Browsing Category

Fique de olho!

1 em Fique de olho!/ Moda no dia 13.09.2016

De olho nos truques da J.Crew

Essa semana que passou começou o NYFW e, pela primeira vez, me peguei não dando a mínima atenção para nada. Não que eu tenha deixado de gostar, longe disso. Acho que eu botei na cabeça que não conseguiria participar de praticamente nada dessa edição e acabei esquecendo que dá para acompanhar quase tudo em tempo real pela internet, como já acompanhei tantas e tantas vezes nesses 6 anos de blog.

Hoje eu acabei caindo na real quando vi que aconteceu a apresentação da J.Crew. É engraçado que essa não é uma marca que eu sou consumidora fiel, mas eu acompanho sempre.

Infelizmente, por puro esquecimento, eu quase não aplico a maioria desses detalhes que vou aprendendo a cada catálogo ou apresentação que eles fazem, mas Jenna Lyons e sua equipe de estilo afiada sempre renovam as minhas esperanças em uma moda descomplicada porém lotada de charme.

Essa coleção foi vestida e apresentada por mulheres reais de diferentes idades, alturas e quase poderia dizer tamanhos, mas senti falta de gente vestindo 16 (equivalente o 46 do Brasil), o último número da grade de roupas vendidas na J.Crew. Mesmo assim ficou bonito de se ver, todas com maquiagem muito leve e cabelos naturais.

Mas que truques novos eles trouxeram nesse NYFW? Se comparado com Setembro de 2015, não temos tantas novidades, mas as poucas ideias são bem boas. Olha só:

jcrew-2016-1

Foi um dos truques mais usados na apresentação. Já tinha visto algumas peças de tule na Zara e achei tudo muito modernoso para mim, não conseguia me ver usando uma coisas dessas no meu dia a dia. Aí vem a J. Crew e me mostra que, opa, dá para usar camisetas de tule, sim. Amei a proposta monocromática, adorei como a camiseta de bolinhas douradas tirou a seriedade da camisa branca, mas amei mais ainda a brincadeira que fizeram com o vestido de festa de plumas. Ele continuou super imponente, mas com um toque inesperado.

j-crew-2016-2

Essa ideia não é nova, inclusive a Dudalina tem (ou tinha, faz tempo que não vejo) várias camisas com detalhes dupla face. Mas quem não tem Dudalina, pode caçar com duas camisas sobrepostas também! Simples assim na teoria, complicado na prática porque não é só pegar duas camisas e botar uma em cima da outra. Tem que escolher uma mais leve e justa para ficar embaixo, uma mais larga em cima, ver se não vai gerar um volume extra, enfim. A boa ideia desse look é que a camisa rosa ficou para dentro da saia, enquanto a bege ficou para o lado de fora, prendendo só uma pontinha. Tenho minhas dúvidas se funciona para uma mulher com mais peitos, mas fiquei com vontade de tentar mesmo assim! Se der certo, é um ótimo truque na manga, literalmente falando.

jcrew-2016-3

Por último, mais um tabu quebrado. Saia de paetês no dia a dia é usável? Se você quiser, por que não?? Achei linda e super atual essa proposta com camisa casual (e o quanto eu amo esse presinho só na frente, gente?) e tênis branco.

Depois de ver isso não dá vontade de olhar seu guarda roupas com mais carinho para ver possibilidades escondidas? Eu fico morrendo! rs

Beijos

banner-SNAP-ca

5 em Fique de olho!/ Looks/ Moda no dia 16.08.2016

Calça jeans e barra desfiada? Pois é…

Todo mundo já sabe que estamos revivendo os anos 90, não é mesmo? Depois que li esse post me convenci totalmente que aquela época voltou com tudo e com todos os elementos possíveis! Não posso reclamar, amei há 20 e tantos anos, to amando agora também.

O único problema é que nem sempre as tendências de moda voltam do jeitinho que a gente lembrava, né? O maior exemplo é a calça jeans com barra desfiada, lembram dela? Lembro que quando eu estava no colégio todo mundo tinha uma que arrastava no chão (combo perfeito era com Keds rs) e se não comprava pronta, cortava a barra ou usava muito até os fios desfiarem. Amava a minha com modelagem bootcut e lavagem bem clarinha. #sdds

Bem, outro dia estava dando uma olhada nas vitrines e não é que comecei a ver muitas calças jeans com barras desfiadas por aí? O único problema é que as que eu vi não eram como a minha finada e amada calça, a maioria era skinny e com desfiados beeeem grandes, que lembravam franjas. Meu cérebro deu tilt.

Não é que eu não gostei, alguns looks realmente ganharam personalidade com a barra ~diferentona.

barra-desfiada

Só que em muitos eu achei que as franjas atrapalharam, criaram uma informação extra e completamente desnecessária, muitas vezes em looks que já eram maravilhosos sem ela.

barra-desfiada-2

Pelo o que eu entendi, acho que a melhor forma de aproveitar esse destaque é com scarpin ou uma sandália delicada, mas aí comprar uma calça que vai funcionar direito com apenas 2 tipos de sapatos é um dinheiro muito do mal gasto, né?

Acho que esse é o tipo de peça que só vale a pena comprar se você realmente se identificar ou achar que vai fazer diferença no seu armário. Isso pode parecer muito óbvio, mas quando falamos de tendências, muitas nos deixam meio cegas para o futuro e a gente acaba gastando com uma bobeira que em poucos meses estará encostada no fundo do armário. Algumas peças podem até valer o investimento passageiro, mas para mim, não é o caso dessa calça.

Alguém aqui gostou e acha que vale a pena ter no armário?

Beijos!

banner-SNAP-ca

 

3 em Fique de olho!/ Moda no dia 12.07.2016

O dia que uma couve virou moda

A primeira coisa que eu fiz quando cheguei aqui nos Estados Unidos foi ir ao mercado. E a primeira curiosidade que eu notei é como o saudável está em alta! Ok, minha referência anterior de mercados americanos é do Publix em Orlando, cheio de todas as besteiras do mundo em tamanho família, então talvez o saudável sempre tenha estado em alta mas eu só esteja reparando agora! rs Só sei que tudo que é orgânico ou sem glúten ou com pouca gordura tem direito a destaque nas estantes das prateleiras (enquanto o diet, que eu acabo prestando atenção por causa do meu marido, eu tenho que cavucar bastante para achar), mas algo mais tem me chamado a atenção desde o dia 1: kale.

Não tinha ideia de qual era a tradução (essa semana eu perguntei e o pessoal do snap – carlaparedesp – me respondeu que é uma espécie de couve) só sei que pelo o que eu vi nas prateleiras do mercado é que kale está mais em alta do que todas as coisas saudáveis juntas. Tem embalagem chamando essa couve de “o rei dos vegetais”, todos os sucos verdes que levam kale na sua composição expõem a folhinha como se fosse uma honra tê-la em sua composição, e além dos sucos você encontra chips de kale, sopa com kale, PICOLÉ com kale, papinha de criança com kale e a lista segue. Desde que joguei essa curiosidade no snap, já fiquei sabendo que essa febre não é nova, data lá de 2012/2013, mas como eu to vendo isso tudo agora, vou tratar como novidade, ok??

Voltando ao assunto, até aí tudo bem, que bom que o mundo está ficando saudável e o astro da vez no mundo fitness é uma couve. Mas o que me intrigou mais é que esse vegetalzinho saiu das prateleiras do mercado e foi para o mundo da moda e dos acessórios. Acham que eu to mentindo? Olha só Beyoncé no clipe 7/11 com um moletom que obviamente fez uma paródia com os de Yale.

rs_600x474-141121170003-2beyonce-dance-7-11

Acham que ficou só por aí? Claro que não! Rihanna também usou um desses e logo depois surgiram camisetas e mais camisetas com o vegetal hypado.

Rihanna, Rachel McAdams, Lucy Hale, Nikki Reed e Bella Thorne foram algumas das famosas que apareceram com o moletom. Ele é da marca Sub_Urban Riot, a camiseta custa US$44 e o moletom uS$64

Rihanna, Rachel McAdams, Lucy Hale, Nikki Reed e Bella Thorne foram algumas das famosas que apareceram com o moletom. Ele é da marca Sub_Urban Riot, a camiseta custa US$44 e o moletom uS$64

E por último, a couvezinha pop foi parar nos acessórios! Desde cartões que vendem no ETSY até um colar todo de esmeraldas que custa a bagatela de 1,150 doletas. É mole?

Para quem duvida do preço do colar... Olha ele aqui!

Para quem duvida do preço do colar… Olha ele aqui!

To achando isso muito curioso, confesso. Como é que um vegetalzinho que nem é dos mais fotogênicos atingiu esse hype todo? É #publi? É tendência? É feitiçaria? É outro caso estilo Popeye e espinafre? Impossível não querer entender o motivo de tanta fama em categorias que não têm nada a ver com gastronomia.

Sugestões para tentar matar essa minha curiosidade??

Beijos!

banner-SNAP-ca