Browsing Category

Publieditorial

5 em Destaque/ Publieditorial/ Relacionamento no dia 09.08.2017

Se eu pudesse dar um único conselho para minhas amigas solteiras…

Ele seria…Entre no happn!

Há dois anos o happn vem fazendo parte da minha vida. Inicialmente me sentia apreensiva com a ideia de conhecer um cara por meio de um aplicativo de relacionamento, mais especificamente um “catálogo humano”. Apesar disso, encarei esse desafio e em pouco mais de uma semana já estava totalmente adaptada a esse nova configuração de paquera. Foi depois de um “charm” completamente inesperado que o mundo se abriu e pude viver uma das histórias mais sensacionais da minha vida (tem post aqui).

Ao longo das minhas experiências, algumas narradas aqui no blog, descobri gostar mais das paqueras digitais do que das analógicas, por me permitirem ultrapassar a barreira de uma tela e conhecer de verdade a pessoa do outro lado. Foram longas conversas antes de encontros, capazes de revelar afinidades e alinhar expectativas. Assim como nos bares e festas tem de tudo no aplicativo. 

Se eu pudesse recomendar algo para uma amiga solteira seria: entre no happn, se permita viver o autoconhecimento de quem experimenta novas relações. Se abra para um mundo de possibilidades. Você pode se surpreender e viver um história incrível assim como de várias leitoras e amigas que foram influenciadas pelo futi a entrar no app. Eu ouço diariamente sobre encontros bacanas, alguns despretensiosos e outros que chegaram ao altar.

Se tem uma coisa que eu aprendi até aqui é que vibração e energia transcendem a foto, então, se sentir bem e se jogar no happn com o coração aberto pode ser o início de novas páginas divertidas na história da sua vida. Certamente essa ferramenta mudou a minha vida e quem convive comigo pôde ver isso de perto, mas lembre-se que não é o aplicativo que faz bem pra sua autoestima, sua autoestima é que pode fazer bom uso do aplicativo.

Fica aqui uma breve análise de perfis que cruzaram o meu caminho:

Crush Don Juan 

É aquele que te busca em casa, te elogia, sabe que é foda, mas faz você se sentir foda também. Usa todo seu poder de sedução até você ficar abestalhada. Ele consegue te envolver, mexe com todos os seus sentidos, mas na hora de se entregar emocionalmente parte para um novo desafio. Ele só não deleta seu telefone da agenda, nem esquece as tardes memoráveis.
Obs: Vamos combinar? A gente também não esquece.

Crush Apaixonado

É aquele que começa a suspirar com a foto do aplicativo, se encanta com a sua voz ao telefone (sim, esses são do tipo que ligam) e mal consegue conter a ansiedade. Esse crush é capaz de render dois encontros em menos de 24 horas (sim, isso também acontece) e já desenha a possibilidade de um relacionamento mais sério antes mesmo de te conhecer melhor.

Crush Esotérico

Um verdadeiro encontro de almas, segundo ele. Seus signos se encaixam perfeitamente e o cruzamento de suas vidas já é desenhado nas linhas de suas mãos. É do tipo que fala “coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar” (bem no estilo Eduardo e Monica). Só tome cuidado, você pode não ser a única alma gêmea dele.

Crush para casar 

Talvez seja o tipo mais procurado, ele quer um relacionamento sério para ontem. Já tem um croqui da mulher ideal e até mesmo a data do casamento. É do tipo que vai ficar muito feliz em te colocar nos planos dele. Tem um coração aconchegante, pronto pra te abraçar. Resta saber se é o que você busca naquele momento.

Crush que não sabia que era crush 

É um tipo curioso. Aparentemente vocês vibram na mesma frequência. O papo flui, ele se interessa pela sua vida, mas na hora do cara a cara não toma nenhuma atitude. O que seria simples se ele não te chamasse pra sair de novo e não te beijasse novamente. Arriscaria dizer que seria uma questão cultural, se não estivéssemos falando de um brasileiro. No entanto, relaxe! Vocês podem se tornar ótimos amigos, afinal, vale tudo.

Crush sincerão

Esse é meu tipo preferido, é aquele que alinha totalmente as expectativas, diz o que quer, o que não quer, sinaliza quando está disponível, toma iniciativa e é capaz de falar sobre os seus sentimentos de todas as naturezas. Ele é seguro na medida certa, mas quando aparece um texto do blog é capaz checar se é com ele.

Crush Cafajeste

É aquele que te adiciona numa planilha de excel para ter um melhor gerenciamento de encontros. Ser crush é a sua segunda profissão, talvez até mesmo a primeira. Ele não se envolve, deixa isso claro e espera que você também entenda, mas fica chocado se você sumir.

Crush que deixa rolar

Chegamos ao equilíbrio, é aquele que permite que as coisas aconteçam naturalmente. Vai ficando junto sem pensar muito, conhece seus amigos, passa o ano novo com você e marca até viagem de férias. Não tem medo de viver essa história por vários meses e se permite te conhecer melhor. Por esse tem chance de você se apaixonar.

Crush Fantasma

Nesse caso o nome já diz tudo, é aquele que some sem dar qualquer satisfação. Você viu ele por aí?

Esses perfis poderiam ser fictícios (só que não!). Eles se repetem, trazendo dezenas de histórias para o repertório da uma vida de solteira divertida.

 

1 em Beleza/ Destaque/ pele/ Publieditorial no dia 31.05.2017

Effaclar Solução Micelar Ultra: queridinha da minha pele oleosa.

Quem conhece minhas histórias de pele sabe que eu estou sempre na minha Dermatologista, Dra Vanessa Metz. Ela cuida de tudo que eu passo na pele e assim que a nova geração da solução Micelar da La Roche-Posay chegou aqui em casa, eu a consultei sobre o uso. Na mesma hora ela disse que o produto era super indicado pra minha pele, e desde então estou usando esse lançamento.

Ela tem duas versões: a Solução Micelar Ultra, que funciona para todos os tipos de pele (inclusive as sensíveis) e a que eu aderi, a Effaclar Solução Micelar Ultra. Esse último é ideal para peles oleosas e também conta com o ativo zinco na composição, reconhecido mundialmente por seus benefícios no controle da oleosidade. Eu agradeço! :)

Joana, mas para quê você usa a solução micelar? Bom, a pele acumula muita sujeira e impurezas ao longo do dia e mantê-la limpa é o primeiro passo para uma pele saudável, bonita e bem cuidada. Principalmente agora, que estou brigando com a acne. Como eu moro em uma cidade grande (e costumo viajar para outras cidades grandes), naturalmente eu convivo com a poluição, sem falar na minha oleosidade excessiva e no meu super uso de maquiagem, ainda mais com essa crise de hormônios que estou passando.

resultado do produto limpando após 12 horas que lavei o rosto em casa

Costumo sempre fazer uma limpeza caprichada, com cuidado, sem esfregar ou irritar demais, e por isso, a Effaclar Solução Micelar Ultra se tornou bem vinda na minha rotina. A solução é feita com água termal de La Roche-Posay unida à expertise da já reconhecida linha Effaclar para peles oleosas.

resultado do produto usado para tirar maquiagem

Além da limpeza, outro uso que eu faço desse produto é para tirar a maquiagem. É o meu novo demaquilante queridinho dado que é feito para meu tipo de pele. E por ter água termal de La Roche-Posay, ainda ajuda a dar uma acalmada na pele como um todo, além de hidratar e combater os radicais livres. Ou seja, o produto ainda tem uma ação antioxidante. Opa! Já notou como ele é muito versátil? Eu fiquei impressionada!

Meu algodão tem me mostrado diariamente o quanto minha pele fica mais limpa após o uso. Dá uma ótima sensação de frescor. A maquiagem sai e eu nem preciso enxaguar depois. Ainda que eu tenha um sabonete de rosto ideal também para meu tipo de pele. Para quem sempre pergunta: o lançamento não tem parabenos, corantes, álcool e sabão.

E por que chama Micelar? A marca explica.

“A La Roche-Posay associou o poder das micelas, que atraem as impurezas e promove uma limpeza profunda e suave sem a necessidade de aplicação de força, com a pureza da glicerina, ativo reconhecido por sua propriedade hidratante. Essa combinação permite uma fórmula ultra deslizante, que remove mais fácil a maquiagem, com menos fricção.”

Desde que comecei a usar a versão Effaclar Solução Micelar Ultra eu senti minha pele menos oleosa, estou tirando a maquiagem diretamente com ela e gostando muito do resultado e da fragrância. Minha versão é a de 100ml mas já estou de olho na versão de 200ml, dado a quantidade de produto que tem sido usado.

Vocês já testaram? Acho que minhas companheiras de pele oleosa vão gostar!

Beijos

1 em Brasil/ Publieditorial/ Viagem no dia 22.05.2017

Rio Hotel by Bourbon e o quarto “ela é carioca” em Curitiba no Paraná!

Semana passada eu fui pra Curitiba e acredito que essa viagem vai render dois posts. Esse, sobre o hotel, e um outro falando o que fiz na cidade, incluindo mais um encontro do #paposobreautoestima que me deixou com o coração quentinho de felicidade. Mas hoje vamos falar do Rio Hotel?

Quando o hotel nos procurou, eu fui pesquisar um pouco sobre a localização e sobre o conceito da marca “Rio Hotel by Bourbon”. Primeiro descobri que tudo que eu queria fazer em Curitiba ficava no Batel, bairro do hotel, então de cara já fiquei animada. Não sei como é com vocês, mas quando vou conhecer uma cidade, vou à um evento ou tenho mil compromissos na cidade o que mais importa pra mim é localização, somada a um conforto gostoso, como o da casa da gente.

Se eu quase não vou ficar no hotel, o mais importante pra mim se torna o custo benefício com qualidade e localização. Em cidade grande isso faz muita diferença e o Rio Hotel by Bourbon Curitiba Batel é EXATAMENTE isso.

Passada a questão da localização eu quis entender essa nova marca da Rede Bourbon, afinal, ela é inspirada na minha cidade e eu como boa carioca que sou, sou um pouco bairrista. Queria entender os motivos pelos quais o Rio foi inspiração para esse lançamento.

O hotel é prático, objetivo e versátil, como bem foi definido “descomplicado e despretensioso como o Rio de Janeiro”, e realmente dá para sentir esse clima da decoração – colorida, alegre, descontraída e cheia de fotos do Rio (o que me deu mais a sensação de estar em casa, confesso) – ao tratamento que recebemos. Ele é perfeito para quem está na cidade à trabalho, para um casamento, um evento ou mesmo quer turistar no fim de semana e precisa estar bem localizada. Ideal tanto pra negócios quanto para turismo. Eu, no caso, fui fazer os dois e me senti totalmente bem atendida.

A ideia é entregar o máximo de conveniência e a experiência da Rede Bourbon buscando ter um serviço bem personalizado só que com melhor preço. O room service é 24 horas, o café da manhã básico começa às 04:00 para quem tem voo cedo, o banheiro tem chuveiro potente, a cama é gostosa, além da ótima localização, como eu já falei. Ter muitos benefícios com uma tarifa competitiva não é tão comum e eu acho que esse é um diferencial muito bacana da rede. Custo benefício pra nós hóspedes é a prioridade nesse caso.

O café da manhã completo é uma delícia, pão de queijo nível Minas Gerais, bolo, pães, iogurte, grãos e opções para todo tipo de alimentação. Simples, prático, objetivo e, acima de tudo, gostoso.

Ah, mas a gente sabe que você adora um hotel de luxo, Joana. Sim, mas pra quando eu vou comemorar algo curtindo o hotel ou quando estou na praia ou em um lugar onde quero curtir o hotel. Quando estou numa cidade grande para uma estadia rápida e cheia de compromissos, muitas vezes eu só quero um hotel simples, bem limpo, com banheiro e quarto aconchegantes, numa boa localização. Me sinto em casa quando tenho tudo isso e o quarto que eu fiquei, chamado “Ela é Carioca” (como não amar esse nome?) me entregou tudo que eu esperava e mais um pouco. E por quê?

É um quarto para mulheres!

O Rio Hotel by Bourbon me convidou pra ir a Curitiba para falar deste quarto, que é pensado exclusivamente para mulheres que estão viajando sozinhas, quase sempre meu caso. A intenção é oferecer maior conforto e comodidade durante a estadia. Mas como assim, Joana? Bom, são pequenos detalhes que na prática fizeram muita diferença pra mim.

Pensa que à noite, já de pijama eu pedi um chocolate quente quase de madrugada e quem veio trazer para mim foi uma mulher. Achei confortável poder recebe-la de pijama/roupão, sem nenhuma sensação de desconforto. Além disso, o quarto conta com secador de alta potência e chapinha, que são poderosos e tão bons quanto os que tenho em casa. Isso fez muita diferença, já que eu sempre levo os meus porque não costumo confiar nos secadores super fracos da maior parte dos hotéis. Como eu sabia do conceito não levei os meus, mas fui apreensiva, afinal, se não fossem bons eu estava ferrada. No fim foi perfeito.

Durante toda a hospedagem todo room service foi feito exclusivamente por mulheres e eu fiquei mais à vontade por isso, não tenho como negar. Os amenities são da linha Nativa Spa Monoil e Argan de O Boticario, marca que eu adoro.

Os detalhes da decoração eram fofos, cheios de cor, com direito à flor e um toque feminino bem aconchegante. Mas realmente adorei a ideia de se preocuparem com quem está viajando sozinha, a lazer ou trabalho. Eu, que estou um pouco acostumada com essa vida (até porque eu amo viajar sozinha), fiquei muito mais relaxada do que de costume. Tudo me deu uma sensação de serviço personalizado, sabe? Não sei explicar, mas me senti tão em casa que na última noite apertei o meu andar de casa no elevador e não o do meu quarto no hotel. Sim, isso é sério. Claro que a estafa contribuiu para o ato falho, mas eu realmente me senti muito à vontade ali.

Confesso que adoraria a marca Rio Hotel by Bourbon em muitos lugares do Brasil, achei realmente muito prático e achei os preços muito honestos. Para vocês terem uma ideia, em maio o quarto estava custando uma faixa de R$171 durante o fim de semana e R$151 durante a semana. Ficar no Batel é como ficar no eixo Leblon e Ipanema, então vale muito a pena. Achei o custo benefício incrível, sem falar que a Tatiane – a gerente – é maravilhosa. Pensa numa pessoa fofa e prestativa, então é ela.

Claro que em parte ver tanto da minha cidade nos detalhes me deixou mais feliz, mas sem dúvida eu recomendo a experiência. Ousaria dizer que me senti tão bem no #paposobreautoestima em Curitiba que já estou pensando em voltar logo pro hotel. Vou dar aquela indireta e pedir pra separarem o 105 pra mim para quando eu voltar, porque eu vou voltar. É um fato, o Paraná é sempre incrível comigo.

Beijos