Browsing Category

rio de janeiro

0 em Brasil/ rio de janeiro/ Viagem no dia 05.10.2016

BATUQUE DA BOA: fim de semana de samba no Rio de Janeiro

Vocês lembram que ano passado postei o Batuque da Boa em todas as redes sociais? Curti uma tarde de rodas de samba no Rio com as amigas. Fui a 2 delas, uma no mercado das pulgas em Santa Teresa e outra na Pedra do Sal.

☺️ caindo no samba com a @samaralima aqui no #batuquedaboa! Viemos na Pedra do Sal! @antarcticaboa <via Jo>

Uma foto publicada por futilidades (@futilidades) em

Sou apaixonada por samba e por isso posso dizer com toda certeza que foi um dos programas culturais mais legais que eu fiz no Rio.

beco-do-rato

Esse fim de semana vai rolar mais dois dias de bagunça. A BOA realmente está comemorando esse centenário do samba em grande estilo e vai contagiar e sacudir essa cidade durante os dias 8 e 9 de outubro. Esse centenário do samba vai ser celebrado com programação musical, cultural e gastronômica nesses dois dias do fim de semana. Eu já vou estar de volta em casa e estou fazendo uma listinha de lugares pra ir. 

Vamos à parte prática? Onde vão ficar as rodas?

As atividades se dividirão em dez rodas de samba, duas quadras, quarenta bares, bate papo com os Bambas e atividades gastronômicas na Feira das Yabás e a tradicional Feijoada da Mangueira, exposição das famosas capas de discos de samba assinadas por Elifas Andreato e muito mais.

Sábado dia 08

As rodas serão: samba da banda Arruda e Art Jr na Quadra da Mangueira, Samba do Chapéu no Renascença, Sambastião no Aterro do Flamengo, Encontros Casuais & Terças Desamplificadas no Beco do Rato, Criolice na Arena Carioca em Madureira e a roda do Cacique no Cacique de Ramos.

Domingo dia 09

As rodas serão na Feira da Glória com o Time de Crioulo, no Tijolinho com o Galocantô, na Quadra da Portela com o samba do Tempero Carioca, no Clube Samba Luzia com o Samba do Trabalhador e nos redutos Pedra do Sal e Cacique de Ramos.

batuque-da-boa-1

Cada roda contará com um bamba convidado da nova e velha guarda do samba. Ano passado as surpresas foram incríveis, aposto que esse ano será de novo.

Para acompanhar tudo do evento, eu sugiro confirmar presença ou marcar interesse no evento do Batuque da Boa no Facebook! Você pode marcar isso aqui. 

Beijos

banner-snap

Alerta importante!
bebidas Alcóolicas não devem ser consumidas por menores de 18 anos.
E como tudo em exagero faz mal, o segredo dos adultos é consumir com moderação!

3 em Brasil/ rio de janeiro/ Viagem no dia 14.09.2016

Rio de Janeiro: Domenica Pizza artesanal

Hoje vou falar de uma experiência gastronômica que eu amei ter aqui no Rio de Janeiro. Na outra semana encarei um jantar gostoso num lugar que eu estava devendo visitar há meses, a pizzaria artesanal DOMENICA, que fica na Tijuca. 

Eu estava super ansiosa pra ir e sabia que seria suspeita nessa experiência, afinal um dos sócios da pizzaria é meu melhor amigo de infância, desses que são quase irmãos! Ele é dessas pessoas empreendedoras bastante geniais, cuja família veio da Itália e sempre consideraram a qualidade como prioridade na comida. Para tornar tudo ainda mais especial pra mim, o projeto arquitetônico foi feito pela minha prima irmã, mais conhecida como irmã mesmo, Ana Luiza Neri. Ou seja, eu tinha que ter ido lá há eras, mas furei 200 vezes com minha vida enrolada. Faltou prioridade e quem perdeu FUI EU.

Fico tranquila de fazer essa dica com tanta ligação emocional porque além de eu ter amado a experiência, eu só li elogios. Sério, em todos os sites de críticos gastronômicos, em todos os veículos, até placa da Veja Rio está lá para quem quiser comprovar. O fato de eu ser suspeita não muda a realidade, o restaurante vale a visita.

A Zona Norte fica cada dia mais legal e esse é só mais um dos pontos que valem conhecer. Quem já comeu o garganeli da Casa do Sardo sabe do que eu estou falando. A boa gastronomia do Rio não tem mais limites geográficos.

Assim, numa quinta-feira como outra qualquer, fui lá com o namorado que estava com vontade de comer uma pizza. Assim, juntei a fome com a vontade de comer e o desejo de finalmente conhecer a Domenica.

Começamos com uma Burrata. Ela estava de comer rezando, tão bonita quanto gostosa. Estávamos na dúvida se pedíamos essa entrada ou o shitake, mas não nos arrependemos. Deliciosa!

foto-domenica-2

Nós dividimos uma pizza para não exagerar na quantidade de comida. Os sabores pareciam bastante especiais, sofisticados e interessantes. Queria comer a Domenica mas como os ingredientes flertavam com os da burrata, resolvemos ir na Beluci, de parma com rúcula além de uma muçarela especial e grana padano. Não nos arrependemos, foi maravilhoso.

domenica foto-domenica-1

Não posso falar da carta de cervejas ou de vinhos porque não estou bebendo ultimamente. A conta foi em torno de R$82 para o casal, o que honestamente foi um custo benefício muito legal, sem falar que com o uber X gastei bem menos do que imaginei que gastaria pra chegar lá. Colocando na ponta do lápis toda a experiência, eu tenho certeza que vou voltar, agora não mais pra prestigiar os amigos, mas sim porque eu adorei!

Quero provar mais sabores e experimentar o shitake de entrada. To achando que vou bater ponto por lá, então vou resenhar os sabores nas redes sociais de sempre: instagram @futilidades e snapchat BLOGFUTILIDADES.

Quem gosta de pizza fina, crocante, saborosa e com ingredientes muito especiais vai adorar a experiência.

Beijos

banner-snap

2 em Brasil/ rio de janeiro no dia 04.08.2016

Minha relação com os Jogos Olímpicos!

Nunca fui entusiasta das Olimpíadas serem no Rio de Janeiro. Eu, talvez você e uma parte significativa de cariocas. O que me encheu os olhos desde o início era a ideia de obras como novas vias e novas linhas de metrô. Meu entusiasmo ficava por conta de ver o Porto Maravilha e outros espaços revitalizados,  além do trânsito melhorar de forma prática. Tudo isso era o ponto que eu entendia como positivo no primeiro momento.

Depois eu confesso que fiquei desanimada com a roubalheira, obras mal feitas e super faturadas, ver o Rio como chacota internacional e também com o fato que o legado parece útil apenas para o eixo Barra-Zona Sul. O Rio é tão mais do que esse pedacinho, sabe? Queria que as melhoras fossem mais democráticas, não apenas para turista ver.

No momento seguinte voltei a me animar e foquei em pensar que mesmo as melhorias tendo ocorrido no eixo turístico, tudo ainda pode ser bom como legado. Se a cidade se transformar num destino de desejo maior para turistas do mundo inteiro, mais turistas irão visitar o Rio e isso é uma forma muito boa de movimentar a economia com dinheiro vindo de fora, ideal em tempos de crise. Foi aí que me dei conta que essa experiência precisa ser um sucesso, para gerar um legado de interesse turístico para a vida.

É difícil, tem muito problema, mas é possível.

Acho que agora é a hora de fazermos o melhor e pensarmos no longo prazo. Vamos torcer? Sim! Vamos curtir festas e eventos? Com certeza, mas mais do que isso precisamos transformar essa experiência em mágica para todo mundo!

A cidade nunca recebeu tanta gente, não sabemos como vai ser, mas podemos tentar enfrentar esse desafio com algum otimismo, podemos dar nosso melhor em conjunto para ajudar nesse momento, que bom ou ruim, será único. É agora ou nunca! Então, a meu ver, não dá para ficar só no facebook reclamando!

Por alguns dias, danem-se Dilma, Temer, Eduardo Paes, Cabral, insira aqui seu político odiado. Claro que obviamente me irrita pagar meus impostos pra ver políticos que deveriam zelar pela sua população superfaturar obras e ganhar dinheiro indevidamente, mas vamos fazer o que: passar 18 dias reclamando? Torcendo pra dar tudo errado? Todo o ponto em ter um jogo reunindo seleções do mundo inteiro é promover a paz. 

Assistindo o jogo do Brasil em BH passado no Maracanã

Assistindo o jogo do Brasil que foi transmitido no Maracanã

Vamos acertar a vibração, vamos deixar esse clima novo entrar nas nossas casas, vamos ver os jogos, gritar na janela e fazer o melhor que podemos para aproveitar essa oportunidade, que com certeza terá alguns problemas e closes errados, mas também pode ser mágica!

Vou torcer por algo que traga um retorno positivo, vou torcer pra ser lindo, afinal, quero mais é ver o Rio com todos os hotéis cheios sempre! Cheio de empregos para os mais diferentes setores.

torcida

Os dias vão passar e vou torcer, protestar e fazer o que estiver ao meu alcance pra impunidade acabar nesse país. Quero ver dinheiro aplicado na educação e na saúde, mas agora não adianta reclamar. Ser contra os Jogos Olímpicos, que foram decididos 7 anos atrás, não vai ajudar em nada disso.

Há uma semana eu ando pela cidade ouvindo os mais diferentes idiomas, há uma semana eu me sinto feliz por sentir uma vibração de paz, união e festa. Talvez eu esteja sendo Pollyana, talvez eu esteja tapando o sol com a peneira, mas uma coisa eu resolvi: vou fazer o melhor que eu puder para que esses dias (do 5 ao 21 de agosto) sejam os melhores do mundo para o Rio e para quem estiver aqui visitando. 

Eu vou ser carioca, cariocas são bons nisso! Vou ser receptiva e vou fazer o que estiver ao meu alcance pra que o melhor aconteça.

memorias-da-copa

memórias de uma copa em 2014 no Rio

Quem viveu a Copa sabe que pode ser divertido, apesar dos resultados complicados em campo.

Chegamos até aqui cheios de erros, cheios de problemas. Eu reclamei, reclamei bastante, mas agora acabou.

Pra mim chegou a hora de torcer, torcer pra ser um sucesso, torcer para que seja um período de paz por aqui e, por fim, torcer pelo nosso país no esporte! Quero um pouco de alegria em meio a uma realidade dura que nos espera de novo, quando essa festa passar.

Espero que a cidade colha muitos anos de frutos e que a gente aproveite bastante esse legado de mobilidade urbana (entre outros) que chegou pra nós.

Vem, Rio 2016! Vamos mostrar de verdade que o brasileiro pode ser o melhor do Brasil! 

Beijos

banner-snap