Browsing Category

rio de janeiro

9 em Looks/ Moda/ rio de janeiro no dia 17.01.2017

Look da Jô: passeio de helicóptero no Rio!

Esse fim de semana foi atípico em todos os aspectos do mundo. Nele teve de tudo, desde noites viradas a passeio de helicóptero, o que não seria nada demais se não fosse algo que eu tinha me jurado nunca mais fazer. Pois bem, quebrei minha promessa, menti pra minha mãe e fui.

Eu estava no #sunsetnomorro, projeto bem bacana de música ao vivo, comes e bebes no Morro da Urca. Ele rola nos domingos até o final de fevereiro. Por lá marquei de encontrar minhas amigas Nathalie Barros e Nina Gabriella. Surgiu para nós 3 a oportunidade de vencer esse medo e fazer o passeio – urbano – de helicóptero mais cobiçado do mundo: sobrevoar a zona sul do Rio de Janeiro.

Com @nathaliebarros e @euninagabriella

Nos preparando para curtir o pôr do sol sobrevoando a cidade.
No heliponto do Morro da Urca, um dos pontos onde a empresa Helisight faz seus voos.

Antes de mostrar os detalhes do look, vou compartilhar minhas duas fotos preferidas do passeio, confesso que fiquei mais tempo admirando do que propriamente filmando/ registrando. Fizemos uma das versões curtinhas do passeio, tipo uns 12 minutos. Acho que numa próxima eu faria o de 16 min, mas não sei se encararia um muito maior não.

Se tem uma cidade para se voar de helicóptero, certamente essa cidade é o Rio de Janeiro. E olha que o Grand Canion foi bem bonito viu? No entanto esse pôr do sol vai ser inesquecível, muito inesquecível mesmo.

Voltamos ainda em tempo de curtir o show do Sunset no Morro, do projeto Live A Live.

Para curtir esse fim de tarde com música, amigos e boa vista eu escolhi um look confortável. Ele me atendeu muito bem.

Colar chocker Giu Giu Store | body Tulli | blusa Riachuelo
short jeans Colcci | bolsa Cavage | tênis (amor da vida) Cavage

Para começar direi que já postei tudo sobre esse tênis aqui e sobre a bolsa nesse outro post. Amo ver que uso e abuso das peças preferidas, são essas que valem mesmo aparecer aqui no blog, porque uso demais mesmo.

O body da Tulli  foi um presente da marca, que é só amor. Eu estava louca pra usar pra sair, porque acho ele lindo no corpo, fico me achando. Dai aproveitei que o esquema pra usar essa blusa da Riachuelo é de guerra e resolvi que dessa vez eu ia usar sem o sutiã largo, sem o alfinete, sem a loucura anti-decotão. Aproveitei o body pra deixar o decote lá, lindo, leve e solto. Com conforto.

A parte mais complicada desse look foi o short, que está bem curto (mais que o normal) e deixa minha gordurinha entre pernas aparecendo de vez em quando. No entanto como amo um short rasgado jeans e o meu boyfriend se destruiu, achei que valia usar mesmo assim. Se em algum momento eu conseguir perder peso o modelo vai vestir ainda melhor, mas enquanto isso vou aproveitar sem me preocupar muito.

Agora se você notou a chocker, bom é isso mesmo. Não sou dada a modismos mas APAIXONEI nessa da Giu Giu Store, marca de uma grande amiga que arrasa no bom gosto e qualquer dia vai ser pauta por aqui. Acho um acessório super sexy quando veste bem, ele dá um charme que eu to amando.

Quanto as fotos, eu sei que está longe de ser um look muito bem fotografado, mas achei legal compartilhar esses registros com vocês, no improviso mesmo. O look, o #sunsetnomorro e o passeio inesquecível. É isso, espero que gostem, não tá perfeito, mas está muito vida real! <3

Beijos de uma versão mais corajosa de mim

 

5 em Gastronomia/ rio de janeiro/ Viagem no dia 03.11.2016

Rio de Janeiro: Pici Trattoria

Há alguns dias eu sai para jantar com uma amiga de Minas Gerais e ela me falou que queria ir na Pici Trattoria, um Italiano em Ipanema que tinha uma pegada que ela gosta (de produtos frescos, naturais e de qualidade). Eu disse que nunca tinha ouvido falar, mas como ela sempre tem boas dicas topei a ideia na hora. Na verdade eu só queria matar a saudade, mas gostei tanto do programa e do restaurante que resolvi que ele valia esse post.

Nossa trattoria é repleta de surpresas e detalhes! Estamos abertos #italiansdoitbetter #Pici

A photo posted by Pici Trattoria (@picitrattoria) on

O restaurante não me convidou, eu não degustei tudo que podia e muito menos pedi todas as entradas do que gostaria, mesmo assim, achei que já valia falar dele. O Rio é carente de restaurantes que te cativam pelo prato, esse me pegou pelo estômago, ainda bem!

Nós fomos jantar lá num sábado a noite. Marcamos de chegar as nove e meia, o que nos fez esperar mais de uma hora pra sentar, mesmo assim, como a saudade da amiga era muita, achei que estava tudo bem. Não fazia diferença, nesse dia não era importante sentar correndo.

A primeira entrada não teve tempo de ser fotografada, era um tipo de queijo com presunto de parma que roubou meu coração e ligou meu sinal de alerta. Em seguida a brusqueta pousou na mesa e eu resolvi fotografar, ali me ocorreu que a experiência poderia render algum post. Tudo superou toda e qualquer expectativa, por isso estou rezando para arrumar uma desculpa para voltar lá.

pici-trattoria-entrada

Minha tão amada Praça Nossa Senhora da Paz ganhou um novo empreendimento que terá muita da minha atenção, o restaurante fica na Barão da Torre, acho eu que no lugar do antigo Informal.

Depois que eu saquei que o restaurante não estava cheio a toa me dediquei muito a escolher bem meu prato principal, depois de trocar figurinha com nosso garçom, eu decidi.

Nossa mesa tinham 6 pessoas, podíamos ter provado 6 pratos diferentes, mas todo mundo escolheu entre 3 opções, a maioria foi de Carbonara, teve a massa da casa Pici e eu e a Bela escolhemos o nhoque. Todos os pratos arrancaram suspiros, ninguém pediu mal. Os elogios e sorrisos eram proporcionais a alegria da mesa.

O nhoque foi tão diferente do habitual, ao mesmo tempo perfeitamente gostoso. A massa dele é feita no restaurante, o molho é pesto de manjericão e vem com uma burrata no meio. Divino, de comer rezando.

pici-trattoria-2

Eu tenho feito o exercício de comer com calma para aproveitar cada garfada, mas não fui totalmente eficiente dessa vez. Me apaixonei pelo prato e nem percebi a velocidade em que comi.

pici-trattoria

Para finalizar eu e a Bela dividimos uma Palha Italiana “destroyed” que também valeu cada caloria. Ela era zero óbvia, mas maravilhosa, desde a textura aos sabores misturados.

Pici, obrigada por ter vindo se juntar a minha restrita lista de restaurantes italianos muito bons do Rio. <3 Espero voltar logo.

Para quem quiser seguir o instagram deles e acompanhar as novidades, é @PiciTrattoria

Vocês já conhecem? Se sim me contem caso recomendem algum prato!

Beijos

banner-snap