quando entramos em qualquer uma das lojinhas dentro da Disney, mas a Sir Mickey merece um pouco mais de atenção na decoração. Em uma parte, parece que o telhado está sendo levantado por Willie, o gigante que apareceu em “Mickey e o pé de feijão.

curiosidades-disney-9

Quando entrar no elevador da Torre do Terror, procure o certificado chamado “permit to operate” que costuma ficar do lado esquerdo. Ele foi assinado por um Cadwallader, nome que não chama nenhuma atenção de primeira, a não ser que você tenha visto os episódios de Twilight Zone. Cadwallader, na série, era o diabo em pessoa. E aí? Vai olhar para o elevador da mesma forma agora? Eu vou, porque eu amo esse brinquedo! rs

curiosidades-disney-10

Essa foi uma das primeiras que eu vi “ao vivo”. Esses canos ficam no Dinosaur, no parque Animal Kingdom, e a resposta é tão boba que me senti muito idiota por não ter descoberto na hora. O cano vermelho tem a fórmula do ketchup, o amarelo é da mostarda e o branco….maionese, claro! O motivo de terem botado essa brincadeirinha em uma atração de dinossauros ainda permanece uma incógnita para mim. rs

curiosidades-disney-11Esse é um detalhe que provavelmente eu só veria quando tivesse filhos, e acho que deve ser uma experiência interessante para quem vai com os pequenos! Ao invés de uma altura específica, na Expedition Everest no Animal Kingdom, a pessoa precisa medir mais que um pé de Yeti para andar na montanha russa.

curiosidades-disney-12Na música Be Our Guest tem uma parte que diz “try the grey stuff, it’s delicious. Don’t believe me? Ask the dishes!” e eles resolveram fazer essa sobremesa surpresa no restaurante que acabou de abrir na área nova do Magic Kingdom. É só pedir por “The Grey Stuff“. É um sorvete, e dizem que nem é tão delicious assim, mas vale só pela referência! rs

curiosidades-disney-13

Eu já tinha reparado nisso, mas nunca tinha parado para saber o motivo. É bem fácil ver os leões no Kilimanjaro Safari, no Animal Kingdom, já que eles quase sempre estão dormindo em cima de umas pedras em determinada parte do percurso. O motivo deles estarem quase sempre lá é que essas pedras são climatizadas! No frio, elas ficam quentinhas e no calor, elas resfriam e se tornam um lugar super confortável para o rei da selva em qualquer época do ano.

curiosidades-disney-14O número que eles dão é o 5505, e ele não é aleatório. É uma homenagem à data de estreia do brinquedo, no dia 05 de maio de 2005.

curiosidades-disney15

Sabem a estátua que tem do Walt Disney com o Mickey na frente do castelo? Se você reparar bem, a mão de Walt tem um anel. É um anel irlandês com o símbolo do claddagh, que ele e sua mulher Lillian compraram em uma viagem para a Irlanda e nunca mais tiraram de suas mãos. Para quem não sabe, o coração no símbolo representa o amor, as mãos representam a amizade e a coroa simboliza uma lealdade sem fim. Fofo, né?

Alguém sabe de mais uma curiosidade/segredo que eu esqueci aqui? Estou reunindo dicas da Universal também, mas a Disney tem muito mais material! Quem quiser acrescentar mais informações no post, pode comentar!

Beijos

Carla

Página 3 de 6712345...102030...Última »