Você está navegando na categoria: "Beleza"

14
jan
2016

Cabelo: óleo all soft argan 6 oil

Beleza, Cabelo, Jabá que nós amamos:

Recentemente chegou aqui em casa o lançamento “All Soft” da Redken. O produto que recebi é o destaque da linha All Soft, o “argan 6-oil“, um óleo multitratamento para cabelos secos e opacos.

oil-redken

O óleo pode parecer apenas mais um finalizador comum de pontas mas a verdade é que existem várias tecnologias e componentes especiais nesse leave-in.

O que o produto promete?

“Tratamento em spray enriquecido com Ómega-6, o óleo de aragan proporciona uma suavidade concentrada, um condicionamento profundo e uma flexibilidade duradoura aos cabelos de modo a nutrir intensamente os cabelos secos e quebradiços. Um spray revolucionário para restaurar a suavidade e brilho do cabelo.”

Seus 6 benefícios são:

Hidratar: Tratamento pré-lavagem
Proteger: Escudo pré-secagem
Suavizar: Aperfeiçoador pós-secagem
Iluminar: Intensificador de brilho modelador
Suavizar: Intensificador de tratamento
Recondicionar: Tratamento noturno

Como eu uso?

Por aqui eu usei de alguns formas: como protetor térmico, brilho para as pontas depois de fazer uma escova, leave-in pra hidratar e tratamento noturno. Eu gostei dele em todas as frentes, mas confesso que tenho uma quedinha por passar ele nas pontas (um pouco mais que o normal) para dormir. Ele acorda bem legal.

Como minha raiz tem estado mais para oleosa uso sempre do meio para as pontas, evitando encostá-lo na raiz, mas isso é fácil. A textura dele é muito suave e nada grudenta.

textura bem leve e fluída

textura bem leve e fluída

Eu estou usando o produto há algumas semanas e estou gostando. Ainda não sei dizer se acho que ele é o óleo mais revolucionário do mundo, mas de cara eu estou achando bem bom.

selfie

Minha ponta super natural com o óleo. | A cara sem make a gente perdoa! rs

O resultado tem sido tão legal e ele tem tantas finalidades que optei por levá-lo para minhas duas viagens de verão. Afinal, ninguém merece levar um produto pra cada coisa, né? No verão é preciso ter uns produtinhos como esse pra trazer um pouco de dignidade às pontas do cabelo. :)

Alguém mais está usando esse? O que está achando?

Beijos

13
jan
2016

Cabelo crespo e autoestima!

Beleza, Cabelo, Convidados, Lifestyle, Reflexões
Vocês perceberam que tem muita gente incrível aceitando convites do futi para falar dos mais variados assuntos? Hoje que vai fazer isso por aqui é a Maraisa Fidelis do Beleza Interior. 

Eu realmente acho incrível como um cabelo consegue mexer tanto com a autoestima feminina. Falam que ele é a moldura do rosto, mas eu percebo que vai além disso. Vou contar minha história.

Tenho 26 anos, sou negra e tenho cabelo crespo, como todo mundo aqui em casa. Estudei a vida inteira em colégio particular onde quase sempre (salvo dois anos) fui a única negra da sala. Sendo assim, nenhuma colega de classe tinha o mesmo cabelo que o meu. Fora a televisão que na minha época não mostrava meninas com as quais eu me identificasse.

Com este início vocês já podem imaginar o que aconteceu né? Logo eu falei para a minha mãe “Queria que o meu cabelo balançasse…“. Começava então o mundo das químicas para mim. Permanente, relaxamento, alisamento…. eu passava e me sentia a pessoa mais linda do mundo. Por quê? Porque estava igual! Porque meu cabelo balançava e tinha a estrutura modificada para o mais próximo dos cabelos das meninas que estudavam comigo e que eu via na televisão.

antes-e-depois

Foram anos usando química, sem conhecer ninguém que soubesse cuidar do meu cabelo, e sem ver pessoas com o meu tipo de cabelo natural na tv, revistas ou propagandas (a não ser referências aos anos 70. Mas sempre sendo citado como uma época que já passou e fim).

Saí do colégio, fui para a primeira faculdade, fiz um ano, saí dela e comecei a questionar o meu cabelo. Estava alisado e eu resolvi voltar para o permanente; voltei (o permanente serve para cachear os fios. Na verdade altera-se a estrutura e depois moldamos as mechas para os cachos ficarem mais abertos). Em 2013, com 24 anos, meu cabelo sofreu um corte químico, ele quebrou. Passei em menos de um mês duas vezes química e lá se foram os fios. Resolvi cortar aos poucos e deixar crescer.

Setembro de 2013 fiz o famoso Big Chop, ou o grande corte, que nada mais é do que tirar toda a química do cabelo de uma vez. Sim, isso implica em viver com o cabelo curto por um bom tempo e se acostumar com todo mundo olhando para você como se tivesse com algum problema ou doença. Mas Maraisa, você não está exagerando? Sinceramente? Não! Segurar um cabelo curto não é fácil porque as pessoas chegam e perguntam “Mas por que você cortou? Era mais bonito antes!” “Mulher não fica legal de cabelo curto!” “Por que não deixa crescer?”.

antes-e-depois-2

Aí que eu lhes falo: Cabelo mexe demais com a autoestima feminina, ainda mais quando uma sociedade se acostuma a ver cabelo como símbolo de feminilidade. Para completar: cabelo crespo não mostra o seu comprimento na mesma velocidade que um cabelo liso ou cacheado. Por crescer e formar molinhas beeeeem pequenininhas, um cabelo crespo aparenta lentidão no crescimento, mas se eu puxar um fio dá para ver o quão grande ele está. Este é fator encolhimento.

O que me deixou tranquila foi a minha família me apoiar, meu namorado dizer todos os dias que eu estava linda, e minha leitoras me ajudando. SIIIM! Logo que cortei toda a química postei uma foto e disse que teria que aprender a cuidar do meu cabelo natural, coisa que não sabia. Recebi muitos comentários, ajuda e fiz amizades. Foi incrível o quanto meninas que eu ajudava até o dia anterior, me ajudaram a me sentir confiante. Passei a mostrar todo mês a evolução do meu cabelo e o que eu tinha aprendido. Tinha como meta deixar natural até o final de 2014, e hoje já tenho 2 anos e 3 meses de cabelo natural. Digo natural sem química que transforma a estrutura do fio, mas em 2015 fiquei loira. =)

beleza-interior

Sinceramente, eu não sabia que mostrar a minha trajetória capilar ajudaria tantas meninas. Hoje eu vejo que se eu visse outras pessoas na internet com o mesmo tipo de cabelo que o meu, me ensinando a cuidar, a história seria outra! Faço vídeos com receitas caseiras que testo, com produtos que gostei, mostrando como texturizar os fios. Tudo isso para que quem possui o mesmo tipo de fio que o meu saiba cuidar. Não é difícil como imaginei por tantos anos. Não é complicado ou chato. E além do mais: NÃO É FEIO! Me alegra ver hoje em algumas poucas revistas e na televisão, pessoas com o cabelo crespo natural! Poder se identificar com algo é maravilhoso!

Recebo emails de famílias que não aceitam o cabelo de alguém, marido que reclama quando vê a esposa sem escova, amigos que criticam a escolha de deixar natural. E sabem o que me alegra? Saber que grande parte destas mulheres não estão ligando mais para a opinião alheia e conhecendo sim o seu cabelo. É fácil largar os padrões, parar de alisar e deixar seu crespo como veio ao mundo? NENHUM POUCO! Mas é gratificante ver que ajudo a aumentar a autoestima de algumas.

Ah! Esqueci de falar! Eu acredito que cada um tem que deixar o cabelo como quiser. Se você tem vontade de ficar natural, fique! Agora se você não gosta, alise! Relaxe! Pinte! Desde que cuide do cabelo! (Por favor cuidando dos fios hahahha). Cada um tem a escolha de ser como quiser e como se sente bem. Eu mesma quis ficar loira e estou me divertindo horrores. É errado? Não! Quem disse que existe certo e errado? Existe você e seu espelho, se você está bem com ele, o resto, é resto.

Beijos

Maraisa Fidelis

blzinterior

7
jan
2016

Cuidado com os cílios: esfoliação da margem palpebral!

Beleza, convite, Lifestyle, Saúde

Há alguns dias participei de uma pauta para a Revista do Jornal O Globo bem interessante. Como vocês sabem, eu adoro testar novidades de beleza e/ou cuidados com a saúde, a pele e por aí vai.

Para essa matéria eu fiz uma coisa muito nova, que eu nunca tinha ouvido falar: uma esfoliação para a área dos olhos. Achei tudo tão interessante que claro que resolvi fazer um post para compartilhar com vocês.

olhos

eu olho (com uma super luz) na foto da matéria publicada no dia 27/12/15

 

Vamos começar do começo? Quem me indicou esse procedimento de esfoliação da pálpebra foi a Carla Lemos do Modices. Ela, assim como eu, usa muita maquiagem e por isso foi parar na Dra. Lara Murad, oftalmologista super fofa que fica no Leblon.

Minha dermatologista Dra. Vanessa Metz só liberou tal procedimento porque seria feito por uma médica. A Dra. Lara Murad me explicou exatamente o que faríamos e em poucos segundos eu já estava achando ótimo esse momento de limpeza profunda da região da raiz dos cílios.

Com a fofa da Dra. Lara :)

Com a fofa da Dra. Lara :)

A verdade é que a gente fica cada vez mais escrava das máscaras de cílios, só que quanto mais máscara a gente passa, mais os cílios caem e quanto mais eles caem, mais máscara a gente passa. É um ciclo vicioso, por isso, cuidar da saúde dos cílios vem se tornando algo importante, esteticamente falando.

oftalmo

A esfoliação não dói. Dá nervoso, mas não dói nada. Dura 5 minutos e durante o procedimento a gente lacrimeja muito. Eu confesso que tenho nervoso da área dos olhos e não estava muito confiante de que iria me comportar bem, mas para a minha surpresa foi tão tranquilo quanto a Dra. Lara me disse que seria.

INDICAÇÕES

Essa esfoliação é super indicada para pacientes que têm uma doença chamada Blefarite, que é inflamação do bordo externo das pálpebras. Ela resulta em algo que parece uma “caspa”, só que do cílio!

A outra indicação é para quem usa MUITA maquiagem, cílios postiços, cola e máscara o dia inteiro, todo dia. Por mais que a gente use demaquilante tradicional, não tem como não ter um acúmulo microscópico de restos de produto, células mortas e pigmentos. Isso vai acumulando e sedimentando de forma invisível, assim, a margem da pálpebra pode ficar mais inflamada do que o habitual. 

A ideia da esfoliação é para limpar tudo, deixando a margem palpebral mais saudável, e consequentemente ajuda a saúde dos cílios, que esteticamente falando é a parte boa da coisa.

PERIODICIDADE

O intervalo indicado entre os procedimentos variam entre 6 meses ou 1 ano. Depende da intensidade da blefarite ou da quantidade de maquiagem usada na região dos olhos. Muita gente faz isso no mesmo dia que marca para atualizar o grau dos óculos ou da lente.

PÓS (IMEDIATO) DA ESFOLIAÇÃO

Depois de fazer o procedimento, é legal ficar 48 horas sem usar nenhum tipo de maquiagem na área dos olhos. Pode passar base, mas vale evitar corretivo, lápis e máscara.

Parte do que saiu da minha esfoliação.

Parte do que saiu da minha esfoliação.

CUIDADOS PRA LEVAR PRA VIDA!

Existem produtos só para a higiene dos cílios no mercado. Não é um demaquilante, é um produto um pouco mais adstringente feito para limpar essa área específica e é o mais adequado para quem usa muita maquiagem.

Não é algo para uso diário, o ideal pode variar de pessoa para pessoa, mas se usado em média uma vez por semana, esse produto pode ser uma boa alternativa para tirar os resíduos que não saem com sabão ou demaquilante.

Dois desses produtos legais para a higiene dos cílios.

Dois desses produtos legais para a higiene dos cílios.

Como vocês podem imaginar, eu saí do consultório já querendo achar uma farmácia para comprar, mas como estava atrasada, ainda não o fiz. Odeio quando tiro toda a maquiagem e nunca para de sair máscara ou sombra, vou aproveitar pra usar no dia que eu usar mais maquiagem durante cada semana.

Para quem tem problemas mais graves nesse sentido, a Dra. Lara me contou sobre a luz pulsada para a pálpebra. Não é algo estético, mas para quem tem a blefarite ou problemas na pálpebra. Vale pesquisar sobre isso e marcar uma consulta com a oftalmologista.

Outra coisa legal que a Dra. Lara me alertou é que quem tem muita alergia à maquiagem ou máscara, deve acompanhar sempre com um médico, assim como quem usa lente e muita maquiagem. Como só uso óculos para trabalhar, acabo não tendo esse problema, mas achei que valia compartilhar.

Assim como a dica de ouro para o verão: óculos de sol para proteger os olhos. Não podemos contar só com o protetor solar para proteger a pele! :)

Nunca tinha pensado que faria algo desse tipo pra contar por aqui e a verdade é que curti toda essa experiência e as novas informações. Espero que vocês também!

Beijos

Para quem se interessou: A Dra. Lara Murad fica no Leblon. Na Av. Ataulfo de Paiva 341 e o telefone do consultório é: (21) 2540-0888
Página 18 de 169« Primeira...10...1617181920...304050...Última »